Lucro da Apple fica estável e soma US$ 13,08 bilhões no 4º trimestre

Companhia registrou vendas recordes, mas a margem de lucro encolheu; investidores reagiram mal e as ações caíam mais de 5% no pós-mercado.

NOVA YORK – A Apple anunciou nesta quarta-feira, 23, um lucro líquido de US$ 13,08 bilhões no primeiro trimestre fiscal de 2013, ou US$ 13,81 por ação, praticamente em linha com os resultados financeiros da empresa no mesmo trimestre do ano passado, quando teve lucro líquido  de US$ 13,1 bilhões e US$ 13,87 por ação. O primeiro trimestre fiscal da companhia equivale ao quarto trimestre do calendário, encerrado em dezembro. A companhia registrou vendas recordes de iPhones e iPads, mas viu sua margem bruta encolher em comparação ao desempenho de 2012.

A receita da Apple no primeiro trimestre fiscal deste ano foi recorde, chegando a US$ 54,5 bilhões, acima da receita registrada no mesmo trimestre do ano anterior, de US$ 46,3 bilhões. Apesar do avanço, o dado veio pouco abaixo das expectativas dos analistas ouvidos pela Thomson Reuters, que projetavam uma receita de US$ 54,7 bilhões no período. A margem bruta da companhia, entretanto, recuou para 38,6% em comparação com 44,7% registrados no mesmo período de 2012.

 As vendas internacionais da Apple representaram 61% da receita da companhia no trimestre. A receita semanal média aumentou em  comparação com o mesmo período do ano anterior, crescendo de US$ 3,3 bilhões em 2012 para US$ 4,2 bilhões no primeiro trimestre  fiscal de 2013.

A empresa vendeu um volume recorde de 47,8 milhões de iPhones no trimestre, acima dos 37 milhões de aparelhos comercializados no  mesmo período de 2012. A venda de tablets iPad também foi recorde neste ano, passando de 15,4 milhões de unidades no primeiro  trimestre fiscal do ano passado para 22,9 milhões em 2013. As vendas de computadores pessoais Macs, entretanto, recuou na  comparação dos resultados deste ano e do ano passado, caindo de 5,2 milhões de unidades há um ano para 4,1 milhões de unidades  neste ano. As vendas de iPods também desaceleraram e somaram 12,7 milhões de unidades neste trimestre, em comparação com 15,4  milhões há um ano.

A reação inicial dos investidores ao resultado da Apple foi negativa, com as ações caindo 5,24% no pregão after-hours (após o fechamento do mercado) em Nova York às 19h50, negociadas a US$ 487,08 por ação. No pregão regular da Bolsa de Nova York, as ações da companhia fecharam em alta de 1,83%, a US$ 514,01. As informações são da Dow Jones.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *