Todos os posts de Daniel Martins

Peça o seu Cartão de Crédito Itaú

O cartão de crédito do Itaú é aquele tipo de cartão que você pode usar de várias formas diferentes: para comprar de maneira parcelada, para comprar pela internet ou mesmo para usar pensando no melhor controle financeiro.

Essa praticidade é que tem feito muita gente solicitar o cartão de crédito. E, além disso, o consumidor ainda pode escolher o melhor cartão em uma plataforma online que te ajuda a selecionar aquele que mais vai lhe ser útil no dia a dia.

Outro motivo interessante que o Itaú tem frente aos concorrentes é que é um banco privado muito respeitado e que valoriza a identidade de cada pessoa. Sendo assim, você pode solicitar o cartão de crédito para usar como quiser e o melhor é que pode fazer isso online.

Solicitar Cartão Itaú

Para solicitar o cartão de crédito do Itaú é preciso seguir a regra geral do mercado financeiro: ter mais de 18 anos. E, além disso, saiba que o banco fará uma análise do seu score financeiro para aprovar ou não o seu pedido e encontrar o melhor limite de crédito.

Então, sendo assim e mesmo que não seja correntista do banco, você pode ir até uma agência bancária do Itaú, sendo que existem várias espalhadas pelo país e solicitar o cartão de crédito, lembrando que você pode escolher o melhor modelo para o seu dia a dia.

Se você quiser se preparar ainda melhor para pedir o cartão certo, saiba que o Itaú tem uma página da internet onde disponibiliza uma plataforma que te ajuda a escolher o melhor cartão, sendo que para isso você só precisa responder sobre a sua renda e o beneficio que busca.

E antes de solicitar o cartão, o ideal para escolher o melhor para você é ser sincero nas respostas, sendo que os benefícios que você busca pode ser voltado para carros, celulares, supermercados, viagens ou vantagens financeiras.

Solicitar Cartão Online

Existe a opção de solicitar o cartão de crédito do Itaú, independente de qual você tenha escolhido, de forma online, isto é, sem precisar sair de casa e ter que enfrentar as gigantescas filas bancárias das agências.

Nesse caso será necessário ser correntista do banco e os próximos passos serão simples: acessar o internet banking (página da internet) ou o aplicativo do banco (que pode ser baixado gratuitamente no seu celular).

Nesses casos pode ser que você tenha um crédito pré-disponível, o que quer dizer que o banco pode emitir o cartão para você. Só que como as outras formas de pedir o cartão, você também precisará apresentar os documentos e passar pela análise do banco.

Taxa do Cartão Itaú

Existem serviços que podem ser tarifados, como o envio de mensagem automática para cada transação que acontecer com o seu cartão (R$ 5,5), o pedido da 2ª via do cartão (R$ 9,9) ou até mesmo o saque no Brasil (R$ 12) e no exterior (R$ 22). Mais informações no site.


Brasileiro agarra 4 cascavéis com a boca em forma de protesto

Consciente do perigo que as cobras peçonhentas representam, Duarte aconselha a que as pessoas inexperientes não tentem imitar sua ação.

Arteval Duarte, conhecido como o “ninja das serpentes”, manifestou sua indignação pelo desmatamento da floresta amazônica segurando quatro cascavéis com a boca. Consciente do perigo que as cobras peçonhentas representam, Duarte aconselha a que as pessoas inexperientes não tentem imitar sua ação.

Mourão diz que governador do Ceará é responsável pela onda de violência

O vice-presidente da República disse que o governador petista do Ceará é responsável pela onda de violência que assola o Estado há onze dias.

Em entrevista ao “Estadão“, o general Hamilton Mourão afirmou:

Na minha opinião, o governador do Ceará não estava a cavaleiro da situação. O dado que nós temos é que parcela significativa da Polícia Militar estava de férias, em um período conturbado.

E, criticando o governador Camilo Santana (PT), acrescentou:

Se a PM tem cem de efetivo e nós temos 12 meses no ano, só podem ter 8 a 9 de férias por mês. É uma matemática simples, não é? Então, acho que o governador andou falhando nisso aí e, obviamente, pediu reforço da Força Nacional. Agora, a questão do Ceará tem de ser resolvida, em primeiro lugar, por ele.

Há 500 agentes federais no Ceará, além de policiais de outros Estados, informa o jornal “Metrópoles“.

Justiça bloqueia bens de Cabral, Pezão e de quatro deputados do Rio

Atendendo a pedido do Ministério Público estadual, a juíza Roseli Nalin mandou bloquear as contas, que somadas possuem mais de R$ 190 milhões.

A juíza Roseli Nalin, da 15ª Vara de Fazenda Pública do Rio de Janeiro, determinou o bloqueio e indisponibilidade de bens de seis políticos, entre os quais os ex-governadores Sérgio Cabral Luiz Fernando Pezão e o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani, por suspeita de improbidade administrativa.

A decisão partiu de um pedido do Ministério Público estadual, que tinha ajuizado em dezembro uma ação civil pública contra dez envolvidos em irregularidades em doações de campanha.

A magistrada disse na decisão que houve financiamento ilícito de campanha do então deputado estadual Chistino Áureo, por meio do diretório nacional do PSD e pagamentos indevidos ao PDT, todos relativos às eleições de 2014, informa o “R7“.

“Os fatos praticados constituem improbidade administrativa, tendo causado dano ao erário e enriquecimento ilícito do grupo, formando ciclo vicioso que em última seara, visou à perpetuação dos mesmos no poder político do Estado”, escreveu a juíza Roseli Nalin.

Mãe denuncia filho e amigos por envolvimento com drogas

Mãe achou mensagens sobre drogas e outros ilícitos no celular do filho e, sem pestanejar, chamou a polícia.

A mãe de um adolescente de 16 anos, morador do município de Jaciara — 140 km de Cuiabá — procurou a polícia para denunciar três amigos do filho, que estariam envolvidos com drogas.

Segundo ela, um lhe vendia drogas, o outro as trocava por favores – inclusive sexuais – e um terceiro, que é maior de idade, encontrava-se com ele para usá-las.

De acordo com o jornal “O Livre“, a mulher descobriu o envolvimento do filho com entorpecentes depois que teve acesso a mensagens no celular do rapaz.

No aplicativo de mdensagens WhatsApp, ela descobriu que o menino conversava com um rapaz chamado Bruno, que teria falsificado um documento de identidade para alterar a idade do filho, para que ele se passasse como maior.

Esse mesmo amigo, segundo a mulher, entregava drogas para o jovem em troca de sexo, roupas, lanches e entradas em festas.

Ainda segundo a mãe, um segundo suspeito chamado Filipe seria o responsável por vender entorpecentes como lança-perfume e ecstasy.

Já o terceiro envolvido, chamado Gabriel, se encontrava com o filho dela para fazer o uso das drogas. Gabriel seria o único maior de idade na história.

A mulher tirou foto das conversas, imprimiu e anexou a um boletim de ocorrência, que foi registrado como contendo denúncia dos crimes de corrupção de menores, falsidade ideológica e tráfico de drogas.

Exército da Venezuela jura lealdade ‘absoluta’ ao ditador Maduro

As Forças Armadas da Venezuela juraram, nesta quinta-feira (10), “lealdade e subordinação absoluta” ao ditador Nicolás Maduro.

O Exército da Venezuela reconheceu o segundo “mandato presidencial” de Nicolás Maduro durante uma parada militar em Caracas.

“Juram reafirmar a lealdade e subordinação absoluta?”, perguntou o ministro da Defesa, general Vladimir Padrino, a 4.900 oficiais, soldados e cadetes que compareceram ao ato na Academia Militar, onde renderam honras a Maduro após sua posse.

“Juramos”, responderam com suas armas nas mãos.

Dias atrás, armados com fuzis, milicianos prometeram defender Nicolás Maduro de qualquer interferência externa, conforme noticiou a RENOVA.

Quem está pagando a viagem de Gleisi a Venezuela, quer saber o Deputado

Deputado federal questiona se a viagem de Gleisi para posse de Maduro na Venezuela seria fruto de caixa dois.

A viagem da presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, a Venezuela, em apoio ao ditador Nicolás Maduro, está sendo alvo de intenso repúdio nas redes sociais.

Após dúvidas serem levantadas sobre de onde estava saindo o dinheiro para o pagamento das despesas de viagem de Gleisi, o PT tentou oferecer uma explicação.

A legenda disse que Gleisi viajou para a posse do ditador Nicolás Maduro com despesas pagas pelos cofres do próprio PT, informa “O Antagonista“.

A explicação do PT não convenceu o deputado federal Jerônimo Goergen (PP-RS). Ele disse ao jornal que vai tentar entender melhor essa história.

O parlamentar provocou:

Se o Brasil não reconhece o governo do Maduro, será que ela poderia usar verba pública para ir a esta posse? Em tese, o PT só tem dinheiro de fundo partidário e público. Ou é caixa dois?


O azul e o rosa O azul e o rosa – Por Alexandre Garcia

Eu não pretendia ocupar meus leitores com essa história gerada por uma conversa da ministra Damares, falando em “menino veste azul, menina veste rosa.” Não pretendia, mas vi que em apenas duas mensagens que postei no Twitter, em menos de três dias tinham, as duas 3.560 opiniões, 21.300 retuitadas, 100.500 likes e 2.050.000 visualizações. Já que senti tanto interesse sobre um tema que passaria despercebido num mundo normal, vou dar mais alguns pitacos sobre o assunto.

A reação mais amistosa à frase foi chamá-la de polêmica. Onde alguns viram polêmica, eu vejo obviedade, chavão, lugar-comum. Pois todo mundo sabe dessa cultura popular, que leva a vestir o bebê menino de azul e o bebê menina de rosa. Quem tiver dúvida, por favor junte 100 casais que tiveram um bebê menino, e pergunte se enfeitariam o cabelinho dele com uma fita rosa. Se houver alguém disposto a fazê-lo, que saia para a rua com ele e a fitinha rosa e vá contando quantas pessoas vão elogiar “que linda menininha”.  Ora bolas, é tão óbvio isso!
O que me preocupa é que a atitude de julgar a frase polêmica, ironizá-la, demonstra alienação em relação à cultura do povo, das pessoas comuns; desconhecimento quase alienígena, como se expressassem essa estranheza com a frase por morar na lua, como selenitas. É como se não conversassem com as pessoas ditas comuns. Quando me referi, no Twitter, sobre a campanha Outubro Rosa, que trata do câncer de mama, e Novembro Azul, para prevenir câncer de próstata, deixei no ar a pergunta se alguém associaria a próstata ao rosa e a mama ao azul.

Agora que tenho me dedicado mais às redes sociais, tenho podido identificar reações do mesmo viés. No domingo, a bandeira de minha casa tremulava ao vento tendo ao fundo um horizonte verde e ao alto um belo céu azul e branco, como se fossem a projeção das cores do nosso pavilhão nacional. Fotografei e postei  no Twitter com a mensagem “Acima de tudo, o símbolo de todos”. Entre as 700 mensagens recebidas, algumas me xingavam pela foto: “Puxa-saco dos militares”. As mais de 400 mil visualizações e os 34 mil likes compensaram a tristeza de perceber que, para alguns, a bandeira nacional não é de todos nós brasileiros, mas apenas dos militares. Onde será que aprenderam isso?a

Camilo Santana faz elogios a Sergio Moro

Enquanto enfrenta uma onda de violência que já dura sete dias, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), disse que o ministro da Justiça, Sergio Moro, é um aliado contra o crime organizado.

Em entrevista exclusiva concedida por escrito ao “UOL“, Camilo Santana também disse que nenhum estado conseguirá resolver a questão das facções criminosas de maneira isolada.

Desde a noite da última quarta-feira (2), atos criminosos têm ocorrido em várias regiões do Ceará. As ações seriam uma represália ao anúncio feito pelo governo estadual de deixar de dividir os presos por facção nas cadeias cearenses.

Em razão da onda de crimes, Santana solicitou ao governo federal o envio de tropas da Força Nacional. Atualmente, são cerca de 500 agentes em ação no estado, após autorização de Sergio Moro.

Santana também elogia Moro por ter atendido seu pedido por vagas em presídios federais para os líderes de organizações criminosas.

O governador diz ainda que não houve atraso na ajuda solicitada ao governo federal. “[Moro agiu] absolutamente dentro do prazo”, afirmou.

Vinho Las Perdices, Cabernet Sauvignon/2015 🍇 – Por Luíza Fernandes

Não sei o que mais chamou minha atenção. O vinho em si ou o belíssimo rótulo. Vinho frutado, tanino moderado, vermelho intenso, acidez equilibrado. Que ampola maravilhosa a qual tive o prazer de degustar. E já que foi tão incrível, fui conferir a vinícola.

Viña Las Perdices, empreendimento familiar do casal Don Juan Muñoz e Dona Rosário com seus 3 filhos: Nicolás, Estela e Carlos (enólogo). Localizado ao pé da Cordilheira dos Andes, em Agrelo/Mendoza/Argentina. Em 1952, quando Don Juan chegou para cultivar suas videiras, foi surpreendido com a quantidade de “perdices” (perdizes) que habitavam a região. Com o passar do tempo, as aves se tornaram suas compaheiras de trabalho, foi assim que decidiu chamar sua vinícola de ‘Viña Las Perdices’. Sua arquitetura é típica das vinícolas construídas no princípio do séc. XX.
Uma regra familiar, todo vinho deve ter passagem obrigatória por barricas de carvalho, há um setor isolado que dispõem de um perfeito controle de temperatura.
Pesquisando o Instagram @las_perdices, não tem como não amar a beleza do lugar. Fico imaginando um final de tarde,apreciando a Cordilheira e bebendo um belíssimo tinto 🍷. Com certeza um dia irei visitá-la! ❤

*imagens Instagram @las_perdices

Fonte: http://mercadoresdevinhos.com.br/portfolio/vinicola-las-perdices

winelovers #winegirls #vino #vinho #vinhosargentinos ❤🍷🇦🇷

Conselho Nacional de Extrativistas defende perfil técnico para comandar SPF

O coordenador regional do Conselho Nacional das Populações Extrativistas do Amazonas (CNS), Dione Torquato, emitiu nota à imprensa, nesta quinta-feira, 5, afirmando que a instituição defende um perfil técnico para administrar a Secretaria do Estado de Política Fundiária (SPF), no novo governo do Estado. A entidade é uma organização de âmbito nacional que representa trabalhadores agroextrativistas organizados em associações, cooperativas e sindicatos.

Formado por 27 lideranças de diferentes segmentos agroextrativistas de todos os Estados da Amazônia, o Conselho Deliberativo do CNS conta com o apoio de instituições, como a Comissão Pastoral da Terra (CPT), da Igreja Católica, e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Amazonas, além de uma diversidade de associações comunitárias.

“Diante de tantos desafios e complexidades do sistema fundiário do Amazonas, estamos vindo a público defender que a Secretaria de Política Fundiária tenha como administrador uma pessoa que entenda muito da legislação fundiária, conheça a realidade do Estado e que seja um técnico com legitimidade para poder lidar com as lideranças comunitárias das áreas que demandam a regularização fundiária”, afirmou Dione.

O Conselho é parte integrante do grupo de trabalho que se reúne, mensalmente, para atuar na organização da regularização fundiária em Unidades de Conservação, denominado “Diálogo Amazonas”, formado por órgãos federais, estaduais e entidades da sociedade civil. “Precisamos ter a SPF voltada para atender as demandas das populações tradicionais, que são cidadãos que vivem no interior, e precisam ter o direito à terra para acessar créditos e poder desenvolver um trabalho, muitas vezes de subsistência”, completou Torquato.
Desafios

Ele elencou os principais desafios da Secretaria de Política Fundiária a serem trabalhados pelo novo governo, como a regularização de glebas estaduais. “Para fazer a regularização fundiária no âmbito estadual é necessário que as glebas (pequenas porções de terras) estejam arrecadadas e certificadas. Simplesmente, a maior parte das glebas do estado não está arrecadada.”

O coordenador regional do CNS citou ainda o problema das “glebas não destinadas” que contribui para o avanço da grilagem no Amazonas. “Existem muitos casos de glebas não destinadas, ou seja, que não têm função no Amazonas, porque é possível destinar essas terras para uma reserva, para ela ser uma unidade de conservação ou um assentamento, mas para isso ocorrer é necessário um mecanismo transparente e democrático para debater essa divisão com o Estado e a sociedade, o que não tem ocorrido, nos últimos anos”, completou.

Duplicidades
Por absorver a função do Instituto de Terras do Amazonas (Iteam), a SPF tem a missão de conceder títulos de terras, e segundo, Dione, essa concessão tem ocorrido de forma caótica e tecnicamente deficiente. “Tem cidades no interior, onde o Estado concedeu títulos de terras estaduais a famílias diferentes”, disse.

Outro problema apontado pelo CNS reside na entrega de títulos provisórios. Teoricamente, o cidadão recebe um título provisório com uma validade de cinco ou dez anos, enquanto ele espera o título definitivo. “Eu encontrei em Manicoré títulos provisórios vencidos há mais de 15 anos.”

A deficiência nos softwares de regularização fundiária do Amazonas, também, foi um dos desafios apontados para o novo governo. “A SPF utiliza sistemas ultrapassados e isso é muito difícil. Se não se tem uma boa base cartográfica e um programa decente, não tem como fazer uma regularização fundiária responsável”, declarou Torquarto.

Ao concluir, o coordenador regional do Conselho Nacional das Populações Extrativistas pediu ao novo governo do Estado que invista em recursos humanos, dentro da SPF. “Há uma grande distância entre a SPF e os cidadãos no interior do Amazonas, para um demandante da regularização fundiária. Simplesmente, não se consegue atender a demanda dessas pessoas. Essa deficiência contribui para que as terras do Estado fiquem completamente abandonadas.”

*Adesão *
Entre os membros do Conselho Nacional das Populações Extrativistas do Amazonas (CNS) cresceu a adesão ao nome do procurador do Estado, Daniel Viegas, da Procuradoria do Patrimônio Imobiliário e Fundiário, para a Secretaria de Política Fundiária (SPF). O advogado atua no segmento há mais de 15 anos, e é pesquisador no Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia.

MERLOT – Por Luíza Fernandes

A Merlot é uma das castas viníferas mais cultivadas no mundo. Isto se justifica por sua boa adaptabilidade em solos rochosos, áridos e argilosos. O clima também não é problema pra essa cepa, pois produz boas safras em climas quentes, frios ou úmidos.

De acordo com estudos, a Merlot é descendente das Cabernet Sauvignon e Franc, e também da Carménère. Há relatos que seu nome tem origem do pássaro “Merle”, comum na Europa, que se alimentava da uva na época da colheita, o que gerava transtorno aos produtores, ou simplesmente por causa da sua cor Negro-azulado, bem parecido ao da uva. Assim o diminutivo de “Merle” ficou “Merlot”.

Chegou na França pelo Oriente Médio, tendo seu primeiro registro em 1784, na região de Bordeaux, sendo a uva mais cultivada nessa região (56%).
Por ser suave, a Merlot se torna propícia para produção de corte ou varietais. Apesar de toda versatilidade, há divergências sobre seu cultivo e tempo de maturação. Há os que defendem sua colheita tardia, para conservar sua maturação fenólica mais concentrada. Outros acreditam que isso prejudicam sua acidez, deixando o vinho mais encorpados, com menos frescor e elegância, então, esses preferem a colheita precoce.

Vinho suave e elegante, mas dependendo do local de cultivo, suas características são bem distintas. Assim sendo, regiões bem frias como França, Itália e Chile, os vinhos são mais estruturados e com forte presença de taninos. Já em regiões quentes, no Novo Mundo, são mais frutados e menor quantidade de taninos.
•Curiosidades:

1)por ser meia-irmã da Carmenère, nos anos ‘90 houve uma confusão nos vinhedos chilenos, pois as duas uvas eram plantadas juntas. Mistério desfeito em 1994 através de um estudo genético (mais isso é outra história para uma outra postagem 😉)
2) Essa cepa produz vinhos caríssimos e famosos como Cheval Blanc, Le Pin e o lendário Chateau Petrus da pequena Pomerol de propriedade de Christian Moueix

Leia mais em: Uva Merlot: conheça mais sobre os vinhos dessa variedade
Tudo o que você precisa saber sobre a uva Merlot.

 

Por Luíza Fernandes
Instagram: @Uvas.e.Vinhos

Efeito Trump gera 878 mil novos milionários nos últimos 12 meses

A expansão da economia dos Estados Unidos, impulsionada pelo corte de impostos sancionado por Donald Trump, contribuiu para a geração de 878.000 novos milionários nos últimos 12 meses.

As informações foram publicadas em um relatório de riqueza internacional do Credit Suisse e reproduzidas pelo jornal “Washington Examiner“.

“O boom continua”, diz o Relatório Global de Riqueza do Credit Suisse sobre a rápida expansão da economia dos Estados Unidos.

O texto do relatório acrescenta:

Olhando para o número de milionários, vemos que existem 42,2 milhões de milionários em todo o mundo, um aumento de 2,3 milhões nos últimos 12 meses.

Nossa pesquisa indica que os Estados Unidos adicionaram 878 mil novos milionários – representando cerca de 40% do aumento global – em seu estoque já considerável de cidadãos com milhões na conta bancária.

O relatório mostrou que a riqueza geral nos EUA, cresceu 6,5%, acima da média mundial de 4,6%, um padrão que começou durante o governo do ex-presidente Barack Obama e está sendo alavancado pelo atual presidente Donald Trump.

Apesar do número positivo, o relatório tentou sugerir que a economia Trump está muito quente para manter este ritmo, mas admitiu que não há fim à vista.

Foi encontrado hoje o submarino argentino desaparecido há um ano

O último contato com o submarino ‘ARA San Juan’ ocorreu em 15 de novembro de 2017

BUENOS AIRES: ​​Os argentinos despertaram nesta manhã deste sábado (17), véspera de um fim de semana prolongado por conta do feriado de segunda-feira (comemoração da Batalha del Obligado), surpresos com a notícia da localização do submarino ARA San Juan, cujo desaparecimento há mais de um ano havia sido lembrado por familiares e pelo próprio presidente Mauricio Macri nesta semana.

O submarino foi encontrado pela empresa norte-americana Ocean Infinity, após a detecção de um objeto de 60 metros de comprimento, similar à do submarino, cujo último contato feito com a base havia sido em 15 de novembro de 2017. Depois, desapareceu, com 44 tripulantes.

Na época, o caso chamou a atenção midiática de todo o mundo, e fez com que familiares dos tripulantes passassem a fazer uma longa vigília em Mar del Plata, local onde a embarcação tinha previsto chegar.

Os boletins diários da Marinha, que mostravam a cada dia que a desinformação era total e já não se sabia como nem onde procurar, causou um desgaste entre o governo e as Forças Armadas. Macri e o ministro da Defesa, Oscar Aguad se irritaram ao serem informados, primeiro, da desaparição por parte da imprensa e depois por não receber os boletins de forma atualizada.

O comandante da Marinha acabou sendo afastado do cargo quando, meses depois, embora se houvesse avançado um pouco, localizando um ruído de explosão, as buscas não davam nenhum sinal de onde poderia estar a embarcação.

Como as mesmas eram muito caras, vieram empresas dos EUA, da Rússia e do Brasil para ajudar. Porém, todo o esforço foi em vão. No começo do ano, o próprio governo argentino disse considerar deixar de buscar de forma tão intensa e ofereceu uma recompensa para quem o achasse.

Nas primeiras horas deste sábado, as Forças Armadas informaram, por meio das redes sociais, que o ARA San Juan havia mesmo sido localizado no local investigado, e estaria a 800 metros de profundidade, a 250 milhas náuticas da costa da província de Chubut. O porta-voz da Armada [Marinha] confirmou a informação pela manhã e disse que, agora estariam esperando as imagens.

Um outro submarino, o Seabed Constructor, foi enviado ao local e a primeira informação ao se encontrar com a embarcação é de que “está quase inteira, com o corpo impecável, porém com a proa achatada”.

O ARA San Juan, que partiu da Terra do Fogo em 25 de outubro de 2017 e tinha previsão de chegar a Mar del Plata pouco menos de um mês depois, estava fazendo um trabalho de fiscalização em busca de barcos pesqueiros ilegais. A embarcação teria sofrido uma explosão, produto da acumulação de hidrogênio em seu interior.

A Ocean Infinity cobrará US$ 7,5 milhões pela descoberta, após haver rastreado mais de 7.000 km em alto mar. A firma, que foi contratada apenas para a localização, deu por terminada sua tarefa.

Agora, o governo e as Forças Armadas terão que apresentar uma estratégia sobre como e se vale a pena resgatar o submarino. Como a explosão gerou um incêndio, e nunca mais houve contato, o mais provável é que a tripulação inteira tenha morrido. Mesmo que houvesse sobreviventes, informou a Marinha, não havia água ou comida que pudessem sustentá-la por todo esse tempo.

Estados Unidos elogia postura do Brasil em relação ao Mais Médicos

Através de Kimberly Breier, os Estados Unidos elogiou a postura e decisão do presidente eleito Jair Bolsonaro em relação ao programa Mais Médicos, registrou o Conexão Política.

“Que bom ver o presidente eleito Bolsonaro insistir em que os médicos cubanos no Brasil recebam seu justo salário ao invés de deixar que Cuba leve a maior parte para os cofres do regime”, escreveu Breier Twitter.

70% do salário dos médicos cubanos que trabalham no Brasil é confiscado pela ditadura cubana, além de não existir comprovação de que as pessoas enviadas para cá estão aptas para desempenhar a medicina.

Bolsonaro alterou os termos do programa, condicionando os médicos a uma avaliação de aptidão e direcionando o salário integral para eles, sem porcentagem para Cuba.

