Arquivo da categoria: Região Norte

Coral do Manausprev emociona em festival da terceira idade

O coral do ManausPrev se apresentou nesta quinta-feira, 9, no 4° Festival de Corais da Terceira Idade, que foi realizado no Centro de Convivência do Idoso do bairro Aparecida. Com temática regional, o coro constituído de aposentados e pensionistas do Fundo Único de Previdência do Município de Manaus (ManausPrev), interpretou as canções: Irmão do Universo (Eliakin Rufino), Clave de Luz (Eliberto Barroncas) e Cantigas de Despedida (folclore amazônico), esta última utilizando lenços cenográficos, que emocionou o público presente.

TM - MANAUSPREV - 09-05-2013. CORAL NO PARQUE DO IDOSO (12)O coral, que existe há mais de três anos, faz parte do Programa Vitalidade. “É importante para o nossos segurados o programa (Vitalidade) continuar, pois o objetivo é fazer com que o aposentado e pensionista interaja e a participação no Festival é importante e necessária, pois em todos os lugares que vamos o Coral do ManausPrev é uma marca”, explica o diretor presidente do ManausPrev, Edson Fernandes.

O corista aposentado Augustinho Belém de Souza Silva, 74, que fez um solo na música ‘Clave de Luz’ falou com emoção sobre o coral. “Participar, para mim é espetacular, pois além de cantar, que é o meu hobby, eu confraternizo com os companheiros e me sinto feliz”, disse.

A expectativa é que o coral faça outra grande apresentação nesta sexta-feira, às 9, no mesmo local. “Nos dedicamos exclusivamente para esse momento, de onde já esperávamos o resultado positivo”, comemorou o maestro Miller Miranda

Os colaboradores do Fundo compareceram munidos de vuvuzelas, apitos e pompons coloridos para torcer.

 

Seduc do Amazonas contrata professores e pedagogos; salário chega a R$ 2,6 mil

Há vagas para professores de artes, ensino religioso e para lecionar do primeiro ao quinto ano.

MANAUS – A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) do Amazonas divulgou, nesta quinta-feira (9), editais para contratação temporária de professores e pedagogos.  As vagas são para atuação na capital e no interior do Estado. O processo de seleção será organizado pelo Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e a inscrição acontece entre 20 e 23 de maio, gratuitamente, no site do Cetam.

Para Manaus, serão abertas vagas para pedagogos e para professores dos componentes de artes e ensino religioso. Já para o interior do Estado a Seduc contratará pedagogos e professores de primeiro ao quinto ano do ensino fundamental.

O requisito básico formação superior comprovada (nas áreas requisitadas por cada um dos editais) e disponibilidade para atuar no regime de 20h ou 40h semanais, conforme opção do candidato durante a inscrição. Para a função de pedagogo a remuneração é de R$ 1.344,03 (20h) e R$ 2.688,06 (40h). Para o cargo de professor a remuneração vai de R$ 1.345,01 (20h) a R$ 2.690,02 (40h).

De acordo com os editais – disponíveis no site da Seduc – , por meio do processo de seleção a secretaria formará um banco de cadastro e convocará os profissionais pré-selecionados de acordo com sua necessidade da secretaria.

A seleção é composta de análise curricular, seguida de exame comprobatório dos documentos apresentados e observância das pontuações atribuídas para os níveis de especialização do candidato.

Em Manaus, desconto de até 20% em quitação de IPTU termina sexta-feira

Prefeitura de Manaus já recebeu R$ 23,5 milhões em pagamento do imposto de 93 mil contribuintes. Carnê está disponível na internet.

MANAUS – Os contribuintes da capital do Amazonas têm até está sexta-feira (10) para quitar a cota única do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). O pagamento integral do imposto garante desconto de 10% a 20%, segundo informou a Secretaria Municipal de Finanças, Planejamento e Tecnologia da Informação (Semef).

Pagamento único e com desconto vai até dia 10 de maio. Foto: Divulgação/ Semcom
Pagamento único e com desconto vai até dia 10 de maio. Foto: Divulgação/ Semcom

As guias de pagamento do IPTU estão disponíveis para impressão desde 1º de abril deste ano, no site da Semef. Até esta quinta-feira, a secretaria contabiliza o pagamento de mais de 93 mil contribuintes. Do total, 75% são de cota única.

O órgão já recebeu R$ 23,5 milhões em pagamento do imposto, conforme dados até esta quarta-fira (8). “A população está aproveitando a oportunidade de quitar seu débito com um desconto considerável, um dos maiores do Brasil. Esse retorno é bom para a Prefeitura e bom para o cidadão”, disse o secretário da Semef, Ulisses tapajós.

As notificações com os dados do IPTU de 2013 e a guia de pagamento também foram enviadas aos contribuintes via Correios. Caso não tenha recebido, o contribuinte pode dirigir-se ao atendimento do Manaus Fácil, na Rua Japurá, nº. 488, bairro Praça 14 de Janeiro, ou qualquer um dos Postos de Atendimento ao Cidadão (PACs).

‘Minha Casa, Minha Vida’ libera construção de 800 casas no Amazonas

Casas serão erguidas em 20 cidades no interior do Estado. No total, são 827 unidades cuja construção dura um ano.

MANAUS – A Secretaria de Governo do Amazonas (Segov/AM), recebeu nesta semana a ordem de serviço do Ministério das Cidades para o início da construção de 827 casas em 20 municípios contemplados pelo programa Minha Casa, Minha Vida. A secretaria vai enviar equipes a todos esses municípios para identificar terrenos e capacitar agentes municipais.

O Ministério das Cidades aprovou a construção dez mil unidades habitacionais. Foto: Divulgação/Planalto
O Ministério das Cidades aprovou a construção dez mil unidades habitacionais. Foto: Divulgação/Planalto

Serão beneficiados os municípios de Urucurituba, Itapiranga, Silves, Urucará, São Sebastião do Uatumã, Boa Vista do Ramos, Barreirinha, Nhamundá, Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Amaturá, São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Iça, Tonantins, Jutaí, Alvarães, Uarini, Japurá, Maraã e Fonte Boa.

“Estamos articulando essa proposta de construção das casas desde o ano passado. Agora os prefeitos deverão seguir um cronograma para finalizar a construção das casas em um ano. Continuaremos a articulação no ministério para em breve comunicar o início das obras em outros municípios com população abaixo de 50 mil habitantes”, disse a titular da Segov, Rebecca Garcia.

A secretária informou ainda que terá uma reunião com o ministro, Aguinaldo Ribeiro, em Brasília, na próxima quarta-feira (15), para agilizar os trâmites de liberação de mais recursos do programa. De acordo com ela, esse programa tem grande importância dentro das políticas públicas do governador Omar Aziz, “principalmente porque é uma forma de geração de milhares de empregos diretos e indiretos no interior do Estado”, sem especificar o número de empregos.

 

Prefeito Arthur Neto apresenta projetos para Dilma Rousseff nesta sexta-feira

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, se reúne com a presidente Dilma Rousseff, na manhã desta sexta-feira, 9, em Brasília, onde apresentará quatro grandes projetos para desenvolvimento urbano em Manaus. O prefeito diz que espera ter um bom diálogo com a presidente, pois vem recebendo bons sinais do governo federal para os pleitos que vêm sendo enviados pela sua gestão.

Arthur Virgílio Neto - Prefeito de Manaus
Arthur Virgílio Neto – Prefeito de Manaus

Os quatro projetos apresentados serão: infraestrutura para a mobilidade urbana, que contempla ampliação, viadutos e passagens de nível, além de recuperação do sistema viário e transporte público; recuperação do Centro de Manaus, com projetos contemplados no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Cidades Históricas; criação do parque da Cachoeira Alta do Tarumã, que inclui desapropriações, recuperação ambiental e construção de espaço para camping, quadras de esporte e pistas de caminhadas; e o programa de Gestão de Risco e Resposta a Desastres, para a retirada de 1.451 famílias que hoje estão em áreas de risco da cidade e recuperação de encostas e áreas de igarapés.

“As demandas serão apresentadas nessa ordem de importância e, dependendo do desenrolar da reunião, pretendo apresentar os quatro pontos. Sabemos que é uma reunião preliminar para depois ocorrerem as reuniões com os técnicos dos ministérios para que haja o estudo da viabilidade dos projetos. Espero que todos sejam aceitos, pois representam grandes avanços para a cidade de Manaus e a presidente tem visão das nossas necessidades”, declarou Arthur Neto.

A reunião está marcada para as 10h30, no Palácio do Planalto. Primeiramente, haverá 30 minutos para conversa do prefeito com secretários e a presidente com ministros. Depois, a presidente marcou uma reunião a sós com o prefeito, sem tempo definido.

Ministro Marco Aurélio Mello recebe amanhâ título de cidadão do Amazonas

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello, vai receber o título do Cidadão do Amazonas em solenidade a ser realizada na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), amanhã de manhã, sexta-feira.

Ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello
Ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello

O presidente da Casa, deputado Josué Neto, foi o autor da proposta. O ministro receberá também a Medalha do Mérito Eleitoral, no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).

Marco Aurélio Mello reconhece o Polo Industrial de Manaus como importante instrumento de preservação ambiental.

Às 15h30, ele concederá entrevista à imprensa na sala das Câmaras Reunidas, no 3º andar do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

A sede da instituição está localizada na avenida André Araújo, s/n, Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus.

