Arquivo da tag: Uvas

MERLOT – Por Luíza Fernandes

A Merlot é uma das castas viníferas mais cultivadas no mundo. Isto se justifica por sua boa adaptabilidade em solos rochosos, áridos e argilosos. O clima também não é problema pra essa cepa, pois produz boas safras em climas quentes, frios ou úmidos.

De acordo com estudos, a Merlot é descendente das Cabernet Sauvignon e Franc, e também da Carménère. Há relatos que seu nome tem origem do pássaro “Merle”, comum na Europa, que se alimentava da uva na época da colheita, o que gerava transtorno aos produtores, ou simplesmente por causa da sua cor Negro-azulado, bem parecido ao da uva. Assim o diminutivo de “Merle” ficou “Merlot”.

Chegou na França pelo Oriente Médio, tendo seu primeiro registro em 1784, na região de Bordeaux, sendo a uva mais cultivada nessa região (56%).
Por ser suave, a Merlot se torna propícia para produção de corte ou varietais. Apesar de toda versatilidade, há divergências sobre seu cultivo e tempo de maturação. Há os que defendem sua colheita tardia, para conservar sua maturação fenólica mais concentrada. Outros acreditam que isso prejudicam sua acidez, deixando o vinho mais encorpados, com menos frescor e elegância, então, esses preferem a colheita precoce.

Vinho suave e elegante, mas dependendo do local de cultivo, suas características são bem distintas. Assim sendo, regiões bem frias como França, Itália e Chile, os vinhos são mais estruturados e com forte presença de taninos. Já em regiões quentes, no Novo Mundo, são mais frutados e menor quantidade de taninos.
•Curiosidades:

1)por ser meia-irmã da Carmenère, nos anos ‘90 houve uma confusão nos vinhedos chilenos, pois as duas uvas eram plantadas juntas. Mistério desfeito em 1994 através de um estudo genético (mais isso é outra história para uma outra postagem 😉)
2) Essa cepa produz vinhos caríssimos e famosos como Cheval Blanc, Le Pin e o lendário Chateau Petrus da pequena Pomerol de propriedade de Christian Moueix

Leia mais em: Uva Merlot: conheça mais sobre os vinhos dessa variedade
Tudo o que você precisa saber sobre a uva Merlot.

 

Por Luíza Fernandes
Instagram: @Uvas.e.Vinhos

Dia mundial do Enoturismo 🍇🍷 – Por Luíza Fernandes

Comemorado no 2º domingo de novembro, o enoturismo era comemorado apenas na Europa, agora espalha por outros países, que sorte a nossa apaixonados pelo mundo de Baco.

Luíza Fernandes

O Uruguai já está na sua 5ª edição e foi o primeiro país sul americano festejar a data. A cada ano, mais Bodegas (vinícolas) abrem suas portas para receber e muito bem os visitantes.
E onde fazer esse turismo no Brasil? O enoturismo se destaca no Vale dos vinhedos, Rio Grande do Sul, mas também no Nordeste e parte do Sudeste. A região de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul, abriga mais de 30 vinícolas com experiências únicas com atrações o ano inteiro. 🍷
Se me permitem uma dica, marquem no máximo 2 vinícolas por dia, uma pela manhã e outra já incluindo o almoço para você aproveitar e relaxar como deve ser.

Programa-se e leia mais em:
Enoturismo no Brasil: erga sua taça e brinde nos melhores roteiros do vinho | Qual Viagem

Uruguai celebra o Dia Mundial do Enoturismo.

 

ABCdoABC

 

Por Luíza Fernandes
Instagram: @Uvas.e.Vinhos