Após o anúncio, Cuba se retirou do programa e exigiu que os médicos cubanos retornem ao país de origem.  O presidente eleito declarou que irá conceder asilo político para os que solicitarem. 150 médicos cubanos já estão na Justiça para pedir residência no Brasil.

Campanha Fica Moro: PT tenta anular exoneração de Sergio Moro do cargo de juiz

Para o PT, o futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, não poderia ter sido exonerado porque há processos administrativos disciplinares contra ele no CNJ.

O deputado Paulo Pimenta, líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara, protocolou uma ação junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pedindo a anulação da exoneração do juiz Sergio Moro.

Também assinam a petição os deputados Wadih Damous (PT-RJ) e Paulo Teixeira (PT-SP).

O desembargador federal Thompson Flores, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, o tribunal de segunda instância da Lava Jato, assinou nesta sexta-feira (16) a exoneração do juiz federal.

O magistrado deixará a toga a partir da próxima segunda-feira (19) para assumir o “superministério” de Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro em janeiro de 2019.

Para o PT, Moro não poderia ter sido exonerado porque há processos administrativos disciplinares contra ele no CNJ.

De acordo com o artigo 27 da resolução 135/2011 do próprio Conselho, um juiz processado por razões disciplinares não poderia ser afastado do cargo.

A oposição – Por Alexandre Garcia

Engana-se quem pensa que a oposição será o PT. Talvez seja apenas a oposição mais evidente, mais barulhenta, mais exposta com suas ameaças. Nisso, o PT parece que vai estar acompanhado pela PSOL e seus coadjuvantes do MST e MTST, e só. Pelo que se tem visto, o PDT, o PSB, o PC do B, o PTB, querem ficar um pouco distantes, porque perceberam o quanto as urnas revelaram de antipetismo – e não querem também ser alvo dessa onda. Pois bem; o PT vai fazer oposição mas certamente não será essa a resistência que mais vai dar trabalho ao governo.

A mais forte oposição será silenciosa, sub-reptícia, forte, eficiente, de todos os que não querem perder privilégios, mamatas, garantias, direitos adquiridos mas não merecidos. É aquele pessoal convicto de que conquistou a boquinha e já tem estabilidade nela. Gente que está tanto dentro do estado como fora dele. São alguns poderosos, donos de parte do estado brasileiro; são partidos, que têm seus cartórios dentro de ministérios e estatais; são os milhares de comissionados que nunca prestaram concurso;  são os que estão de olho em suas estabilidades, aposentadorias integrais, auxílios de todos os nomes. São os donos dos caminhos secretos do serviço público; são os cafetões e leões-de-chácara que vendem os prostituídos do estado brasileiro. Esses vão fingir que aplaudem o novo governo, pois é de sua essência aplaudir, mas o que querem é assegurar o botim.

Bolsonaro e seus auxiliares vão ter muito trabalho com essa oposição camuflada, blindada e bem armada. Paulo Guedes vai pegar uma pedreira com os subsídios, os favores fiscais, os protecionismos dos bem-aventurados protegidos do estado brasileiro. Sérgio Moro vai descobrir sujeitos do direito por toda a parte e poucos dispostos a cumprir antes seus deveres. Joaquim Levy vai ter que lidar com os apadrinhados do BNDES. Os líderes do governo na Câmara e no Senado vão penar com os aliados que apoiam o governo mas não apoiam as medidas necessárias que venham a ser propostas para que todos sejam iguais perante a lei, sem foros privilegiados e sem proteção para delinquir.

Quem vê o estado inchado, nos três poderes, voltado para si mesmo, no pedestal fora do alcance dos brasileiros comuns, com muita, muita gente, não tem como deixar de perguntar: produz o quê? Bons serviços públicos? Boas leis? Boa justiça? Ou tem por finalidade manter seus privilégios,  servindo a si em lugar de servir ao povo brasileiro? Não estou inventando essas perguntas. Elas tem sido feitas nas redes sociais e nas ruas  há cinco anos, e foram se tornando cada vez mais eloquentes, até que troaram nas urnas como um terremoto. Há pouco, quando o Senado, mostrando como funciona essa oposição, surpreendeu o país elevando o teto do Supremo e de todos no serviço público, os protestos voltaram à Avenida Paulista. Os 41 senadores que criaram o novo teto, não votaram contra Bolsonaro, que vai ter que pagar; votaram contra os brasileiros, que realmente pagarão. Esses é que são o alvo dessa oposição que quer manter o seu quinhão no Brasil que deveria ser de todos.

Presidente eleito Jair Bolsonaro fará exames pré-operatórios na próxima semana

Antes de ser submetido a cirurgia para reversão da colostomia, Bolsonaro irá ao hospital Albert Einstein na semana que vem.

O presidente eleito Jair Bolsonaro vai realizar exames na semana que vem no hospital Albert Einstein, em São Paulo, antes de ser submetido a cirurgia para reversão da colostomia.

Os exames preparatórios serão realizados para poder marcar a retirada da bolsa de colostomia que Bolsonaro está usando desde que foi alvo de uma facada durante evento de campanha em Juiz de Fora, em setembro.

“São exames que vão preparar para a cirurgia”, disse uma fonte em sigilo.

A operação está marcada o início de dezembro e, após a intervenção, Bolsonaro precisará de duas semanas de recuperação plena para estar em condições de participar da cerimônia de posse em 1º de janeiro.

Objeto no fundo do Oceano Atlântico pode ser submarino da Argentina

O submarino perdido da Argentina pode ter sido encontrado no fundo do Atlântico um ano depois de afundar com 44 tripulantes.

A empresa norte-americana encarregada da busca ao submarino argentino ARA San Juan, desaparecido há um ano nas águas do Oceano Atlântico, encontrou um novo ponto de interesse a 800 metros de profundidade.

O objeto tem aproximadamente 60 m de comprimento e pode se tratar do submarino perdido, informaram nesta sexta-feira (16) fontes da Marinha Argentina.

O mais recente relatório de busca divulgado pela corporação militar detalha que a companhia Ocean Infinity informou ontem à noite sobre esse novo contato – o número 24 da operação de busca que teve início no começo de setembro – depois de revisar imagens obtidas previamente.

A equipe está se deslocando para o local para investigar com um veículo operado por controle remoto.

Após dois meses de buscas – tempo mínimo que por contrato essa empresa americana deveria operar para achar o submarino – a Ocean Infinity já antecipou que nesta semana abandonaria a expedição, pelo menos de forma temporária, para partir para a África do Sul.

No entanto, este novo contato no fundo do oceano fez os planos serem atrasados.

Moro a favor do cidadão brasileiro ter uma arma em casa

Em sua primeira entrevista para um veículo impresso após ser escolhido ministro da Justiça, Sergio Moro comentou sobre as operações policiais e liberação do porte de arma.

Sergio Moro defendeu a redução da maioridade penal para 16 anos, mas apenas em casos de crimes graves, que segundo ele seriam os crimes “com resultado de morte ou lesão corporal gravíssima, crimes de sangue”.

Já para o porte de arma, o futuro ministro diz que as falas do presidente eleito Jair Bolsonaro são “questão de plataforma eleitoral” e que a proposta seria de porte apenas em casa.

Moro explicou:

Havia uma política restritiva para a pessoa obter uma arma para guardar em casa e a promessa eleitoral é que isso seria flexibilizado.

E ressaltou:

A meu ver isso tem que ser cumprido, já que foi parte de uma promessa eleitoral. Mas é algo bem diferente de autorizar as pessoas a saírem armadas nas ruas.

O juiz ressaltou que não haverá porte para armas automáticas, como fuzis. “É uma situação diferente da que acontece nos Estados Unidos”, afirma.

 

Com Informações do Renova Mídia

Conselho de Segurança Nacional dos EUA elogia postura de Jair Bolsonaro

O Conselho de Segurança Nacional (NSC, sigla em inglês) dos Estados Unidos parabenizou o presidente eleito Jair Bolsonaro por tomar posição contra a ditadura cubana.

Em mensagem publicada no Twitter na noite desta sexta-feira (16), o perfil do NSC elogiou a atuação de Jair Bolsonaro.

O Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos agradeceu Bolsonaro por “tomar posição contra o regime cubano por violar os direitos humanos de seu povo, incluindo médicos enviados para o exterior em condições desumanas”.

O diplomata John Bolton é o atual chefe deste órgão da Casa Branca, Bolton deve visitar o Brasil ainda este mês para conversar com Bolsonaro.

Saiba como limpar o nome no SPC/Serasa

Não é raro encontrar pessoas que conseguiram limpar seus nomes de forma muito simples. Isso é importante porque a restrição do nome em órgãos como SPC e Serasa pode causar dificuldades na hora de solicitar cartão e empréstimo. Descubra como limpar o nome!

Um dos benefícios que se tem ao limpar o nome é que a partir disso é possível aumentar o score financeiro e isso possibilita não apenas solicitar o cartão de crédito novo ou ter acesso a créditos, como também aumentar o limite dessas opções.

As pessoas costumam ter o nome sujo em órgãos de defesa ao crédito, como o SPC, o Serasa e a Receita Federal. No entanto, é a própria Serasa que auxilia as pessoas a limpar o nome de forma simplificada para que elas mudem de situação.

Por que limpar o nome

Ao limpar o seu nome, o cliente pode ter vários benefícios financeiros, sendo que também fica com a consciência limpa, já que não vai ficar em débito com ninguém e pode deitar a cabeça no travesseiro para dormir tranquilo.

Só que os principais motivos que levam as pessoas com nome sujo a iniciarem um processo de tirada da restrição do nome é o fato de estar bem posicionado no mercado financeiro, seja como bom pagador ou como alguém confiável para os bancos.

Outro ponto é a questão do crédito, já que com um nome limpo, o cliente poderá usufruir de cartões, crediários, financiamentos, empréstimos e tudo mais que pode ser importante para a realização de sonhos e projetos pessoais.

A situação do CPF

O 1º passo para quem vai limpar o nome e tirar a restrição é saber qual é a atual situação financeira. E como fazer isso? Ao consultar o CPF online e gratuitamente nos órgãos de defesa ao crédito.

O próprio Serasa e SPC permitem essa pesquisa de forma simples na internet. Ao consultar o CPF, o cliente fica sabendo se está com o nome sujo e por que (qual o nome da empresa na qual ele está com débitos).

Então, sabendo disso, o cliente tem várias possibilidades de regularizar a situação. E é muito importante consultar o CPF porque muitas vezes as pessoas têm débitos e não percebem, mas na hora de conseguir crédito… Não dá certo. Afinal, a pesquisa é grátis e online.

Limpar o nome online

Após consultar o CPF e conferir corretamente os débitos (se é que eles existem), o cliente pode negociar isso para limpar o nome. Então, uma das possibilidades é através do Serasa Limpa Nome.

E tudo acontece de forma gradual: 1º o consumidor consulta o CPF, depois vê onde está com problemas e na própria plataforma já dá para renegociar isso, já que a Serasa trabalha com várias instituições parceiras.

Entre elas: Santander; Recovery; Itaú; Porto Seguro; Ipanema Credt; Net, Claro e Embratel; Cred System e Tricard. Esse é o jeito mais simples de limpar o nome hoje em dia. Após isso, basta conferir todas as ofertas disponíveis e escolher a melhor opção.

Prazos para limpar o nome

Após a negociação e o pagamento do boleto que será gerado para a quitação, a empresa tem alguns dias úteis para retirar a dívida do seu CPF. O cliente ainda receberá um recibo da quitação do seu débito.

Solicitar o Cartão de Crédito Nubank – sem taxa de anuidade!

O cartão de crédito roxo mais famoso do mundo é o Nubank. Quando chegou ao Brasil, o cartão fez o maior sucesso e uma lista enorme de espera foi criada. Agora, se você solicitar o cartão saiba que essa lista é bem menor.

E por que todo mundo quer solicitar o cartão de crédito sem anuidade do Nubank? Justamente porque ele não tem a taxa de anuidade, que é cobrada na maioria dos outros cartões de crédito, inclusive, dos grandes e tradicionais bancos.

E por que todo mundo quer solicitar o cartão de crédito sem anuidade do Nubank? Justamente porque ele não tem a taxa de anuidade, que é cobrada na maioria dos outros cartões de crédito, inclusive, dos grandes e tradicionais bancos.

Só que não é só isso, tá bom? O cartão de crédito Nubank tem função internacional, podendo ser usado para compras no exterior e em vários sites. Além disso, é da bandeira Mastercard e considerado seguro por possuir senha. O aplicativo gratuito também é uma vantagem.

Cartão Nubank

O cartão de crédito Nubank foi criado para todas as pessoas que querem ter um cartão de crédito de forma mais simples, mais justa e mais assertiva para gerir os gastos do dia a dia. Portanto, se você se enquadra nesse perfil pode solicitar o cartão.

A bandeira oficial do Nubank é a Mastercard, que é aceita em mais de 30 milhões de estabelecimentos no mundo todo. Assim, o cliente pode participar do programa de pontos Surpreenda, que tem parceria com lojas como Asics, Bob’s, Cacau Show, entre outras.

Outra vantagem do Nubank é o uso do aplicativo gratuito, que fornece várias informações importantes sobre o seu cartão de crédito. Inclusive, por ele dá para você solicitar o cartão, solicitar a 2ª via, ver a fatura, as compras e até mesmo bloquear ou desbloquear.

Portanto, com tantos benefícios e sem anuidade, o cartão de crédito da Nubank tem sido um dos mais desejados do país. Descubra o que é preciso para solicitar o cartão sem anuidade em alguns cliques.

Solicitar Cartão

O jeito mais simples de solicitar o cartão sem anuidade do Nubank é acessando o site da empresa ou baixando o app, que é gratuito. Para isso é preciso ter 18 anos comprovadamente e ser residente no Brasil. Além de ter um smartphone compatível.

Considere ainda que apesar de ser muito fácil solicitar o cartão, o consumidor deve aguardar a análise de crédito da empresa, que vai ver o perfil de cada pessoa para poder aprovar ou não o pedido.

Há algum tempo, quando o Nubank chegou ao Brasil, a empresa recebia muitos pedidos então se criou uma lista de espera que era necessária para análise cadastral. Hoje, a empresa garante que essa lista é bem curta e os pedidos não demora muito para serem analisados.

Tarifas Nubank

O Nubank não tem anuidade, sendo esse um grande diferencial do cartão de crédito. Só que existem taxas para alguns serviços, como os juros. O crédito rotativo é de até 14% ao mês e os juros de parcelamento vão até 13,75% ao mês. Tudo está no site do Nubank.

Twitter diz ao TSE que Bolsonaro e PSL não pagaram para impulsionar conteúdo

A empresa diz não permitir anúncios de campanha eleitoral no Brasil

O Twitter encaminhou nesta segunda-feira (12) ofício ao Tribunal Superior Eleitoral afirmando que os perfis do presidente eleito, Jair Bolsonaro, e de seu partido, o PSL, não contrataram serviço de disseminação de suas mensagens na plataforma, o chamado impulsionamento de conteúdo.

A empresa diz não permitir anúncios de campanha eleitoral no Brasil e em outros três países —Marrocos, Paquistão e Coreia do Sul—, mas, mesmo assim, “averiguou internamente e foi constatado que as contas verificadas do candidato Jair Messias Bolsonaro e do partido político Partido Social Liberal (PSL) [@jairbolsonaro e @psl_nacional] não contrataram impulsionamento de qualquer conteúdo, seja este eleitoral ou não”.

A resposta foi dada ao ministro Luís Roberto Barroso, relator no TSE da prestação de contas da campanha de Bolsonaro. Ele determinou na quinta-feira (8) a WhatsApp, Facebook, Twitter, Instagram e Google que respondessem, em um prazo de três dias, se houve contratação de disparos em massa a favor do candidato durante as eleições, seja por ele ou por qualquer outra pessoa.

Sobre outras contas —que não as de Bolsonaro e do PSL—, o Twitter respondeu de forma genérica dizendo que suas regras não permitem impulsionamento de conteúdo eleitoral no Brasil. Mesmo assim, afirmou que “para que seja possível o fornecimento de qualquer informação referente a conteúdo orgânico ou patrocinado na plataforma Twitter, faz-se imprescindível que os tuítes sejam devidamente especificados por meio de suas respectivas URLs, que permitam a localiazação inequívoca de seu conteúdo”.

As notificações às gigantes da internet foram emitidas na sexta (9).

O Twitter foi o primeiro a responder. As outras empresas ainda não se manifestaram.

“Apesar da permissão de veiculação de propaganda eleitoral paga na Internet por meio da contratação de impulsionamento de conteúdo (…) as políticas de anúncios atuais do Twitter não permitem a contratação de impulsionamento de propaganda eleitoral para as campanhas direcionadas ao Brasil”, disse a empresa por meio de seus advogados.

Em sua decisão, Barroso determinou que as empresas descrevam o nome, número do CPF/CNPJ do eventual contratante, data da contratação, tipo e valor do serviço adquirido.

Em 18 de outubro a Folha revelou que empresários impulsionaram disparos por WhatsApp contra o PT. A prática é ilegal, pois se trata de doação de campanha por empresas, vedada pela legislação eleitoral, e não declarada.

Bolsonaro e seus aliados negam que tenham contratado esse tipo de serviço.

Sobre outras contas —que não as de Bolsonaro e do PSL—, o Twitter respondeu de forma genérica dizendo que suas regras não permitem impulsionamento de conteúdo eleitoral no Brasil. Mesmo assim, afirmou que “para que seja possível o fornecimento de qualquer informação referente a conteúdo orgânico ou patrocinado na plataforma Twitter, faz-se imprescindível que os tuítes sejam devidamente especificados por meio de suas respectivas URLs, que permitam a localiazação inequívoca de seu conteúdo”.

As notificações às gigantes da internet foram emitidas na sexta (9).

O Twitter foi o primeiro a responder. As outras empresas ainda não se manifestaram.

“Apesar da permissão de veiculação de propaganda eleitoral paga na Internet por meio da contratação de impulsionamento de conteúdo (…) as políticas de anúncios atuais do Twitter não permitem a contratação de impulsionamento de propaganda eleitoral para as campanhas direcionadas ao Brasil”, disse a empresa por meio de seus advogados.

Em sua decisão, Barroso determinou que as empresas descrevam o nome, número do CPF/CNPJ do eventual contratante, data da contratação, tipo e valor do serviço adquirido.

Em 18 de outubro a Folha revelou que empresários impulsionaram disparos por WhatsApp contra o PT. A prática é ilegal, pois se trata de doação de campanha por empresas, vedada pela legislação eleitoral, e não declarada.

Bolsonaro e seus aliados negam que tenham contratado esse tipo de serviço.

Exercícios indicados para grávidas e os não indicados

gravidez na vida de uma mulher é um momento mágico e único, mesmo sendo a segunda ou terceira gravidez, tudo é sempre novo, diferente e empolgante, apesar de ter seus momentos não muito agradáveis como náuseas, mal-estar ou retenção de líquido.

Mas existem exercícios que podem ser feitos durante a gravidez que ajudam a diminuir o mal-estar e até colaboram na hora do parto.

Consulte sempre seu médico para saber se você pode fazer exercícios, se estiver tudo ok, vá em frente:

EXERCÍCIOS A SEREM PRATICADOS:

  • Corrida, se você já praticava algum tipo de exercício antes da gravidez, você pode fazer uma corridinha leve, respeite seu corpo, você pode correr 20 minutos umas três vezes na semana;
  • Alongamentos pode ser feito por qualquer grávida, desde a mais sedentária a mais ativa, faça alongamentos leves, eles ajudam a desenvolver a flexibilidade;
  • Hidroginástica é ótima para quem esta com dores nos pés e costas ou com inchaço, além de ser relaxante para mãe e o bebê;
  • Yoga é um excelente exercício para relaxar e trabalhar a respiração, além de ajudar na hora do parto;
  • Meditação, ajuda a ter mais controle emocional e físico, procure um lugar tranquilo para fazer, pode ajudar muito na hora em que o bebê estiver quase nascendo;
  • Pilates ajuda a ter uma melhor flexibilidade e trabalha os músculos, mas faça com a ajuda de um profissional.

EXERCÍCIOS NÃO INDICADOS

  • Abdominais, não são indicadas durante a gravidez;
  • Lutas são muito intensas e qualquer descuido pode afetar o bebê;
  • Exercícios com bolas como futebol, volei, futsal, podem acabar acertando a barriga e causar sequelas;
  • Musculação pesada não é aconselhável, pegar muito peso pode causar até mesmo o aborto.

Se o médico aconselhar a ficar em repouso, siga sempre as instruções e espere a liberação para ter certeza que você ou o bebê não correm nenhum tipo de risco.

 

Com Informações do Blog Fina e Rica

O presidiário Lula será interrogado pela juíza Gabriela Hardt esta semana

O ex-presidente e presidiário Luiz Inácio Lula da Silva será interrogado na quarta-feira (14).

A juíza substituta Gabriela Hardt questionará o corrupto condenado na Operação Lava Jato sobre a reforma do sítio em Atibaia, interior de São Paulo.

De acordo com os últimos depoimentos dos donos da empreiteira Odebrecht, o ex-presidente petista terá muitas dificuldades para explicar a sua relação com o sítio. Emílio Odebrecht, por exemplo, confirmou que aprovou a reforma do sítio de Lula.

Mesmo antes do juiz federal Sergio Moro se afastar dos casos da Operação Lava Jato para assumir o Ministério da Justiça, o presidiário Lula já dava indícios de que iria utilizar este depoimento como palanque político.

No entanto, analisando o histórico da juíza substituta Gabriela Hardt, é bem provável que a magistrada não permitirá que seu tribunal se transforme num picadeiro. Lula sabe disso e a tristeza já está tomando conta do criminoso.

 

Com Informações do Renova Mídia

Dia mundial do Enoturismo 🍇🍷 – Por Luíza Fernandes

Comemorado no 2º domingo de novembro, o enoturismo era comemorado apenas na Europa, agora espalha por outros países, que sorte a nossa apaixonados pelo mundo de Baco.

Luíza Fernandes

O Uruguai já está na sua 5ª edição e foi o primeiro país sul americano festejar a data. A cada ano, mais Bodegas (vinícolas) abrem suas portas para receber e muito bem os visitantes.
E onde fazer esse turismo no Brasil? O enoturismo se destaca no Vale dos vinhedos, Rio Grande do Sul, mas também no Nordeste e parte do Sudeste. A região de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul, abriga mais de 30 vinícolas com experiências únicas com atrações o ano inteiro. 🍷
Se me permitem uma dica, marquem no máximo 2 vinícolas por dia, uma pela manhã e outra já incluindo o almoço para você aproveitar e relaxar como deve ser.

Programa-se e leia mais em:
Enoturismo no Brasil: erga sua taça e brinde nos melhores roteiros do vinho | Qual Viagem

Uruguai celebra o Dia Mundial do Enoturismo.

 

ABCdoABC

 

Por Luíza Fernandes
Instagram: @Uvas.e.Vinhos

Dr. Rey vai à casa de Bolsonaro e pede para ser ministro da Saúde

Cirurgião plástico e apresentador de tevê esteve no condomínio onde mora o presidente eleito na Barra da Tijuca. Se empossado, ele quer extinguir o SUS

De olho em uma das mais tradicionais pastas da Esplanada, o cirurgião plástico e apresentador de tevê Dr. Rey se candidatou ao cargo de chefe da Saúde. O médico esteve, nesta sexta-feira (9/11), no condomínio onde mora Jair Bolsonaro e sugeriu o próprio nome para comandar o ministério.

Uma das primeiras propostas do cirurgião, caso seja empossado como ministro, é acabar com o Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo ele, nos Estados Unidos é assim, e a população é melhor atendida.

“Quero que todo brasileiro tenha seguro privado. Vamos dar qualidade ao atendimento do brasileiro. O que acontece no SUS é um crime. Eventualmente, eu quero fechar o sistema público. Todo brasileiro terá seguro privado”, disse na entrada do condomínio, segurando uma bandeira do Brasil.

Dr. Rey minimizou a polêmica que seu projeto poderia causar. “Não é loucura, gente. É assim nos Estados Unidos. Trago um sistema de primeiro mundo. Esperar dois anos para um mamograma do seio é crime contra a humanidade”, criticou.

Autoconvite 

O médico deixou claro que não foi convidado pela equipe de Bolsonaro para o encontro. “Eu sou louco pelo Brasil. Talvez nem abram a porta, mas eu amo o Brasil. Aprendi muito lá fora e espero contribuir de alguma maneira”, ponderou.

“Eu sou cogitado para ministro da Saúde. Fui treinado lá fora, conheço o sistema de primeiro mundo. Estávamos no mesmo partido, somos amigos e espero que ele (Bolsonaro) me cogite para ministro”, argumentou Dr. Rey, antes de entrar no condomínio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

O médico foi autorizado a entrar no residencial e ficou por lá durante 30 minutos. Ao sair, não disse se foi recebido ou não por Bolsonaro. O Correio entrou em contato com a equipe do presidente eleito e aguarda posicionamento.

Ministério reage

Em nota, o Ministério da Saúde repudiou a possibilidade de extinção do SUS. “Atualmente no Brasil, 160 milhões de pessoas, ou seja, cerca de 70% da população, utiliza exclusivamente o SUS de forma gratuita, desde um simples atendimento ambulatorial a serviços de média e alta complexidade, como o transplante de órgãos. Em 2017, por exemplo, foram realizados 3,9 bilhões de procedimentos ambulatoriais; 1,3 bilhão de consultas/atendimentos e 11,4 milhões de internações”, afirmou a pasta.

Cirurgião, político e apresentador

Dr. Rey concorreu a uma vaga de deputado federal por São Paulo em 2014, mas não foi eleito. Este ano, foi pré-candidato ao Palácio do Planalto, mas desistiu da disputa.

Cirurgião conhecido por celebridades, o médico é muito requisitado para colocação de próteses mamárias. Apresentou no Brasil e nos Estados Unidos programas de televisão com essa temática. Ele se especializou na prestigiada Harvard Medical School, em Boston.