A coletiva com a imprensa será realizada antes da entrega da Medalha Mérito Eleitoral do Amazonas, a ser concedida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AM) ao ministro. A solenidade também vai ocorrer no TJAM – Auditório Desembargador Ataliba David Antonio.

Manausprev convoca servidores para recadastramento

Os aposentados, aposentadas e pensionistas nascidos em maio devem realizar o recadastramento anual obrigatório. A atualização do cadastro é necessária para garantir a continuidade do pagamento das aposentadorias e pensões e evitar, além da suspensão dos benefícios, fraudes contra o Manausprev. Os aniversariantes do mês de maio precisam ir ao PAC da Cidade Nova, das 8h às 17h ou a sede do Manausprev, na rua Rio Jutaí, 527, Vieiralves, entre as ruas João Valério e Acre, no horário de 8h as 14h.

Para fazer a atualização, aposentados, aposentadas e pensionistas devem levar originais e cópias da Carteira de Identidade, do CPF e de comprovante de residência atual (conta de água ou telefone). Em caso de o aposentado ou a aposentada ou pensionista ser representado ou representada por procuração, o procurador deve comparecer munido dos documentos do segurado ou segurada, além de procuração por instrumento público e originais e cópias de seus documentos pessoais (Carteira de Identidade e CPF).

A procuração tem validade de um ano, mas se estiver vencida e o segurado ou a segurada não poder emitir nova, o procurador ou a procuradora pode apresentar atestado ou declaração de vida e residência com assinatura reconhecida em cartório da cidade onde estiver morando.

Visita domiciliar 

Quando o aposentado ou a aposentada ou pensionista não poder se deslocar à sede do Manausprev ou ao PAC Cidade Nova, a assistente social vai até a residência do interessado. Mas, para isso, é preciso ligar para os números 3186-8027 ou 3186-8021 ou ainda enviar e-mail para [email protected] para agendar a visita em casa ou no hospital, em caso de o segurado ou a segurada estar hospitalizado ou hospitalizada.

O pensionista, o aposentado ou a aposentada que estiver morando fora de Manaus e não tiver procurador, deve encaminhar a documentação acima exigida mais o atestado ou declaração de vida e residência com assinatura reconhecida em cartório da cidade onde está residindo.

 

Semsa promove primeiro Encontro de Auditoria do SUS no Amazonas

Garantir a qualidade dos serviços de saúde e a fiscalização permanente do cumprimento de metas por parte das secretarias de Saúde do Estado e do Município, além de fortalecer a importância do papel do auditor do Sistema Único de Saúde (SUS). Esses foram os principais pontos discutidos no I Encontro de Auditoria do SUS Amazonas, realizado nesta quarta-feira pela Prefeitura de Manaus, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM).

A abertura do evento foi feita pelo secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, com a participação de representantes dos órgãos de auditoria do SUS nas esferas Federal, Estadual e Municipal, do Conselho Municipal de Saúde (CMS/MAO), dos órgãos de Ouvidoria do SUS e do Sindicato dos Servidores do Sistema Nacional de Auditoria do SUS (Unasus Sindical).

O secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, destacou que mesmo que o papel dos auditores não tenha visibilidade para o público, eles garantem que os serviços prestados tenham qualidade e sejam fiscalizados. “Esse encontro é importante para que o SUS tenha melhoria, alinhando estratégias. Na Semsa temos 10 auditores que garantem que as metas que estabelecemos para o prefeito Arthur Neto sejam efetivamente cumpridas e se os serviços foram realmente realizados. Temos médicos, dentistas e outros profissionais de saúde como auditor, para fazerem o controle interno da saúde, alinhados com o Conselho Municipal de Saúde e Ouvidoria da Saúde”, enfatizou.

Melo explicou que o encontro busca também a ampliação do diálogo e da integração entre as entidades responsáveis pelo trabalho de auditoria no SUS e aquelas responsáveis pela participação social. “O evento também é uma estratégia para promover a divulgação do trabalho realizado pelos componentes de auditoria do SUS e para informar à sociedade sobre o papel participativo da auditoria do SUS”, informa Evandro Melo.

O evento contou com a presença da presidente da União Nacional dos Auditores do SUS, Socorro Mateus, que defendeu a ampliação do número de auditores em todo o País. Segundo a auditora, o Brasil somente possui 900 auditores, que não dão conta para fiscalizar todos os 5.564 municípios do País.

“Manaus tem um número suficiente, que são 10, mas mesmo assim é sempre bom colocar mais. Estamos lutando pela regulamentação e valorização do cargo de auditor e esse Encontro em Manaus é importantíssimo porque demonstra que a Semsa está empenhada na fiscalização e controle dos resultados de suas ações”, declarou.

A diretora do Departamento Municipal de Auditoria, Controle, Avaliação e Regulação da Semsa, Alba Montorroyos, disse que Auditoria do SUS representa o controle interno do Sistema Único de Saúde, fiscalizando as ações e serviços públicos de saúde, e sendo um instrumento para assegurar ao gestor público a aplicação adequada dos recursos destinados à saúde. As atividades da Auditoria do SUS incluem: auditoria de controle de prestação de serviços; auditoria de denúncias de usuários do SUS; e elaboração de pareceres técnicos a partir de demandas do gestor público.

Entre os temas expostos no evento estão ‘O fortalecimento da Auditoria do SUS à luz da gestão participativa’ e ‘Desafios do controle interno no novo modelo de gestão do SUS’.

 

Governador de Rondônia tranquiliza população ao entregar viaturas policiais

RONDÔNIA – Ao realizar na manhã desta quarta-feira (8) a entrega de 38 viaturas para a Polícia Militar e 22 para a Polícia Civil, o governador Confúcio Moura pediu apoio da PM com vistas a reforçar a segurança nos presídios e garantir tranquilidade à população neste momento de greve dos agentes penitenciários, além da normalização das visitas em função da proximidade do Dia das Mães, comemorado no próximo domingo.

Na solenidade, realizada no Comando Geral da PM, em Porto Velho, o governador destacou os avanços, principalmente para os militares, que tiveram as promoções retomadas após anos de interrupção, e anunciou a renovação de pelo menos metade do efetivo, a partir dos próximo três anos, com o processo de transposição para os quadros da União e aposentadorias, que por sua vez abrirão vagas para novas promoções.

“Sabemos da importância dos policiais e do prestígio que têm perante a população, que confia no trabalho de cada um, especialmente em Rondônia, onde as fardas são usadas nas ruas sem qualquer receio”, disse Confúcio, destacando que com as novas viaturas a proposta é que os índices de violência no Estado continuem caindo, considerando que os novos veículos, modelo Palio Weekend, são mais modernos, confortáveis, dinâmicos, adaptados para o transporte de presos separados dos policiais, adequados à região por serem oito centímetros mais altos que os do modelo anterior, entre outros itens, como airbag  freio ABS.

Ao agradecer o esforço do governador em buscar melhorar as condições de trabalho dos policiais, o comandante-geral da PM, coronel Paulo César Figueiredo, destacou que em dois anos e meio de governo os policiais têm conquistado melhorias, inclusive participando de cursos de capacitação e aperfeiçoamento, refletindo  na redução dos índices de violência por estarem mais preparados para as ações, sobretudo ostensivas (preventivas).

De acordo com o secretário estadual de Segurança, Defesa e Cidadania, Marcelo Bessa, ao todo serão 120 veículos substituídos nos próximos meses, dos quais 90 são da PM. Ele explicou que os veículos são locados por ser a alternativa mais viável economicamente para o Estado, tendo em vista que a empresa locadora se responsabiliza pelos serviços de manutenção, reparo de danos, substituição a cada dois anos ou em caso de sinistro. “Há situações que requerem veículo próprio por não terem grande demanda, mas no caso do policiamento ostensivo e repressivo o viável é a locação”, argumentou.

A renovação da frota foi destacada pelo diretor-geral da Polícia Civil, Pedro Mancebo, como importante investimento do governo também para as ações investigativas.

Os veículos da PM serão distribuídos entre Porto Velho (e o distrito de Vista Alegre), Presidente Médici, Teixeirópolis, São Miguel do Guaporé, Ouro Preto do Oeste, Colorado do Oeste, Cerejeiras, Cabixi, Alto Alegre dos Parecis, Nova Brasilândia, Santa Luzia do Oeste, Pimenta Bueno, Espigão do Oeste e Jaru. Enquanto os da Polícia Civil serão para Porto Velho (e o distrito de Extrema), Ji-Paraná, Vilhena, Rolim de Moura, Cujubim, Presidente Médici e Nova Mamoré.

 

Arthur Neto encontra presidente Dilma nesta sexta-feira

Arthur Neto

O prefeito de Manaus Arthur Neto vai encontrar a presidente Dilma Housseff nesta sexta-feira (10/05), às 10h30, no Palácio do Planalto. O encontro, que vem sendo articulado desde a eleição do ano passado, terá entre 30 e 40 minutos de “conversa técnica”, conforme o prefeito, e outra parte “reservada”, sem assessores, apenas entre os dois.

“Tanto eu quanto a presidente somos políticos”, lembrou Arthur, para admitir a possibilidade de uma conversa sobre as eleições do próximo ano com a presidente. Arthur ameaça deixar o PSDB, por conta da posição do partido na unificação do ICMS, contra os interesses da Zona Franca, principalmente com os senadores de São Paulo e Pará.

