Conselho de Ética teme por vida de Cachoeira em presídio no DF

Temendo uma queima de arquivo, o Conselho de Ética do Senado decidiu enviar ofício ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, comunicando a preocupação com o fato de o bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, estar dividindo uma cela com 22 presos, na Penitenciária da Papuda, em Brasília. O ofício será encaminhado ao ministro pelo presidente do Conselho, Antonio Carlos Valadares (PSB-SE).

Ricardo Noblat - Blogueiro - O GLOBO

— Tem tanta coisa envolvida, tanta gente com medo do senhor Cachoeira! Colocá-lo em uma cela com não sei mais quantos presos, daqui a pouco ele aparece morto. A União é responsável pela vida do senhor Cachoeira — afirmou o senador Pedro Simon (PMDB-RS), fazendo uma comparação com a morte de Paulo César Farias, tesoureiro da campanha do ex-presidente Fernando Collor de Mello e peça-chave no suposto esquema de corrupção montado no governo à época.

Ontem, o Conselho de Ética do Senado também formalizou no Supremo Tribunal Federal (STF) o pedido de compartilhamento das informações da operação Monte Carlo, da Polícia Federal, deixando claro que a solicitação se refere somente aos dados relacionados ao senador Demóstenes Torres (sem partido-GO).

Deixe seu Comentário