Papa condena riqueza e mundanismo que faz o homem perder sua identidade

O Papa Francisco denunciou a riqueza e o mundanismo que fazem o homem perder a sua identidade, durante uma celebração neste domingo a catequistas do mundo inteiro reunidos no Vaticano. “Se as coisas, o dinheiro, o mundanismo, se tornam o centro da vida, essas coisas se apoderam de nós, perdemos nossa própria identidade como homens”, declarou o Papa na Praça São Pedro por ocasião da jornada dos catequistas.

Papa Francisco
Papa Francisco

“Como é possível que os homens, talvez também a gente, possamos cair no perigo de nos prendermos, de colocar nossa segurança nas coisas, que por fim roubam nosso rosto, nosso rosto humano?”, questionou.

Cerca de 20.000 catequistas participam durante este fim de semana de uma peregrinação mundial em Roma, no marco do “Ano da fé”. De quinta-feira a sábado foi realizado um congresso mundial de catequistas sob o patrocínio do ministério pontifício da Nova Evangelização.

Deixe seu Comentário