Certificados de Participação na Audiência do Plano Diretor já estão disponíveis no Implurb

Estudantes, profissionais e participantes em geral que solicitaram confirmação de presença e estiveram presentes na Audiência Pública de Revisão do Plano Diretor Urbano e Ambiental de Manaus, para dar publicidade ao documento, realizada no último dia 30 de abril, no auditório Belarmino Lins, na Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), avenida Mário Ypiranga Monteiro (antiga Recife), podem buscar seus “Certificados de Participação” na sede do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), ao lado da Prefeitura de Manaus, na avenida Brasil, Compensa.

Estão disponíveis os certificados para todos que assinaram a lista solicitando o documento, que já está disponível e pode ser requerido na Diretoria Administrativa e Financeira (DEAF) do órgão, no horário comercial, de 8h ao meio-dia e de 14h às 17h.

AUDIÊNCIAS

Conforme decisão do Ministério Público, da Vara da Fazenda Municipal, e entendimento com a Prefeitura e o Implurb, o instituto realizará mais três audiências públicas sobre a revisão do Plano Diretor Urbano Ambiental. Durante 90 dias, período para as audiências, haverá ampla divulgação do documento por todos os meios de comunicação, para que a população tome conhecimento das novas medidas adotadas em lei.

Na Internet estão disponíveis todas as minutas, bem como a lei do Plano Diretor para prévia análise (o que pode ser conferido no endereço implurb.manaus.am.gov.br). As três novas audiências, amplamente divulgadas em todos os veículos e mídias, serão para massificação do texto do Plano Diretor, para dar total conhecimento da legislação, mas é interessante que o cidadão tome conhecimento da legislação revisada antes das reuniões com as comunidades e a sociedade civil organizada. Tudo para que nessa nova metodologia quem participe e faça propostas de contribuição à lei tenha conhecimento prévio do anteprojeto de lei. A pauta das audiências terá como base o que foi alterado e modificado nas revisões técnicas e jurídicas da minuta do PD.

ANÁLISE

No ano passado foi determinado que o documento tivesse um prazo de seis meses para que a Prefeitura fizesse a revisão do Plano e mais seis meses para a aprovação do mesmo, pela Câmara. O prazo de análise no Implurb terminaria agora em maio, uma vez que o documento foi devolvido ao órgão em novembro de 2012. Durante o processo de revisão feito pela equipe técnica e jurídica do Implurb foram feitas mais de 350 alterações.

INTERNAUTA

O internauta já pode conferir na fanpage do Implurb e no site (implurb.manaus.am.gov.br), no banner à direita e no link Legislação, a minuta publicada na íntegra, com 71 páginas e 139 artigos, e todos os documentos complementares. Ao acessar o documento, as mudanças, frutos das audiências públicas e sugestões técnicas do Executivo Municipal, podem ser visualizadas com a marcação de texto na cor cinza. Na fanpage estão publicados inclusive os mapas anexos do Plano Diretor.

 

Jerry Adriani faz o ‘Baile Amor Maior’ em homenagem às mães em Manaus

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Doutor Thomas (FDT) em parceria com a Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult), realiza na próxima sexta-feira, 10, o ‘Baile Amor Maior’ em homenagem ao Dia das Mães, das 15h às 22h, no ginásio do Parque Municipal do Idoso (PMI), rua Rio Mar, Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul. A grande atração da noite será um dos ícones da Jovem Guarda, o cantor Jerry Adriani. A entrada é gratuita.

No período da tarde da sexta-feira, haverá a tradicional Tarde Dançante do PMI com muita música e animação. No início da noite, o ‘Príncipe do Brega’, Nunes Filho, sobe ao palco do ginásio do Parque do Idoso com um show especial e repleto de sucessos. Em seguida é a vez do DJ Gatão animar a festa com os grandes clássicos das músicas brasileira e internacional, além de hits atuais.

Jerry Adriani
Jerry Adriani

E para encerrar a noite, a atração principal sobe ao palco para cantar uma história de amor com começo, meio e fim com os sucessos do DVD e CD ‘Jerry Adriani – Acústico ao Vivo’. O cantor, compositor, ator e produtor, que tem em sua trajetória mais de 30 discos gravados, promete fazer, em Manaus, um show romântico e emocionante para mexer com a memória do público. Jerry Adriani é autor de sucessos como Indiferença; Doce, Doce Amor; e Quem Não Quer.

A diretora-presidente da FDT, Martha Moutinho Cruz, afirmou que o ‘Baile Amor Maior’ já faz parte do calendário anual da instituição para homenagear as mães. De acordo com ela, a intenção do evento é proporcionar a mães, filhos e toda a família a oportunidade de se divertirem juntos. Cruz aproveitou para ressaltar que o evento é gratuito e convidou a população para participar da festa.

“As mães são seres maravilhosos que estiveram presentes em todos os momentos da nossa vida, são verdadeiros presentes de Deus. Por isso, programamos o ‘Baile Amor Maior’ com tanto carinho e cuidado. Aguardamos todos para se divertirem com as mães e toda a família aqui no Parque”.

Programação

Desde segunda-feira, 06, até quinta-feira, 09, acontece a primeira Feira de Artesanato do Parque Municipal do Idoso (PMI) de 2013. Mais de 600 peças produzidas por idosos frequentadores do parque estão em exposição para vendas, das 8h30 às 14h, na Praça dos Arcos do PMI, rua Rio Mar, Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul. O tema desta edição é o Dia das Mães. A entrada é gratuita.

Na quinta-feira, 09, das 8h30 às 11h, as mães frequentadoras do PMI participarão de dinâmicas e sorteios de brindes, além de homenagens com apresentação de dança, da seresta e poesia. Das 14h às 17h, haverá uma Tarde de Beleza  com higienização facial, corte de cabelo, penteados e maquiagem e apresentação de Jorginho e Negrão (voz e violão).

 

‘Mães em Ação’ é neste domingo (12) na Ponta Negra

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej), realiza uma comemoração diferente para homenagear as mães neste domingo, 12. É o programa “Mães em Ação”, que vai proporcionar várias atividades como aulões de ginástica, jump, kangoo jump e dança, entre outas. As atividades começam às 8h e seguem até às 11h.

De acordo com a organizadora do evento, Keyciane Angelim, mais de mil mães são aguardadas para participar das artividades. “A intenção é criar um dia de lazer e uma maior interação entre as mães e os filhos por meio do esporte e das atividades recreativas”, disse. As estrutura para a realização as atividades será oferecida pelos profissionais das  academias Athletica Amazon Fit e Tonu´s Academia.

Para o secretário municipal de esporte, Fabrício Lima, a atividade é uma alternativa saudável para as famílias homenagearem as mães. “Estamos fazendo um evento divertido para as famílias homenagearem as mães, mas de uma forma saudável, por meio do esporte”, disse. Ele informou ainda que as crianças também terão vez no evento com o “Brincando na Rua”, que vai oferecer atividades de pula-pula, pula corda, ping-pong, corrida de saco e outras atividades lúdicas.

Tribunal de Contas julga 51 processos nesta quarta

O pleno do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) julga nesta quarta-feira (8) 51 processos durante a 18ª sessão ordinária do órgão. Na pauta estão previstos para serem julgados 22 recursos, 11 prestações de contas, sete representações, entre outros. A sessão acontecerá às 10h30.

Tribunal de ContasOs ex-prefeitos Joel Lobo do Careiro da Várzea e Fernando Vieira de Presidente Figueiredo estão entre os gestores que têm recursos previstos na pauta ordinária. O prefeito de Barcelos, José Ribamar Beleza, também tenta reverter, por meio de recurso, condenações do colegiado.

O secretário de Estado de Saúde, Wilson Alecrim, e a ex-secretária Municipal de Educação, Therezinha Ruiz de Oliveira, ainda estão entre os gestores que possuem recursos em pauta.

As contas de 2010 do ex-diretor da Fundação Municipal de Eventos e Turismo (Manaustur), vereador Arlindo Júnior, serão julgadas conselheiros. O ex-secretário Municipal de Comunicação, Jefferson Coronel, também terá as contas apreciadas.

A pauta ainda possui uma representação formulada pelo Ministério Público de Contas (MPC) para apurar possíveis irregularidades no contrato entre a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e o Instituto de Desenvolvimento Social Dom Adalberto Marzi no valor de R$ 3,7 milhões.

Semed realiza Mostra de Cinema da Diversidade

ara alertar contra qualquer forma de discriminação contra mulheres, pessoas negras, homossexuais, pessoas com deficiências físicas e outras diferenças, foi realizada nesta segunda-feira, 06, a Mostra de Cinema da Diversidade com exibição do filme ‘Olhos Azuis’, no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Humberto de Alencar Castelo Branco, Parque 10, zona Centro-Sul da cidade.

SemedDiretores, pedagogos e professores de 27 escolas municipais do 1º ao 9º ano das zonas Sul e Centro-Sul, participaram do encontro. Segundo a assessora da Diversidade da Semed, Vera Aragão, o evento celebra 10 anos da Lei 10.639/03, que versa sobre o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana, ressalta a importância da cultura negra na formação da sociedade brasileira.

