Júlio Camargo muda delação e levanta dúvidas – Rachel Sheherazade

Júlio Camargo muda delação e levanta dúvidas – Rachel Sheherazade

O lobista Júlio Camargo voltou a dizer que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha teria recebido dinheiro de propina.

Um dos delatores da Lava Jato, Camargo já tinha afirmado e desmentido a mesma acusação. É de se perguntar: em quais depoimentos esse senhor falou a verdade, em quais ele mentiu para os investigadores?

Ouça o Aúdio  da  Rachel Sheherazade

Eu não coloco minha mão no fogo nem por Cunha, nem por ninguém. Mas, não dá para confiar num delator que muda a versão dos fatos de acordo com as conveniências, ou conforme as pressões. Em cada depoimento que presta, o lobista se contradiz e desdiz o que já havia dito. Julio Camargo não tem um pingo de credibilidade. Como se diz na minha terra, o que ele fala não se escreve. Acho, inclusive, que a delação premiada de Camargo deveria ser revista, afinal, o acordo com o Ministério Público prevê que o beneficiado fale a verdade. E a verdade, convenhamos, não muda ao sabor dos ventos.

Rachel SheherazadeEduardo Cunha, que já esperava ver seu nome envolvido no escândalo do Petrolão, desmentiu Júlio Camargo, e também desafiou o delator a provar o que disse.

Para Cunha, o delator foi ameaçado e obrigado a mentir. O presidente da Câmara disse que, por trás da delação do lobista, podem estar o Governo Dilma e Rodrigo Janot.

Aspas: “É muito estranho, às vésperas da eleição do Procurador Geral da República e às vésperas de pronunciamento meu em rede nacional, que as ameaças ao delator tenham conseguido o efeito desejado pelo Procurador Geral da República, ou seja, obrigar o delator a mentir”.

As inimigas de plantão do PT, PSOL e afins estão em êxtase com a delação do lobista Julio Camargo. Acreditam que deram um xeque-mate no presidente da Câmara – justiça seja feita, o mais ferrenho e mais competente opositor do Palácio do Planalto.

Coincidentemente ou não, a denúncia contra Cunha surge num momento pra lá de oportuno, em meio ao maior inferno astral do PT:

– o TCU julga as pedaladas de Dilma, e está prestes a reprovar a presidente que maquiou as contas públicas

– donos de empreiteiras dizem que bancaram as campanhas de Dilma e Lula com dinheiro de propina,

– e o “companheiro” Lula agora é investigado por tráfico de influência para favorecer a construtora Odebrecht, envolvida no Petrolão.

Então, a delação de Camargo é ou não é uma excelente cortina de fumaça para o PT???

 

Acompanhe o Blog da Rachel Sheherazade

Deixe seu Comentário