Vai para a Cadeia – Por Rachel Sheherazade

E depois de ter passado a mão no dinheiro público, surrupiando mais de 8 milhões de reais, finalmente o deputado vai para a cadeia.

Não adiantaram as manobras políticas de abdicar do mandato e eleger-se novamente para escapar do processo.

Não adiantaram as manobras jurídicas para driblar e ludibriar a Justiça. Os recursos agora foram considerados protelatórios. O deputado vai para a cadeia.

O Supremo, mais uma vez, faz história. Desde 1988, nenhum deputado ia para a cadeia.

Aos poucos, a Justiça está mudando a máxima de que “o Brasil é o país da impunidade”. A decisão é um bom presságio até para o caso do mensalão.

Agora, falta ao Congresso fazer a sua parte: cassar o mandato do condenado.

Afinal, que vexame seria ter, na Casa, um deputado ladrão!

 

 

Deixe seu Comentário