O PMDB e a ausência de Braga

Eduardo Braga está há pouco mais de um mês no cargo de líder do governo no Senado, mas já virou alvo de seus antigos aliados do chamado“G-8” do PMDB. Os peemedebistas
reclamam que Braga anda ausente e já não é mais o mesmo senador acessível e conversador.

O comportamento distante de Braga também mudou a interlocução com outros setores do PMDB. Desde que assumiu a liderança, ele também excluiu o gabinete de Michel Temer das articulações do governo. Nos tempos de Romero Jucá, a sala de Temer era frequentemente utilizada para mediar conflitos e tratar de questões de interesse do PMDB. Com Braga na liderança, Temer simplesmente deixou de ser procurado.

Deixe seu Comentário