Saúde pública de péssima qualidade

Esta semana, ao visitar alguns serviços de atendimentos de saúde em nossa capital, fiquei horrorizado com presenciei. Cenas de pessoas perambulando em filas e corredores lotados. As imagens relembra reportagens do Jornal Nacional, da TV Globo, sobre o tratamento de saúde no Haiti. É simplesmente deprimente!

Para ser justo, o descaso não é somente na rede municipal, a rede estadual segue o mesmo esquema: um verdadeiro desrespeito ao cidadão amazonense. É muita propaganda e pouca eficiência. Temos vários exemplos de hospitais que deveriam apresentar um serviço diferenciado, mas infelizmente, nem o básico prestam. Como se pode ficar em paz, numa cidade que se orgulha de ser a sexta mais rica com um serviço público essencial, como o é a saúde, só perdendo para o serviço de segurança pública, que, no que pese os esforços do atual governo, ainda permanece um verdadeiro caos.

Artur Bisneto - Deputado Estadual e presidente regional do PSDB no Amazonas.

Convido o governador Omar Aziz a visitar (de surpresa, claro!) a rede hospitalar da cidade, preferencialmente, nos horários de plantões noturnos. Tenho a certeza que ficará tão indignado quanto eu. Não faço a mesma proposta ao prefeito de Manaus, Amazonino Mendes porque ele não largaria a sua mesa de dominó para uma tarefa dessa natureza. A situação da saúde publica da nossa cidade é deprimente, sobretudo, quando se compara as cifras que são gastas com saúde. Tem coisa errada governador Omar Aziz! Aliás, devem ter muitas. Não escrevo aqui em tom de crítica, sobretudo porque sei que o atual governo herdou essa herança maldita de uma incompetência disfarçada do seu antecessor. O faço em tom de apelo de uma população que está agonizando por serviços melhores e dignos.

Deixe seu Comentário