O filme retrata um exercício de discriminação numa sala de aula, baseada na cor dos olhos das pessoas, ou seja, coloca pessoas de olhos azuis na pele de uma pessoa negra por dia.

“Nós estamos envolvendo todos os educadores no sentido de estarem conscientes da necessidade de trabalhar essa temática em sala de aula. É preciso que os educadores de forma em geral tenham um embasamento histórico da legalidade. Esses participantes vão estar mais aptos, conscientes e a partir daí serão os multiplicadores da diversidade”, ressaltou Vera Aragão.

A professora de Língua Portuguesa, Maria Isabel Lima Rocha, da Escola Municipal Maria Lira Pereira, bairro São Sebastião, zona Centro-Sul, já trabalha com tema diversidade com 140 alunos do 6º e 7º ano. “Acredito que esse encontro é um suporte a mais, porque o tema diversidade é muito pertinente nos nossos dias atuais. É fundamental que se promova esses cursos aos profissionais de educação”, contou.

Uma das palestrantes da mostra, Telma Heloísa de Alencar Félix, formadora da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) da Semed e membra do projeto “Direitos Humanos e Diversidade”, abordou a ‘Legislação’ vigente sobre o tema.

“Nós trabalhamos para difundir a diversidade nas escolas e dar apoio aos professores que trabalham com o tema. A Lei 10.639/03 é muito importante, completa 10 anos este ano e é necessário que todos conheçam sobre a legislação”, frisou.

 

Marcelo Serafim defende igualdade salarial para servidores da saúde

Nesta segunda-feira (06), na Câmara Municipal de Manaus (CMM), o vereador Marcelo Serafim (PSB) informou que vai apresentar uma indicação ao prefeito Arthur Neto (PSDB) solicitando a regularização salarial dos profissionais da saúde que atendem a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Fundação Doutor Thomas (FDT). O problema da diferença de salários dos servidores destes locais foi detectado, em abril, após conversa do parlamentar com a presidente da FDT, Martha Moutinho Cruz, com servidores da Fundação e Semed sobre o salário dos funcionários.

Marcelo Serafim
Marcelo Serafim

Da tribuna da Casa, o presidente da Comissão de Saúde da Câmara (Comsau-CMM) alertou aos colegas parlamentares sobre a diferença de carga horária de trabalho e salarial. “Na Fundação Doutor Thomas os funcionários trabalham 8h por dia e ganham R$ 1.900,00 e os servidores com a mesma função na Semsa trabalham 4h por R$ 4.300,00. “Sou a favor da paridade salarial destes profissionais” defendeu Marcelo Serafim. Segundo o vereador essas diferenças têm desmotivado os servidores, pois trabalham o dobro pela metade do salário.

O parlamentar questionou na CMM como é possível manter os nove odontólogos na Semed e os servidores da FDT com salário baixo?. “Se algo não for feito os funcionários da Semed e da Fundação Doutor Thomas vão pedir para sair” alertou Marcelo Serafim. Segundo o vereador é preciso tomar uma atitude urgente, pois a diferença salarial e de horas, não podem penalizar as crianças que fazem tratamento preventivo odontológico na Semed e nem os idosos atendidos pela FDT.  A vereadora Glória Carrate (PSD) achou pertinente à defesa de Marcelo Serafim “Tratar os iguais de forma desigual não é correto. Não tem como ficar motivado trabalhando com a metade do salário. Você economiza muito mais prevenindo do que bancando um tratamento” argumentou a vereadora.

Reizo e Hiram Nicolau

Nesta segunda outro assunto polêmico na CMM foi um boato divulgado por um portal de notícia local, neste fim de semana, sobre os vereadores Hiram Nicolau (PSD) e Reizo Castelo Branco (PTB). A informação divulgada nas redes sociais seria a de que os dois parlamentares foram parados em uma blitz e pegos com droga e bebida alcoólica. Reizo está em SP e Hiram Nicolau mostrou da tribuna da CMM os bilhetes da viagem que fez no período da divulgação do boato. “Presto minha solidariedade aos dois parlamentares, pois eu já fui vítima da irresponsabilidade de alguém. Não sei se hackers invadiram o site do jornal, mas isso terá que ser apurado e os responsáveis punidos” defendeu Marcelo Serafim.

Ronda no Bairro reduz 70% índice de violência no Mauazinho em Manaus

Bairro antes considerado “área vermelha” nos indicadores de criminalidade, o Mauazinho, na zona leste de Manaus, registra redução de 70% nos índices de homicídio e de 51% nas ocorrências de roubos, de janeiro a abril deste ano, em comparação com igual período do ano passado. Os dados são da Secretaria Executiva do Ronda no Bairro, vinculada à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), que atribui o resultado ao programa Ronda no Bairro, que está em operação na região dede julho do ano passado. No último dia 30 de abril, o Mauazinho recebeu o novo 29º Distrito Integrado de Polícia (DIP), reformulado e ampliado. Nos quatro primeiros meses de 2013, foram registrados no bairro três casos de homicídios, enquanto no mesmo período de 2012 foram dez registros desse tipo de crime. Os casos de roubos reduziram de 121 para 59, no mesmo período de comparação. Entre agosto e dezembro de 2012, após a implantação do programa Ronda no Bairro, a ocorrência de crimes no Mauazinho reduziu, em média, 41%, com destaque para a diminuição do registro de roubos, que caiu 36%, e de furto (-50%), na comparação com iguais meses de 2011.
Segundo o delegado do 29º DIP, Jamilson Pacheco, o Ronda no Bairro, que tem como princípio o policiamento comunitário, apresentou bons resultados também no que diz respeito ao tráfico de drogas. “Desde a implantação, com o preenchimento dos espaços, a polícia conseguiu inibir e coibir, principalmente o tráfico de drogas no bairro e isso se deve a participação dos moradores que passaram a confiar e denunciar mais”.

Major amadeuLíder comunitário há 13 anos no bairro, Frank Barros, acredita que a integração entre a comunidade e polícia, por meio do Ronda no Bairro, tem contribuído para a diminuição dos índices de criminalidade na região. Ele defende, inclusive, que a mesma política de proximidade se estenda para outras demandas na comunidade, como nas áreas de saúde e educação.

A diretora da Escola Estadual Berenice Martins, Maria de Jesus Atanásio, que atende alunos do sexto ano do Ensino Fundamental até o erceiro ano do Ensino Médio, também destaca a melhoria na segurança do bairro com a implantação do programa. Segundo ela, antigamente havia professores que temiam trabalhar nas escolas do bairro pela sensação de insegurança. “Hoje isso mudou. Muita gente quer trabalhar aqui porque sabe que tem o Ronda no Bairro, que tem mostrado resultado ao dar mais tranquilidade para a população”.

Maria de Jesus também destaca que o trabalho realizado pelos policiais militares e civis tem ajudado a diminuir os casos de violência entre os jovens e adolescentes do bairro, inibindo brigas entre alunos e tornando o ambiente escolar mais saudável e receptivo.

Raimundo Rodrigues Reis, morador do bairro há 23 anos, também é outro que conviveu durante muito tempo com a insegurança e que hoje percebe a mudança. “A segurança melhorou bastante, antes tínhamos muitos casos de crimes que hoje não existem. Tanto que o número de mortes hoje praticamente não existe mais.”

No Mauazinho, o Ronda no Bairro tem atuado com 16 viaturas, sendo seis carros e dez motocicletas e um efetivo de aproximadamente 70 policiais em três turnos diários. Para o coronel Amadeu Soares, secretário executivo do programa, o novo sistema de policiamento trouxe para a população a confiança na atividade policial, o que contribuiu para o sucesso do modelo. “A questão da proatividade, da prevenção, essa parceria com a comunidade é o caminho. É o caminho pedagógico, é um caminho sem volta, que deixa raízes”.

Coari e Codajás recebem pacotes de obras do governo

O governador do Amazonas, Omar Aziz, assinou a ordem de serviço para a construção de um Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) e da ponte do bairro do Pêra, na zona leste de Coari (a 363 quilômetros de Manaus).

Ele visitou o município, no último sábado, quando lançou a pedra fundamental das duas novas obras. No mesmo dia, em Codajás (a 240 quilômetros da capital), Omar Aziz anunciou pacote de investimentos de R$ 116 milhões, que inclui a construção de um aeródromo e da ponte entre o município e a cidade de Anori.

Omar em Coari - Foto - Alex Pazuello (2)A presidente do Fundo de Promoção Social (FPS), primeira-dama Nejmi Aziz, e o vice-governador José Melo, além de secretários de governo, fizeram parte da comitiva nos dois municípios. Em Coari, os investimentos anunciados pelo governador somam mais de R$ 75 milhões. Durante a agenda de compromissos no município, Omar Aziz inaugurou, ainda, três escolas estaduais e uma municipal e entregou mais de mil implementos agrícolas para produtores rurais.

Entre os novos investimentos anunciados em Coari, destacam-se o asfaltamento de cerca de 80% da malha viária do município; a abertura de 300 hectares de lâminas de água para piscicultura; a construção de uma nova escola padrão e de um novo núcleo do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), além do início da implantação do programa de segurança Ronda no Bairro e do Viver Melhor, voltado à adaptação com itens de acessibilidade de casas de pessoas com deficiência.“Vamos fazer os muros das escolas da cidade para dar ainda mais segurança. Além disso, teremos a construção de uma nova escola padrão com 12 salas e de três quadras poliesportivas. No ensino técnico, teremos um novo núcleo do Cetam”, destacou o governador. Na área de educação, o aporte anunciado é de R$ 15 milhões. Desse total, R$ 4 milhões são para a nova escola padrão, que será construída em parceria com o Ministério da Educação.

