Partido de Kassab ganhará dois ministérios de Dilma

O PSD do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab vai ganhar dois ministérios no governo Dilma Rousseff. Além de acomodar o vice-governador Guilherme Afif Domingos (PSD) na recém-criada Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Dilma pretende abrigar o novo aliado na Secretaria de Assuntos Estratégicos, hoje ocupada por Wellington Moreira Franco, do PMDB.

 

Candidata a um segundo mandato em 2014, Dilma quer os atuais partidos da base em seu palanque e trabalha para conquistar mais apoios, como o do PSD de Kassab, que esteve ontem em Brasília. O formato da reforma na equipe, a ser promovida nos próximos dias, foi discutido na terça-feira em reunião entre Dilma e o vice-presidente Michel Temer. Moreira Franco irá para a Secretaria da Aviação Civil e o deputado Antônio Andrade (PMDB-MG) deve ficar com o Ministério da Agricultura. O problema, agora, reside na saída do atual ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro. A cúpula do PMDB queria que ele fosse para a Secretaria de Assuntos Estratégicos e levou a sugestão a Dilma. Em tratamento contra um câncer, Mendes resistiu à troca e avisou que, saindo da Agricultura, voltará para a Câmara, pois é deputado licenciado.

Gilberto Kassab
Gilberto Kassab Kassab 

Foi nesse cenário que se abriu a possibilidade de mais uma vaga para o PSD. Agora, Dilma voltará a conversar com o ex-prefeito para bater o martelo sobre a indicação. O nome de sua preferência para a cadeira de Moreira Franco é o de Paulo Simão, presidente do PSD de Minas, mas tudo passará pelo crivo de Kassab.

Com uma bancada de 52 deputados e tempo de propaganda na TV estimado em 1’39” para 2014, o PSD está entrando agora na base governista e Kassab já se queixava, nos bastidores, do pequeno espaço previsto para o partido. Até hoje, Dilma acenara apenas com a Secretaria da Micro e Pequena Empresa para Afif Domingos.

O deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG) foi ontem à noite se queixar com Temer e tentar reverter a indicação do colega Antônio Andrade para a Agricultura. Quintão desistiu da candidatura a prefeito de Belo Horizonte, em 2012, para apoiar Patrus Ananias (PT). Esperava ser compensado com o cargo de ministro.

O PR, por sua vez, pressiona Dilma para trocar o titular dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. Ameaça até mesmo não renovar o apoio em 2014, caso não seja atendido. Passos poderá assumir a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), mas ainda não há consenso sobre seu eventual substituto. / COLABOROU RAFAEL MORAES MOURA

Deixe seu Comentário