 

Lula pediu sigilo sobre obras em sítio de Atibaia, diz Leo Pinheiro

Empreiteiro é réu na ação que apura irregularidades na reforma do local, atribuído ao ex-presidente

Em depoimento à Justiça Federal nesta sexta-feira (9), o empresário Leo Pinheiro, da OAS, disse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu sigilo sobre as obras no sítio de Atibaia (SP), que ele frequentava.

Além de solicitar a destruição de documentos que fizessem menção à obra, Lula teria orientado, segundo Pinheiro, que toda a reforma fosse mantida na máxima discrição possível.

“Ele combinou comigo que tudo bem, [a OAS] poderia iniciar [as obras]. Mas [disse]: ‘Eu só lhe pediria, Leo, que as pessoas não se apresentassem na cidade de Atibaia, por questão de sigilo. Que não tivessem uniforme, essas coisas, da OAS”, afirmou o empresário.

Segundo ele, foi levada uma equipe “de confiança” de três ou quatro pessoas para Atibaia, no início de 2014, que dormiam no sítio e só compravam materiais em lojas da cidade.

“O presidente tinha me orientado que eu não fizesse nada em nome da OAS”, afirmou Pinheiro, que disse ter atendido ao pedido de Lula “pelo nosso relacionamento, pelo que ele fez pela empresa”.

O empreiteiro é réu na ação que apura crimes de corrupção e lavagem de dinheiro na reforma do sítio de Atibaia –que, segundo o Ministério Público Federal, pertencia de fato ao ex-presidente.

As reformas foram pagas pelas empreiteiras OAS e Odebrecht, investigadas na Lava Jato.

Lula nega irregularidades, afirma que o sítio não está em seu nome e diz ser perseguido politicamente pela Operação Lava Jato.

Já Pinheiro, por sua vez, negocia um acordo de delação premiada com os investigadores. Ele está preso em Curitiba desde 2016.

Segundo o empreiteiro, a OAS gastou cerca de R$ 400 mil na obra, que fez mudanças na sala, na cozinha e no lago do sítio. O ex-presidente teria solicitado a reforma pessoalmente a Pinheiro, que disse que ele jamais perguntou como ressarciria a OAS pelos custos.

O dinheiro, de acordo com a denúncia, foi desviado de contratos com a Petrobras.

O ex-presidente será interrogado na ação, que agora é conduzida pela juíza Gabriela Hardt (substituta de Sergio Moro), na próxima quarta-feira (14).

Corregedor abre processo sobre indicação de Moro superministro de Bolsonaro

Ministro Humberto Martins decidiu nesta sexta, 9, pedir explicações ao juiz da Lava Jato sobre sua escalação para comandar a Pasta da Justiça do futuro governo

Corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, decidiu nesta sexta-feira (9) pedir explicações ao juiz federal Sérgio Moro sobre a sua escalação para comandar o superministério da Justiça no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Moro terá 15 dias para apresentar esclarecimentos sobre a indicação, alvo de contestações no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apresentadas pela Associação Brasileira de Juristas pela Democracia, por deputados federais e senadores do Partido dos Trabalhadores e por um morador do Paraná chamado Benedito da Silva Junior.

As diversas contestações foram todas reunidas em um mesmo processo, “visando a evitar a repetição de atos processuais, causando demora indevida na tramitação e desperdício de recursos humanos e materiais”, segundo o corregedor. Por determinação de Martins, o caso tramitará sob segredo de Justiça.

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia afirma que Moro violou a Constituição Federal e o Código de Ética da Magistratura ao tratar sobre a ida ao governo Bolsonaro ainda durante o exercício da magistratura.

Os parlamentares do PT, por sua vez, acusam Moro de “parcialidade” e de utilizar a sua posição na sociedade para “interferir de maneira indevida no processo eleitoral, sempre com o viés de prejudicar o Partido dos Trabalhadores e suas candidaturas”.

“A aceitação do cargo político coroa o que sempre dissemos sobre o juiz Sérgio Moro comportar-se como ser político, não como magistrado”, sustenta o PT.

O PT também pediu ao corregedor nacional de Justiça que Moro seja impedido de assumir outro cargo público até o CNJ concluir a investigação de sua conduta no episódio. “Os pedidos de medidas liminares serão apreciados após a vinda das informações”, observou Martins em sua decisão.

O CNJ já apura a atuação de Moro em alguns episódios, como a decisão de divulgar parcialmente trecho da delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci, a poucos dias do primeiro turno da eleição presidencial deste ano.

DEPOIMENTOS. A conduta de Moro também é analisada no episódio da liminar concedida pelo desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), que determinou a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso e condenado no âmbito da Operação Lava Jato.

O corregedor marcou para 6 de dezembro os depoimentos de Moro, Favreto e dos desembargadores João Pedro Gebran Neto e Thompson Flores para tratar sobre o caso. Todos serão ouvidos no mesmo dia, em audiências separadas.

Na última terça-feira (6), Moro afirmou que o convite para ser ministro da Justiça e Segurança Pública não tem “nada a ver” com o processo que envolve o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde 7 de abril em Curitiba (PR).

De acordo com Moro, o processo de Lula foi julgado por ele em 2017, quando “não havia qualquer expectativa de que então deputado Bolsonaro fosse eleito presidente”. Moro disse ainda que, apesar das críticas de petistas, não pode pautar a vida dele “com base em fantasia, em álibi falso de perseguição política”.

“O ex-presidente Lula foi condenado e preso por ter cometido um crime. O que houve foi uma pessoa que lamentavelmente cometeu um crime e respondeu na Justiça”, argumentou naquela ocasião.

Moro também ressaltou na ocasião que políticos dos mais variados espectros políticos foram condenados no âmbito da Lava Jato.

COM A PALAVRA, SÉRGIO MORO
O juiz federal Sérgio Moro informou que ainda não tem conhecimento oficial da decisão do ministro Humberto Martins.

 

Eunício Oliveira esnoba Jair Bolsonaro

Eunício afirma estar aberto a dialogar, mas que não aceitará interferência no Legislativo e critica o economista Paulo Guedes, futuro ministro da Economia.

O presidente do Congresso e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), disse que “não está preocupado” se o presidente eleito, Jair Bolsonaro, “vai gostar ou não” do resultado de votações na Casa antes de assumir o Palácio do Planalto.

A declaração foi feita em entrevista ao jornal Estadão, dois dias depois do emedebista avançar com a “pauta bomba” do reajuste salarial dos ministros do STF.

A decisão do presidente do Senado pode custar aos cofres públicos cerca de 6 bilhões de reais por ano.

Sem conseguir se reeleger, Eunício ficará sem mandato no ano que vem, mas antes será o responsável por dar posse a Bolsonaro em janeiro.

O senador afirma estar aberto a dialogar, mas que não aceitará interferência no Legislativo e criticou o economista Paulo Guedes, futuro ministro da Economia de Bolsonaro, que defendeu uma “prensa” nos parlamentares para que votassem a reforma da Previdência.

 

Com informações do Renova Mídia

Senado italiano aprova legislação dura contra a imigração ilegal

O Senado da Itália aprovou nesta quarta-feira (7) um projeto de lei de segurança e imigração.

A legislação dificulta as condições para os solicitantes de asilo e prevê expulsões dos imigrantes considerados “um perigo social” ou que foram condenados em primeiro grau.

O projeto de lei, que agora passará para a Câmara dos Deputados para a aprovação final, foi apoiado com um voto de confiança, algo que acontece frequentemente na Itália para evitar as emendas, e recebeu 163 votos a favor, 59 contrários e 19 abstenções, entre estas as de cinco senadores do Movimento 5 Estrelas (M5S).

Esse gesto pôs em evidência as divergências no seio do M5S com relação a algumas medidas apresentadas pela Liga Norte, o partido direitista com o qual governa em coalizão.

O projeto de lei é o carro-chefe do ministro do Interior, Matteo Salvini, em sua política para reduzir a imigração ilegal e endurecer a legislação aos imigrantes.

O projeto prevê que, “em caso de perigo social ou de condenação em primeiro grau de um solicitante de asilo”, este será expulso do país.

A lei também contempla que a condenação em primeiro grau para interromper o processo de solicitação de asilo pode ser por crimes relacionados com drogas, roubo, violência sexual, violência contra um funcionário público e lesões graves.

Além disso, o projeto prevê que os imigrantes condenados em definitivo por terrorismo tenham sua cidadania italiana retirada e que o país não permitirá a entrada em seu território para qualquer estrangeiro que tenha sido expulso de outros países da zona do tratado de Schengen.

A lei também prevê que o período de permanência nos centros para refugiados será ampliado de 90 para 180 dias, enquanto os solicitantes de asilo tramitam seu pedido de residência.

Um dos pontos mais controversos do projeto de lei é a supressão da proteção humanitária, que até agora era uma das causas para a concessão de asilo, que seria substituída por uma permissão de residência de apenas um ano para casos extremos como urgências sanitárias e desastres naturais no país de origem.

 

Com Informações do Renova Mídia

Presidente eleito Bolsonaro promete mudanças na prova do Enem

Em transmissão ao vivo no Facebook, o capitão reformado do Exército falou sobre a controversa prova do Enem do último domingo.

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, em sua live, nesta sexta-feira (9), disse que está escolhendo com calma o ministro da Educação, pois quer alguém alinhado à sua agenda conservadora.

Bolsonaro comentou que a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do próximo ano não terá questões sobre “ideologia de gênero” ou gírias de transexuais.

“Não vai ter questão desse tipo no Enem. Vamos ver a prova antes”, afirmou o presidente eleito.

Segundo Bolsonaro, escola não é para ensinar “ideologia de gênero”.

Ele acrescentou:

Que importância tem isso? Se você quer sair com homem, vá ser feliz. Quer liberar o dele, libere o dele. Mas não fique obrigando os alunos na escola. Somos um país conservador.

 

Com Informações do Renova Mídia

Emílio Odebrecht diz que aprovou reforma do sítio de Lula

O empreiteiro afirmou nesta quarta-feira (7) à Justiça Federal que aprovou a reforma do sítio do ex-presidente Lula, em Atibaia.

Emílio Odebrecht afirmou à Justiça Federal que aprovou a reforma do sítio de Atibaia (SP), que a Operação Lava Jato diz ser de Lula, que teria ocultado propinas desviadas da Petrobras.

O pedido teria vindo da ex-primeira dama Marisa Letícia (que morreu em 2016).

“O que eu fiz foi aprovar, quando o Alexandrino me trouxe o assunto a pedido de Dona Marisa”, disse Emílio, ouvido na tarde desta quarta, pela juíza substituta da 13.ª Vara Federal, Gabriela Hardt. “Se eu não tivesse aprovado, hoje nós não estaríamos aqui tratando desse assunto.”

A juíza ouviu ainda Marcelo Odebrecht, seu filho, e Alexandrino Alencar, ex-executivo do grupo e porta-voz do empresário com Lula.

Wilson Lima apresenta prioridades do Amazonas para Eduardo Bolsonaro e ao presidente Michel Temer

Na tarde desta quarta-feira, 7, o governador eleito, Wilson Lima, reuniu-se, em Brasília, com o deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e com o presidente, Michel Temer (MDB), para apresentar demandas do Amazonas, como a urgência de intensificar os mecanismos de segurança a fim de combater a criminalidade, prover serviços públicos de qualidade para a população e a pavimentação de vias que tem importância econômica devido a integração como as BRs 317 e 319.

“Vim a Brasília para me apresentar como um soldado, que tem como missão a defesa das fronteiras e o fortalecimento institucional do Amazonas para fazer frente ao desemprego a partir da implantação de políticas que incentivem a ampliação dos negócios existentes ou instalação de novas empresas na região”, afirmou Wilson Lima.

O deputado federal, Eduardo Bolsonaro, agradeceu a visita do governador eleito e firmou compromisso de intermediar um encontro entre os dois líderes. “Conta com nossa boa vontade para fazer essa conexão com o Palácio do Planalto porque o Amazonas é um Estado chave para o desenvolvimento nacional”, finalizou desejando sucesso a Wilson Lima na condução do Estado do Amazonas.

O encontro com o presidente, Michel Temer, foi reservado.

 

Com Informações do Blog do Mário Adolfo

Novembro Azul – Por Célia Lemos

Você sabia que os homens vivem 7 anos a menos do que as mulheres? Por que? Falta o hábito da prevenção, alimentar-se melhor e ir ao médico.

Isso mesmo os homens vivem menos dos que as mulheres, e o câncer de próstata mata mais do que o câncer de mama por exemplo.

Célia Lemos – Podóloga

O câncer de próstata é a segunda maior causa de morte pela doença entre os homens no brasil, perdendo apenas para o câncer de pulmão.

Veja os números de casos como mudaram alarmantemente em apenas 5 anos, a expectativa de novos casos de câncer de próstata em 2013 era de de 61.200 e o número de mortes é de 13.772. Hoje esses números tiveram um aumento para 17.500 nos casos de mortes e de 66.362 novos casos, segundo especialistas.

Então aqui o nosso recado para os homens, vamos cuidar bem da saúde, não deixe que o medo, vergonha ou preconceito possa matar você e deixar sua família em luto, previna-se, pois, prevenção é o melhor remédio.

Aproveite o novembro azul e faça seus exames, lembre-se que com o diagnóstico precoce é mais fácil o tratamento e o risco de morte vai para 90%, afinal, você poderá combater com mais eficiência essa doença que assola o nosso país.

Um recadinho para as mulheres que já fizeram o exame de câncer de mama, agora é a sua vez de ajudar seu irmão, pai, amigo, parceiro, namorado, marido e de um modo geral, qualquer homem que está ao seu redor e faça parte da sua família, ajude-o a prevenir o câncer, avise-o da importância, indique um hospital.

Nenhum de nós estamos preparados para perde uma pessoa querida e muito menos perder para uma doença que pode ser evitada e até combatida se descoberta no início, então vamos juntos, homens e mulheres para combater o câncer de próstata e fazer esses números alarmantes diminuírem e desfrutarmos melhor da vida que Deus nos deu.

Vamos que Vamos!!

 

Por Célia Lemos – Podóloga
A arte de cuidar bem dos seus pés.

Facebook: Célia Lemos – Podóloga
Instagram: @CeliaLemosPodologa

Super Lava-Jato – Por Alexandre Garcia

Moro no Ministério da Justiça com autonomia e superpoderes vai significar uma super Lava-jato no poder executivo, o lugar de operação da corrupção nesses últimos anos, arraigada no estado brasileiro. O superministério com informações de movimentação financeira(COAF, do Ministério da Fazenda) e de órgãos de fiscalização interna do Executivo, mais o controle de crimes contra o consumidor, contra a livre concorrência, e a Polícia Federal e a Guarda Nacional. Sérgio Moro saiu de Curitiba quando a Lava-Jato por lá começa a se esgotar com a resolução dos processos.

Fica no lugar dele uma juíza que tem fama de estrita aplicadora da lei, tanto quanto Moro. E o espírito da Lava-Jato salta do Judiciário para entrar no Executivo, o que significa se entranhar pelo país, com o objetivo de combater, punir e desencorajar o crime de sangue ou o crime de dinheiro. Moro tem experiência e é um estudioso do colarinho-branco.
O modelo foi a operação Mãos Limpas da Itália, mas o Brasil já superou o pioneirismo italiano, condenando e prendendo empresários, como o maior do país, Odebrecht, e políticos, como o maior do país, Lula. Na Itália, os políticos reagiram, mudando as leis, anistiando, para enfraquecer o Judiciário. Aqui no Brasil, essa tem sido a reação ameaçada e esperada, mas há dois fatos que podem anular esse movimento: a grande renovação do Legislativo e a ida de Moro para o Executivo. Moro terá a oportunidade e a necessidade de negociar mudanças na legislação penal de que ele, como juiz de primeira instância, tantas vezes sentiu falta. Nem sempre a solução será endurecer as leis. Vejam que criaram o crime hediondo e os crimes hediondos continuaram. Mas há mil casos em que se nota como a lei tem sido boazinha com bandidos de chinelo ou de gravata e como juízes não têm saída a não ser cumprir a lei e passando por bonzinhos.

Moro, um símbolo, servindo como âncora, pode unir o Ministério Público, a Polícia Federal, os juízes de primeira instância, os deputados e senadores aliados do governo e os aliados do país, juntando os três poderes no objetivo de combater o crime que ceifa mais de 60 mil vidas de brasileiros por ano e a corrupção que ceifa o dinheiro público que falta para a saúde, educação, saneamento, infraestrutura. O eleitor que reagiu nas urnas, com voto anticorrupção, precisa continuar atento, porque vai haver reação dos que ainda vão ser descobertos, dos que já são investigados, dos que já são processados, dos que já foram condenados. Eles ainda têm poderes e muitos têm mandado para fazer e desfazer leis.

Moro poderá propor leis, terá a política de combate ao crime, a política penitenciária, a possibilidade de dar mais estrutura à Polícia Federal, buscar mais acordos internacionais para pegar o pessoal dos paraísos fiscais. E é bom lembrar que o Supremo não pode pensar que está em outro país, um país sem homicídios em massa, um país sem uma gigantesca corrupção institucionalizada. O Supremo tem que se sentir parte desse movimento anticorrupção, que foi expresso nas eleições de outubro. O primeiro dos direitos deve ser o direito do povo brasileiro de não ser assaltado, não ser morto, não ser roubado.

Pabllo Vittar concorre a mulher mais sexy do Brasil; Thammy Miranda a homem mais sexy, Oi?????

Algo de errado não está certo: o cantor Pabllo Vittar está na disputa que vai eleger a mulher mais sexy do Brasil na “Istoé Gente”. Ele disputa o posto com mulheres como Anitta, Bruna Marquezine, Paolla Oliveira, Marina Ruy Barbosa, Juliana Paes, Deborah Secco e Sabrina Sato. Até o inicio da tarde do domingo, dia 4, Pabllo estava em 11º – na frente de Sabrina Sato, Deborah Secco e Fernanda Lima ; Paola, Marquezine e Lívia Andrade lideram o ranking.

Em compensação, na lista masculina, Thammy Miranda, filho transgênero da Gretchen, disputa o título de homem mais sexy do Brasil com gente como Caio Castro, Cauã Reymond e Chad Suey. Thammy estava em 15º no ranking liderado por Carlinhos Maia, Jonas Suzlbach e Caio Castro, mas na frente, por exemplo, do jogador Neymar Júnior.

Pabblo Vittar agora foi longe demais. Alguém explica?

 

Com informações do MBL News

Parlamentares tucanos criticam FHC e o próprio PSDB

O clima de insatisfação entre parlamentares tucanos ficou mais evidente após o racha no partido antes do segundo turno da eleição governamental em São Paulo.

O deputado federal Fábio Sousa, do PSDB de Goiás, não gostou da declaração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso no fim de semana.

FHC afirmou que “Bolsonaro vai prejudicar imagem do Brasil no exterior”, conforme noticiou a Renova Mídia.

O parlamentar Fábio Sousa escreveu no Twitter, com ironia:

Segundo O Antagonista, a deputada federal Shéridan Oliveira foi mais uma tucana a fazer duras críticas públicas ao seu partido.

“O PSDB passou 2017 mais preocupado com quem ocuparia a cadeira de presidente do partido do que como o partido ocuparia as eleições”, escreveu a parlamentar no Twitter.

 

Com Informações do Renova Mídia

Presidente Eleito Bolsonaro reafirma ser a favor de snipers no Rio de Janeiro

O presidente eleito concedeu entrevista ao jornalista José Luiz Datena na tarde desta segunda-feira (5).

Durante a conversa com o apresentador Datena, na Band, Jair Bolsonaro disse ser a favor do “drone que atira” e do uso de snipers em ações de confronto com bandidos.

O presidente eleito disse que “vivemos em guerra” e “não tem outro caminho”, segundo informações de O Antagonista.

Ao falar sobre o drone, o capitão reformado do Exército estava se referindo ao compromisso do futuro governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), e do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL).

Dias atrás, Bolsonaro já havia demonstrado ser favorável ao projeto do governador eleito do Rio de Janeiro que envolve a utilização de atiradores de elite para abater bandidos armados com fuzil nas ruas do Estado.

 

Com Informações do Renova Mídia

Jair Bolsonaro deve viajar para Brasília nesta terça-feira

Viagem de Bolsonaro para Brasília está programada para terça-feira (6) e há previsão de conversas com representantes dos três Poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário.

Às vésperas de se reunir com autoridades federais em Brasília, o presidente eleito Jair Bolsonaro apelou no domingo (4) para a unidade no país. Nas redes sociais, ele disse todos estão “no mesmo barco”.

A viagem de Bolsonaro para Brasília está programada para terça-feira (6) e há previsão de conversas com representantes dos três Poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário.

Ainda no domingo, Bolsonaro destacou que seu governo vai marcar um novo momento do país, conforme noticiou a Renova Mídia.

 

Com Informações do Renova Mídia

Gleisi Hoffmann tenta conter força-tarefa que combate crime organizado

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, apresentou um projeto para sustar o decreto de Michel Temer que cria uma força-tarefa de enfrentamento ao crime organizado.

Um decreto do presidente Michel Temer criou uma força-tarefa com o objetivo de fazer o enfrentamento ao crime organizado no Brasil.

Durante a semana passada, a futura ex-senadora Gleisi Hoffmann apresentou um projeto para sustar o decreto presidencial.

A petista não quer o enfrentamento ao crime organizado. Quer evitar a criação da força-tarefa.

Para a presidente do PT, segundo informações de O Antagonista, o decreto do presidente permite “perseguições a pessoas, coletivos populares organizados e movimentos sociais.”

 

Com Informações do Renova Mídia

Em Manaus, Torneio de Xadrez define 4 finalistas para o Campeonato Brasileiro neste fim de semana

Desde quinta-feira (1º), a capital amazonense se tornou a cidade do Xadrez. Isso porque a Semifinal 2 do 85º Campeonato Brasileiro Absoluto de Xadrez está sendo realizada no Clube de Xadrez Manauara, localizado na Rua Acre, Edíficio Levy Macedo – bairro Vieiralves, zona Centro-Sul. O evento é promovido pela Confederação Brasileira de Xadrez – CBX com realização da Federação Amazonense de Xadrez – FAX, com objetivo de classificar 4 ‘enxadristas’ para a fase final do Campeonato Brasileiro Absoluto.

Segundo o vice-presidente da Federação Amazonense de Xadrez Paulo Lima, essa é a semifinal Norte e Nordeste, um momento único na qual os quatro vencedores vão disputar a final do brasileiro, em lugar ainda não definido. “Além dessa semifinal norte e nordeste, está ocorrendo outra entre sul e sudeste, depois teremos em cada uma delas, 4 finalistas”, explicou.

Ainda segundo Paulo, são 21 amazonenses competindo pelas vagas, de idade 14 a 60 anos que estão disputando com outros 9 estados do Norte e Nordeste.
Segue a lista dos jogadores: http://chess-results.com/tnr373770.aspx?lan=10&art=2&rd=4&turdet=YES&flag=30&group=PB

A semifinal vai até este domingo (4) e para quem quiser prestigiar os enxadristas, basta comparecer ao local, porque a entrada é gratuita.

Do Sistema e Ritmo de Jogo

A Semifinal 2 do 85º Campeonato Brasileiro Absoluto de Xadrez será jogada pelo Sistema Suíço em 7 rodadas, com auxílio do Programa Swiss Manager, em 7 (sete) rodadas, com o Ritmo de 1h30 com acréscimo de 30 segundo por lance, desde o lance 1 ou 2h ko em caso de relógio analógico

Programação Dia 03/11/18 (sábado)

4a. Rodada às 9h;

5a. Rodada às 15h00

Dia 04/11/18 (domingo)

6a. Rodada às 9h00;

7a. Rodada às 15h;

Cerimônia de Premiação às 19h30 .

Desempates (se houver) às 20h30

Premiação

Além das 4 vagas pra final brasileira de xadrez, os ganhadores levam uma premiação de 6 mil reais.

Madame Clicquot, a grande Dama da Champagne 🍾 – Por Luíza Fernandes

Madame Clicquot nasceu em 1777, casou-se em 1798 com François Clicquot, filho do fundador da Casa Clicquot. François compartilhou sua paixão e conhecimento pela criação do champagne com sua jovem esposa. E através dessa relação que Madame foi capaz de assumir o negócio da família depois da morte do seu marido, em 1805.

Com caracter audacioso e inteligente, aproveitou toda oportunidade que surgia, numa época que a mulher não ocupava papel empresarial. Aperfeiçoou novas técnicas de produção e inventou o ‘pupitre’ (cavalete) de madeira, onde as garrafas ficam de cabeça pra baixo, podendo clarificar a ‘remuage’ e inovou a primeira assemblagem do champagne rosé.
Mesmo a França estando em guerra, ela continuou forte. Logo após uma derrota, o exército dos aliados (austríacos, alemãs e ingleses) ocuparam durante a região de Champagne. Ao se depararem por vinícolas repletas e desconhecidos champagnes, os invasores faziam grandes festas. Enquanto outros proprietários de vinícolas reclamavam do uso de suas garrafas, a visão de Madame Clicquot foi além e comentou… “deixem que bebam, logo pagarão”. Não foi uma ameaça e sim uma aposta daqueles que se deliciavam pela primeira vez de sua bebida. E lógico, no pós-guerra foram os maiores divulgadores do seu produto.

LEMA DA CASA DE VEUVE CLICQUOT… APENAS UMA QUALIDADE, A PRIMEIRÍSSIMA.

Leia mais em ‘o vinho uma paixão para todos de #alfredoterzano e @marianagiljuncal

Veuve Clicquot

 

Por Luíza Fernandes
Instagram: @Uvas.e.Vinhos

A intolerância do PT – Por Júlio Cardoso

Infelizmente, depois do surgimento do PT, o país sofreu um antagonismo político irracional em que o bem-estar, a paz e o progresso da nação ficaram subjacentes em relação à busca da manutenção do poder, a qualquer custo, pelo Partido dos Trabalhadores, liderados por Lula e segmentos radicais petistas.

