Marina Silva, uma asceta entre ambiciosos, só quer um mundo melhor – Por Reinaldo Azevedo

Ah, não, né? Aí já é um pouco demais! Marina Silva, da Rede, ora no PSB, pré-candidata à Presidência, concedeu uma entrevista à CBN de Maringá nesta quarta, informa a Folha. E aí se saiu com esta maravilha:

“Não tenho como objetivo de vida ser a presidente da República. Tenho como objetivo de vida lutar para o Brasil ser melhor, para o mundo ser melhor; se, para isso, for necessário ser presidente da República, tenho toda a disposição, como tive em 2010”.

Entendi.

Reinaldo Azevedo - Blogueiro e Colunista - VEJA
Reinaldo Azevedo – Blogueiro e Colunista – VEJA

Talvez os outros tenham ambições desmedidas, motivações menores… Dilma Rousseff, Aécio Neves, José Serra e, quem sabe?, até Eduardo Campos sonham com a Presidência, quem sabe?, por falta de altruísmo. Marina só pensa num Brasil melhor e num mundo melhor.

A frase, aliás, é uma delícia. Porque isso nos faz supor que, houvesse um governo mundial, ela certamente se candidataria ao cargo. Mas não pensem que seria, como ela diz, por “ambição” ou “objetivo de vida”…

Ora, ora… Vocês sabem o que eu penso do PT e da maioria dos petistas, não? Mesmo o pior deles, escolham aí, deve trazer em si uma vontade transformadora. Pode ser ruim, equivocada, dolosa. Mas anseio sempre há. O pior larápio pode ser também um idealista.

O que me incomoda em Marina é esse, com a máxima vênia, falso ascetismo. Então se fez senadora, ministra, candidata à Presidência, dona (cabe o nome) de um partido e é pré-candidata, em segundo lugar nas pesquisas, só porque pensa em nos salvar? A tudo isso a conduziu a falta de ambição???

Esse negócio de só querer um mundo melhor é coisa que político não deveria falar. Seria possível dizer o contrário?

Por Reinaldo Azevedo

 

Acompanhe o Blog do Reinaldo Azevedo

Deixe seu Comentário