Manifestação contra pastor reúne 600 pessoas e fecha duas faixas da avenida Paulista

Uma manifestação contra a eleição do pastor Marco Feliciano (PSC-SP) para a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, neste sábado (9), está reunindo cerca de 600 pessoas na região da avenida Paulista, em São Paulo, segundo avaliação da Polícia Militar.

O ato, que pede a saída do pastor da comissão, é organizado por militantes de direitos humanos, como ativistas pelos direitos dos gays e dos negros.

Manifestação Contra Pastor
Manifestação Contra Pastor

Os manifestantes se reuniram na Paulista, e seguiram até a praça Roosevelt (centro de São Paulo) e retornaram à avenida para uma concentração nas imediações do Masp.

O trânsito na Paulista está sendo afetado –duas faixas no sentido Vila Mariana-Pinheiros foram fechadas pelos manifestantes, que estão sendo acompanhados pela Polícia Militar.

Ato de repúdio contra a eleição do deputado federal e pastor evangélico Marco Feliciano (PSC-SP) para a presidência da Comissão de Direitos Humanos; no caminho, os manifestantes se juntaram a outro grupo que protestava contra o presidente do senado, Renan Calheiros (PMDB-AL)

 

O grupo chegou a se encontrar com outra manifestação, que pede a renúncia de Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado.

BRASÍLIA

Manifestação Contra Renan Calheiros
Manifestação Contra Renan Calheiros

Em Brasília, cerca de 150 pessoas participaram do protesto contra a eleição do pastor. A manifestação, que começou na rodoviária de Brasília (área central da cidade), também mobilizou pessoas que pressionam pela saída de Renan. Os manifestantes seguiram em passeata pela Esplanada dos Ministérios até o gramado do Congresso Nacional.

Manifestação contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e contra o presidente eleito da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Dep. Marcos Feliciano (PSC-SP); o movimento que contou com 150 pessoas, surgiu nas redes sociais provocando uma concentração na rodoviária de Brasília e caminhada até o Congresso Nacional.

 

Opinião do Blog do Daniel: Manifestação no Brasil é que nem repartição pública. Existe, mas não funciona.

 

Fonte: Folha

Deixe seu Comentário