Papa encerra missa em Aparecida e diz que volta em 2017

‘Eu peço um favor, rezem por mim. Necessito’, afirmou Francisco ao abençoar os fiéis que acompanhavam a missa do lado de fora da Basílica

O papa Francisco encerrou a celebração de sua primeira missa pública no Brasil com a imagem de Nossa Senhora Aparecida nas mãos. Antes de deixar a basílica, o pontífice caminhou com a imagem nos braços e parou para cumprimentar e abençoar cadeirantes que acompanharam a cerimônia. Fiéis próximos se aglomeram para tocá-lo e tirar fotos.

De acordo com a agenda oficial, ele segue nesta tarde para o Seminário Bom Jesus. Antes, no entanto, o papa Francisco foi até a Tribuna Bento XVI, onde agradeceu e abençoou as cerca de 200 mil pessoas que acompanharam a missa do lado de fora da Basílica. O pontífice pediu aos fiéis que rezem por ele e disse que volta ao Brasil em 2017. “Eu peço um favor, rezem por mim. Necessito. Que Deus os abençoe e Nossa Senhora Aparecida cuide de vocês. Até 2017, porque eu vou voltar.”

No seminário, almoçará com sua comitiva, bispos, padres e seminaristas. O papa fará um repouso na Pousada Bom Jesus, onde ficaram João Paulo II e Bento XVI, e receberá religiosas de mosteiros de clausura. A volta para o Rio está prevista para as 16h10.

Na homilia na missa, o papa atacou a idolatria pelo poder e pelo dinheiro e alertou que os jovens precisam recolocar a esperança e Deus no centro de suas vidas. “Hoje, mais ou menos todas as pessoas, e também os nossos jovens, experimentam o fascínio de tantos ídolos que se colocam no lugar de Deus e parecem dar esperança: o dinheiro, o poder, o sucesso, o prazer”, declarou. “Frequentemente uma sensação de solidão e de vazio entra no coração de muitos e conduz à busca de compensações, destes ídolos passageiros”, insistiu.

.”Os jovens não precisam apenas de coisas, precisam sobretudo que lhes seja proposto aqueles valores imateriais que são o coração espiritual de um povo, a memória de um povo”, disse ainda o papa Francisco.

 

Fonte: Estadão

Deixe seu Comentário