O crack está sendo altamente consumido em municípios do Amazonas

Uma recente pesquisa divulgada, este ano, pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), apontou que pelo menos oito municípios do Amazonas são grandes consumidores do crack, droga produzida a partir da base de cocaína.

Artur Bisneto Deputado Estadual - Amazonas

A pesquisa fez uma avaliação em 42 dos 62 municípios existentes em nosso Estado. Desse total pesquisado, foram encontrados em 35 deles o uso do crack. No entanto, entre os municípios com alto consumo no Estado estão Careiro da Várzea, Coari, Tefé, Carauari, Alvarães, Fonte Boa, Lábrea e Benjamin Constant. Com base nessa pesquisa, resolvi propor na Assembleia Legislativa do Amazonas a criação da comissão de Políticas Antidrogas. O assunto precisa ser tratado com mais seriedade. Precisamos criar medidas preventivas, alertando a população contra esse mal.

Com todos esses dados, nós não podemos ficar parados. A situação é mais séria do que pensávamos. E o nosso Estado não pode deixar que a população sofra com esses problemas. Temos que discutir e buscar ajuda através de uma ação conjunta, em parceria com órgãos dos governos estadual e federal ou com a iniciativa privada. O uso do crack é, atualmente, um mal social porque destrói não apenas a vida do usuário e a família dele, mas também gera um problema que causa danos à economia e na segurança dos nossos municípios.

Deixe seu Comentário