A polarização ranzinza continua existindo, e Fernando Haddad em sua primeira manifestação, logo após o resultado das urnas, conclamou a militância petista a cerrar fileiras na oposição contra o governo e já visando à próxima eleição ao Planalto.

Ora, em vez de reconhecer, democraticamente a derrota e desejar sucesso ao novo presidente, o PT alimenta invulgar ódio político se não tiver o país sob o seu comando.

A militância petista se comporta como torcedor, por exemplo, de Grêmio ou Internacional, Vasco ou Flamengo, Atlético ou Cruzeiro… Um quer ver a desgraça do outro. E essa índole maléfica, lamentavelmente, é disseminada no seio familiar.

Assim, depois de inglorioso período corrupto de governo do PT, o Brasil ressurge com a esperança de volta da ordem e do progresso, agora sob  o  comando de JAIR BOLSONARO, legitimamente eleito pela maioria dos eleitores brasileiros.

Esperamos que o novo governo faça uma limpeza no país, restaure a confiança nas instituições, dê fundamental atenção à educação, saúde, segurança e que recomende para a cadeia muitos políticos corruptos, observando o devido processo legal. E que Lula tenha tratamento prisional da mesma forma como são tratados os demais presos brasileiros: sem privilégios e reclusão em carceragem comum.

 

Júlio César Cardoso
Bacharel em Direito e servidor federal aposentado
Balneário Camboriú-SC

OAB consegue liminar que garante atendimento de advogados durante plantão da Polícia Federal

Na noite deste sábado, 3 de novembro, a Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM) conseguiu uma liminar na justiça que garante o atendimento de advogados durante os plantões da Policia Federal (PF). Com isso, os profissionais passam a ter acesso às dependências da instituição e aos seus clientes mesmo em regime de plantão.

A decisão do juiz Ricardo de Sales determina que a PF “não viole as prerrogativas dos advogados previstas na Lei nº 8.906/94, evitando que se venha a incorrer no tipo penal do artigo 3º, alínea “j”, da Lei 4.898/1965, não impeça o acesso dos advogados ao atendimento no setor de recepção da sede da Superintendência da PF em Manaus e assegure o direito dos advogados – com ou sem procuração – de se comunicarem com seus clientes que se encontrem presos na sede da Superintendência da PF em Manaus”.

O presidente da OAB-AM, Marco Aurélio Choy, comemorou a decisão e disse que esta é mais uma conquista da entidade em prol dos da classe de profissionais. “A partir de agora, os advogados deixam de ficar do lado de fora da PF e passam a ter suas prerrogativas respeitadas”, afirmou.

Entre os argumentos defendidos na liminar está a prerrogativa de que “para o pleno exercício da ampla defesa em processo penal se faz imprescindível ao defendente reunir-se com seu advogado para que este possa lhe transmitir todas as informações necessárias sobre o caso, de forma a se deduzir a melhor solução jurídica para o seu problema. Tantas quanto bastem, devem ser as reuniões”.

Leia aqui o Mandado de Segurança OAB Amazonas.

Por que ganhou ? – Por Alexandre Garcia

Um deputado que ficou por mais de 20 anos conhecido só no Rio, onde foi o mais votado, sem dinheiro, considerado do baixo clero da Câmara, é eleito Presidente da República – ainda sem dinheiro, sem tempo no horário eleitoral, praticamente sem partido e sozinho, tido como um Quixote e ainda com uma facada na barriga – na mais inusitada das eleições brasileiras. A eleição em si marca uma mudança de fase, como se tivesse virado uma chave de contínua para alternada na corrente política nacional. Como se fizesse surgir uma nova geração de partidos, de políticos e, finalmente: de eleitores. Um eleitor sem cabresto, sem moeda de troca, sem dinheiro; com vontade, com ideias próprias, com iniciativa, espontaneidade – e com as redes sociais na mão.

Alexandre Garcia é jornalista, apresentador, comentarista de telejornais,.

Que força teve Bolsonaro para mobilizar tudo isso? Provocar modificações de estrutura na política, eleger, à sua sombra, deputados, senadores governadores? Sonho e persistência? Desde que Dilma foi eleita, ele percorre o país para se tornar conhecido; sem marqueteiro, sem dinheiro, o tal Messias ía agregando discípulos, engrossando multidões nos aeroportos, a gritar mito! mito!. Um dia foi ao Comandante do Exército comunicar que sairia candidato, porque já estaria com 10 pontos de aceitação. O comandante só olhou, cético. Seus colegas de bancada na Câmara recomendavam que procurasse a via segura do Senado. Bolsonaro persistiu.

Quando começou a preocupar a esquerda, tornou-se o sujeito de todas as frases. Cada comentário irônico ou contrário, trazia o sujeito Bolsonaro, repetido todos os dias, no rádio, no jornal, na TV, nas bocas dos que não o queriam. Esses ajudaram muito, fazendo ecoar, sem parar, em todos os ouvidos, o nome do candidato. A facada que era para ser mortal ajudou também. Prejudicou-o muito, porque tirou-o de seu ambiente, as ruas, mas houve também o ganho de tempo, quase inexistente no horário eleitoral, feito para eternizar os partidos tradicionais no poder. A facada o tirou dos debates, onde ele já havia dado mostras de seu estilo blitzkrieg. Nos debates em que não foi, seu nome foi o mais presente.

Seu maior acervo foi ter sido capitão do Exército. Há anos as Forças Armadas aparecem como as instituições mais confiáveis nas pesquisas. Têm o significado de patriotismo e força moral. A religião também ajudou; a Teologia da Libertação espantou os pobres e hoje a grande força popular está nos evangélicos. Bolsonaro casou com uma evangélica da Ceilândia, cidade formada pela erradicação de favelas em Brasília. Finalmente, a convergência de idéias. A maioria silenciosa passou a falar, a maioria passiva e acuada por décadas por militantes arruaceiros, invasores, ativistas, teve a paciência esgotada e viu em Bolsonaro alguém que pensa igual à maioria, com as mesmas preocupações sobre segurança pública, família, corrupção, valores morais e Pátria. E deu-lhe 57.797.847 votos – 10.556.941 a mais do que seu adversário, que representava o que fora o maior líder popular desses tempos. São os votos da virada da chave.

418 estatais do Brasil empregam mais de 800 mil pessoas

País tem 418 empresas controladas direta ou indiretamente por União, Estados ou municípios, de acordo com levantamento da FGV.

Mesmo depois de uma onda de privatização nas décadas de 80 e 90, o Brasil é o país que tem o maior número de estatais entre as 36 nações da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

No total, são 418 empresas controladas direta ou indiretamente por União, Estados e municípios. Dessas, 138 são federais e poderão ser alvo de privatização no governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Juntas, essas companhias empregam mais de 800 mil pessoas, sendo cerca de 500 mil do governo federal.

Nesse quesito, o Brasil também é campeão entre os países da OCDE seguido de perto pela França, mostra levantamento do Observatório das Estatais, da Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Os dados da OCDE – clube que reúne os países mais desenvolvidos e do qual o Brasil quer ser integrante – não consideram China e Índia e incluem apenas as empresas do governo central, já que a estrutura dos países não tem estatais estaduais e municipais.

 

Com Informações do Renova Mídia

Augusto Heleno reafirma interesse em facilitar a posse de armas no Brasil

Apontado como futuro Ministro da Defesa, o general Augusto Heleno reafirmou interesse em facilitar a posse, mas mostrou-se simpático a manter o porte de arma difícil no Brasil.

Se você acha que no governo de Jair Bolsonaro será facilitado o processo para portar uma arma para ir, por exemplo, ao supermercado, está enganado.

Em entrevista à revista Crusoé, o futuro ministro da defesa do governo Bolsonaro, general Augusto Heleno, afirmou que defende que o porte de armas seja controlado e dificultado.

“A ideia é criar mecanismos de controle para o porte. Não é sair jogando arma para o alto”, disse. Quando perguntado se “a ideia era facilitar a posse e dificultar o porte”, o futuro ministro concordou.

“Tem que ser muito mais dificultado que a posse”, respondeu.

Na entrevista, Heleno, porém, reafirmou a visão de Bolsonaro favorável à posse.

“Se houver consciência do bandido de que você tem uma arma e que a maioria da população tem arma, ele vai pensar duas vezes antes de agir”, disse.

O militar da reserva também explicou que “pesquisas no mundo mostram que é bom armar a população honesta e decente”.

 

Com Informações do Renova Mídia

Aliados do Presidente eleito tentam conter Renan Calheiros

Embora Renan Calheiros tenha apoio dentro e fora do Congresso para assumir o comando do Senado, ele enfrenta forte resistência entre aliados de Jair Bolsonaro.

Líderes de partidos que se reuniram nos últimos dias para discutir a sucessão da cúpula do Congresso buscam uma forma de equacionar a disputa pelo comando do Senado numa gestão de Jair Bolsonaro (PSL).

Renan Calheiros (MDB-AL) tem apoios dentro e fora da Casa, mas enfrenta forte resistência entre aliados do presidente eleito, segundo informações de O Antagonista.

“A ideia que ganha corpo agora é a de encontrar um nome de centro, que não soe como uma provocação aos bolsonaristas –nem tampouco seja alinhado a eles”, diz a Folha de S. Paulo.

Presidente de partido que está entre as peças centrais nas articulações sobre a sucessão, o senador Ciro Nogueira (PP-PI) faz graça com a indefinição do cenário:

Me recuso a falar sobre o futuro presidente do Senado porque todo senador que pergunto me diz que não é candidato. Logo, esse assunto não existe.

 

Com Informações do Renova Mídia

Onda de investimentos no Brasil após vitória de Jair Bolsonaro

Cientista político aponta “onda de investimentos” no País após vitória de Bolsonaro no segundo turno da eleição presidencial de 2018.

Murillo de Aragão, da Arko Advice, publicou neste sábado (3) no Twitter que a eleição de Jair Bolsonaro “detona onda de investimentos diretos” no país.

Murrilo é mestre em Ciência Política e doutor em Sociologia pela Universidade de Brasília (UnB). Trabalha como professor na Columbia University, segundo informações do seu perfil no Twitter.

Nesta manhã, o cientista político alertou que a eleição de Bolsonaro detonou uma onda de investimentos que já chega aos 3 bilhões de reais. Ele cita algumas empresas que aumentaram o investimento no Brasil nos últimos dias, entre elas a Dunlop, Nívea, Leroy Merlin, Condor e Havan.

Em setembro deste ano, conforme noticiou a Renova Mídia, os investidores já viam com bons olhos uma possível vitória de Bolsonaro nas eleições.

A indicação por Jair Bolsonaro de Paulo Guedes como ministro da Fazenda e depositário da ortodoxia econômica parece melhor a cada dia, aos olhos do mercado.

Sob a tutela de Guedes, Bolsonaro prometeu reforma nas aposentadorias e no mês passado chegou a mencionar a possibilidade do Cálice Sagrado de Wall Street —a privatização da Petrobras. Um investidor me disse, empolgado, que o Brasil pode ter seu primeiro presidente verdadeiramente liberal em pelo menos meio século.

Com informações do Renova Mídia

Wilson Witzel e Flávio Bolsonaro vão a Israel comprar drone militar

O futuro governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), e o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL) vão viajar, juntos, a Israel. A viagem, programada após convite, ainda não tem data estabelecida.

Os dois pretendem conhecer um modelo de drone equipado com uma arma, capaz de atirar enquanto sobrevoa uma região. O equipamento, usado pelas forças israelenses em ações na fronteira com os territórios palestinos, pode ser utilizado em operações de segurança no Rio.

Wilson Witzel e Flávio Bolsonaro querem, ainda, obter informações sobre um equipamento de leitura facial que pode ser instalado nos transportes públicos do estado.

No primeiro encontro entre os dois depois da eleição, na quarta-feira, Witzel recebeu do futuro senador o apoio à sua proposta de incentivar o “abate” de criminosos que estejam portando armas como fuzis.

 

Com Informações do Renova Mídia

PT aterrorizado com Sergio Moro assumindo a Controladoria Geral da União

O Partido dos Trabalhadores (PT) está com medo que o juiz federal Sergio Moro, em seu Ministério da Justiça, possa investigar a roubalheira dos governos Lula e Dilma Rousseff.

O PT está preocupado com a possibilidade de o juiz Sergio Moro direcionar órgãos como a CGU (Controladoria Geral da União) para fazer devassas nas administrações anteriores do partido, segundo informações da Folha.

O ex-ministro José Eduardo Cardozo, o JEC das mensagens da empreiteira Odebrecht, conforme noticiou O Antagonista, comentou:

Eu fui muito criticado por não utilizar o ministério nem para proteger amigos nem para perseguir inimigos. Mas hoje, sinceramente, temo que isso possa ocorrer.

O jurista petista sabe que nem tudo foi descoberto pela Lava Jato e que Moro no Ministério da Justiça pode encontrar vários escândalos enterrados.

 

Com Informações do Renova Mídia

Polícia Federal vai interrogar advogados do esfaqueador de Jair Bolsonaro

A Polícia Federal (PF) vai interrogar nos próximas dias os advogados de Adélio Bispo de Oliveira, autor do atentado contra Jair Bolsonaro.

As informações são da revista Crusoé.

Pelo menos um deles tem na carteira de clientes integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

No primeiro inquérito, finalizado em 28 de setembro, a Polícia Federal concluiu que Adélio Bispo de Oliveira havia agido sozinho no dia do ataque. No entanto, um segundo inquérito foi aberto para investigar possíveis conexões do criminoso, pessoas que podem ter ajudado o agressor a planejar o crime.

De acordo com as informações dos jornalistas Rodrigo Rangel e Filipe Coutinho, da revista Crusoé, a relação entre o PCC e os advogados do esfaqueador de Bolsonaro foi o principal motivo pela prorrogação da investigação.

 

Com Informações do Renova Mídia

Aumento no número de suicídios na Venezuela assusta médicos

Mediante o desespero perante a crise instalada na Venezuela pela ditadura socialista de Nicolás Maduro, muitas pessoas estão tirando a própria vida.

Houve um aumento recorde dos casos de suicídio entre os venezuelanos.

A situação tem assustado e desgastado os médicos que trabalham no hospital universitário de Mérida. O Estado tem cerca de 1 milhão habitantes, e só no ano de 2017, essa região já apurou mais de 19 suicídios a cada 100 mil habitantes.

Em nível de comparação, nos Estados Unidos, o número de suicídio anual é de 16 (em média) a cada 100 mil americanos.

“Vivemos entre o terror e a impotência”, disse Ignacio Sandia, chefe do departamento de psiquiatria. O médico considera “aterrorizante” esse quadro e lamenta não poder fazer mais nada para ajudar as pessoas que são mais afetadas pela crise no país.

Na grande Caracas, houve 131 suicídios entre junho e julho, de acordo com um documento da polícia investigativa nacional, obtido pela Bloomberg News. Isso implica um total, neste ano, de 786 só na capital da Venezuela.

 

Com Informações do Renova Mídia

Ministério da Defesa autoriza Bolsonaro a usar aviões da FAB

BRASÍLIA- O Ministério da Defesa encaminhou nesta terça-feira, 30, ao Comando da Aeronáutica autorização para que o presidente eleito Jair Bolsonaro possa utilizar aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) para deslocamentos no País e no exterior.  A decisão de solicitar autorização para o uso de aviões da FAB desde agora, dois meses antes da posse, foi motivada pela preocupação com a segurança do presidente eleito e da sua família. Ele sofreu um atentado em 6 de setembro e, segundo informações da área de inteligência do governo, continua sob ameaça.

O presidente eleito terá pelo menos quatro modelos de avião da Força Aérea à sua disposição, com diferentes configurações e capacidades. Entre eles o C-99, que é um avião da Embraer ERJ 145, com dois desenhos. Um com capacidade para até 50 passageiros e outro com 36 lugares. Tem também o Brasília, Embraer 120, para 30 passageiros, além do Learjet 35 com oito lugares e os Legacy para 12 passageiros. Dependendo da necessidade e do staff que estará a seu lado, a FAB destacará um tipo de avião.

Em outra medida para reforçar a proteção do presidente eleito, a Polícia Federal pediu ainda apoio da Força Nacional de Segurança Pública para a segurança externa no prédio do Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) se iniciando nesta terça-feira, 30, até 1º de janeiro, durante a fase de funcionamento do governo de transição naquele local. Na segunda-feira, 29, a Força Nacional fez varredura no prédio do CCBB, identificando os pontos de vulnerabilidade. A previsão é de que, a partir de quarta-feira, 1°, uma visita seja feita ao local pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, ao lado do coordenador da transição, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS).

A equipe de segurança do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) ainda não está à disposição de Bolsonaro. No momento, ele continua usando a estrutura da Polícia Federal, que reforçou o grupo que o atendia desde a campanha eleitoral. A Força Nacional, que é vinculada ao Ministério da Segurança Pública (MSP), está preparando a logística de segurança do presidente eleito no CCBB e no local onde Bolsonaro terá um gabinete.

 

Com Informações do Estadão

TORRONTÉS… A uva mais emblemática dos vinhos brancos da Argentina – Por Luíza Fernandes

Na viticultora Argentina, o nome “Torrontés” começou a ser utilizada em meados do séc. XIX, o registro mais antigo corresponde ao estudo de Damian Hudson, em 1860.

Parente da uva Moscatel, a Torrontés surgiu do cruzamento as uvas Moscatel de Alexandria e Pais, essa última também chamada de Missíon ou de Criolla.

No início, a Torrontés conviveu misturada com outras cepas, e ninguém notava que era de um vinhedo diferente.

Fontes examinadas, até agora, estima-se que essa cepa nasceu em Mendoza. Uma das hipóteses pode ter sido os jesuítas, que introduziram o cultivo da uva da Itália e eles mantiveram por quase todo séc. XVIII.

Torrontés não significa apenas uma variedade de uva e sim, uma família onde encontram-se 3 cepas; Torrontés Sanjuanino, Riojano e Mendocino. Mas é a Riojano mais cultivada e também mais apropriada para produção do vinho. Uva bem redonda, com bagos de tamanho grande e pele fina, de cor verde amarelada. Essa uva próspera melhor em altíssima altitudes, mais específico no Vale de Cafayate, na borda das Cordilheira dos Andes. Também cultivada no Chile (Riojano), mas para produção de Pisco (aguardente).

 

Por Luíza Fernandes

Leia mais em: Uva Torrontés: Sinônimo de Bons Vinhos Argentinos.

Wines of Argentina

Tintos e Tantos

Parabéns ao Presidente Jair Bolsonaro – Por Daniel Martins

Parabéns ao presidente eleito Jair Bolsonaro, nossos parabéns por essa vitória grandiosa, além dos números nas urnas que são históricos, damos os parabéns por fazer um novo manual para a política, para os que dizem que se se vence campanha quem tem os maiores nomes como aliados, os que dizem que só com os melhores marqueteiros, muito dinheiro para gastar e muitos outros pontos de vistas como partidos aliados para assim ter tempo de TV.

Jair Messias Bolsonaro – Presidente Eleito do Brasil

O senhor mostrou um novo rumo para a campanha política e para as próximas eleições, já vejo pessoas fazendo perfis e movimentando eles pensando na campanha de 2020 vim como vereador ou prefeito.

Mas o nosso parabém é principalmente por tirar o poder das mãos da esquerda, essa esquerda que faz campanha suja, cheia de mentiras e factoides e faz uma campanha violenta, assim como eles mantiveram o nosso país ao logo nesses dolorosos anos.

Agora o senhor tem o desafio de governar essa nação e juntos limparmos de vez esse país, tirando a esquerda, mas não com violência e sim ensinando a eles que o Brasil acordou e que outras práticas políticas podem ajudar uma nação e que ela não precisa ser saqueada para ganhar alguns reais.

Desejamos do fundo do coração que o senhor faça um ótimo governo, que respeite a constituição, a família e o povo brasileiro, como veio dizendo ao logo dessa campanha, desejamos que o senhor acerte assim como Donald Trump vem acertando nos Estados Unidos e Sebastián Piñera vem acertando no Chile.

Faça uma pátria mais unida, justa, digna e principalmente sem corrupção, pois o PT já fez isso e assolou esse país como nunca antes, não existe esquema de corrupção no mundo maior do que o PT instalou nesse país e como disse o Ministério Público, não era casos isolados, era sistêmico.

Vamos que vamos com o 38º Presidente eleito do Brasil, homem de fé, que valoriza a família e principalmente as crianças e que não é marcado pela corrupção.

Tudo de bom, fé e saúde é o que desejamos ao novo Presidente.

Um abraço Jair Bolsonaro, Presidente da República Federativa do Brasil.

 

Por Daniel MartinsBlog do Daniel

Parabéns ao Wilson Lima Governador Eleito do Amazonas – Por Daniel Martins

Aqui vão os meus parabéns ao Governador eleito do meu amado Estado do Amazonas, Wilson Lima.

Parabéns pela vitória expressiva, parabéns por tirar do poder a velha política que assola o nosso Amazonas, parabéns por aposentar definitivamente quem não se cansa de práticas ruins e de atormentar o Estado com as maneiras velhacas de fazer política e estar no poder.

Wilson Lima – Governador Eleito do Amazonas

Que Deus possa te abençoar e guarda, para que o senhor como governador possa ser iluminado e fazer um bom trabalho, que venha para a melhoria da educação, segurança e principalmente, que venha matar o câncer chamado corrupção na saúde, que entra governo e sai governo e nosso dinheiro continua bancando a vida de luxo de corruptos.

Que esses esquemas não sejam mais praticas rotineiras, pois até em governos tampão continuaram aparecendo os esquemas e fora os que não sabemos, pois não foram divulgados.

Desejamos fé e sorte, a grande maioria dos amazonenses de raízes e de coração te deram uma votação histórica e tu dissestes que a bronca era de todos nós, esperamos de ti isso, para que venhamos ter dias melhores e que nosso Estado do Amazonas possa prosperar e ter dias melhores e de glorias.

Aqui reiteramos os nossos parabéns e desejamos tudo de bom, mas saiba que se o senhor não fizer um bom trabalho e não cumprir com as promessas de campanha, também estaremos aqui, para mostrar isso a população, pois o que esperamos de quem tirou a velha política do poder se vendendo como o novo, é que seja o novo.

Um forte abraço, Governador Wilson Lima

 

Por Daniel MartinsBlog do Daniel

TSE espera anunciar o novo presidente do Brasil até as 21h no domingo

Divulgação das pesquisas de boca de urna e apuração da eleição presidencial será iniciada às 19h, quando se encerra a votação no Acre

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) espera anunciar o próximo presidente da República até as 21h deste domingo, 28. O segundo turno é disputado entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL). Os eleitores poderão votar até as 17h, no horário de Brasília.

Segundo informações do TSE, só haverá atrasos na divulgação do resultado oficial em caso de alguma intercorrência, como a suspensão da totalização dos votos em algum estado.

A divulgação das pesquisas de boca de urna e da apuração parcial para presidência da República será iniciada às 19h, no horário de Brasília, quando se encerra a votação no Acre. Nas 14 unidades da federação onde haverá disputa de segundo turno para o governo, os resultados serão conhecidos a partir das 17h.

A disputa para o governo do estado ocorre no Amapá, Amazonas, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Bolsonaro com 55% e Haddad com 45% na véspera da eleição

Diferença entre os dois finalistas da corrida presidencial cai para 10 pontos, sem contar eleitor indeciso.

​​O deputado Jair Bolsonaro (PSL) chegou à véspera do segundo turno da eleição presidencial com 55% das intenções de votos válidos e vantagem de 10 pontos percentuais sobre o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que está com 45%, de acordo com pesquisa concluída pelo Datafolha neste sábado (27).

O levantamento sugere que a diferença entre os dois candidatos se estreitou mais um pouco nos últimos dias, com pequenas oscilações nas preferências de ambos, dentro da margem de erro do estudo, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Desde quinta-feira (25), quando foi concluída a sondagem anterior do instituto, Bolsonaro oscilou negativamente, de 56% para 55% das intenções de votos válidos, sem contar eleitores indecisos e dispostos a votar em branco ou nulo. Haddad oscilou positivamente, de 44% para 45%.

A diferença entre os dois finalistas da corrida presidencial chegou a 18 pontos percentuais há nove dias. Apesar da perda de apoio desde então, Bolsonaro conservou a maior parte dos seguidores que conquistou com a onda conservadora que lhe deu impulso na primeira fase da campanha.

Segundo o Datafolha, 8% dos eleitores chegaram à véspera da eleição inclinados a votar em branco ou nulo, e 5% dizem que ainda não sabem em quem votar. Somados, os eleitores sem candidato representam 13% do eleitorado.

O Datafolha fez 18.371 entrevistas em 340 municípios na sexta (26) e neste sábado. A pesquisa foi contratada pela Folha e pela TV Globo, e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-02460/2018.

O levantamento indica que 92% dos eleitores estão decididos e poucos deixaram a definição para a volta às urnas neste domingo (27). Segundo o Datafolha, 94% dos apoiadores de Bolsonaro e 93% dos que votam em Haddad se dizem totalmente decididos.

Entre os eleitores que pretendem votar em branco ou anular o voto, somente 23% disseram que ainda podem mudar de ideia até a votação. Mesmo que todos optassem por Haddad na última hora, os votos seriam insuficientes para eliminar a  diferença que separa Bolsonaro e o petista.

Haddad chegou ao fim da campanha despertando maior antipatia no eleitorado do que Bolsonaro. Segundo o Datafolha, 52% dos eleitores dizem que não votariam no petista de jeito nenhum. A taxa de rejeição de Bolsonaro é de 45%.

