Número de pessoas com suspeita de dengue aumenta 25% no Acre

Quantidade de casos com sintomas do dengue aumentou 25,59% neste ano, sobre 2012, totalizando 216 casos.

RIO BRANCO – O número de pessoas com suspeita de dengue, no Acre, aumentou 25,59% neste ano, chegando a 216 casos, sobre as 172 suspeitas da doença, em 2012.

Para a secretária de Estado de Saúde do Acre, Suely Melo, apesar do acréscimo, o Acre está com a situação controlada. “A população já entendeu o recado e tomou para si a responsabilidade. Reconhecemos o aumento e pedimos à população que continue vigilante para que na próxima semana tenhamos resultados mais positivos”.

Das 243 pessoas que deram entrada em unidades de saúde, apenas 78 casos foram confirmados. Foto: Gleilson Miranda/Agência de Notícias do Acre
Das 243 pessoas que deram entrada em unidades de saúde, apenas 78 casos foram confirmados. Foto: Gleilson Miranda/Agência de Notícias do Acre

A evolução da incidência da doença coincide com o verão amazônico. Segundo a gerente da Divisão de Endemias e Vigilância em Saúde Ambiental, Thayna Holanda, devido a maior ocorrência de chuvas e ao aumento da temperatura nesta época do ano, a zona urbana fica a mercê da maior quantidade de criadouros. “Em 2013, o início das chuvas mais cedo que aumentou a população do mosquito e a introdução do vírus IV. O resultado é a população 100% suscetível”, garante Thayna.

Para amenizar a situação, medidas de combate e prevenção da doença não param. No início de fevereiro, o governo do Acre realizou a aquisição de 30 mil tampas para caixas d’água para serem distribuídas nos bairros considerados prioritários. Até agora, mais de mil unidades já foram distribuídas. As ações são para manter a cidade limpa e reduzir o número de criadouros do mosquito da dengue somam mais de 18 mil toneladas de lixo e entulhos recolhidos na em Rio Branco.

 

Fonte: Agência Notícias do Acre

Deixe seu Comentário