CNJ abre processo contra desembargadores do RN suspeitos de desviar R$11 mi

O CNJ (Conselho Nacional de Justiça) abriu um processo diciplinar contra os desembragadores Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, por suposto desvios de verbas de precatórios. Segundo o Tribunal de Contas do Estado, o montante desviado passa de R$ 11 milhões. Se comprovada a participação, eles podem ser demitidos ou ser aposentados compulsoriamente.

Em depoimento à Justiça, a ex-chefe do setor responsável pelos pagamentos de precatórios, Carla Ubarana Leal, afirmou que entregou aos dois envelopes com dinheiro oriundos do esquema, segundo reportagem da Folha de S.Paulo. Afastados do cargo desde abril, os dois negam o envolvimento no caso e dizem que os documentos que comprovam a fraude são falsificados.

Fonte: Estadao.com.br

Deixe seu Comentário