Mais Insegurança – Por Rachel Sheherazade

Mais médicos, sim! Eu sempre apoiei. Mas não assim! De qualquer jeito: sem vínculo de trabalho, sem diploma revalidado, sem capacidade provada e comprovada, atropelando, de uma só vez, a ética e a legalidade!

Isso é temerário! É expor a população carente à insegurança.

Rico ou pobre, quem procura um médico entrega a ele sua saúde, sua vida, seu bem mais precioso. É uma relação de confiança.

O cidadão que depende do SUS tem o direito de saber que está em boas mãos.

Se a nacionalidade pouco importa, importa, sim, saber se ele é capaz de exercer a Medicina. E não basta o Governo dizer que sim. É preciso provar!

E se um erro médico for cometido? A quem o estrangeiro responderá? Como será punido? Se é que será…

Se o Mais Médicos veio mesmo para fazer o bem, que o faça bem feito!

 

Acompanhe o Blog da Rachel Sheherazade

Deixe seu Comentário