Miseráveis – Por Rachel Sheherazade

Veja o Comentário de Rachel Sheherazade.

 

Um erro do Ministério Público do Rio de Janeiro levou um homem à prisão por pegar um pedaço de frango congelado na empresa onde trabalhava.

O caso aconteceu em julho. O ajudante de limpeza Cláudio Gonçalves Pereira, era funcionário de uma empresa terceirizada e trabalhava na cozinha de um centro de pesquisa da Petrobras. Ele e mais dois amigos foram pegos com frango e iogurte na bolsa, foram levados a delegacia e liberados após pagamento de fiança.

Segundo eles, os alimentos seriam jogados no lixo, porque estavam impróprios para o consumo. Em nota, a empresa Ultraserve, onde os três trabalhavam, disse que o material não seria descartado e que não estava fora da validade.

A Petrobras não quis comentar o caso, e o advogado do sindicato dos petroleiros, que assumiu a defesa dos rapazes, atribuiu a prisão de Cláudio a um erro da Justiça e do Ministério Público, já que a fiança já havia sido paga.

Faça parte do Blog da Rachel Sheherazade

Deixe seu Comentário