Oposição pressiona para que pedido de CPI vá ao plenário na quinta-feira, mesmo sem Sarney

Concluída a fase de coleta de assinaturas, inaugurou-se no Legislativo o segundo capítulo da novela da CPI do Cachoeira. Discute-se agora a data da instalação da comissão parlamentar mista de inquérito.

“A gente percebe um novo movimento protelatório. Tem gente falando em esperar pelo Sarney para fazer a leitura do requerimento no plenário”, diz o líder do PSDB na Câmara, deputado Bruno Araújo (PE).

Josias de Souza - Blogueiro - UOL

Internado no hospital Sírio Libanês desde sábado (14), José Sarney (PMDB-AP) formalizou nesta terça (17) um pedido de licença médica de 15 dias. O senador acumula as presidências do Senado e do Congresso.

Caberia a Sarney convocar a sessão conjunta da Câmara e do Senado para fazer a leitura do pedido de CPI– uma providência regimental indispensável para que a comissão passe a existir formalmente.

Servindo-se da ironia –“Será que estão imaginando que o Sarney terá outro infarto?”— o líder tucano recorda que o Parlamento dispõe de “mecanismos automáticos de substituição.”

Na ausência de Sarney, responde pela presidência do Congresso a vice-presidente da Câmara, deputada Rose de Freitas (PMDB-ES, na foto). “Além dela, há outros dois vice-presidentes. Não é possível que nenhum deles sirva para convocar uma simples sessão”, diz Bruno Araújo.

Se depender das legendas de oposição, as assinaturas apostas ao pedido de CPI serão conferidas nesta quarta (18) e a sessão de leitura será convocada para quinta (19). Os líderes partidários teriam, então, 48 horas para indicar os membros da CPI. E a instalação ocorreria na semana que vem, com a escolha do presidente e do relator.

Rose de Freitas deu a entender que não cogita esperar pela volta de Sarney. Disse que, concluída a checagem das rubricas, convocará a sessão conjunta. “A não ser que o próprio presidente do Congresso esteja em condições de fazê-lo e diga que está se dirigindo a esta Casa para tomar as providências”, disse ela em plenário, sem especificar datas.

Deixe seu Comentário