Família diz que médico recusou paciente, que morreu no hospital

Vítima passou mal na madrugada de domingo (25), em Goiânia.
Homem foi para outra unidade e depois reencaminhado ao primeiro hospital.

A família de um homem denuncia negligência médica em um hospital localizado na região oeste de Goiânia. Segundo o irmão da vítima, um médico da unidade teria se recusado a atender um homem de 55 anos porque suspeitava que ele fosse alcoólatra. A vítima passou mal na madrugada de domingo (25) e por volta das 5h da manhã foi levado a esse hospital.

Depois, o paciente foi levado ao Hospital Jardim América onde recebeu atendimento, mas como o estado era grave ele foi levado de volta a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do primeiro hospital e acabou morrendo às 16h.

“Esse é um caso de vergonha. A gente não pode passar por isso. Se o meu irmão tivesse sido atendido no primeiro procedimento, agora às 16h ele não chegaria a óbito”, diz Jonas Rocha, o irmão da vítima.

A produção da TV Anhanguera tentou falar com o médico que supostamente recusou o primeiro atendimento ao paciente, ou com algum responsável pelo hospital, mas ninguém foi encontrado.

Deixe seu Comentário