Entre os eleitores inclinados a votar em branco ou anular o voto, somente 23% cogitam a possibilidade de votar em Haddad e 75% dizem que não o apoiariam de jeito nenhum.

Nesse mesmo segmento, 18% afirmam que poderiam votar em Bolsonaro se mudarem de ideia até a hora da votação e 80% rejeitam a ideia.

Os números do Datafolha mostram que nas últimas semanas Bolsonaro perdeu mais votos entre os Os números do Datafolha mostram que nas últimas semanas Bolsonaro perdeu mais votos entre os homens do que entre as mulheres, entre os mais velhos e os mais ricos. O candidato do PSL perdeu terreno em todas as regiões do país, mas  conservou o apoio no Sudeste, a mais populosa.

Haddad manteve vantagem expressiva sobre o adversário no Nordeste, o mais fiel reduto petista, e ganhou apoio nas últimas semanas em todas as outras regiões. Segundo o Datafolha, ele tem mais votos do que Bolsonaro entre eleitores mais pobres, com renda de até dois salários mínimos, e os menos escolarizados.

Os dois finalistas chegaram à véspera da eleição empatados nas preferências do eleitorado feminino, Haddad com 42% das intenções de votos totais e Bolsonaro com 41%.

O capitão reformado, que é considerado ofensivo por muitas mulheres, enfrentou rejeição maior entre elas desde o início da campanha. Entre os homens, Bolsonaro tem 55% e Haddad está com 37%.

Vamos Continuar na Luta contra o câncer de mama – Por Célia Lemos

Vamos continuar na luta contra o câncer de mama, não podemos deixar que só o mês de outubro seja um mês combatente, temos que sempre fazer os exames, tanto o autoexame quanto a ida ao hospital para ser consultada por um especialista, mas essa luta não pode parar porque o bem não pode perder para o mal, então, se você é mulher e por conta da vida corrida ainda não teve tempo de ir fazer seu exame, faça, vá em frente do espelho e toque nas suas mamas e se conhece outras mulheres lembre-as também, para que assim possamos juntas derrotar o câncer de mama que assola as mulheres de todas as idades.

Célia Lemos, Filha, Mãe, Profissional da Podologia e principalmente, Mulher

Nossa vida é sagrada e nós temos que cuidar da nossa saúde, afinal a vida é só uma e o câncer mata aos poucos e destrói tudo por onde quer que ele vá e nós temos que ajudar mais pessoas saberem da importância do exame, do diagnóstico precoce para assim evitar um agravamento, temos que divulgar em nossas redes sociais se já fizemos, pois assim lembramos outras mulheres, para que as mesmas também sigam o nosso exemplo para combater de frente esse mal que aflige milhões de mulheres no mundo inteiro, lembre sua mãe, sua irmã, amiga, colega de trabalho e até mesmo aquela mulher que você não tem tanta afinidade, pois devemos fazer o bem sem olhar a quem, devemos ajudar as pessoas que não tem tanta informações e mantê-las informadas da importância da prevenção.

Prevenir é melhor que remediar, já dizia minha mãe, então vamos que vamos juntas no combate ao câncer de mama.
Lembre-se, outubro está acabando, mas o rosa continua e juntas somos mais fortes e muito mais informadas e assim poderemos diminuir esse índice que é tão grande no nosso país, mulheres juntas contra o câncer de mama, viva a vida.

Um recadinho para os homens, ajude sua parceira, esposa, amiga, namorada, mãe, irmã, ajude as mulheres a sua volta, lembre elas do exame, pergunte, informe-as para que elas possam cuidar da saúde delas, tenho certeza que você homem de bem não quer perder pessoas queridas por conta da falta de informação sobre o câncer de mama, compartilha esse texto com elas e faça sua parte, afinal, homem que é homem de verdade, ajuda as mulheres a sua volta, assim como os homens dizem que não sabem viver sem nós mulheres, nós também não sabemos viver sem vocês homens, não importa qual o parentesco ou a relação, ajude uma mulher nessa luta desleal que é contra o câncer, só assim podemos diminuir o número de mortes, só assim menos filhos ficaram sem suas mães tão cedo, menos maridos perderão suas esposas e menos pais e mães perderão suas filhas, o câncer de mama é sério, grave e mata, então não podemos deixar um só dia de combater esse inimigo das mulheres. Vamos juntos, homens e mulheres pelo bem da família, pela saúde e pela vida.

 

Por Célia Lemos – Podóloga
A arte de cuidar bem dos seus pés.

Informações para agendamento você encontra na minha Fan Page Clicando Aqui

Facebook: Célia Lemos – Podóloga
Instagram: @CeliaLemosPodologa

Bolsonaro cobra apoio de aliados e diz que ‘não acabou a eleição ainda’

Um dia após Ibope mostrar queda na intenção de votos, presidenciável diz que parlamentares eleitos devem apoiá-lo: ‘A prioridade de vocês é Jair Bolsonaro’

Um dia após pesquisa feita pelo Ibope mostrar que a diferença dele paraFernando Haddad (PT) caiu quatro pontos percentuais e que sua rejeição aumentou cinco pontos, o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) cobrou duramente seus aliados para que se empenhem em sua campanha e alertou que “não acabou a eleição ainda”.

Jair Bolsonaro – Candidato à Presciência do Brasil

Em uma transmissão ao vivo no Facebook de 21 minutos, ele afirmou que “os deputados de esquerda estão mobilizados” nas redes sociais defendendo Haddad e fazendo ataques a sua candidatura, enquanto entre seus aliados “o engajamento está muito fraco”.

“Eu apelo aos parlamentares eleitos que entrem nessa briga. Não acabou a eleição ainda”, afirmou. Segundo o Ibope, o capitão reformado do Exército lidera o segundo turno da eleição presidencial com 57% dos votos válidos contra 43% de Haddad – no levantamento anterior, os números eram de 59% a 41%.

Apesar de ter oscilado dentro da margem de erro, o capitão experimentou queda na pesquisa espontânea (quando os nomes dos candidatos não são apresentados ao eleitor) – ele passou de 47% para 42%, enquanto Haddad foi de 31% para 33%. A rejeição ao candidato do PSL também subiu cinco pontos.

Bolsonaro lembrou aos 52 deputados eleitos pelo PSL – segunda maior bancada da Câmara, atrás apenas do PT – que eles não foram eleitos apenas em razão de seus esforços. “Vocês se elegeram em grande parte pelo meu trabalho como candidato a presidente da República”, disse.

Para ilustrar a crítica, ele citou a situação de São Paulo, onde deputados do PSL gravaram vídeo de apoio ao candidato Márcio França (PSB), enquanto outros representantes da campanha, como o vice Hamilton Mourão, externou apoio a João Doria (PSDB).

“Eu estou vendo a briga em São Paulo. Em vez de brigarem por voto para mim, ficam apoiando um candidato ou outro. Pelo amor de Deus, a prioridade de vocês é Jair Bolsonaro”, disse. “O que está em jogo é a cadeira presidencial”.

O presidenciável também pediu aos seus eleitores que continuem mobilizados em busca de votos durante o que ele chamou de “sprint final”. “A eleição não está decidida ainda”.

Fake news

O candidato também listou – e rebateu cada uma – o que considera informações falsas divulgadas pela campanha de Haddad a seu respeito. Ele citou as informações de que iria acabar com o emprego de professores e merendeiras com a adoção do ensino à distância, que iria permitir o desmatamento da Amazônia, que iria distribuir armas indiscriminadamente para a população e que iria legalizar os cassinos no Brasil.

“Nós fazemos uma campanha baseada na verdade, e o outro lado, na mentira deslavada”, disse.

Tipos rolhas, vantagens e desvantagens – Por Luíza Fernandes 🍾🥂🍷

🍾CORTIÇA
As qualidades naturais da rolha de cortiça (vem da casca do Sobreiro) são muita: elasticidade, aderência e permeabilidade. São 3 tipos, a rolha maciça, feita de cortiça maciça, e a de melhor qualidade. Aglomerado de cortiça, feita de cortiça moída e cola, a partir da sobra das rolhas maciças. E as de espumantes, feita em duas partes e forma de cogumelos. E o mais importante, são usadas para vinhos de longa guarda.

Luíza Fernandes – Aprendendo com o mundo dos vinhos 🍇

🍾SINTÉTICA
Para ajudar a solucionar alguns problemas, a tecnologia avançou e veio o plástico. Chegaram nos anos ‘90 com um pouco de susto e insulto também. São mais baratas, podem ser coloridas, vinhos podem ser guardador em pé, mas o principal, não transmite o **TCA. Sua durabilidade ainda não comprovado, não permitem serem usadas em vinhos de longa guarda.

🍾ROSCA (Screwcap)
Trata-se de uma tampa metálica de tosca coberta internamente por um plástico inerte. Trazem baixo custo e são fáceis de manusear, não precisa de saca rolhas. As garrafas também podem ficar de pé, são recicláveis e mais importante, livre do **TCA. Bastante aceita em vinhos brancos e de consumo jovem em geral…

🍾VIDRO
Usada principalmente por muitos produtores de vinho alemão e austríaco, é outro vedante considerado eficaz, mas a desvantagem e seu elevado preço.

TCA (tricloroanisol) um defeito que ocorre nas rolhas de cortiça. Quando atacam o vinho são chamados de “bouchonné”, um aroma desagradável de mofo.

Leia mais em ‘O vinho uma paixão para todos’ de #alfredoterzano e @marianagiljuncal
www.vinhoetempero.com.br

Rolhas de vinho: da cortiça às rolhas sintéticas

Está chegando a hora – Por Alexandre Garcia

Domingo é o dia em que os brasileiros vão eleger o novo presidente. O primeiro turno mostrou que o governante de 2019 vai ter que presidir um povo mais crítico, com mais iniciativa, mais exigente com a ética, mais descrente nos políticos e nas instituições, querendo mudanças e não falsidades demagógicas e populistas. Mais esclarecido, o eleitor já não aceita promessas, nem aceita ser comprado por benesses assistencialistas. Vai exigir mais austeridade do governo e mais responsabilidade com as contas públicas.

O leitor dirá que estou falando de um povo ideal, mas utópico. Eu direi que esses foram os sinais que foram digitados nas urnas no último dia 7. Há quem não tenha entendido os sinais, e não mudou o discurso intelectual produzido no topo do pedestal no interior de uma redoma. Saberemos domingo, o resultado da campanha. Aliás, a campanha esteve no nível da propaganda para vender o peixe não importando o cheiro. Um nível que surpreende a quem tiver dois neurônios, pelos argumentos que não resistem a um olhar rápido à luz da razão.

Um amigo chileno que está há três anos no Brasil conta que nunca viu, em sua vida, um noticiário de campanha eleitoral centralizado em tribunais superiores. Ele têm razão. O envolvimento do Judiciário na campanha acaba provocando desgaste para as instituições da Justiça. infelizmente tudo por aqui acaba em tribunal, numa época em que não conseguimos resolver nossas divergências entre nós, num período em que divergimos tanto, e em tempos em que preferimos transferir para o estado as nossas pendências.

Depois de domingo, teremos novo presidente. Uma boa parte do povo já tem consciência de que aquilo que é preciso ser mudado, reformado, não poderá ser feito no primeiro dia, no primeiro mês nem no primeiro ano. Mas é bom lembrar que outros presidentes deixaram de aproveitar a força e o poder recém saídos da urna. Agora há um Congresso bastante renovado, disposto a fazer o mais urgente, como a Reforma da Previdência e mudanças no Código Penal, no Código de Processo Penal, e nos limites da responsabilidade penal. Isso se vencer o candidato que as pesquisas colocam na liderança. Se for o outro, ouvi hoje que a partir de 1º de janeiro, o bujão de gás vai custar 49 reais.

Seus Cabelos Tem Mais Força do que Você Imagina – Por Célia Lemos

É isso mesmo, seus cabelos tem mais força do que você imagina, essa é uma ação do Salão Amanda Beauty Center que traz felicidades para diversas mulheres e em pontos diferentes da vida.

Essa ação traz felicidades as mulheres que querem cortar seus cabelos, traz felicidades para aquelas que aproveitam esse momento para dá uma tapa no visual e muda-lo e principalmente essa ação traz felicidades para as mulheres que vem combatendo o câncer e que vem fazendo tratamentos e não tem condições de comprar uma peruca, mas por conta da doação tem sua autoestima elevada novamente.

Aproveito esse texto para parabenizar todos os envolvidos, os idealizadores, os donos, gerentes, parceiros, as pessoas que cuidam para que isso de certo e parabenizo até as meninas da limpeza que fazem parte e ajudam fazer acontecer nesse dia, mas quero parabenizar de modo especial os cabeleireiros, os profissionais e seus assistentes dessa área que fazem isso acontecer na real, na prática e no maior cuidado, pois sabem também da importância disso na vida das mulheres que estão cortando e doando seus cabelos, quanto para as que vão receber.

É sem dúvida alguma uma ação abençoada, que consegue tocar o mais íntimo de uma mulher para que assim elas possam ter mais forças e continuarem na luta sem desanimar e elas possam olhar no espelho e se sentirem ainda mais lindas, maravilhosas e fortes.

Vou me estender para dá os parabéns também para a Rede Feminina de Combate ao Câncer do Amazonas que faz um trabalho maravilhoso e sem igual, que mais ações como essa do Amanda Beauty Center possa vir a ajudar inda mais tanto com os cabelos quanto com o alimento não perecível.

Meu convite especial a você mulher, vá lá no Salão Amanda Beauty Center do Manauara Shopping e faça sua doação de cabelos, para participar é muito simples, basta levar 1kg de alimento não perecível e o atendimento é por onde de chegada.

Aproveite para cortar seu cabelo e ficar maravilhosa e ajudar as guerreiras que precisam dos seus cabelos e dos alimentos, vamos fazer o bem sem olhar a quem. Vamos que Vamos, Gente Bonita.

Quando: Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018
Onde: Salão Amanda Beauty Center do Manauara Shopping
Horário: de 10h às 21h.
Como Funciona: Por ordem de chegada
O que será obrado: 1Kg de Alimento não perecível.

Participe;
Por Célia Lemos – Podóloga

Champagne, Cava, Prosecco e Espumantes? – Por Luíza Fernandes

De uma forma bem direta, e também correta, podemos dizer que todos são ‘vinhos espumantes’, ou seja, vinhos “intranquilos” (com borbulhas) 🍾

Champagne: leva o nome da região de origem, Champagne (França). Com normas e legislação bem determinadas, métodos específicos de produção já delimitadas há séculos.
Cava: específico é exclusivo da Espanha, com a diferença que Cava não tem região específica demarcada, porém, 85% da produção é feita na Cataluña.
Prosecco: de origem italianas, segue a mesma lógica, produzido exclusivamente na região de Veneto.
Espumante: sua maior produção está no sul Brasil. É um vinho com gás carbônico originário da segunda fermentação natural de um vinho de base já que estava fermentado.
Então, para cada país onde são produzidos este tipo de vinho, tem duas próprias regulamentação. 🍾
Veja outros nomes em seus países de origem:
Alemanha – Sekt 🍾
EUA, Austrália e N. Zelândia – Sparkling 🍾
*Livro ‘O vinho uma paixão para todos’ de #alfredoterzano

Por Luíza Fernandes
Instagram: @Agora_Tu_Sabes

RONDÔNIA ELEIÇÕES 2018 – RAUPADA E BAGATOLADA – Por Daniel Martins

O casal Valdir e Marinha Raupp lideram a política rondoniense desde 1994. Agora imitaram Marina Silva, sumiram das urnas e como disse outro defenestrado, Cristovam Buarque, senador de Brasília, “o povo cansou de nós”. Ufa, que bom! Já do candidato ao Senado do PSL, Jaime Bagatoli, sua desastrada jogada criou, para rimar, uma nova expressão, bagatolada.

Estou morando em Porto Velho pela segunda vez mas, embora ame Rondônia em breve volto para minha origem e paixão, o meu Amazonas. E como blogueiro político, vivi até o mês de julho a dúvida do voto para presidente entre Alkmin e Álvaro Dias, mas em julho decidi por Bolsonaro sem mesmo ler o programa de governo dele. Concluí que neste momento do Brasil o importante é apoiar alguém comprometido com a mudança do status quo e do modus operandi vigente em nossa pátria. Só Bolsonaro fez esse compromisso, cujo começo já me bastaria: honestidade, desconstrução da esquerda destruidora de toda nação que domina (como hoje vemos na Venezuela, Nicarágua, e o Brasil esteve bem perto!). E, além disso, por freio na burocracia e nesse sistema capitalista selvagem do mercado financeiro; na falta de autoridade dos governos e da sociedade a partir das escolas; da violência como política pública de desarmonia social e a promoção do ódio instigando as minorias contra a maioria – conjunto macabro de ações que visa sempre e apenas desagregar o país e preparar o golpe socialista como fizeram com nossos vizinhos bolivarianos.
Pelas redes sociais acompanhei e atuei por Bolsonaro e pelo meu Amazonas.

Lá torci por Wilson Lima, que há de vencer o eterno e ateu Amazonino Mente, ops, Mendes, mas como estou em Rondônia (até o mês que vem), acompanhei a eleição rondoniense, tão atípica como todas as eleições deste ano.
Aqui, no insignificante PSL-RO só se filiaram sem votos, mas a força do Mito obrigou Expedito Jr. a devolver o terno da posse que tirara do guarda roupa quando Acir foi cassado, e levou ao segundo turno o candidato do seu PSL – coronel Marcos Rocha – que ninguém considerava, pois não tem nome, estrutura, como secretário de Nazif e Confúcio foi um apagado da silva, e só saiu candidato como azeite na prensa, espremido pelo veto dos ricos do PSL ao nome José Jodan, que ficou de vice porque significada menos ainda que o coronel.

Esses ricos são os membros locais do movimento nacional Aprosoja, o qual assumiu o compromisso de financiar a campanha de Bolsonaro nas regiões Norte e Centro Oeste. Mas como é de praxe e nas campanhas todo rico posa de pobre, ninguém viu o din din deles. O único que se alvoroçou como financista público e entende tanto de política quanto criança de nióbio, foi o empresário vienense Jaime Bagattoli, que desde o início e depois da vitória do coronel Marcos, tentou se tornar o “dono” do Partido e agora da vitória. Para encurtar o artigo, esse cidadão é famoso por sua ignorância, soberba, grossura, autoritarismo, mas confiando no seu din din cobrou caro seu apoio – quis ser senador.

Agropecuarista em Vilhena, este cidadão é tão anta em política que exigiu ser candidato sozinho embora o Partido pudesse lançar dois nomes. Faltaram pouco mais de 18 mil votos para se eleger, e poderia ter obtido esses votos com um parceiro pedindo o 2º voto para ele, já que todos os candidatos foram mal votados ao ponto de um ex-governador milionário como Confúcio Moura se eleger com apenas 17% dos votos. Mas não foi só isso, seguro de que o coronel candidato ao governo não tinha qualquer chance “por ser pobre”, não andou com ele nem o ajudou a fazer campanha. Deu apenas os impressos comprometidos com o diretório nacional, e miseráveis 5 mil reais para cada candidato a deputado contratar 5 formiguinhas por apenas 30 dias. Para o governo o grupo preferiu Acir Gurgacz, que não lhes pediria dinheiro.

Pois bem eleitor, o futuro presidente Bolsonaro perdeu um senador por soberba e amadorismo: afinal, bastava ao senhor Bagatoli andar por todo lugar com o coronel, que teria sido eleito, afinal, Marcos Rocha foi para o segundo turno com 8% a mais de votos que ele para o Senado! E mais simples ainda, se, andando com ele, Bagatoli tivesse pedido o voto de quem votaria e votou só na legenda, o 17, que somou 50 mil votos. Ora, se metade dessas pessoas o atendessem teria sido eleito com folga.

Mas o chifrinho que coça por debaixo de seu chapéu e azeda Bagattoli não é a derrota para o Senado que com tantos erros todos os entendidos anteciparam. Lhe coça mais é o fato de saber que com o dinheiro que tanto valoriza e gastou – varia de 800 mil a 2 milhões conforme a entrevista – poderia ser ele o governador, afinal o coronel Rocha Bolsonaro já tem votos a 2 X 1. Daí sua brutalidade pública de querer engessar o coronel agora, alegando ter financiando os impressos (compromisso que fez com o diretório nacional e não com Rocha).

O líder do 2º turno sequer visitou todos os municípios porque os Bagattolis da Aprosoja que prometeram apoio incondicional a Bolsonaro a ele negaram apoio real. Mas quando as urnas se abriram acabaram pegos com a calça curta. Agora o choro e a apelação do senador que Bolsonaro deu 212 mil votos e ele já acha que foi ele mesmo – ai ai.

Além de deixar o candidato do PSL ao léu, na rua da amargura, como cereja do bolo o bobo Bagatoli agiu como menino dono da bola. Não deixou que o PSDL lançasse outro candidato para pedir votos para ambos porque queria “pegar os dois votos do Senado só para si” (kkkk); ou para ser mais elegante – sic. Na verdade, seus milhares ou milhões que viraram milho sequer conseguiram fazer a sua candidatura de senador do PSL chegar à capital, celeiro com 300 mil votos.

Estes fatos e a vitória do novo coronel coroaram a onipresença do Mito nas terras do saudoso coronel Teixeirão. Uma vitória com recursos próprios e parcos. Mas um estilo vivo que o levou a abraçar nesta semana, depois do ataque baixo, o “ex futuro” senador por inteligência, humildade e/ou estratégia. ‘Chupa essa’ Bagah… é uma expressão feia mas cabe bem aqui, porque esse grupo jamais esquecerá que um ou outro riquinho cheio de fogo na língua poderia estar no lugar do futuro governador e não está, ou poderia ser senador e não está por má assessoria, burrice política, falta da lealdade prometida ao Mito e pão-durismo. Por isso, neste abraço ridículo, semelhante ao de raupp e Confúcio na convenção, quem está engolindo sapo não é o futuro governador Marcos Rocha; é o rei da bagatolada.

Assim, pra não dizer que não falei de flores, tchau Expedito, tchau Bagattoli. Viva o Mito que elegeu quem mal conhecia (como quase todos) mas lhe foi fiel.

A Vida que Segue – Por Célia Lemos

Não nos deixemos abalar por conta de uma partida de futebol, não nos deixemos abater por conta de um campeonato, afinal, daqui a 4 anos tem outro e nós como brasileiros estaremos mais uma vez na torcida por nossa seleção penta campeã, não vamos fazer disso um fim, mas sim um começo, vamos olhar com mais carinho para nosso país e principalmente para o nosso próximo, que tenhamos amor pelo nosso país da mesma forma que temos por nossa seleção, que façamos a nossa seleção esse ano em outubro e que seja a seleção de vitórias e de conquistas reais a uma nação.

Que nossos jovens ganhem com a nossa escolha, que nossos idosos tenham mais condições com a nossa seleção de outubro, que nós tenhamos segurança, emprego, educação, menos corrupção e decepção política, que não tenhamos o país das maravilhas, pois esse não existe em lugar nenhum, mas que tenhamos pelo menos um país digno para morarmos e vivermos em paz com nossos filhos e familiares.

Éramos até ontem uma só seleção e de hoje em diante vamos ser uma só nação, a nação que cobra seus representantes, que não se cala diante da falta de respeito e responsabilidade deles. Vamos em busca Brasil, vamos ser um só país, vamos ser um povo, uma só gente e assim, milhões de vozes em um único grito, BRASIL.

Que nós saibamos escolher os nossos representantes da melhor forma possível e que eles possam ser responsabilizado pelos seus atos bons e ruins e que da mesma forma que não deixamos passar um lance da Canarinho, não deixaremos passar um só projeto ou lei que não saibamos do que se trata na prática.

Continuamos na luta pelo hexa na próxima copa do mundo, mas vamos começar a lutar por ter um Brasil mais justo, mais humano e um país melhor para nós vivermos e até mesmo torcer por nossa seleção em mais conforto, paz e segurança.

 

Por Célia Lemos – Podóloga

Informações para agendamento você encontra na minha Fan Page, no Facebook Clicando Aqui
Célia Lemos – Podóloga – A arte de cuidar bem dos seus pés.

Facebook: Célia Lemos – Podóloga
Instagram: @CeliaLemosPodologa

Será que o quebra-quebra tem que começar nos primeiros minutos da greve? – Por Daniel Martins

Lamentável tudo isso, não estou falando da população revoltada apedrejando e ateando fogo nos ônibus de Manaus, não estou falando do prejuízo que isso causa, estou falando da pouca vergonha dos governantes e das partes envolvidas, como grevistas e sindicalistas, isso é um abuso, um absurdo, cansaram a população por 7 dias, fizeram a população de refém, ai a prefeitura publica notinhas que isso e aquilo, como se fosse resolver o problema, no final do dia tudo uma maravilha, dizendo que teria ônibus nas ruas e quando chegava a manhã subsequente, a  mesma palhaçada, o descaso tomando conta.

Um prefeito que ficou calado, quando a greve era na sua cidade, mas que arrotou quando a greve era dos caminhoneiros, porque o prefeito não fez a mesma coisa que falava para o presidente da República fazer? Se acovardou diante do problema, viu a população sofrer dias após dias, viu a população ser humilhada e pisoteada pelo sindicato, viu a cidade de Manaus agonizar nas ruas em busca de saída, e não me venha com a conversa mole que colocou os executivos e amarelinhos para irem até o centro da cidade, pois isso não resolve o problema, se com 100% da frota nas ruas a população fica nas ruas horas e horas esperando os ônibus, imagina com uma meia dúzia, senhor prefeito, seja aquele macho que o senhor foi quando senador em ameaçar um  presidente da República, mas seja esse macho para defender a população, seja esse o mesmo camarada que saiu pedindo votos,  que lotava os comícios com os discursos de amor por Manaus, mas não deixe mais que essa cidade passe por tamanha humilhação, já basta essa cidade sofrer com apagões, com falta de água encanada nas suas casas, já basta esse povo sofrer nas paradas de ônibus sem coberturas para essa população se proteger do sol e da chuva, já basta os ônibus todos sucateados, superlotados, já basta a buraqueira que está essa cidade linda e ainda mais passar por isso sem poder ter o direito de ir trabalhar, pois hoje a greve acabou, mas até que dia? Até que horas? E esse povo não foi ressarcido em nada, não estão recebendo passe livre por sete dias para compensar, a única coisa que vamos receber é essa conta para pagarmos, pois isso tudo é passado para nós.

