Tijolo ecológico é alternativa para construção de casas no Amazonas

Isolamento acústico, resistência e impermeablidade contribuem para o uso do material em qualquer tipo de construção.

MANAUS – Pessoas e empresas almejam, cada vez mais, o título de “amigos da natureza”. Não por acaso, um empresário de Manaus desenvolveu uma máquina específica para construir tijolos, mas  não um tijolo qualquer. Trata-se de um material feito à base de reciclagem que pode, e já faz, muito bem à natureza.

O tijolo de plástico, também chamado de ecológico, é um grande aliado do meio ambiente. Os itens são produzidos com o plástico descartado das gafrrafas PET. De fácil montagem e um custo bem menor, uma empresa em Manaus trabalha principalmente com o reaproveitamento de matéria-prima, tais como plástico e madeira.

Os tijolos de plástico são industrializados, portanto totalmente seguros. O empresário Francisco Sávio contou que todo o processo começou de forma inusitada: com a máquina de fazer espeto para churrasco. No Amazonas, a empresa fez estes espetos de forma manual.

“O resultado é muita perda da madeira. Como desenvolvemos a máquina para prefilar a madeira, conseguimos o primeiro lugar no Inova Senai de 2011. Depois disso, vieram outros projetos, como o Papa-Pet – que separa a tampa, o plástico e a garrafa, os três tipos de plástico diferentes da garrafa. Este projeto é educativo e industrial. Acabamos desenvolvendo outros projetos com este material: o  tijolo ecológico”, explicou.

Como o tijolo é feito totalmente de material reciclável, o material é de fácil desmontagem e locomoção. O “papa-pet” – máquina que separa os três tipos de plástico existente – foi inventado pelo empresário. Com o material coletado, a pergunta foi o que fazer com ele. No inicío, foram feitas porta-latinhas, pratos, talheres e outros utensílios domésticos. Também com este material, construiu-se o tijolo ecológico.

Com a parceria com o poder judiciário do Amazonas e dos Postos Entrega Voluntária (PEVs), o empreendedor conseguiu reaproveitar o material. “Estamos com um projeto de Polo de Reciclagem de Manaus, para usarmos vidro, plástico e madeira. Por possuir características que contribuem para o isolamento acústico, resistência e impermeablidade, o tijolo pode ser utilizado em qualquer tipo de construção”, assinalou.

Fonte: Portalamazonia.com.br

Deixe seu Comentário