Com o novo Ceti, o Governo vai ampliar o número de vagas no município. O Ceti de Coari terá capacidade para mil estudantes. A nova unidade, orçada em R$ 10,080 milhões, será construída no Km 3 da estrada Coari-Mamiá.

Com o projeto de recuperação da malha viária, em parceira com a prefeitura, serão destinados R$ 39 milhões para asfaltar um total de 71 quilômetros de ruas (80% da malha). A ação é um complemento ao aporte na infraestrutura da cidade, que inclui a ponte do Pêra e a recuperação da estrada Coari-Itapeua e a interligação com a estrada Coari-Mamiá, obra em fase de execução.

A construção da ponte do Pêra vai resolver o problema de isolamento do bairro onde moram cerca de três mil famílias, segundo estimativas da Prefeitura. Localizado na zona leste de Coari, o bairro fica em uma ilha rodeada pelo lago de Coari e o acesso à zona urbana é feito por meio de barcos. A nova ponte terá uma extensão de 231 quilômetros e está orçada em R$ 11 milhões. Com a obra, a prefeitura promete dar seguimento ao projeto de um novo porto de transbordo a ser instalado no bairro.

“Lançamos essas obras importantes para Coari. São ações que vão gerar empregos e desenvolver a cidade. Com a pedra fundamental do Ceti e da ponte do bairro do Pêra, iniciamos as obras e espero voltar no final do ano para inaugurá-las. São anúncios importantes que vão melhorar a qualidade de vida das pessoas”, reforçou o governador.

Codajás – Logo após a visita a Coari, o governador e comitiva seguiram para Codajás, onde Omar Aziz anunciou obras no valor de R$ 116 milhões para as áreas da educação, infraestrutura, saúde e mobilidade, além de investimentos na segurança pública, geração de renda, assistência social e habitação.

Entre os novos investimentos está a construção de um Centro de Ensino de Tempo Integral (Ceti), que terá aproximadamente 12 mil metros quadrados. “A mesma oportunidade de um amazonense que mora em Manaus, de dar educação a um filho, ou uma filha, eu quero dar para todos os amazonenses”, afirmou o governador. Ele também anunciou a reforma de escolas estaduais e a construção de quadras cobertas nas unidades que ainda não possuem. No total, serão investidos na educação da cidade R$ 21 milhões.

O governador Omar Aziz anunciou também a reforma do hospital público do município. Serão destinados R$ 1 milhão para as melhorias físicas do prédio e outros R$ 600 mil para a compra de equipamentos. Ainda na saúde, segundo ele, em breve será feita a vacinação contra o HPV (vírus causador do câncer de colo de útero), de todas as crianças em idade de receber a vacina. Na área de segurança, o governador se comprometeu em, ainda este ano, aumentar o efetivo de policiais e o número de viaturas na cidade, destacando que nunca foi investido tanto no município. “Sou o governador que mais trouxe dinheiro para Codajás, em toda a história da cidade”, frisou.

Na área de infraestrutura, o governador confirmou a implantação da estrada ligando Codajás e Anori, no valor de R$ 55 milhões, que vai melhorar o escoamento da produção nos dois municípios. Outros R$ 15 milhões serão utilizados para a pavimentação de ruas de Codajás. A cidade também será contemplada com um aeródromo, com aportes de R$ 25 milhões. “Eu vou construir mais sete aeroportos no interior. Além de Codajás, receberão essas obras as cidades de Uarini, Amaturá, Maraã, Pauíni, Nova Olinda do Norte e Jutaí”, disse Omar Aziz ao destacar os investimentos que serão feitos em parceria com o Governo Federal.

Em parceria com a Prefeitura, o Governo do Estado também iniciará o programa Viver Melhor Habitação em Codajás, com a adaptação e reforma de 25 casas de pessoas com deficiência, com investimento de R$ 250 mil. Na área de habitação, serão construídas 50 unidades habitacionais pelo programa federal “Minha Casa, Minha Vida”, cujo projeto está em fase de contratação com o Ministério Integração, no valor de R$ 1,358 milhão.

Arthur Neto e Omar Aziz, Unidos pela Zona Franca

Artur Neto e Omar Aziz
Artur Neto e Omar Aziz

Na próxima segunda-feira (6), o governador Omar Aziz (PSD) e o prefeito Arthur Neto (PSDB) viajam a Brasília em favor da Zona Franca de Manaus (ZFM). O objetivo da viagem é visitar os sendores de outros Estados na tentativa de convercer os parlamentares em favor da manutenção da alíquota diferenciada de Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) para a ZFM. O diplomata certamente “aproveitará” o respeito e adminiração que detem de seus ex-colegas de parlamento para  expor a importância da ZFM, no sentindo de tentar sensibilizar os colegas para a votação da PEC 506/2010.

 

Fonte: Blog da Floresta

 

Arthur Bisneto é reconduzido à Presidência do PSDB no Amazonas

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) no Amazonas homologou, ontem (28), a nova Diretoria Executiva para atuar no biênio 2013-2015. A diretoria é formada por doze membros: deputado estadual Arthur Virgílio Bisneto (presidente); José Paulo Ferreira (vice-presidente); Alessandro Cohen (1º secretário); Dedimo Bahia (tesoureiro adjunto); Frank Cunha Garcia (vogal); Rafael Assayag (vogal); Plínio Valério (vogal); Cecília Andrade Oton (vogal); Paulo Roberto Arantes (vogal) e o presidente de honra, Arthur Virgílio Neto.

Artur Bisneto é Deputado Estadual no Amazonas
Artur Bisneto é Deputado Estadual no Amazonas

A convenção ocorreu na sede do partido, no conjunto Vieiralves, Zona Centro-Sul, na manhã deste domingo. O prefeito de Manaus, Arthur Neto, foi o primeiro a participar da votação. Também participaram o presidente da Câmara Municipal de Manaus, Bosco Saraiva e o vereador Ednailson Rozenha.
O deputado estadual Arthur Virgílio Bisneto chegou às 11h30 para participar do pleito. Segundo o parlamentar, a intenção é aumentar a bancada no Amazonas. “Agora, vamos cumprir nosso papel, vamos trabalhar e fazer tudo com amor. Nossa intenção é ajudar o nosso Estado e vamos lutar para que isso aconteça”, afirmou, acrescentando que o partido pretende aumentar seu quadro político e criar musculatura para defender o Amazonas”, finalizou.

 

Jacaré é capturado na Ponta Negra

Os banhistas que estiveram presentes na praia da Ponta Negra neste domingo (28) foram surpreendidos com a presença de três jacarés-açu, cada um com cerca de três metros, rodando as margens do balneário. A visita inesperada causou a interdição da praia durante todo o domingo, para que 25 agentes do Corpo de Bombeiros pudessem trabalhar nas ações de remoção do animal.

Ponta Negra Manausus
Ponta Negra Manausus

Segundo o tenente Marco Antonio Gama, do Corpo de Bombeiros, os animais surgiram na área infantil da praia, uma das partes mais rasas do local. No momento do aparecimento, conforme Gama, muita gente estava na água. No entanto, a presença dos animais não inibiu os populares que permaneceram na praia. “Tivemos o apoio da Polícia Militar que afastou os banhistas do local”, afirmou.

Conforme o tenente Gama, o aparecimento de jacarés na área de banhistas na praia da Ponta Negra é algo que nunca havia acontecido. “Os animais costumam aparecer nas áreas afastadas, mas não na praia”, disse.

A equipe de bombeiros tentou capturar os animais com malhadeiras de pesca e somente por volta das 16 horas, o animal foi capturado pelo Corpo de Bombeiros, nove horas após a primeira aparição do animal na praia. De acordo com o tenente Gama, a praia poderá continuar interditada até que se descubra de onde estão vindo os animais.

O comerciante Adelfo Lima, de 42 anos, afirma ter visto o momento em que os jacarés apareceram e se assustou com a presença dos animais na praia. “As pessoas saíram correndo quando viram. A polícia afastou quem estava por perto. Nunca pensei que isso pudesse acontecer”, afirmou.

 

Prefeitura reduz horário da “Faixa Liberada” para dar mais fluidez ao trânsito

A partir deste domingo, 28, a Prefeitura de Manaus reduziu em duas horas o horário de funcionamento da “Faixa Liberada” da Ponta Negra, na avenida Coronel Teixeira, zona Oeste, que estará disponível até às 15h. A medida faz parte das mudanças no sistema de segurança da praia e visa dar mais conforto aos usuários do transporte coletivo e fluidez ao trânsito no local, durante o período de encerramento do balneário.

O prefeito Arthur Virgílio Neto esteve acompanhando a modificação no horário da “Faixa Liberada” e garantiu que os praticantes de atividades físicas ao ar livre não sairão prejudicados, uma vez que a maior movimentação de esportistas se dá no período da manhã.