Espero que nós não venhamos mais ser humilhados por esses sindicatos que ficam cada vez mais rico e uma população cada vez mais refém, daqui a pouco vem outro aumento de tarifa, daqui a pouco vem aumento de impostos na cidade de Manaus para que nós venhamos pagar essa conta embutida em outras coisas, pois não adianta pagar IPTU nessa cidade, pois está cheia de buracos, não adianta pagarmos iluminação pública se estamos às escuras, não adianta pagar isso ou aquilo, pois o retorno para nós é muito pouco. Então, esperamos que o senhor mostre esse amor que tem por Manaus, não deixando essas coisas absurdas acontecerem, esperamos uma postura de um prefeito de verdade e não apenas de um candidato de promessas vazias e faça isso pelo povo e não por ser ano de eleição e o senhor ter que subir nos palanques para dizer que está fazendo e quando passar as eleições voltar o caos de sempre, Manaus merece respeito, Manaus merece um representante que a honre de verdade e não de discursos de eleições, Manaus precisa de um prefeito de fibra que saiba falar na hora certa com quem quer que seja e queira machucar Manaus e não um prefeito e notinhas dizendo que está negociando e passar sete dias para assim depois do quebra-quebra parar a greve, pois quem parou a greve não foi o senhor prefeito, não foi sua equipe, não foram os sindicatos e nem os grevistas, quem acabou com essa greve foi a população, pois vocês se amedrontaram diante do povo, pois sabia que se essa palhaçada continuasse seriam mais ônibus quebrados e seria em todas as zonas de Manaus, sabiam que o prejuízo seria maior e que iam queimar ônibus e a única coisa que preocupou vocês foi ser ano eleitoral e a nacional ver que aqui está um desastre total e não ajudar vocês como esperam para eleger seus grupos de representantes factoides.

Respeitem Manaus, respeitem esse povo que luta dia e noite para manter essa cidade o que ela é, respeitem o pai de família que trabalha para alimentar sua família, respeitem a ‘‘Dona Manaus’’ que são todas as mulheres que trabalham fora ou dentro de casa, mas que faz essa Manaus mais linda e melhor cada dia.

 

Por Daniel Martins / Blog do Daniel

“Devolva essa pergunta a seu editor, manda ele enfiar isso na bunda” diz Gilmar Mentes

Jornal questionou o ministro se voo para Portugal tinha sido pago pelo STF

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), chamou de molecagem pergunta da Folha sobre os custos com passagem aérea de viagem sua a Lisboa.

O jornal questionou o ministro se voltaria para o julgamento do habeas corpus de Lula em 4 de abril e se o voo para Portugal tinha sido pago pelo STF.

A presença dele tornou-se incerta em razão de um seminário que será organizado em Lisboa pelo instituto do qual ele é sócio, o IDP(Instituto Brasiliense de Direito Público).

“Devolva essa pergunta a seu editor, manda ele enfiar isso na bunda. Isso é molecagem, esse tipo de pergunta é desrespeito, é desrespeito”, disse o ministro por telefone, de Lisboa, ao repórter.

O ministro negou que o STF tenha pago pelos bilhetes e não informou quem os custeou.

“Vocês vivem de patrocínio, se vocês quiserem, montem a Folha, façam um dia a Folha rodar sem patrocínio, eu estive lá esses dias, patrocínio Souza Cruz escondido. Quem pagou meu hotel, quem pagou minha passagem foi a Souza Cruz”, disse.

Ele se referiu ao 2º Encontro Folha de Jornalismo realizado em fevereiro, em São Paulo, em que foi um dos convidados. O evento teve patrocínio da Souza Cruz, como constava do material de divulgação e de amplo painel atrás dos convidados.

 

Com Informações da Folha de São Paulo

As causas da falta de um Flávio Dino no Amazonas  – Por Carlos Santiago

Flávio Dino é o atual governador do Estado do Maranhão responsável pela derrota nas eleições gerais de 2014 da oligarquia comandada pelo ex-presidente José Sarney que governou o Estado por 50 anos.

Carlos Santiago é Sociólogo, analista político e Advogado

No Maranhão nasceu Flávio Dino, um lugar com os piores indicadores sociais do Brasil, onde a extrema pobreza, o analfabetismo quase generalizado, o mandonismo político e a apropriação da máquina pública por grupos de famílias abastadas caracterizam o círculo vicioso do atraso e do descaso.

Ele ingressou na faculdade de direito do Maranhão, participou do movimento estudantil, formou-se e tornou-se professor de direito constitucional da mesma universidade. Depois passou no concurso para juiz federal e presidiu a Associação dos Juízes Federais e foi membro do Conselho Nacional de Justiça – CNJ.

Uma carreira jurídica próspera. No entanto, ele deixou o cargo de juiz federal e filiou-se a um partido comunista para ser candidato a Câmara dos Deputados. Eleito, participou do pleito seguinte à prefeitura de São Luís, não obtendo êxito, e, em 2010, concorrendo ao governo do Estado, perdeu novamente. Terminou seu mandato na Câmara dos Deputados de forma promissora.

Em 2014, com sua capacidade de juntar lideranças, com qualidades intelectuais e muita perseverança e coerência, Flávio Dino ganhou as eleições para o governo do Maranhão e faz, atualmente, o governo mais bem avaliado do Brasil.

No amazonas, nos últimos 35 anos, desde 1982, lideranças políticas à esquerda ou à centro-esquerda tentam derrotar o grupo político que se reveza no poder estadual. Porém, ao longo dos anos, algumas dessas lideranças e partidos políticos foram fazendo acordos com o grupo dominante ou foram promovendo coligações eleitorais com os “dissidentes” de ocasiões.

Já realizaram coligações com Artur Neto, com Alfredo Nascimento, com Eduardo Braga, com Omar Aziz e até com Gilberto Mestrinho. Agora, a bola da vez é o atual presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, um ex-aliado do Eduardo Braga, do Omar Aziz, do José Melo e descontente atual do grupo dominante.

Lideranças jovens até surgem no meio dos movimentos sociais, mas logo são “cooptadas” pelo grupo dominante ou viram cabos eleitorais dos dissidentes de ocasiões, exemplos não faltam na história recente.

O Amazonas, assim como o Maranhão, possui péssimos indicadores educacionais, de saúde e saneamento, além de enorme pobreza.

Enquanto um Flávio Dino amazonense não aparece, parcela do eleitorado vai reprovando todos os candidatos como aconteceu na ultima eleição. Mas, um dia a coerência, a persistência, a inteligência e vontade de melhorar os indicadores sociais do Estado irão brotar.

 

Por Carlos Santiago
Sociólogo, analista político e Advogado

Marionetes de Veículos de Comunicação – Por Daniel Martins

Uma boa parte de brasileiros nada mais é que marionete nas mãos dos grandes veículos de comunicação, isso porque os veículos de comunicação defendem o inverso dos valores e colocam mocinhos como bandidos e bandidos como mocinhos e trazem à tona ‘‘fatos mentirosos’’.

Daniel Martins, é Filho, Pai, Católico, Empreendedor, Colunista, Blogueiro, Marketeiro, Digital Influencer e um Amante da Boa Política.

Com a maravilha da internet que popularizou e ampliou a facilidade de comunicação (redes sociais), esses milhões de patriotas – infelizmente – caem no conto e como se fossem marionetes, compartilham esse trabalho sujo da grande mídia, ajudando-as a influenciar mais ainda.

Falo isso sobre o caso da vereadora assassinada no Rio de Janeiro. Quem conhece sus posições lamenta a morte mas acaba por concluir que “quem cassa acha”. Ela como vereadora defendida a legalização da maconha nas passeatas no Rio de Janeiro, em seus discursos fervorosos defendia o aborto, e defendia aqueles ‘‘direitos humanos’’ que priorizam os direitos dos bandidos; estava contra a intervenção Militar no Rio de Janeiro, fez vários discursos na Câmara a PM, até pela desmilitarização da Corporação, mas na maior cara de pau, quando da morte de um PM, apareceu como sua defensora, como oportunista e vereadora esquerdinha que era.

Agora o PT, partido do ex-presidente bandido condenado Lula da Silva faz farra com o cadáver da vereadora, diz que a morte dela faz parte do tal ‘‘golpe’’ que nunca existiu. A deputada federal Erika Kokay do PT- DF, que no ano passado gravou e postou vídeo afirmando que o PT quer destruir a nação para o comunismo implantar seu sistema de forma total – fez agora um discurso alucinado, dizendo que isso faz parte do golpe que está em curso nesse país, só faltou ela dizer que o presidente da República quem mandou matar a vereadora fascista, assim como a Dilma Guerrilheira Rousseff fez um discurso colocando a culpa no governo Temer que, por incrível que parece, fez diminuir a criminalidade no país.

Aí um bando de babacas alienados ficam compartilhando as matérias mentirosas que em dois dias diz que a PM do Rio de Janeiro é a culpada pela morte da vereadora, o discurso fajuto da esquerda que não respeita nem os mortos, assim como Lula usou a esposa pra justificar 9 milhões na sua conta, e agora estimulam fazer uso da bárbaro assassinato da vereadora Marielle, infelizmente, um exemplo a não seguir.

São esses mesmos petralhas que, por politicagem, ampliam e deturpam o drama dessa vereadora eleita pelo apoio aos criminosos do PCC, mas sequer foram no enterro de um homem assassinado com seu filho no colo, ou seja, tão bárbaro e logo depois desse!  Para o petismo, PC do B e seus PSois, importante é só o gancho para culpar o governo e nossa civilização, a verdade foi a primeira, e é e será eterna vítima do socialismo.

Fala sério, você que já compartilhou a merda que a grande mídia e o PT querem que você compartilhe, pare, e vai lá e apaga o seu post. Isso é menos vergonhoso que você depois ter que explicar para o seu filho que tu és tão desinformado que posta defesa de uma vereadora que defende bandido, que defende a maconha que você não quer que seu filho use nem venda. Se você faz o jogo deles está defendendo esta vereadora que querem transformar em heroína, quando na verdade se fosse por ela teu filho não teria nem nascido, pois ela e seu Partido, o PSOL, defendem o aborto.

Como tu vais explicar que defende e compartilha algo sobre ela, que é anti-família, e tu pregas a união da família, que ela é anti-cristã, e tu és uma pessoa religiosa e que leva teus filhos à igreja, como vais dizer para teus filhos que ela defendia o homossexualismo que você não defende e não quer que seu filho seja homossexual.

Pense nisso e por você, a sua família e nosso país, pare de compartilhar tanta bobagem que a grande mídia pinta com “as cores do LGBT” para que fique ‘‘lindo’’ aos teus olhos, embora o colorido símbolo que usam indevidamente é o “sinal que Deus colocou no universo após o dilúvio”. E na verdade, sobre o socialismo e sua narrativa e estratégia, é tudo preto no branco, mas eles escondem todas as farsas e colocam para você imagens sorridentes, quando na verdade a vereadora era feroz em seus discursos de ódio e contra os valores familiares, dentre outros que a grande mídia não quer te mostrar. Não seja marionete da grande mídia, seja você, seja livre, seja um bom brasileiro, sempre livre do comunismo. Essa praga que move esses infelizes e financia a grande mídia.

 

Por Daniel Martins / Blog do Daniel

A sorte está lançada – Por Alexandre Garcia

Por cinco a zero, a quinta turma do Superior Tribunal de Justiça acaba de negar habeas corpus preventivo para o ex-presidente Lula, condenado pelo juiz federal Sérgio Moro e com sentença confirmada e pena ampliada no tribunal revisor, o TRF de Porto Alegre. Nos votos, o Tribunal Superior deixa claro que depois de julgado o embargo de declaração que está no Tribunal Regional Federal, nada impede a execução da pena. São 12 anos e um mês, neste primeiro processo. Ainda há sete ações em que o ex-presidente figura como réu. No ano passado, o Supremo, respondendo a uma consulta, decidiu que depois de condenado em segunda instância – no tribunal revisor – nada impede o cumprimento da pena.

O PT está aferrado à decisão de manter Lula como candidato à Presidência da República, ainda que esteja preso e ainda que a Lei da Ficha Limpa diga claramente que não pode ser candidato quem for condenado por um colegiado de juízes – no caso os desembargadores do tribunal de Porto Alegre. Aposta em recursos à Justiça Eleitoral que avancem sobre o dia da eleição, 7 de outubro. Afinal, pesquisa recém divulgada pela Confederação Nacional dos Transportes e MDA, mostra Lula liderando a corrida presidencial com 33,4%, em disputa com Bolsonaro, com 16,8%, vindo em terceiro Marina Silva, com 7,8%. Como, depois de tantos escândalos de corrupção, Lula ainda lidera, é algo que só explica quem conhece o eleitor brasileiro.

O PT agora pressiona o Supremo, na intenção de reverter a decisão de que não precisa esperar o trânsito em julgado – isto é, esgotar todos os recursos – para começar o cumprimento da pena. Senadoras já foram conversar com a Presidente Cármen Lúcia, com o objetivo de fazê-la voltar o tema a julgamento. A Ministra já deixou claro que se o Supremo fizer isso, estará mudando uma decisão por causa de uma pessoa – e a Constituição estabelece a impessoalidade. A defesa de Lula tem um ex-presidente do Supremo, Sepúlveda Pertence, como advogado para impressionar os juízes da suprema corte. Sepúlveda Pertence não foi feliz em sua atuação no STJ, onde perdeu por 5 a 0.

Mas ministros do Supremo – como já me disse um ex-ministro do TSE – são 11 constituições. Um deles, o ministro Barroso, mandou esta semana quebrar o sigilo bancário do presidente da República, para investigar um pedido de contribuição para campanha do PMDB em 2014. Na minha Constituição aqui de casa, o art. 86 estabelece, em seu parágrafo 4º, que “o presidente, na vigência do seu mandato, não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas funções”. Na Constituição do Ministro Barroso, deve estar escrito diferente. É um Brasil surpreendente, em que o General Júlio Cesar e o Delegado Fernando Segóvia – ambos com destino a Roma – deixaram para a História a mesma frase: Allea jacta est – a sorte está lançada. César atravessou a barreira do rio Rubicão e entrou em Roma. Lula, com as descobertas da Polícia Federal, tem que atravessar  as barreiras da lei e da Justiça para entrar nas urnas.

Em ofensiva jurídica, Michel Temer tem encontro com a presidente do STF, Carmen Lúcia

Reunião ocorreu na casa de Cármen Lúcia, em Brasília; emedebista negou ter tratado de investigação

O presidente Michel Temer visitou neste sábado (10) a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cármen Lúcia.

O encontro ocorreu na casa da ministra, em Brasília, e foi feito a pedido do presidente, que telefonou para ela durante a semana para pedir a reunião.

Na saída do encontro, Temer disse que ambos trataram sobre segurança pública e sobre a intervenção no Rio de Janeiro. “A ministra vai colaborar enormemente com essa questão em todo o país”, disse.

A visita faz parte de estratégia do presidente para que seja reconsiderada a inclusão de seu nome em inquérito para apurar repasses da Odebrecht ao MDB em 2014.

Segundo a Folha apurou, o presidente apresentou durante a reunião argumentos contrários à investigação do seu nome neste momento.

Na saída, perguntado pela Folha se trataram do assunto, ele negou. “Não foi tratado nada disso”, disse.

O argumento de Temer, que ficou irritado com a inclusão de seu nome, é de que um presidente em exercício não pode ser investigado por acontecimentos anteriores ao mandato.

A tese, contudo, foi questionada pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que pediu a inclusão do emedebista na investigação. A solicitação foi acolhida pelo ministro Edson Fachin, do STF.

Nesta semana, ele enviou carta a Dodge, na qual apresenta tese do jurista Ives Gandra Martins sobre a impossibilidade de investigação de fatos anteriores ao mandato.

A ofensiva de Temer deve se estender a outros ministros do Supremo. O assunto foi tratado na sexta-feira (9) pelo presidente com seu advogado, o criminalista Antônio Mariz.

Nas últimas semanas, Temer tem ensaiado uma reaproximação com Cármen Lúcia. Em evento de aniversário da AGU (Advocacia-Geral da União), por exemplo, ele a chamou de “amiga” e se lembrou do tempo em que foi seu professor de direito.

Ele também a convidou para participar de encontro com governadores do país, no Palácio do Planalto, para discutir segurança pública e intensificou contatos telefônicos com ela.

A relação de ambos passa por idas e vindas desde o ano passado, e o distanciamento se agravou após a ministra ter tomado decisões judiciais contrárias ao Palácio do Planalto.

Não é a primeira vez que Temer visita Cármen Lúcia em momentos de desgaste entre o Executivo e o Judiciário. Em janeiro, ele foi à casa da ministra após ela ter concedido liminar impedindo o bloqueio das contas do Rio de Janeiro em função de uma dívida com a União. A decisão desagradou o presidente, que recorreu por meio da AGU.

Na época, durante o encontro, Temer expôs a Cármen Lúcia argumentos contrários à iniciativa. A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, contudo, havia negado que o assunto tivesse sido tratado e afirmado que, na verdade, eles falaram sobre a crise penitenciária no país.

 

Com Informações da Folha de São Paulo

Duplo palanque em São Paulo já afeta base do Governador Geraldo Alckmin

Atritos entre Doria e França dificultam ‘alianças casadas’ nos planos nacional e estadual

Depois da preocupação com o DEM, que lançou Rodrigo Maia à Presidência, e o PSB, que sinalizou que não apoiará Geraldo Alckmin(PSDB) na eleição nacional, tucanos paulistas voltaram-se à tensão do duplo palanque do governador em São Paulo.

Nesta semana, o PSB aprovou resolução que impede a aliança com candidatos fora do “campo progressista” e que apoiem medidas como a reforma da Previdência ou a privatização da Petrobras, o que foi interpretado como obstáculo ao tucano.

O sinal de alerta no PSDB de São Paulo foi ligado diante da necessidade de manter a boa vontade do vice-governador Márcio França em apoiar Alckmin, considerada a possível pressão do partido por outros nomes.

Aliados do governador reconhecem que ter um único palanque em São Paulo teria facilitado não apenas a composição de alianças como tenderia a aumentar o total de votos do tucano no Estado.

Como nem vice nem PSDB abriram mão, a tensão entre os dois polos já respinga na composição de Alckmin.

O PSB de São Paulo, que França preside, aliou-se ao PSC, PR, Solidariedade e Pros sem estender o compromisso à eleição nacional.

O prefeito paulistano, João Doria (PSDB), que agora trabalha para se lançar ao governo paulista, por sua vez, acertou a vaga de vice em sua eventual chapa com o PSD de Gilberto Kassab, que declarou apoio nacionalmente a Alckmin subentendida a composição em São Paulo.

França reconheceu que a tensão acirrará ânimos na eleição, mas reiterou a disposição em apoiar Alckmin.
“É claro que não é bom, bom é unidade, mas, do meu ponto de vista, as pessoas que são mais próximas ao Alckmin me apoiam. As que nunca quiseram Alckmin candidato a presidente, essas eu percebo que preferem disputar SP a disputar o Brasil”, cutucou o vice-governador.

Aliado de Alckmin, o deputado federal Silvio Torres (PSDB-SP) reconheceu que a tensão existe. “Dentro do próprio partido, parte é contra a saída de Doria”, disse. “Mas se os dois [Doria e França] falam que apoiarão Alckmin, que o consideram o seu candidato, espero que um mais um seja igual a dois.”

DUPLO COMANDO

Na Assembleia, o que foi apelidado como “duplo comando” explicita o racha na base do governador.
Tucanos reclamam do que consideram ser obstrução da pauta de interesse de Alckmin pelo bloco aliado a França, composto por cerca de 30 deputados estaduais.

Segundo deputados do PSDB, projetos como o reajuste do funcionalismo acima da inflação ficam sem quórum e acabarão não votados antes da desincompatibilização de Alckmin, em 7 de abril.
França pediu que a votação ocorra ainda na próxima semana.

Um exemplo simboliza a divisão. O projeto que tornará mais de 40 municípios paulistas de interesse turístico e receberão, por isso, R$ 500 mil cada, seria sancionado em 20 de março, de acordo com a proposta do PSDB.

Venceu a data desejada pelo bloco do PSB, 10 de abril, quando França será o governador e poderá sancioná-la.

DENTRO DE CASA

O desgaste em São Paulo começa dentro do próprio PSDB. A movimentação de Doria incomodou inclusive aliados de Alckmin que trabalhavam pelo palanque único de França.

Também tem irritado os pré-candidatos a governador, que reclamam da forma do prefeito de conduzir o processo, sem nem sequer admitir publicamente a intenção de disputar as prévias.

“Doria quer impor o seu projeto pessoal e autoritário sem levar em conta o projeto do Alckmin nem o projeto do partido”, disse o deputado estadual Carlos Bezerra Jr. (PSDB). “Ele não aceita o debate e rechaça toda e qualquer opinião crítica.”

Aliado de Doria, o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, que já definiu França como o “maior adversário do PSDB”, afirmou que, “em campanha, quando tem concorrente, tem que tratar como concorrente”.

“Na eleição passada, PSB já foi adversário do PSDB em várias cidades, não tem nada de novo”, disse.
Morando afirmou que o arco de alianças em formação pelo vice-governador é composto por “partidos que historicamente estiveram do lado do PT, como PC do B [que ainda não apoiou oficialmente] e o próprio PR”.

Para o prefeito, o duplo palanque “não atrapalha Alckmin, não vejo com preocupação”. Segundo ele, Doria tem agido democraticamente e deverá se apresentar na próxima semana para as prévias.

 

Com Informações da Folha de São Paulo

STF não pauta análise sobre prisão após 2ª instância e complica situação de Lula

A situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou um pouco mais complicada no STF.

Não entrou na pauta de julgamentos de abril, divulgada no site do Supremo, a análise das Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) que tratam de prisão após condenação em segunda instância.

As ADCs são genéricas e não tratam de caso específico. Se forem pautadas, a tendência do Supremo seria alterar a jurisprudência firmada em 2016 que permite a execução da pena após condenação em segunda instância.

Com isso, Lula passa a contar somente com o habeas corpus apresentado em fevereiro à Corte – o pedido já foi negado pelo ministro Luiz Edson Fachin, mas a palavra final caberá ao plenário.

Enquanto as ADCs precisam ser pautadas, habeas corpus podem ser levados em mesa pelo relator e cabe à presidente, Cármen Lúcia, colocar o tema em análise.

A avaliação de petistas é que a avaliação de uma tese abstrata teria mais facilidade de ser aprovada.

Já no caso específico do habeas corpus de Lula, a avaliação de petistas é que o resultado seria incerto.

Com Informações do G1

Mesmo com resistência de Rodrigo Maia, Carlos Marun diz que MDB pode apoiar o DEM

Sem citar nome, presidente da Câmara afirmou que fará pacto contra a velha política

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou nesta quinta-feira (8) que o presidente Michel Temer pode apoiar uma candidatura presidencial de Rodrigo Maia mesmo ele tendo afirmado que não será um garoto-propaganda do Palácio do Planalto.

Segundo o ministro, a intenção é apoiar um nome de um partido que faça parte da base aliada, podendo ser, por exemplo, do DEM. “O governo federal poderá apoiar, sim, a candidatura de Rodrigo Maia. Mas vemos a pré-candidatura com o mesmo respeito que vemos a do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD)”, disse.

Ele lembrou que o PSDB deixou a coalizão governista e que, portanto, um eventual apoio a Geraldo Alckmin está mais distante. “Hoje já com duas pré-candidaturas na base lançadas reconheço que essa possibilidade está mais distante”, afirmou.

Nesta quinta-feira (8), em convenção nacional do DEM, o presidente da Câmara dos Deputados afirmou que fará pacto contra a velha política. Em entrevista à Folha, ressaltou que será candidato até mesmo se o presidente decidir disputar a reeleição neste ano.

Para Marun, que compareceu à convenção nacional do DEM, o MDB respeita o lançamento da candidatura de Maia. “É uma candidatura de um membro de um dos partidos que compõem a base aliada. Nós respeitamos e mantemos a nossa convicção de que nossas chances de sucesso residem em marcharmos unidos”, disse.

Segundo ele, o Palácio do Planalto tomará uma decisão sobre quem apoiará em maio. Para ele, a janela partidária não irá alterar o tamanho da base aliada, mas deve fortalecer o DEM.

 

Com Informações da Folha de São Paulo

Ontem foi, Hoje é, e o Amanhã sempre será dia da Mulher

Quando falamos de mulher, falamos do ser mais fantástico do mundo, afinal, elas são as guerreiras, vem uma meia dúzia para dizer que elas são o sexo frágil, mas o interessante que esse sexo frágil é quem cuida e coloca ordem na casa desse sexo que não é o frágil? Ou será que nós homens somos os frágeis e só não admitimos? (Risos)

Afinal, como vi uma postagem na net esses dias, mulher com câncer, toda arrumada, produzida, falando ao celular e levando a criança para a escola, já o homem gripado, deitado na cama todo enrolado e não abre nem os olhos, pois diz que está doendo tudo. (Risos)

Mas aqui quero da meus parabéns para todas as mulheres, guerreiras, honradas e honestas desse país, quero estender meus parabéns a todas essas mulheres que já tem um lugar que antes era só dos homens, mulheres que são de motorista de caminhão, ônibus, até ministra presidente do STF e Procuradora Geral da República, como Carmen Lúcia e Raquel dodge.

