Comissão dos Direitos Humanos inicia investigação em possível abuso de autoridade na detenção de PM

Rondônia –  A decisão aconteceu após o presidente da Comissão de Direitos Humanos da ALE/RO, deputado estadual Euclides Maciel (PSDB) convocar reunião com os membros da Comissão…

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia (ALE/RO) deliberou hoje (27) que deverá requerer ao Comando Geral de Polícia Militar (PM/RO) todas as informações que possam esclarecer a detenção do cabo PM Gomes, ocorrida na sexta-feira passada no 2º Batalhão de Policia Militar (2º BPM), em Ji-Paraná e transferido para o Centro de Correição da PM em Porto Velho.

A decisão aconteceu após o presidente da Comissão de Direitos Humanos da ALE/RO, deputado estadual Euclides Maciel (PSDB) convocar reunião com os membros da Comissão, deputados estaduais Ribamar Araújo (PT), Luiz Cláudio (PTN) e Eurípedes Lebrão (PTN) para apurar se houve abuso de autoridade do oficial da Polícia Militar, tenente PM D. Lucas quando da detenção do cabo da PM.

Euclides Maciel explicou que a Comissão pretende requerer ao Comando Geral da PM a ficha funcional do cabo PM Gomes para analise do perfil comportamental e a conduta do policial durante os mais de 22 anos de serviços prestados a corporação. Gomes disse ao deputado que estava de serviço na guarda do 2º BPM, quando foi detido por não prestar continência ao oficial D. Lucas, que naquele momento adentrou o quartel em traje civil.

Ainda segundo Euclides, será feita a convocação dos dois militares para serem ouvidos pela comissão a fim de determinar se todos os procedimentos foram e estão sendo realizados para que o cabo PM não seja cerceado no direito de defesa, durante o processo de apuração realizado pela Corregedoria Militar.

“Já chegaram a nós, informações que ocorrem com frequência abuso de autoridade de alguns superiores com os subordinados em quarteis da PM e, muitos não conseguem e são cerceados do direito de defesa, sendo prejudicados através de Inquérito Policial Militar (IPM), conduzido exclusivamente por oficiais militares”, disse Euclides.

Deixe seu Comentário