Operação Apocalipse por 2 votos a 1, tribunal de justiças mantém prisões de Marcelo Reis e Eduardo Rodrigues

1872013-125553-marcelo_peNo retorno de seu pedido de vistas apresentados no começo da sessão da 1ª Câmara Criminal, a juíza convocada Sandra Aparecida Silvestre votou no final da manhã pela manutenção das prisões preventivas dos vereadores Marcelo Reis Louzeiro e Eduardo Carlos Rodrigues, ambos do PV, encarcerados desde a última quinta-feira por determinação judicial nos autos da Operação Apocalipse. A juíza negou assim os pedidos de solturas impetrados pelas defesas dos dois acusados de receberem financiamentos da quadrilha chefiada por Alberto Ferreira Siqueira, o “Beto Bába” e Fernando Braga Serrão, o “Fernando da Gata”. O voto da juíza Sandra Aparecida seguiu o entendimento da relatora do caso, Ivanira Feitosa, que já havia definido que, embora não exista ainda tipificação penal contra os dois, estão claros e evidentes os envolvimentos dos vereadores com a quadrilha. “Os fatos são estranhamente graves e demonstrados”, afirmou Sandra Silvestre, concordando com a colega.

O presidente da Câmara, Valter Oliveira foi o único a discordar da manutenção das prisões preventivas, disse que os dois são réus primários e por isso votava pela concessão das ordens.

 

Fonte: Rondoniagora

Deixe seu Comentário