Parabenizar esses exemplos, assim como a dona Maria, merendeira da escola dos meus filhos e a dona Beth que é empresária, mulheres em cargos diferentes, mulheres em momentos diferentes, mulheres sendo mulheres em lugares que são delas por direito.

Parabéns a todas em especial que aceitaram o chamado de ser Mãe e as que além de terem aceitado esse chamado, se dedicam a cuidar da casa, dos filhos, do marido, cuidar da família, parabéns a todas as mulheres sem exceção.

Parabéns todos os dias, afinal, foi dia da Mulher Ontem, é dia da Mulher Hoje e Amanhã também será dia da Mulher, afinal, são vocês mulheres que embelezam esse mundo, são vocês mulheres que nos iluminam com a luz própria que vem de vocês, lembrando até uma música da Paula Fernandes, A Lua (Mulher) iluminando o Sol (homem). Parabéns à todas vocês onde quer que estejam, no cargo que estiverem ocupando ou até mesmo nenhum, mas é mulher.

Deus escolheu a mulher para ser companheira de Adão e Deus viu que a Mulher era tão fantástica que escolheu uma Mulher para ser Mãe do Menino Jesus, afinal, do Todo Poderoso poderia ter trazido seu filho ao mundo de qualquer forma, afinal, ele é o Deus todo Poderoso, mas o que ele fez? Quis precisar da Mulher, quis precisar do amor de uma Mulher para com o seu filho, quis fazer da Mulher o Maior exemplo de Amor sobre a terra, se Deus mostrou todo o valor da Mulher quando ele quis precisar dela, imagina nós podres mortais que não vivemos sem vocês Mulheres, seja esposa, irmã, filha, amiga e o principal, o que seria de nós se não fosse a Mulher Mãe?

Parabéns a Todas as Mulheres do Mundo!!

Em especial essa mulher guerreira, batalhadora, honesta, honrada, cuidadosa e cheia de outras qualidades que é a Podóloga, Célia Lemos, homenageada na foto de destaque, Parabéns Minha Querida, que Deus te abençoe sempre.

Feliz Dia da Mulher

 

Por Daniel Martins / Blog do Daniel

Previdência municipal registra superávit patrimonial de R$ 5,3 milhões

O balanço geral da previdência do Município de Manaus fechou 2017 com superávit patrimonial de R$ 5,3 milhões. O resultado foi apresentado na manhã desta quarta-feira, 07/03, pela presidente do Conselho Fiscal (Cofis) da Manaus Previdência, Suani Braga, durante reunião do Conselho Municipal de Previdência (CMP). “Constamos, também, que a instituição fez um trabalho patrimonial dos bens móveis, onde o inventário físico está condizente com o contábil, uma dos focos de atenção do Tribunal de Contas do Estado quando fiscaliza os entes públicos”, informou. “Os números mostram que a previdência municipal vem realizando uma boa gestão do seu patrimônio”, resumiu.

O superávit patrimonial é o resultado dos balanços da instituição. No caso da previdência, o balanço Orçamentário apresentou saldo positivo de R$ 40,4 milhões; o financeiro, de R$ 479,2 milhões; e o Atuarial, de R$ 17,6 milhões.

O diretor-presidente da Manaus Previdência, Silvino Vieira, explica que os bons números da instituição são resultados de várias ações conjugadas, mas que podem ser resumidas em três pontos: primeiro, a predominância dos investimentos em fundos aplicados em títulos, especialmente os que operam com títulos públicos, dos quais uma significativa parcela garante a meta atuarial. No final do ano, entretanto, com a queda da inflação, iniciou-se aplicações em investimentos mais ousados, em renda variável, que garantiram um rendimento maior. “Foi um risco calculado e mensurado, porém necessário, pois com queda da inflação, não teríamos como bater a meta atuarial aplicando somente em títulos públicos”, diz. “A situação do mercado permitiu essa ousadia”, complementa.

O segundo ponto refere-se à economicidade nas ações das áreas administrativas e orçamentária, e, por último, um acompanhamento constante sobre uma base de dados completa e atualizada na área atuarial. “Enquanto a legislação determina que esse acompanhamento aconteça pelo menos uma vez por ano, nós, da Manaus Previdência, fazemos isso mensalmente. Isso nos possibilita adotar medidas de forma imediata, caso seja detectado algum resultado ou tendência indesejada que possa vir a ameaçar o pagamento dos nossos segurados”.

O cálculo atuarial é um dos dados fundamentais para um Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). É por meio dele que o ente tem como dimensionar as obrigações futuras, mas com valores atuais, da previdência em relação aos seus segurados e dependentes. “É quanto a Manaus Previdência necessita ter em recursos, hoje, para poder cumprir com suas obrigações beneficiárias de todos os segurados ao longo dos anos”, detalha Vieira.

METAS 2018
Para continuar registrando superávit na previdência, Vieira adianta que já estão sendo tomadas algumas decisões visando aumentar a receita da autarquia. Entre elas, a manutenção dos investimentos mais ousados e o trabalho junto aos órgãos que compõem a estrutura municipal para o aumento da base de contribuintes.

O diretor-presidente da Manaus Previdência alerta que o mesmo cálculo atuarial que apresenta superávit, hoje, já alerta para uma tendência de encolhimento da base de contribuintes para os próximos anos. “É um sinal amarelo. Indica que se não houver reversão desse encolhimento, haverá comprometimento do pagamento dos benefícios mais adiante”.

A base da receita da previdência são as contribuições oriundas dos servidores efetivos, que contribuem com 11%, e o Tesouro Municipal, que arca com 15%. Atualmente, a Manaus Previdência assegura o pagamento de mais de 6 mil benefícios, entre aposentadorias e pensões.

O plano da Polícia Federal para o dia da prisão de Lula

Preparativos envolvem 350 pessoas, avião e apoio da PM. Não haverá uso de algemas e PF trabalha com cinco possíveis locais para o cumprimento da pena

Condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região a doze anos e um mês de prisão, Lula será recolhido ao cárcere tão logo seu recurso contra a sentença seja julgado no TRF4, o que deve ocorrer a partir do próximo dia 23. A cadeia, se nenhuma reviravolta acontecer, é uma questão de dias.

Reportagem de VEJA desta semana mostra os preparativos da Polícia Federal para cumprir a ordem de prisão contra a maior estrela do petrolão. O trabalho para o “Dia D” da Lava-Jato – como tem sido chamado na corporação – é sigiloso e envolve 350 agentes, avião e apoio da Polícia Militar.

Ciente do peso da biografia do alvo, a PF quer evitar erros cometidos em ações anteriores, para não vitaminar o discurso de Lula segundo o qual ele tem sido vítima de uma caçada judicial. Já foi acordado, por exemplo, que não haverá o uso de algemas nem de camburão. A Polícia Federal espera deter o petista em sua casa em São Bernardo do Campo (SP) e listou cinco locais onde o ex-presidente pode começar a cumprir sua pena na Lava-Jato.

 

Com Informações do Portal Veja

Alto escalão do PT acredita que Lula será preso ainda neste mês

Partido precisa decidir se segue com Lula até o fim ou aposta em nome alternativo

Lula diz que vai até o fim e que o partido não tem plano B. Mas na alta cúpula do PT, a avaliação é que o seu pedido de prisão possa acontecer ainda em março. Será um baque gigantesco nas possibilidades eleitorais do ex-presidente, tanto juridicamente quanto de imagem. Resta ao partido seguir com o discurso de que Lula está sendo perseguido ou, com a ajuda dele mesmo, criar um nome alternativo. Hoje, o PT está inclinado para a primeira opção.

 

Por Mauricio Lima

Com Informações do Portal Veja

Orquestra do sul acusada de desvio de verba pública quer recursos de trabalhadores do Amazonas

A Orquestra Sinfônica Brasileira – OSB, vive uma via sacra que já completa três quaresmas.

Em 2015, foi investigada pelo Ministério Público Federal, em 2016 teve suas contas reprovadas, e em 2017 sequer realizou Temporada de Eventos.

Embora sediada no Rio de Janeiro, esta tradicional mas desde então desacreditada entidade nacional vem apelando por todos os meios e lugares, alavancar recursos como sempre fez. Além do custo do seu quadro de dirigentes e profissionais, sua credibilidade chegou ao mais baixo nível nesse início de 2018. A soma de seus problemas está tornando a entidade inviável.

A OSB vem respondendo, desde 2012, por diversas sindicâncias e ações por uso indevido de recursos públicos e contas reprovadas pelo MPF, onde já FOI penalizada com a obrigação de devolver R$ 2,3 milhões ao MinC – Ministério da Cultura, referente à parte não executada de um total de R$ 39 milhões captados em recursos do Tesouro Federal. Foi também suspensa do direito de repasse de verba oriunda da lei de incentivos fiscais da Lei Rouanet; e, como pá de cal no seu movimento para sair deste verdadeiro buraco, ficou de fora, pela primeira vez, do circuito cultural de 2017.

No desespero de tentar salvar a si próprios e a própria OSB, os atuais gestores estão promovendo verdadeiro lobby junto ao Ministério Público do Trabalho, que recebeu/receberá 20 milhões de reais correspondente a multa cobrada por danos morais coletivos causados a funcionários da empresa sul-coreana Samsung, sediada no Polo Industrial de Manaus.

Samsung
A fábrica que emprega cerca de 6 mil pessoas e vende produtos para toda a América Latina, foi inspecionada pelo MPT em 2013, gerando ação proposta pela Procuradoria Regional do Trabalho da 11ª Região, com pedido de indenização no valor de R$ 250 milhões por ‘graves’ infrações trabalhistas e danos morais coletivos, conforme notícia divulgada pela ONG Repórter Brasil. Em face desta realidade negativa da OSB e a expectativa de recursos para o setor cultural do Amazonas, a sociedade e o meio artístico e cultura amazonense pleiteiam prioridade no destino da verba, visto que a crise afetou em muito o setor em toda a região norte, e o Rio de Janeiro, apesar dos desmandos, tem muito mais fonte de recursos do que qualquer outro Estado da Federação.

Arara linda! – Por Carlos Santiago

De repente nós nos beijamos! Um ato final depois de adoráveis conversas sobre obras literárias e de sorrisos gostosos. Dali pra frente a nossa vida foi uma combinação de pecados, santidades, sonhos, felicidades, conflitos, ousadias e …

Carlos Santiago é Sociólogo, analista político e Advogado

Uma mulher amorosa, inteligente, bonita, doce, religiosa e muito solidária. A sua mãe era o exemplo que ela seguia. Nasceu numa família muito humilde, mas com muita perseverança formou-se em letras e mais tarde em direito.

Fiquei encantado pela capacidade de ser decidida, pela forma carinhosa como olhava e tocava em mim, por acreditar sempre nas pessoas e desejar vida melhor pra todos. Com ela, aprendi o significado de amar com responsabilidade e ser um homem afável.

Moramos juntos. Escolhemos a nossa casa. Pintamos o nosso lar com cores alegres. Plantamos o pinheiro mais lindo da região. Não faltou o pé de coco, além de gramas e as flores vermelhas na decoração do jardim.

Esteve comigo, quando eu adoeci, me dando amor e até recurso material. Só não entrei numa depressão porque ela estava lá, mesmo remando contra a maré da vida e da negativa de alguns familiares.

Por conta dessas características, eu a chamava carinhosamente de arara linda. Arara azul é uma espécie de ave que nunca abandona aquilo que gosta e é linda e pura por natureza.

Eu tinha quase tudo! Mas tinha algo que me faltava. Algo da minha essência: o espírito de liberdade. Alimentado ainda pelo costume de ter vivido por muito tempo sozinho.
Pois bem, ficamos algum tempo distantes. Depois cada um seguiu o seu caminho. Agora, ela acaba de completar 50 anos de idade e tudo isso veio à minha mente. Acho que fui um homem de sorte por tudo que aprendi com ela.

Hoje, com meio século de existência, continuo com o espírito de liberdade dentro de mim, mas já consigo administrar. Sei que o melhor caminho é a conciliação entre a liberdade e a partilha de uma vida de casal.

 

Por Carlos Santiago
Sociólogo, analista político e Advogado

Isenção do IPVA para transporte executivo é tema de reunião entre Frencoop e Sefaz

A isenção do pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para veículos do transporte executivo foi tema de reunião entre o deputado estadual Luiz Castro (Rede), o titular da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-AM), Alfredo Paes, e a presidente da Federação das Cooperativas de Transporte do Estado do Amazonas (Fecootram), Walderízia Melo.

Luiz Castro explicou que a conversa – ocorrida na tarde desta quinta-feira (1), na sede da Sefaz – foi para tratar da execução da Lei Nº 4532 de 28/12/2017, aprovado ano passado: o Poder Executivo fica autorizado a conceder isenção do IPVA, relativo aos exercícios de 2018 a 2021, de veículos empregados na prestação de serviço de transporte coletivo público e urbano, prestado no Município de Manaus.

“São microonibus que atuam no sistema público de transporte. Então, solicitamos celeridade na operacionalização da Lei junto à prefeitura de Manaus, que precisa remeter uma informação oficial a Sefaz. Apenas dessa maneira a Secretaria pode garantir a isenção do IPVA”, explicou o deputado, presidente da Frente Parlamentar de Apoio ao Cooperativismo (Frencoop).

Ao todo, 248 microempresários – donos de seus próprios veículos – serão beneficiados com a isenção do Imposto. Luiz Castro frisou que se tratam de microempresários, organizados em forma de cooperativas, motoristas de seus próprios veículos, adquiridos com financiamento e muitas dificuldades.
“Somos trabalhadores enfrentando situações complexas do trânsito de Manaus e da insegurança latente, porque o número de assaltos contra os ônibus executivos é superior ao do transporte coletivo, que já é grande”, assinalou Walderízia.

A Lei da isenção do IPVA foi uma vitória conquistada com o apoio dos deputados Adjuto Afonso, Alessandra Campelo e Serafim Correa, entre outros. Na reunião com o secretário de Fazenda, também estiveram presentes Adjuto Afonso; o presidente da Organização das Cooperativas do Brasil – seccional Amazonas (OCB-AM), Merched Chaar); e o presidente do Cevetram, Roberto Albuquerque Costa.

Marcelo Odebrecht apresenta a juiz Sergio Moro e-mails como provas contra Lula

Anexadas no processo sobre o sítio de Atibaia, mensagens tratam também de prédio ao Instituto Lula e de conta-corrente de propina com Palocci

O empresário Marcelo Odebrecht anexou a um processo da Operação Lava Jatoque tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre os réus novos e-mails com referências a valores supostamente pagos pela Odebrecht ao petista. A defesa de Marcelo alega que ele só pôde reunir o material depois que progrediu ao regime semiaberto e teve acesso a dados de seu computador pessoal. O conteúdo comprovaria o relatos do empresário em sua delação premiada.

Incluídos no processo referente ao sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP), os e-mails tratam de obras na propriedade rural, da compra de um prédio ao Instituto Lula, em São Paulo, que baseia outro processo da Lava Jato, além de pagamentos destinados a Lula por meio da “conta corrente de propinas” mantida entre a Odebrecht e o ex-ministro Antonio Palocci, identificado como “Italiano” nas planilhas da empreiteira.

O empresário Marcelo Odebrecht anexou a um processo da Operação Lava Jato que tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre os réus novos e-mails com referências a valores supostamente pagos pela Odebrecht ao petista. A defesa de Marcelo alega que ele só pôde reunir o material depois que progrediu ao regime semiaberto e teve acesso a dados de seu computador pessoal. O conteúdo comprovaria o relatos do empresário em sua delação premiada.

Incluídos no processo referente ao sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP), os e-mails tratam de obras na propriedade rural, da compra de um prédio ao Instituto Lula, em São Paulo, que baseia outro processo da Lava Jato, além de pagamentos destinados a Lula por meio da “conta corrente de propinas” mantida entre a Odebrecht e o ex-ministro Antonio Palocci, identificado como “Italiano” nas planilhas da empreiteira.

Em 21 de junho de 2011, Odebrecht dá uma orientação ao executivo Luiz Antonio Mameri que indicaria que Lula sabia da conta de propinas com Palocci. “Qd mencionar ao amigo de BJ que o acerto do evento foi com Italiano/amigo de meu pai, e não com PT, importante não mencionar nada sobre minha conta corrente com Italiano pois só ele e amigo de meu pai sabem [sic.]”.

Segundo os delatores da empreiteira, menções a “amigo” ou “amigo de EO” correspondiam ao ex-presidente, que seria amigo de Emílio Odebrecht, pai de Marcelo. Na petição encaminhada pelos defensores do empresário ao juiz federal Sergio Moro, os defensores dele afirmam que a mensagem “reforça o conhecimento de Lula sobre a ‘conta-corrente’ mantida com Antônio Palocci (Italiano)”.

Em 22 de agosto de 2012, Marcelo Odebrecht comunica a Hilberto Mascarenhas, diretor do setor de propinas da Odebrecht, e a Benedicto Junior, ex-diretor da empreiteira, que combinou com Palocci um pagamento de 15 milhões de reais “para cobrir pedidos do amigo meu pai (sem que ele saiba que usamos o credito) o que inclui palestras, jato… [sic.]”.

Em 21 de junho de 2011, Odebrecht dá uma orientação ao executivo Luiz Antonio Mameri que indicaria que Lula sabia da conta de propinas com Palocci. “Qd mencionar ao amigo de BJ que o acerto do evento foi com Italiano/amigo de meu pai, e não com PT, importante não mencionar nada sobre minha conta corrente com Italiano pois só ele e amigo de meu pai sabem [sic.]”.

Segundo os delatores da empreiteira, menções a “amigo” ou “amigo de EO” correspondiam ao ex-presidente, que seria amigo de Emílio Odebrecht, pai de Marcelo. Na petição encaminhada pelos defensores do empresário ao juiz federal Sergio Moro, os defensores dele afirmam que a mensagem “reforça o conhecimento de Lula sobre a ‘conta-corrente’ mantida com Antônio Palocci (Italiano)”.

Em 22 de agosto de 2012, Marcelo Odebrecht comunica a Hilberto Mascarenhas, diretor do setor de propinas da Odebrecht, e a Benedicto Junior, ex-diretor da empreiteira, que combinou com Palocci um pagamento de 15 milhões de reais “para cobrir pedidos do amigo meu pai (sem que ele saiba que usamos o credito) o que inclui palestras, jato… [sic.]”.

Já em relação ao prédio que abrigaria o Instituto Lula mas acabou descartado, comprado pela Odebrecht através de uma empresa “laranja”, a DAG Construtora, por 12,5 milhões de reais, Marcelo Odebrecht apresentou e-mails trocados entre ele e Branislav Kontic, assessor de Antonio Palocci. Nas correspondências, o empresário pede orientações sobre as tratativas para a aquisição do imóvel, que, segundo o Ministério Público Federal (MPF), envolveram, além de Palocci, o advogado Roberto Teixeira, compadre de Lula, e o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente.

Em e-mail datado de 19 de agosto de 2010, Odebrecht pede a Kontic que lembre Palocci de marcar um encontro “com o advogado sobre o prédio”. “Advogado”, conforme o empresário, é Teixeira. Já em 4 de novembro de 2010, o empreiteiro diz que precisa “mandar um paper para o Chefe pedindo orientacoes sobre o Predio [sic.]” e indaga se deveria enviar o documento a São Paulo ou a Brasília.

Na mensagem encaminhada pelo ex-presidente da Odebrecht Realizações Imobiliárias Paulo Melo a Marcelo Odebrecht, Hilberto Mascarenhas e outros quatro executivos, três dos quais do setor de propinas, em 8 de setembro de 2010, Melo informa sobre pagamentos que deveriam ser contabilizados no “Projeto Institucional SP”, uma referência à compra do prédio para o Instituto Lula. As três parcelas, distribuídas entre os dias 23 e 30 de setembro e 7 de outubro, deveriam ser de 1.057.920 reais cada uma. Estes valores, conforme o MPF, foram utilizados na aquisição do imóvel. Como resposta, Marcelo orienta a Mascarenhas: “somar a conta/credito do Italiano [sic.]”.

Na petição encaminhada a Sergio Moro, os defensores do empreiteiro alegam que os e-mails “corroboram pagamentos para a compra do terreno do ‘Instituto Lula’, explicitando claramente que foram debitados da Planilha Italiano”.

Leia aquiaqui e aqui a íntegra dos documentos anexados ao processo nesta quarta-feira.

Defesa de Lula

Por meio de nota, o advogado Cristiano Zanin Martins, que defende Lula, afirma que “os supostos e-mails juntados hoje pelo Marcelo Odebrecht em nada abalam o fato de que o ex-presidente jamais solicitou ou recebeu da Odebrecht ou de qualquer outra empresa algum benefício ou favorecimento. A defesa pedirá que seja analisada a autenticidade e veracidade de todo material apresentado. Os e-mails não apenas contradizem o depoimento de Marcelo Odebrecht na delação premiada bem como em seu depoimento pessoal em outra ação”.

Com Informações do Portal Veja

Sergio Moro marca data do leilão de Imóveis de José Dirceu para abril

Juiz Sergio Moro marcou leilão digital para o dia 26 de abril. Escritório, apartamento, chácara e casa estão avaliados em pouco mais de R$ 11 milhões

Quatro imóveis registrados em nome do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e de familiares irão a leilão público no próximo dia 26 de abril, a partir das 14h, pela internet. No total, os bens são avaliados em pouco mais de 11 milhões de reais. O edital com as regras do certame foi publicado nesta quarta-feira, 28, pelo juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato em primeira instância no Paraná. O magistrado havia determinado a alienação (transferência) dos bens, que foram confiscados pela Justiça, em janeiro.

Dirceu já foi condenado por Moro em duas ações penais, uma delas já foi confirmada em segunda instância, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertinência a organização criminosa. Ao todo, José Dirceu acumula pena de 42 anos e 10 dias de prisão e ainda responderá a um terceiro processo criminal, aberto no último dia 21 de fevereiro.

Os imóveis serão leiloados de forma separada e o lance mínimo por cada bem será o que foi auferido pela avaliação judicial. O mais valorizado deles é o escritório onde funcionava a sede da empresa de consultoria do ex-ministro, a JD Assessoria, na região do Ibirapuera, em São Paulo (SP). Situado na avenida República do Líbano, o imóvel tem 501 metros quadrados e está avaliado em 6 milhões de reais.

Outro imóvel na capital paulista é um apartamento de 200 metros quadrados no bairro da Saúde, registrado em nome da filha de José Dirceu, avaliado em 750.000 reais. Também serão leiloadas uma chácara em Vinhedo (SP), avaliada em 1,8 milhão de reais, e uma casa de 1.300 metros quadrados na cidade de Passa Quatro (MG), que será vendida pelo preço mínimo de 2,5 milhões de reais.

Caso os itens não sejam arrematados no primeiro leilão, um segundo já está agendado para o dia 4 de maio, também pela internet. Nesse caso, os valores mínimos de cada bem serão reduzidos a 80% do preço da avaliação judicial.

Quem comprar os imóveis não arcará com pagamento de eventuais débitos fiscais e tributários relacionados a eles, mas terá de assumir contas em atraso como taxa de condomínio, energia elétrica, gás, entre outras, segundo prevê o edital. O leilão também prevê o direito de preferência na aquisição dos itens para condôminos, coproprietários ou cônjuges.

Casa do ex Ministro José Dirceu no condomínio Vale Santa Fé em Vinhedo, interior de São Paulo (Marcos Fernandes/Ag. Luz/VEJA)

STF condena senador Acir Gurgacz a prisão e perda de mandato

Parlamentar do PDT foi considerado culpado por crime contra o sistema financeiro e sentenciado a 4 anos e 6 meses de prisão em regime semiaberto

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira, 27, por maioria, condenar o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) a 4 anos e 6 meses de prisão em regime semiaberto por crimes contra o sistema financeiro nacional. O senador foi absolvido da acusação e crime de estelionato. Também foi decretada a suspensão dos direitos políticos do  senador.

Com a decisão do STF, caberá ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), submeter ao plenário a votação para determinar a perda do mandato efetivo de Gurgacz. De acordo com o presidente da Primeira Turma do Supremo, ministro Alexandre de Moraes, a Casa terá de tomar a decisão por maioria absoluta.

O colegiado ainda determinou ao pedetista multa de cinco salários mínimos – considerado o patamar vigente entre 2003 e 2004 – por dia durante 228 dias. Ao valor final, Moraes decidiu pelo aumento da multa em três vezes, alegando que o senador possui condição financeira favorável para arcar com a quantia. “O patrimônio declarado do senador equivale a R$ 11 milhões, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral”, afirmou.

O caso

Acir Gurgacz era investigado por estelionato e crimes contra o sistema financeiro nacional. A denúncia foi aceita pelo Supremo em 2015. De acordo com a acusação apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), na condição de diretor das filiais da empresa de ônibus Eucatur, em Manaus e Ji-Paraná (RO), em 2002, Gurgacz teria se utilizado de fraude para obter financiamento junto ao Banco da Amazônia (Basa) e utilizado o dinheiro para outro fim.

A PGR alegava que ele apresentou documentos falsos para comprovar a compra de sete novos ônibus, ao custo unitário de 290.000 reais, mas laudos apontaram que custaram 12.000 reais cada um. Procurada, a assessoria do senador não se pronunciou.

Com Informações do Portal Veja

Bolsonaro diz que eleitores de Lula fizeram “lavagem cerebral”

Presidenciável atacou petistas e o ex-presidente em discurso para brasileiros que vivem no país asiático. Disse ainda que já escolheu futuros ministros da economia e da Defesa

No seu giro pelo Japão nos últimos dias, o presidenciável Jair Bolsonaro buscou agradar a comunidade brasileira e nisseis que vivem naquele país. Em plena campanha, o deputado discursou que nunca viu um japonês pedindo esmola no Brasil, nem pedindo cota para ingresso em alguma política de governo e jamais os viu inscritos em programas sociais, como o Bolsa Família. Contou que nasceu e viveu numa região, o Vale do Ribeira, em São Paulo, dominada por japoneses e que até sua primeira “namorada virtual”, quando tinha 13 anos, era uma descendente de japoneses.

