Protesto Brasil a fora

Manifestantes estão concentrados no gramado do Congresso Nacional. O protesto tem demandas diversas, como recursos para educação, saúde, passe livre no transporte público e contra os gastos públicos na Copa das Confederações e do Mundo (2014). A manifestação ocorre simultaneamente em várias outras cidades do país, como em Belo Horizonte, São Paulo, Natal, Belém, Campinas, no Rio de Janeiro e em Florianópolis.

Protesto em BrasíliaEm Brasília, os manifestantes pedem que a polícia permita o acesso até a rampa do Congresso Nacional. A Polícia Militar (PM) fez um cordão de isolamento em frente à sede do Legislativo.

Com cartazes, faixas e bandeiras do país, o protesto começou, às 17 horas, no Museu da República, no início da Esplanada dos Ministérios. Durante a caminhada, mais pessoas foram aderindo à manifestação, que é acompanhada pelos policiais. O protesto foi organizado pelas redes sociais.

Confronto

Um pequeno grupo de manifestantes furou o cordão de isolamento feito pela Polícia Militar e chegou à rampa do Congresso Nacional. Os policiais usaram spray de pimenta para conter o grupo e evitar o acesso dos demais. Alguns manifestantes estão jogando água do espelho d´água nos policiais. A maioria dos participantes do protesto está concentrada no gramado do Congresso e pede que não haja violência. O protesto tem demandas diversas, como aplicação de recursos na educação, saúde, passe livre no transporte público e criticam os gastos públicos nas obras das copas das Confederações e do Mundo (2014). A manifestação ocorre simultaneamente em várias outras cidades do país, como em Belo Horizonte, São Paulo, Natal, Belém, Campinas, no Rio de Janeiro e em Florianópolis.

Com cartazes, faixas e bandeiras do país, o protesto começou, às 17 horas, no Museu da República, no início da Esplanada dos Ministérios, na capital federal. Durante a caminhada, mais pessoas foram aderindo à manifestação, que ocupou todas as faixas da via. Organizado pelas redes sociais, o protesto é acompanhado pela polícia.

Deixe seu Comentário