Tribunal de Justiça decide penhorar bens do ex-senador Valmir Amaral

A Vara de Falências, Recuperações Judiciais, Insolvência Civil e Litígios Empresarias do Distrito Federal determinou que sejam arrolados bens que ficam na residência do ex-senador, entre eles lanchas e um trator

Decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), da última segunda-feira, determinou a penhora de bens de empresas do ex-senador Valmir Amaral, no valor de R$ 38,5 milhões. A quantia se refere à participação de Dorival Josué do Amaral e Luzia Domingos Caixeta do Amaral, tios do ex-parlamentar, na dissolução societária de 11 empresas do Grupo Amaral, conglomerado de transporte da família de Valmir.

Entre os bens penhorados pela decisão da Vara de Falências, Recuperações Judiciais, Insolvência Civil e Litígios Empresariais do Distrito Federal estão uma Lamborghini Gallardo, modelo 2009/2010; uma Ferrari California, modelo 2010/2010; um Porsche Panamera S, de 2010/2010; e um apartamento de 160m², com duas vagas na garagem, localizado no Sudoeste, bairro nobre de Brasília (veja quadro). A Justiça também determinou o arrolamento de bens na residência do ex-senador, no Lago Sul, entre eles um trator e diversas lanchas.

Valmir Amaral domina uma parte do transporte coletivo do Distrito Federal. Três empresas do grupo %u2014 Rápido Veneza, Rápido Brasília e Viva Brasília %u2014 concentram 290 ônibus urbanos, o equivalente a 14% da frota em circulação no DF. As empresas do grupo atuam em: Planaltina, Sobradinho I e II, Plano Piloto, Guará, Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), Itapoã, Paranoá, Jardim Botânico, Lago Sul, Lago Norte, Taguatinga, Samambaia, Ceilândia e São Sebastião.

Fonte: Correiobraziliense.com.br

Deixe seu Comentário