Preocupado em mostrar que está preparado para governar o país e que seu calcanhar de Aquiles não é a economia, Bolsonaro anunciou, pela primeira vez, que já está escolhido o seu “ministro da Economia”, caso vença a eleição. Ele já definiu também o nome do ministro da Defesa e em breve escolherá o titular do Ministério da Educação. Não revelou esses nomes. “Esse é o tripé do novo governo”, afirmou.

O economista Paulo Guedes tem se reunido com Bolsonaro e concedeu entrevista nesse final de semana defendendo uma ampla privatização de estatais.

No Japão, o presidenciável atacou Lula, o PT e os petistas. Nas suas estimativas, Lula não tem os 37% aferidos pela última pesquisa Datafolha. “Nas minhas contas ele tem 25%”, disse Bolsonaro, que atacou os eleitores do petista. “É que passaram por uma lavagem cerebral. Só pode ser”.

O presidenciável afirmou que não tem partido e não tem espaço na mídia e que se viabilizou candidato por uma “aliança que costurou com o povo”.

O presidenciável contou aos brasileiros do Japão que, sem Lula no páreo, ele lidera. Mas que isso não significa vitória. E fez uma metáfora com o futebol e lembrou um jogo de seu time, o Vasco, numa virada histórica, ocorrida em 2000. Na final da Copa Mercosul, os vascaínos terminaram o primeiro tempo perdendo por 3 a 0. O time virou no segundo tempo para 4 a 3, com três gols de Romário.

“Não ganhamos nada ainda. Minha situação é parecida com a do Vasco. Não adianta terminar o primeiro ganhando de 3 a 0 se deixarmos o adversário virar no segundo tempo”.

Na viagem, Bolsonaro está acompanhado de seus três filhos parlamentares e dos deputados Luiz Nishimori (PR-PR) e Ônyx Lorenzoni (DEM-RS). A comitiva vai passar ainda pela Coreia do Sul e por Taiwan.

 

Com Informações do Portal Gazeta do Povo

STF marca interrogatório de Bolsonaro

Presidenciável é réu em duas ações penais por ofensas à deputada Maria do Rosário. Relator Luiz Fux prevê julgar o caso antes das eleições. Se for condenado, Bolsonaro pode ter os direitos políticos suspensos

O deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ) foi intimado, nesta terça-feira (27), a prestar depoimento nos dois processos em que é réu no Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de injúria e apologia ao estupro. O ministro Luiz Fux, relator do caso, marcou para o dia 4 de abril o interrogatório do parlamentar.

Bolsonaro está na Ásia cumprindo agenda de pré-candidato à presidência da República em países como Japão e Coreia do Sul. Ele ainda não se manifestou se pretende ir à audiência, já que não é obrigado a comparecer. Se for condenado pelo STF, o deputado pode ter os direitos políticos suspensos e ser impedido de concorrer à Presidência da República em outubro deste ano – daí a importância do julgamento.

Bolsonaro foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por declarar no plenário da Câmara dos Deputados, em 2014, que “não estupraria a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) porque ela não mereceria”. Em entrevista ao jornal Zero Hora, o deputado reafirmou a declaração, justificando que a petista é “muito feia”.

“Ao dizer que não estupraria a deputada porque ela não ‘merece’, o denunciado instigou, com suas palavras, que um homem pode estuprar uma mulher que escolha e que ele entenda ser merecedora do estupro”, disse a vice-procuradora da República Elo Wiecko ao apresentar a denúncia.

Além da ação da PGR, há uma segunda queixa feita pela própria Maria do Rosário. Ambas foram abertas em 2016 pela Primeira Turma do Supremo: quatro ministros consideraram que além de incitar a prática do estupro, Bolsonaro ofendeu a honra da colega. As duas ações penais – uma pública e outra privada – tramitam de forma conjunta por tratarem do mesmo crime.

Em depoimento prestado em agosto de 2017, Maria do Rosário disse esperar que o Supremo faça justiça. Segundo ela, as declarações de Bolsonaro geram onda de ódio que atinge não apenas mulheres, “mas também gays, lésbicas, negros, indígenas”. “No Brasil a cada 11 minutos uma mulher é estuprada. Tratar o estupro como algo banal em que o homem decide se a mulher merece ou não, é realmente condenar a vítima”, afirmou a deputada. “Ele tem sido um líder do ódio”, completou.

Segundo o site O Antagonista, a defesa de Bolsonaro avalia contestar a decisão de Fux de marcar a data do interrogatório para abril, uma vez que as testemunhas do caso ainda não foram ouvidas – de acordo com a jurisprudência do STF, normalmente são ouvidas primeiro as testemunhas e só depois o réu.

No início de fevereiro, Fux afirmou a jornalistas que deve concluir o processo em até seis meses – portanto, antes das eleições –, liberando-o para julgamento na Primeira Turma. O colegiado é formado, além de Fux, pelos ministros Marco Aurélio Mello, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso e Rosa Weber.

Inelegibilidade

Mesmo que seja condenado nas ações penais, o deputado não ficará inelegível pela Lei da Ficha Limpa, porque os crimes de incitação ao estupro e injúria não se enquadram nessa legislação. Mas o parlamentar pode ter os direitos políticos congelados, dependendo da interpretação do Supremo. O artigo 15 da Constituição prevê a suspensão dos direitos políticos de quem tiver condenação criminal transitada em julgado e pelo período que durar a pena.

Em entrevista à Gazeta do Povo em agosto de 2017, o idealizador da Lei da Ficha Limpa, o jurista Márlon Reis, confirmou essa hipótese. “Pode ocorrer sim a suspensão dos direitos políticos quando a decisão penal condenatória transita em julgado, ou seja, não cabe mais recurso”, explicou.

Mas, para o jurista, isso não deve ocorrer. “Os delitos em questão têm pena prevista muito curta […] e qualquer pena, mesmo uma pena alternativa, pode gerar isso. Entretanto, há de se reconhecer que pela baixa dimensão das penalidades previstas isso tem pouca probabilidade de [propiciar a] suspensão efetiva dos direitos políticos dele a ponto evitar uma eventual candidatura”, ponderou.

Ou seja, tudo vai depender do tamanho da pena a que Bolsonaro for submetido, caso seja condenado – ele pode ser absolvido. A pena para o crime de injúria (artigo 140 do Código Penal) varia de um a três anos de reclusão, mais multa, e para o de apologia ao crime de estupro (artigo 286 do CP) prevê detenção de três a seis meses.

Bolsonaro já foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF) a pagar uma indenização de R$ 10 mil por danos morais em ação movida contra ele por Maria do Rosário em 2015. O Superior Tribunal de Justiça confirmou essa condenação.

Motivos de inegibilidade

Veja os tipos de crime que, segundo a Lei da Ficha Limpa, tornam uma pessoa inelegível:

1. Contra a economia popular, a fé pública, a administração pública e o patrimônio público

2. Contra o patrimônio privado, o sistema financeiro, o mercado de capitais e os previstos na lei que regula a falência

3. Contra o meio ambiente e a saúde pública

4. Crimes eleitorais, para os quais a lei comine pena privativa de liberdade

5. Abuso de autoridade, nos casos em que houver condenação à perda do cargo ou à inabilitação para o exercício de função pública

6. Lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores

7. Tráfico de entorpecentes e drogas afins, racismo, tortura, terrorismo e hediondos;

8. Submissão de trabalhadores a condição análoga à de escravo

9. Crimes contra a vida e a dignidade sexual

10. Formação de organização criminosa, quadrilha ou bando.

 

Com Informações do Portal Gazeta do Povo

Ex-presidente Lula diz para Jaques Wagner não recuar

Telefonema aconteceu horas depois da ação de busca e apreensão na casa de Wagner

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva telefonou, nesta segunda-feira (26), para o ex-governador da Bahia Jaques Wagner, recomendando que o petista não abra mão de seus projetos políticos e “não recue”.

O telefonema aconteceu horas depois da ação de busca e apreensão realizada pela Polícia Federal na casa de Wagner, dentro da operação Cartão Vermelho.

Na conversa, o ex-presidente aconselhou Wagner a fazer firme defesa. O gesto foi encarado por petistas como uma demonstração de que Wagner continua a ser o favorito de Lula para a disputa presidencial caso ele próprio seja impedido de concorrer.  Mas, no partido, a orientação é aguardar os desdobramentos da operação para avaliar se o ex-governador resistiria até as eleições.

Wagner, por sua vez, tem associado a operação da PF ao surgimento de seu nome como “plano B” do PT para a corrida presidencial. Em recentes conversas, Wagner atribuiu a ação policial a uma perseguição política. Dentro desse raciocínio, o ex-governador disse que já esperava ser alvo de uma tentativa de intimidação após aparição de seu nome como preferido de Lula.

O ex-governador da Bahia afirmou também que seu nome continua à disposição de Lula. Por enquanto, ele é candidato ao Senado pelo Estado da Bahia.

 

Com Informações da Folha de São Paulo

Raquel Dodge pede ao STF para incluir Temer em investigação sobre jantar no Jaburu

PGR quer presidente no rol de investigados de inquérito sobre repasses da Odebrecht ao MDBA procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu nesta terça (27) ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin que inclua o presidente Michel Temer no rol de investigados de um inquérito aberto no ano passado para apurar repasses da Odebrecht ao MDB em 2014. O caso se refere a um jantar no Palácio do Jaburu em maio daquele ano em que teria sido acertado o repasse ilícito de R$ 10 milhões.

 

Com Informações da Folha de São Paulo

Morre quarta vítima de acidente aéreo em Manaus

Cinco pessoas estavam na aeronave. Uma segue internada em estado grave.

ma quarta vítima do acidente aéreo ocorrido na manhã desta quinta-feira (22) em Manaus, ainda não identificada, morreu no Hospital João Lúcio, nesta tarde, segundo a Secretaria de Saúde do Amazonas. Cinco pessoas estavam na aeronave. Outra vítima, Fábio Matias da Cunha segue internado em estado grave.

De acordo com a Susam, Valdir Ademir Sestrem teve uma parada cardíaca, foi reanimado, e levado para o centro cirúrgico. No entanto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu durante o procedimento. O segundo paciente está na área de politraumas da unidade, sendo estabilizado e passará por um procedimento cirúrgico ainda hoje.

A direção da unidade de saúde disse, ainda, que não teve confirmação na unidade hospitalar das identidades das vítimas.

O piloto Robinson Rodrigues Castilho, o co-piloto José Hernandes de Lima Rogério e o empresário Osni dos Santos morreram no acidente.

Acidente

O avião de pequeno porte caiu em um terreno perto da Avenida Torquato Tapajós, na Zona Centro-Sul de Manaus, em uma área perto do Aeroclube de Manaus.

De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave de matrícula PT- VKR decolou do aeródromo de Flores, na capital, com destino a Borba, também no Amazonas. Logo após a decolagem, por volta de 9h30 (local), caiu nas proximidades do aeroporto.

O administrador Fabiano Marques disse que G1 que passava pela avenida Torquato Tapajós, por volta das 9h, quando avistou a aeronave se aproximando do Aeroclube e depois viu o avião cair.

“Eu vi a aeronave em processo de queda. O barulho da aeronave parecia normal, não estava fumaçando, mas ela vinha descendo muito rápido e com bico para baixo”, disse.

O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidente Aeronáuticos (Seripa-7) disse que apura o ocorrido.

Com Informações do G1 Amazonas

General Richard Nunes será o SSP do Rio

Apuração da TV Globo confirma que militar assumirá a pasta. Ideia é deixar um legado na área de segurança do estado.

O general Richard Fernandez Nunes será o secretário de Segurança do RJ. A informação foi confirmada, na noite desta quinta-feira (22), pela TV Globo com fontes do Gabinete de Segurança Institucional (GSI). Ao lado do general Richard Nunes será nomeado o também general Mauro Sinott Lopes.De acordo com a apuração, o general Richard Nunes vai cuidar da gestão, enquanto o general Sinott tratará da operação. Os nomes para ocupar as chefias das polícias Civil e Militar ainda não foram definidos. A ideia é que os novos chefes sejam integrantes das duas corporações e não militares das Forças Armadas.A nomeação do general para a secretaria de Segurança do RJ leva de volta para a pasta um militar das Forças Armadas. Isso não acontecia desde o general José Siqueira da Silva, secretário nos primeiros 95 dias da administração Anthony Garotinho, em 1999.

Carioca, o general Richard Nunes comandou por três meses, entre dezembro de 2014 e fevereiro de 2015, a ocupação do Exército no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio. Richard Nunes é bacharel em Direito e passou por vários comandos no Exército. Atualmente, exercia o comando da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME).

Nesta quinta-feira, seu nome surgiu como um dos cotados para assumir o cargo de secretário de Segurança do RJ em substituição ao delegado federal Roberto Sá. O general Richard Nunes se reuniu com o interventor, o general Walter Braga Netto no Comando Militar do Leste (CML). A ideia é que o anúncio oficial do nome do general Richard seja feito na próxima terça-feira (27).

Além do general Richard Nunes, outros dois oficiais foram entrevistados pelo interventor Braga Netto para o cargo.

Em reunião nesta quinta-feira, no Comando Militar do Leste (CML), militares do Exército e da Marinha que integram a equipe do interventor, o general Braga Netto apresentou, em linhas gerais, o plano de segurança a militares da Escola Superior de Guerra (ESG) e da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg). A intenção da equipe de Braga Netto é “reestruturar” as duas polícias, o que seria apresentado como legado da intervenção.

Com Informações do G1

 

Quem pega o fuzil – Por Alexandre Garcia

Cobri guerra no Líbano em 1982; fui alvo de fuzil AK47, como os cariocas, por um triz escapei da explosão de um carro-bomba que matou 52, andei por terreno minado, vi batalhas se desenvolverem à minha frente, como os cariocas. O estado de guerra, com tropas sírias, israelenses, da ONU, de milícias, de libaneses, em plena guerra fria, durou 25 anos. Mas não havia assaltos, roubos, furtos; todos respeitando os sinais de trânsito, respeitando a propriedade alheia. É a educação de casa. Aqui no Brasil, precisa estar escrito na Constituição que é preciso respeitar as leis – e nem assim. O artigo 144, que trata de segurança pública, estabelece que ela é dever do estado e direito e responsabilidade de todos. Reclamamos do estado que não nos dá segurança, mas temos nós cumprido a nossa responsabilidade, ou enfraquecemos as leis?

Inesquecível o episódio, aqui na capital do país, do advogado que se queixava, na mesa da feirinha do Lago Norte, de que a lei não o protegia, porque fora furtado em dois bujões de gás. Quando vi o BMW dele estacionado embaixo de uma placa de estacionamento proibido, perguntei-lhe: “Como você quer que a lei o proteja, se você enfraquece a lei que jurou cumprir e que garantiu que você comprasse esse carro?” Há 20 anos, uma colega minha mudou-se para Fortaleza. Um mês depois se declarava apavorada ao dirigir por lá. “Não obedecem sinal vermelho, não respeitam faixa de pedestre, estacionam em lugar proibido e até trafegam na contramão”. Previ que não iria acabar bem. Nesta semana lá chegaram reforços da Polícia Federal e da Força Nacional. A média de homicídios no Ceará é 15 por dia.

A sociedade é a força da lei. Ou o enfraquecimento da lei. Mas a lei, mal feita, pode também prejudicar. Pode emascular o direito natural da legítima defesa, pode liberar assaltantes e assassinos por causa da idade, pode significar impunidade e devolver às ruas gente que só pára de cometer crime se estiver apartado da sociedade. O jovem matador de um doutorando da Universidade de Brasília para roubar a bicicleta, já tinha quatro passagens pela polícia – uma das quais por homicídio! A audiência de custódia deixa a polícia com a sensação de enxugar gelo: ladrões e assaltantes presos dez vezes, voltam dez vezes para as ruas, até se tornarem latrocidas. Quando prenderam os primeiros políticos do mensalão, nossos legisladores trataram de suavizar as leis penais para evitar prisão em regime fechado – e beneficiaram a milhares de outros criminosos.

No Rio, no ano passado, foram mortos 134 policiais militares. Não se viu nenhuma manifestação nas ruas, nas praias, na Marquês do Sapucaí protestando contra os assassinos; nenhum enterro cheio, com governador, prefeito, deputados e vereadores e povo irado contra os bandidos. Há especialistas considerando os bandidos “vítimas da sociedade”, quando o óbvio é que suas próprias comunidades são vítimas das quadrilhas de traficantes, subjugados em seus direitos de ir-e-vir, de comprar gás, tv por assinatura; obrigados a fechar portas, a queimar pneus – escravos de seus senhores armados de fuzis. Os financiadores ficam lá embaixo, comprando a droga que compra os fuzis.

Poder e Emoções – Por Carlos Santiago

A política se move por interesse de ganhar poder ou por emoções. E quando existem juntos emoções e poder envolvidos?

Carlos Santiago é Sociólogo, analista político e Advogado

Pois bem, a relação existente entre o governador Amazonino Mendes, Eduardo Braga e Omar Aziz, nem a história bíblica de Caim e Abel explica, nem a de Esaú e Jacó de Machado de Assis, e nem mesmo a contada no livro Dois Irmãos de Milton Hatoum, conseguem explicar.

O trio se conheceu na década de 80. Todos foram governador do Amazonas, sendo que Amazonino e Eduardo também foram prefeitos da capital do Amazonas e Omar foi vice-prefeito. O cargo de senador da República todos ocuparam e ocupam. Omar e Eduardo contaram com a ajuda de Amazonino para alcançarem os melhores cargos públicos do Estado.

Brigaram e brigam por emoções e pelo poder. Omar, sabendo que Braga poderia ganhar o governo tampão em 2017, tirou o atual governador do seu descanso para derrotar o Braga.

Mas, agora o governador voltou a dar atenção ao seu “adversário” na eleição passada e contrariou o seu outro filho político.

Então, vamos aguardar os desdobramentos dessa história de pai político e filhos nas eleições 2018.

 

Por Carlos Santiago
Sociólogo, analista político e Advogado

Engenharia do Exército Brasileiro trabalha no desvio de pista e na recuperação da estrada de Camanaus, em São Gabriel da Cachoeira

A 21ª Companhia de Engenharia de Construção, do Exército Brasileiro, assumiu a recuperação da estrada de Camanaus, no município de São Gabriel da Cachoeira, situado a 852 quilômetros de Manaus. A via é o único acesso entre a sede do município e o porto, por onde chegam passageiros, além de produtos alimentícios e mercadorias que abastecem a cidade.

Na madrugada do dia 18 de fevereiro, um bueiro rompeu devido às fortes chuvas na região, abrindo uma cratera na pista e impedindo o tráfego de veículos. No dia seguinte, 19, após solicitação da Prefeitura de Manaus e Governo do Estado do Amazonas, a Engenharia, do exército Brasileiro, iniciou os trabalhos na área para fazer um desvio e liberar o tráfego o mais breve possível. Paralelo ao desvio, o maquinário e a mão de obra da 21ª Companhia de Engenharia de Construção estão trabalhando para recuperar a estrada.
Esta é a pronta resposta do Exército Brasileiro.

Brasil, mostra tua cara – Por Daniel Martins

‘‘Brasil, mostra tua cara, quero ver quem paga pra gente ficar assim; Brasil, qual é o teu negócio? O nome do teu sócio?’’

Começando esse texto com um trecho da música do Cazuza, ‘‘Brasil, mostra tua cara’’, isso mesmo, esse ano de 2018 é ano de eleição e nós precisamos mostrar a nossa cara, então mostre a sua cara, quando digo isso, a cara que eu quero saber é, que cara os brasileiros vão mostrar quando forem votar?

Daniel Martins – Blogueiro, Colunista, Amante da Política e Trabalha com Marketing.

Será que os brasileiros vão às urnas para colocar um condenado a frente desse país? Um cara que todos nós já vimos governar e seu governo foi cheio de mentiras, troca de favores com seus amigos milionários e filhos ficando podres de rico, será que o Brasil vai mostrar essa cara, as pesquisas dizem que sim, mas quem acredita em pesquisas no Brasil? Pois eu não acredito, Ibope, DataFolha e vários outros institutos de pesquisas que erram muito durante as campanhas ou será que fazem de propósito para beneficiar-se a si ou os seus, isso nós não sabemos, mas sabemos que eles erram, há isso sim e muito, então eu não acredito que Lula está à frente, já que o mesmo instituto diz que a maioria dos brasileiros, 53% quer Lula na cadeia ou será que o povo quer que Lula governe de lá? Logico que não, mas como nesse Brasil, Sil, Sil tudo é loucura ou negociável, não podemos ariscar no que vimos estampado na mídia.

Mas seguindo o assunto, ou será que o Brasil vai mostrar sua cara com Luciano Huck? Há, mas ele faz pelo pobres Daniel Martins, sim, com a globo bancando e com a grana que ele tem, até eu faria e digo mais, faria ainda melhor.

Huck nada mais é que amigo de fé e irmão camarada de rasgar elogios a Cabral que está preso, Eike Batista, Joesley Batista, Aécio Neves, essa tropa toda que nós vimos que estavam sugando o país, é um cara rodeado de amigos que só fizeram o mal para nós de um modo geral que você quer mostrar a cara? Será mesmo que nós somos retardados ao ponto de colocarmos a mesma tropa com líderes diferentes no poder? Acredito que não.

Ciro Gomes, um lunático, louco que não tem opinião, pula de um lado para o outro, o que ele fala pela manhã não é a mesma coisa que ele sustenta a tarde, um cara que diz que a mulher pode escolher abortar e o estado não pode interferir e que é caso de saúde pública, um cara que chamou a PM do seu Estado, o Ceará de marginais fardados e covardes dizendo que eles se esconderam atrás de suas mulheres e filhos, pois faziam greve para ajuste salarial que seu irmão era governador na época. Imagina o que ele fará sendo o chefe maior desse país?

Esses são os três primeiros que vamos falar, no decorrer vamos falar dos outros candidatos, afinal, temos 19 candidatos à presidência da República, diante mão já vou dizendo que temos quantidade, mas não temos qualidades nesses candidatos.

Nos próximos textos trarei outros candidatos e o que eles vem fazendo e falando no decorrer do tempo, para assim de alguma maneira, mostrar para você amigo leitor que devemos nos aprofundar ainda mais na política, porque quem não gosta de política, é governado por quem gosta e se não fiscalizamos ou escolhermos errado, pagaremos um alto preço por 4 anos sem podermos fazer quase nada, afinal, não se tira um presidente com facilidade do poder, mesmo que ele esteja fazendo errado e seja um canalha, afinal, tem outros no congresso fazendo errado e canalhas para o defender lá.

Por Daniel Martins / Blog do Daniel

Presidente Michel Temer divulga vídeo nas redes sociais sobre nova legislação trabalhista

Presidente comentou as conquistas da nova lei, que passa a vigorar a partir deste sábado (11)

O presidente Michel Temer (PMDB) divulgou vídeo em suas redes sociais sobre a nova lei trabalhista, que entrou em vigor neste sábado (11). Na mensagem, o presidente atacou os “pessimistas” e as “falsas informações” sobre as medidas.

“Não sejam enganados, meus amigos e minhas amigas, por falsas informações: todas as novas formas de contratação aqui mencionadas, inclusive a chamada jornada intermitente, exigem carteira assinada, com férias, décimo terceiro salário, INSS, e fundo de garantia proporcionais”, defendeu. “Tudo indica que teremos um Natal melhor, com mesa mais farta e mais presentes para a família”.

No vídeo, o peemedebista procurou direcionar seu recado para jovens e empresários. “Fiquei muito satisfeito em saber que existem pesquisas mostrando que os jovens têm expectativa muito positiva com essa modernização da lei trabalhista. E ouço relatos de empresários que as contratações aumentarão a partir de agora”, disse. “Os jovens estão certos. Perceberam que finalmente conectamos o mundo do trabalho no Brasil ao século 21. Agora, com a jornada parcial, os estudantes terão mais chance de obter uma colocação, com todos os direitos garantidos, sem risco de interromper os estudos”, enfatizou.

Além disso, Temer buscou enaltecer novas regras, como o chamado trabalho remoto ao dizer que mães e pais, por exemplo, que queiram conciliar a atividade profissional com a atenção à família poderão também se beneficiar da meia jornada. A medida, segundo ele, também é uma opção para quem quer se qualificar melhor. “Profissionais das mais diversas áreas passam a poder trabalhar em casa”, explicou.

Segundo o presidente, a nova lei trabalhista “amplia os horizontes” tanto para quem procura emprego como para os brasileiros que já estão empregados. “E com segurança jurídica, pois é uma lei aprovada pelo Congresso, sancionada pela Presidência da República, após amplo debate na sociedade”, afirmou antes de destacar a melhora do quadro econômico. “É um novo tempo. O Brasil voltou a crescer e o desemprego cede. O IBGE mostrou que, no último trimestre, a população ocupada aumentou em 1 milhão e 100 mil pessoas. Com a nova lei, vamos acelerar a recuperação dos empregos”, acrescentou.

Ao final, o presidente disse que os brasileiros “querem paz e merecem chegar ao final deste ano com esperanças renovadas”. “Continuaremos a buscar, junto com nosso povo, novas conquistas”, finalizou.

Uma das medidas mais importantes do nosso governo foi a modernização das relações de trabalho. A nova lei entrou em vigor hoje. Com ela, vamos acelerar a recuperação dos empregos. 18 milhões de pessoas que hoje trabalham precariamente, na informalidade, terão seus direitos assegurados graças a essa nova lei. Assista:#ModernizaçãoTrabalhista

Posted by Michel Temer on Saturday, November 11, 2017