Imutáveis – Por Rachel Sheherazade

O questionário do Vaticano é uma prova de que a Igreja Católica está aberta a novas formas de evangelismo.

Preocupada com as mudanças de costumes e com os novos arranjos familiares, agora ela quer ouvir também, e não só falar.

A Igreja está reconhecendo que não pode fechar as portas aos homossexuais, às mulheres que praticam o aborto, aos divorciados, aos casais informais… Muito pelo contrário. Seu papel não é julgar, mas acolher, evangelizar, e ser instrumento de transformação.

A Igreja liderada por Francisco diz, agora, aos fiéis que está disposta a mudar.

Mas, não esperem, liberais, uma mudança de dogmas. O Papa já descartou essa hipótese.

Para o cristianismo, as verdades divinas são imutáveis. O próprio Deus não muda para satisfazer as vontades do homem.

É o homem, que, como barro, se deixa moldar pelas mãos de Deus.

 

Acompanhe o Blog da Rachel Sheherazade

Deixe seu Comentário