Prefeito de Manaus Arthur Neto
Prefeito de Manaus Arthur Neto

“Ficou claro que desde a reabertura da praia da Ponta Negra o trânsito tem ficado muito ruim no momento em que a população deixa o local, entre as 17h e 19h. A redução no horário vem para sanar esse transtorno sofrido por motoristas e usuários do sistema de transporte coletivo, garantindo ainda a oportunidade das famílias terem um lugar para se exercitarem ou simplesmente passearem com segurança”, destacou Arthur Neto.

O prefeito caminhou por todo calçadão, parando para tirar fotos e conversar com os populares. E ainda pedalou por todo percurso da “Faixa Liberada”.

Para o empresário Diego Girão, 28, que aproveitou a tarde para levar os filhos para andar de skate e bicicleta na Ponta Negra, a mudança era necessária e a população será beneficiada.

“Foi uma modificação muito suave e ainda temos o dia inteiro para usufruir da via, livre de carros. Por outro lado, quem precisa se locomover durante esse horário na avenida Coronel Teixeira certamente agradece à medida”, afirmou Diego, pai de Luciane, sete anos, e Arthur, de apenas três anos.

 

Em visita ao governador Omar Aziz, embaixador da Itália no Brasil apresenta projeto na área de saúde

O embaixador extraordinário e plenipotenciário da Itália noBrasil, Raffaele Trombetta, e comitiva visitam o governador Omar Aziz nesta segunda-feira, 29 de abril, às 10h, na Sede do Governo do Amazonas, avenida Brasil, 3.925, Compensa II, zona oeste. O embaixador, que está em Manaus desde o último sábado, 27 de abril, cumpre agenda na capital até o dia 1° de maio. Ele está acompanhado da embaixatriz Victoria Mabbs Trombetta, e do chefe da Chancelaria Consular e 1° Secretário Comercial, Alberto La Bella.

Omar aziz - Governador do Amazonas
Omar aziz – Governador do Amazonas

Raffaele Trombetta será recebido pelo governador Omar Aziz, o vice-governador, José Melo, e o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim. Participam do encontro, além do embaixador e de Alberto La Bella, o vice-cônsul da Itália no Amazonas, Arnaldo Russo, e representantes de empresa italiana que apresentarão o projeto “Barco Hospital”.Na agenda do embaixador estão ainda compromissos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), Câmara Municipal de Manaus (CMM), um encontro com o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e com o superintendente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Afonso Nogueira. Na programação, a comitiva visitará o Teatro Amazonas e o Centro Cultural Palácio Rio Negro, ambos na área central, zona sul de Manaus.

CMM deve lançar campanha contra a violência a mulher

Logo_Camiseta_25NOV10_Violencia_Contra_Mulher

A Comissão da Defesa e Proteção  dos Direitos da Mulher se reuniu na sexta-feira, 26, para discutir a propositura da vereadora Rosi Matos (PT) que indica ao presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Bosco Saraiva (PSDB) o lançamento de uma campanha de enfrentamento a violência contra a mulher.

A vereadora petista justifica que a violência contra os direitos da mulher tem crescido muito ultimamente em Manaus. A propositura indica que o parlamento municipal deve materializar uma ação efetiva em colaboração às varias políticas públicas executadas pelas três esferas do poder.

“A ação deve destacar a posição da Câmara no combate a violência contra a mulher”, destaca Rosi Matos, adiantando que a campanha será executada pela Comissão dos Direitos da Mulher da CMM.

Novas medidas de segurança inibem desordem na Ponta Negra

A Prefeitura de Manaus, em parceria com o Governo do Estado, reforçaram as medidas de segurança na praia da Ponta Negra, zona Oeste, durante o último fim de semana. Neste domingo, 28, já foi possível observar um ambiente mais ordeiro e tranquilo. Até um jacaré, de pequeno porte, resolveu aparecer no local, chamando a atenção dos banhistas e mobilizando as equipes de segurança.

MANAUS.AM.28.04.2013. SEGURANÇA REFORÇADA . FOTO. ALTEMAR ALCANTARA. SEMCOM .1067 (1)Agora, o banhista que se dirigir à praia da Ponta Negra precisará antes passar por um dos quatro pontos de revista instalados no complexo de esporte e lazer. Além disso, o efetivo de policiais também foi reforçado: a Guarda Municipal conta com 50 homens e a Polícia Militar com outros 60.

“Também contamos com a parceria da Polícia Civil e Conselho Tutelar que estão verificando a presença de menores desacompanhados dos pais ou responsáveis e, principalmente, o consumo de bebidas alcoólicas por esses adolescentes”, informou o secretário municipal do Gabinete Militar, coronel Fernando Farias.

De acordo com o representante do Instituto Municipal de Ordem e Planejamento Urbano (Implurb), Mafran Evangelista, que coordena a Comissão Gestora da Ponta Negra, dois pontos de triagem foram instalados no Anfiteatro da Ponta Negra: um na rampa de acesso à praia, que fica embaixo da passarela, e outro na escadaria próximo ao Tropical Hotel.

“Não é mais permitido que se entre na praia com objetos cortantes e nem garrafas de vidro. Aproveitamos ainda para evitar o acesso dos vendedores ambulantes nas proximidades da areia”, explicou Mafran, que considerou positivo o resultado da operação.

Até o início da tarde de domingo nenhuma ocorrência foi registrada nas dependências da praia. No sábado, 27, foram apreendidas duas armas brancas (facas de cozinha) e quatro crianças que estavam sozinhas foram resgatadas pelo Conselho Tutelar e encaminhadas para suas residências.

Para a dona de casa Maria Alice da Silva, 52, a praia está mais organizada e segura para as famílias. “Vim com os meus filhos e não vi nenhuma ação de bandidos como aconteceu na abertura. Acredito que a revista vai evitar que pessoas mal intencionadas venham para praia”, comentou.

Transporte reforçado

A Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) reforçou em 30% a frota de transporte coletivo com destino à Praia da Ponta Negra, neste domingo. Além disso, a Faixa Liberada para a prática de atividades esportivas teve seu horário reduzido para as 15h para garantir maior fluidez ao trânsito a partir deste horário, quando a demanda por prática esportiva reduz e começa o movimento de saída dos banhistas.

“Juntamente com o Manaustrans vamos separa o processo de embarque e desembarque dos passageiros para dar mais agilidade aos ônibus e ainda mais conforto aos usuários, evitando aglomerações e empurra-empurra”, destacou o coronel Fernando Farias.

O desembarque de passageiros está acontecendo no final da avenida Coronel Teixeira, próximo à rotatória. Para o embarque, os usurários são orientados a ir às duas áreas de sinalização no início do calçadão, no trecho Praia/Centro.

Jacaré aparece nas proximidades da praia

Por volta das 9h da manhã deste domingo, um jacaré de pequeno porte foi visto nas proximidades da praia da Ponta Negra. Segundo os salva-vidas do Corpo de Bombeiro, o animal apareceu várias vezes na área de balneabilidade que fica por trás do Anfiteatro.

Como medida preventiva, o local foi isolado e os banhistas orientados a se banharem somente no lado direito da praia, a partir da barraca do Corpo de Bombeiros.

Agentes do Batalhão Ambiental e Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam) estiveram no local onde o jacaré foi visto e tranquilizaram os banhistas quanto a um possível ataque.

“O jacaré não costuma viver em rios, mas a ação predatória nos igarapés de Manaus faz com que alguns desses animais se desloquem. Geralmente, não costumam atacar, a não ser que se sintam ameaçados. Por isso recomendamos que o Corpo de Bombeiros monitorasse o local onde o jacaré se encontra para que os banhistas não se aproximassem e se possível que o animal seja deslocado para outro ponto do rio assim que for localizado”, afirmou a gerente de Fauna do Ipaam, Sonia Canto.

Hermínio defende a extinção imediata da dívida do Beron e punição para os picaretas que faliram o banco

Hermínio Coelho destacou que faltou vergonha na cara de alguns políticos, que poderiam no passado ter impedido o pagamento desta bandalheira. 

RONDÔNIA: A decisão histórica do Supremo Tribunal Federal de encaminhar o Caso Beron para a Câmara de Conciliação e Arbitragem Federal, foi considerada ontem, pelo presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho (PSD), como um resultado positivo da ação dos parlamentares estaduais em março de 2013. Na ocasião, o deputado Hermínio Coelho solicitou ao ministro Ricardo Lewandowski que fosse buscado a conciliação entre o Governo do Estado de Rondônia e o Banco Central do Brasil.

Hermínio CoelhoO deputado Hermínio Coelho destaca: “Não falo em suspensão de dívida. A posição da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia é pela extinção desta dívida maldita, pois a população rondoniense, não pode ser penalizada por falcatruas de políticos, por improbidade, negligência, imperícia e incompetência de funcionários federais interventores. Quando estive em Brasília defendi o fim desta dívida”.

A suspensão da dívida do extinto Banco do Estado de Rondônia – Beron poderá ser decretada já no próximo dia 30 de maio, quando acontece a audiência das partes envolvidas na Câmara de Conciliação e Arbitragem Federal. “Este é um avanço importante, agora deve ser trabalhado de imediato a extinção desta herança maldita”, justificou o parlamentar.

O presidente da ALE, deputado Hermínio Coelho destacou que faltou vergonha na cara de alguns políticos, que poderiam no passado ter impedido o pagamento desta bandalheira, mas como sempre, a grande maioria estava mais preocupada mesmo era em roubar, corromper, desviar, enricar com o dinheiro público. “Muitos empresários e políticos que hoje estão caladinhos, construíram seus impérios com o dinheiro do Beron e à custa do sofrimento e do abandono do povo de Rondônia”, disse.

