Chalita nega que empresa tenha pago eletrônicos de duplex

O deputado federal Gabriel Chalita (PMDB-SP) disse ontem, em nota, desconhecer que uma empresa fornecedora da Secretaria da Educação à época em que ele era o titular da pasta (2003-2006) pagou equipamentos eletrônicos de seu apartamento.

Gabriel Chalita, concede entrevista ao Terra Magazine
Gabriel Chalita, concede entrevista ao Terra Magazine

Folha revelou ontem que um empresário que equipou o duplex de Chalita relatou ao Ministério Público ter recebido em 2005 cerca de US$ 80 mil da Interactive, empresa do grupo COC que vendia para a pasta.

Os documentos foram apresentados pelo empresário Cesar Valverde, uma das responsáveis pelo pagamento.

O peemedebista diz que o depósito foi feito pelo analista de sistemas Roberto Grobman para quitar outros negócios que ele tinha com a empresa Valverde. Grobman acusa o deputado de receber propina do empresário Chaim Zaher para favorecer o COC na secretaria.

Chalita afirma que a nota fiscal apresentada pelo empresário à Promotoria como prova não tem relação com a reforma do apartamento ou com ele. “Não fiz nenhum depósito em conta fora do país. Não tenho e nunca tive conta fora do país”, afirma o deputado na nota.

 

Fonte: Folha

Deixe seu Comentário