Eduardo Braga entrega ‘bolsa enchente’ no Amazonas

Em meio à turbulência no Congresso pela CPI do Cachoeira, o líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), e o governador do Amazonas, Omar Aziz (PSB), passaram o último fim de semana em comitiva de entrega de benefícios a vítimas de enchentes no Estado.

Em quatro aeronaves fretadas pelo governo do Amazonas, Braga, Aziz, quatro deputados federais, sete deputados estaduais e dirigentes estaduais visitaram oito municípios remotos do sul e do sudoeste do Estado.

Durante a viagem, Braga, que governou o Amazonas de 2003 a 2010, entregou cartões de pagamento a desabrigados e notebooks a professores. Também discursou em praças e ginásios e divulgou a ação no Facebook.

Em Carauari (702 km de Manaus), Braga discursou para 2.000 pessoas e chegou a discutir com uma delas após ouvir vaias. “Enquanto vocês vaiam, a cidade está cheia de buraco”, disse.
Ao todo, 27 dos 62 municípios do Amazonas decretaram emergência em razão de enchentes, que já afetam 184 mil pessoas no Estado.

O Ministério da Integração Nacional diz ter transferido neste ano R$ 10,5 milhões ao governo do Amazonas para ações de Defesa Civil.

A comitiva entregou na viagem cerca de 10 mil cartões “Amazonas Solidário”, para pagamento de R$ 400 por família afetada por cheias.

O governo do Estado informou que R$ 6 milhões dos cartões (cifra que inclui benefícios ainda não entregues) foram bancados pela gestão estadual, porque a verba federal não estava disponível.

Também participaram da viagem a senadora Vanessa Grazziotin (PC do B) e os deputados federais Átila Lins (PMDB), Carlos Souza (PSD), Silas Câmara (PSD) e Pauderney Avelino (DEM).

A reportagem questionou o governo do Amazonas sobre o custo da viagem, entre frete de aeronaves, despesas de hotel e alimentação, mas não obteve resposta.

A assessoria de Aziz disse que o governador estava ontem em Brasília e não pôde ser localizado. Braga não respondeu a questões enviadas pela reportagem.

A Integração Nacional informou que o governo do Mazonas é “responsável pela aplicação da verba” de auxílio a afetados por cheias.

Fonte: Folha.com

Deixe seu Comentário