Neste sentido, o deputado Hermínio Coelho destacou que a extinção da dívida do Beron não deve jamais significar a penalização dos malfeitos que faliram o Banco do Estado de Rondônia. “É preciso ainda um posicionamento do Tribunal de Contas do Estado e do Tribunal de Contas da União, sobre os caloteiros do Beron, políticos importantes, aves de rapina travestidos de tucanos, sabotadores da alegria de um povo ordeiro e trabalhador”, declarou.

O deputado Hermínio Coelho ironizou declarações de membros do atual governo, com relação a estes avanços em resolver o Caso Beron, pois no seu entendimento, na realidade tudo se encaminhava para mais um rombo. Afirmou o parlamentar, ser preciso ter vergonha na cara e falar a verdade, pois o governador Confúcio Moura ao invés de buscar resolver o problema, estava criando um novo problema. “O governador queria fazer um empréstimo com banco particular para pagar a dívida do Beron, loucura e irresponsabilidade total”, afirmou.

Ao encerrar, o deputado Hermínio Coelho elogiou o posicionamento do ministro Ricardo Lewandowski, por ter sido sensível ao drama de Rondônia, e por ter concordado com a proposta de conciliação. Ressaltou ainda, que todos os responsáveis pela falência do Beron devem ser responsabilizados criminalmente. Ele elogiou o senador Acir Gurgacz (PDT) por sua disposição em resolver  também o caso desta dívida do extinto Beron.

 

Manaus Ambiental inicia obras e tem multa diária suspensa

A Manaus ambiental deu início aos trabalhos de reparo da adutora que atende ao sistema de tratamento de esgoto do conjunto Villa Nova II, na Cidade Nova, Zona Norte. Os trabalhos tiveram inicio na noite da quarta-feira, 24, um dia após a empresa ter sido autuada por descumprimento de notificação pela Semmas, que no último dia 16 autuou a empresa em virtude do rompimento da tubulação que despejava esgoto in natura (sem tratamento) num afluente do Igarapé do Mindu.

A Semmas aplicou multa de 20 mil UFMs pelo dano ambiental e de 750 UFMs pelo descumprimento das determinações da notificação, que exigia providências urgentes da empresa para resolver o problema. Por determinação da secretária municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Kátia Schweickardt, que esteve na comunidade na manhã desta quinta-feira, 25, a multa diária de 500 UFMs foi suspensa em razão do início das obras. As demais autuações continuam valendo.

P1020105A secretária Kátia Schweickardt foi ao local juntamente com o subsecretário Francimar Mamed e o subsecretário municipal de Serviços Básicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Antonio Peixoto. A secretária foi verificar in loco se os reparos necessários para a resolução do problema do vazamento já estavam sendo feitos pela Manaus Ambiental. Ela atestou que a concessionária iniciou o trabalho de drenagem do esgoto através do serviço de limpa-fossas e fez a contenção do vazamento através de sacas de areia e concreto. Pelo menos cinco casas deverão ser retiradas ainda esta semana do local e os moradores receberão aluguel-social, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh).

“A Manaus Ambiental se comprometeu a fazer toda a manutenção, inclusive reembolsar a Seminf pela obra que havia sido feita anteriormente e que foi comprometida pelo rompimento da tubulação. Esse compromisso será garantido através da assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TACA) entre a concessionária e a Semmas”, explicou a secretária referindo-se ao compromisso firmado junto à empresa em resolver o problema. A Semmas irá monitorar as obras no local para se certificar de que todas as medidas estão sendo efetivadas.

A secretária determinou também que o Departamento de Geoprocessamento da Semmas realize o mapeamento da área do fundo de vale da comunidade Nossa Senhora de Fátima II para identificar outras estações de tratamento da Manaus Ambiental. “Determinei para minhas diretorias de Geoprocessamento e Fiscalização que façam mapeamento de todas as estações de tratamento que estão naquela região, no sentido de orientar a Manaus Ambiental para evitar que novas situações semelhantes ocorram”, afirmou.

Manaus é a única capital do País a atingir a meta da vacinação contra a gripe

Até o meio-dia desta sexta-feira,26, Manaus despontava nos números do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) como a única capital do País a atingir e superar a meta de 80% de pessoas imunizadas na Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe), que encerra no final desta tarde, às 17h.  Manaus alcançou 84,34% da meta de imunizar 244.778 pessoas, com um total de 206.439 vacinados, enquanto a média em todo o País oscila entre apenas 22,48% (Teresina) e 75,90% (Porto Alegre).

Prefeito de Manaus Arthur Neto
Prefeito de Manaus Arthur Neto

O secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, disse que o sucesso dos números de Manaus é devido aos esforços da Prefeitura e do prefeito Arthur Neto que não mediu esforços na criação de estratégia de busca ativa para que a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) colocasse as equipes de vacinadores fixos e volantes em mais de 900 locais da cidade, para atingir a meta de imunizar contra a gripe os grupos prioritários da campanha.

“Colocamos equipes volantes em condomínios residenciais, em shoppings, supermercados, igrejas, terminais de ônibus, hospitais privados e públicos, tudo para ir onde estavam os acamados, as crianças, idosos, indígenas, profissionais de saúde, gestantes, mulheres de resguardo, diabéticos e hipertensos, além dos presidiários. E graças também ao bom trabalho da nossa equipe da Semsa conseguimos alcançar o nosso objetivo com sucesso. Diferentemente de outras capitais, onde a campanha teve que ser prorrogada até o dia 10 de maio, nós não precisaremos prorrogar”, comemorou Evandro Melo.

A campanha em Manaus começou no dia 15 de abril e teve o dia D no dia 20 de abril, no Parque Municipal do Idoso, quando mais de cinco mil pessoas se mobilizaram em toda a cidade para vacinar os grupos prioritários estipulados pelo Ministério da Saúde. “Também colocamos quatro telefones à disposição da população para que as equipes fossem em condomínios e hospitais particulares. E deu certo também”, enfatizou o secretário municipal de Saúde.

Percentual de vacinação nas capitais em todo o País até as 12h do dia 26/04:

Região Norte:

Manaus (Amazonas) – 84,34%

Rio Branco (Acre) – 53,17%

Macapá (Amapá) – 42,23%

Belém (Pará) – 57,73%

Porto Velho (Rondônia) – 39,52%

Palmas (Tocantins) – 32,72%

 

Região Nordeste:

Maceió (Alagoas) – 52,28%

Salvador (Bahia) – 33,23%

Fortaleza (Ceará) – 23,51%

São Luis (Maranhão) – 46,17%

João Pessoa (Paraíba) – 32,69%

Recife (Pernambuco) – 31,67%

Teresina (Piauí) – 22,48%

Natal (Rio Grande do Norte) – 35,30%

Aracaju (Sergipe) – 29,62%

 

Região Sul:

Curitiba (Paraná) – 65,79%

Porto Alegre (Rio Grande do Sul) – 75,90% Florianópolis (Santa Catarina) – 57,80%

 

Região Sudeste:

Vitória (Espírito Santo) – 46,28%

Belo Horizonte (Minas Gerais) – 29,38%

Rio de Janeiro – 38,28%

São Paulo – 44,14%

 

Região Centro-Oeste:

Distrito Federal (Brasília) – 49,41%

Goiânia (Goiás) – 38,46%

Campo Grande (Mato Grosso do Sul) – 38,63% Cuiabá (Mato Grosso) – 32,39%

 

Governo do Estado do Amazonas secretaria de articulação de políticas públicas aos movimentos sociais e populares – SEARP

Política de Desenvolvimento Urbano será discutida

por municípios que vão participar da 5ª Conferência Estadual das Cidades

O Conselho Estadual das Cidades do Amazonas (Concidades/AM), órgão ligado ao Governo do Estado, através da Secretaria de Articulação de Políticas Públicas aos Movimentos Sociais e Populares (Searp), iniciou o processo de acompanhamento (organizar, orientar, fiscalizar e validar) às Conferências das Cidades – Etapa Municipal, que vão acontecer em 23 municípios até o dia 01 de junho, com o tema “Quem Muda a Cidade Somo Nós: Reforma Urbana Já!”, com objetivo de discutir a implementação das ações do Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano (SNDU), referentes à moradia digna, mobilidade, saneamento e planejamento Urbano.

Governo do AmazonasRepresentantes do poder público, movimentos populares, empresários, trabalhadores, universidades e organizações não governamentais dos municípios Beruri, Presidente Figueiredo, Borba, Nova Olinda do Norte, Alvarães, Coari, Parintins, Tefé, Rio Preto da Eva, Itacoatiara, Maués, Manacapurú, Iranduba, Novo Airão, Anamã, Eirunepé, São Gabriel da Cachoeira, Silves, Maraã, Tabatinga e Manaus vão pontuar propostas que informem os avanços, as dificuldades e os desafios referentes aos desenvolvimento urbano de acordo com a realidade local e eleger representantes para participar da 5ª Conferência Estadual das Cidades do Amazonas que vai acontecer de 25 a 27 de setembro em Manaus.

