Valter Araújo e “laranja” foram ouvidos nesta segunda

PORTO VELHO –  O ex-deputado estadual Valter Araújo, que se entregou no último dia 26 após permanecer foragido por quase dois anos, foi ouvido na 3ª Vara Criminal em Porto Velho pelo juiz Franklin Vieira dos Santos, juntamente com um suposto empresário, que seria na verdade seu “laranja” na Empresa Romar, Ederson de Souza Bonfá, segundo apurou a Polícia Federal e o Ministério Público do Estado. No caso, eles são acusados de financiar parlamentares estaduais.

Valter Araújo
Valter Araújo

Um forte esquema de segurança afastou jornalistas do local onde o ex-deputado foi ouvido.

TRANSFERÊNCIA PARA O PRESÍDIO FEDERAL

O Ministério Público do Estado quer transferir o ex-deputado estadual Valter Araújo (PTB) para o Presídio Federal da Capital, alegando que ele está sendo ameaçado de morte e que ainda detém poder para interferir-ou ao menos tentar- no processo que apura a corrupção na Assembleia Legislativa na época em que ele presidia o Poder.

O juiz Franklin Vieira dos Santos decide até sexta-feira sobre o caso. Valter Araújo é considerado pela Polícia Federal e MP como um criminoso de alta periculosidade, capaz de tramar e mandar seus capangas realizarem atentado contra agentes federais. Os advogados pediram a revogação da prisão do líder do bando criminoso do Presídio Pandinha.

 

Fonte: Portal de Vilhena

Deixe seu Comentário