Segundo o titular da Searp e presidente do Concidades/AM, José Farias, os encontros servem como pré-requisito para a participação do Amazonas na etapa nacional da conferência de 20 a 24 de novembro em Brasília (DF), coordenada pelo Ministério das Cidades. “As conferências municipais propiciam a participação de diversos segmentos da sociedade, no processo de formulação e reformulação da política de desenvolvimento urbano. Os próprios moradores vão debater com o poder público o que pode ser feito para implementar ações que contemplem a cidade”.

Calendário das conferências municipais

*A partir do item “10” não há confirmação de data, por enquanto.

 

01 – Beruri – 18/04

02 – Borba – 25/04

03 – Presidente Figueiredo – 26/04

04 – Eirunepé – 16/05

05 – Parintins – 17 e 18/05

06 –Tefé – 21/05

07 – Alvarães – 23/05

08 – Maraã – 23 e 24/05

09 – Manaus – 23 e 24/05

10 – Lábrea – 23 e 24/05

11 – Novo Aripuanã – 29/05

12 – Nova Olinda do Norte – 01/06

13  – Coari

14 – Rio Preto da Eva

15 – Itacoatiara

16 – Maués

17 – Manacapuru

18 – Iranduba

19 – Novo Airão

20 – Anamã

21 – São Gabriel da Cachoeira

22 – Silves

23 – Tabatinga

 

Marcelo Serafim debate os problemas dos Planos de Saúde em audiência pública

O plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM) serviu de palco na manhã desta quinta-feira (25) para debate sobre os Planos de Saúde em Manaus, bem como, os honorários médicos e o valor das consultas. A audiência foi comandada pelo presidente da Comissão de Saúde da Câmara (Comsau/CMM) vereador Marcelo Serafim (PSB), do presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam) Mário Viana, representante do  Secretário Estadual de Saúde (Susam), Wilson Alecrim, o médico Edson Ramos e o representante da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Áureo Melo. De acordo com Viana, hoje o valor da consulta é de R$50 e o sindicato pede que esse valor chegue a R$67,82 para evitar essa evasão de médicos, o que acarreta vários problemas, entre eles, o inchaço de pacientes a rede pública e a insatisfação dos clientes.

Marcelo Serafim Ele informou que três planos de saúde lideram as queixas dos clientes: Unimed, Geap e Hapvida. Entre as principais reclamações estão: Dificuldade em marcar uma simples consulta, principalmente em caso de especialistas; burocracia para a autorização de exames de alto risco e alto custo, e dificuldade de autorização clínica ou cirúrgica. Edson Ramos informou que esse debate precisa ser reforçado com outras comunidades, no sentindo de defender os interesses dos médicos, “porque o interesse dos médicos está diretamente ligado ao interesse dos usuários, acrescentando que os outros atingidos pelo problema se manifestem, até para fortalecer a luta do sindicato” disse.

O único representante de uma operadora de plano de saúde, Áureo Melo, representando a Fieam, falou sobre as dificuldades das operadoras e citou que existem três eixos que precisam estar unidos:  As operadoras, o Sindicato e o SUS, “pois de uma certa forma, um depende do outro. A classe médica, que é de fundamental importância para todos nós, como também os planos são importantes para a população e a saúde pública o SUS que também precisa desse auxílio”, argumentou. O vereador Marcelo Serafim informou que todas as operadoras, um total de 29, foram convidadas mas a maioria não compareceu e que apenas o representante da Afeam Áureo Melo se fez presente. “Isso faz essa audiência mais importante, porque podemos mostrar para a sociedade de Manaus que as operadoras não tem responsabilidades com os planos e com a população em geral”, destacou o parlamentar. O presidente do Simeam, Mário Viana, agradeceu ao vereador Marcelo Serafim, “por estar há  tão pouco tempo à frente da Comissão e já mostra a que veio, é respeitado no hospital Getúlio Vargas e, portanto, importante para a saúde” disse.

Atendimento cirúrgico

Através da Audiência pública foi possível viabilizar, junto a Susam, um encaminhamento para a aposentada, Antonia Fausto de Souza, 51, moradora da Compensa, para a realização de uma cirurgia de catarata, que segundo ela, já vem tentando há algum tempo, mas que ainda não tinha conseguido marcar o procedimento.

 

Arthur Neto anuncia mais duas novas obras para o Pacote de Verão

Duas novas obras foram anunciadas nesta quinta-feira, 25, pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, durante entrevista a um programa de rádio local: a revitalização da rua Ferreira Pena, no Centro, uma das mais antigas de Manaus e que ainda abriga casas que contam a história da cidade, e a reforma da Marina do Davi, um dos principais pontos de embarque e desembarque de pessoas para os hotéis de selva, praias, sítios e comunidades localizadas no alto Rio Negro.

Prefeito de Manaus Arthur Neto
Prefeito de Manaus Arthur Neto

Na entrevista, o prefeito detalhou as ações do pacote de obras de verão, que será desenvolvido em Manaus a partir do mês de junho quando encerra o período de inverno.

O pacote envolve três grandes ações. O recapeamento das principais vias da cidade como Djalma Batista e Constantino Nery, contará com o apoio do governo estadual, que deve ficar responsável por 50 km de recapeamento, e o Exército que executará ações na Ponta Negra e avenida Pedro Teixeira, na zona Oeste, em um total de sete quilômetros, podendo ser ampliado. A prefeitura será responsável por outros 55 km, número que deve ser ampliado, segundo Arthur Neto, uma vez que o poder público municipal conta com dinheiro em caixa para as obras.

A implantação do Bus Rapid System (BRS), sistema de ônibus rápido que interligará as avenidas Torquato Tapajós / Constantino Nery, contará com corredores exclusivos e paradas de ônibus diferenciadas. Ao menos 100 novos abrigos, já no novo modelo, serão instalados na cidade. A ideia é integrar o BRS ao BRT (Bus Rapid Transit) que também será implantado em Manaus, mas ainda sem data programada.

A desativação dos terminais da Constantino Nery, no Centro, e da Cachoeirinha, na zona Sul, também estão programadas, assim como a reforma dos outros três terminais: Cidade Nova (zona Norte), Jorge Teixeira e São José (zona Leste).

O pacote de verão vai contar com investimentos na ordem de R$ 600 milhões vindos dos governos municipal, estadual e federal e todas essas obras tem conclusão prevista para dezembro de 2013.

 

Prefeitura de Manaus vai investir R$ 600 milhões em obras “de Verão”

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Hissa Abrahão, anunciaram hoje o pacote de obras que será realizado a partir do verão, em junho. O pacote, com investimentos estimados em R$ 600 milhões de recursos próprios e parcerias com governos estadual e federal, ataca os principais problemas de infraestrutura da cidade e tem, entre outras metas, preparar Manaus para a Copa de 2014. Entre as obras

estão o asfaltamento de 55 quilômetros de vias, com o recapeamento das principais avenidas como Djalma Batista, Constantino Nery, André Araújo, Torquato Tapajós e Cosme Ferreira, que será realizado em seis meses, ao custo de R$ 150 milhões. O valor, de acordo com o prefeito, inclui calçamento e meio-fio. Além disso, foi anunciada a implantação do Bus Rapid System (BRS) e desativação dos Terminais 1 e 2.  O BRS é

Prefeito de Manaus Arthur Neto
Prefeito de Manaus Arthur Neto

“De acordo com o planejamento, nós vamos recuperar 55 km de via, mas queremos que esse número seja quatro vezes maior. Teremos dinheiro em caixa para fazer isso. O que não temos é tempo”, afirmou Arthur Neto em coletiva à imprensa.

“Chega de operação tapa-buraco, nós fizemos tudo o que podíamos. Agora,
vamos fazer um trabalho de qualidade, que dure por muito tempo”, confirmou o secretário Hissa Abrahão.

Segundo o prefeito, estudos mostram que 90% dos veículos existentes na cidade passam ao menos uma vez por dia em cinco de suas principais avenidas. Com as obras, a população vai precisar ter paciência no trânsito e para isso, a prefeitura deverá se organizar para executar as obras também à noite.

“Não dá pra fazermos todo esse trabalho apenas durante o dia ou só durante a noite. Vamos ter que trabalhar direto para podermos chegar ao maior número de ruas no menor tempo possível. Os transtornos são inevitáveis, mas pedimos a compreensão da população para que entenda o nosso trabalho. Tudo será feito com a qualidade que o nosso governo tem adotado e esse asfalto não vai durar apenas seis meses. Vai durar anos” declarou o prefeito.

Sobre a parceria com o governo do Estado e o Exército, cada órgão ficará responsável por um lote de recapeamento. As avenidas Pedro Teixeira e Ponta Negra, ambas na zona Oeste, em um total de sete quilômetros, ficarão a cargo do Exército enquanto a área de responsabilidade do governo estadual ainda não foi definida. A Parceria Público-Privada (PPP) também está em estudo, faltando definir quais as formas que as empresas seriam beneficiadas ao financiar empreendimentos públicos.

A partir de junho, o governo municipal vai começar a implantar o Bus Rapid System (BRS), sistema que será integrado ao BRT (Bus Rapid Transit). O BRS consiste na criação de corredores exclusivos para ônibus e paradas diferenciadas no trecho Norte – Sul (Torquato Tapajós / Constantino Nery) aproveitando parte do antigo sistema Expresso. A implantação do sistema custará R$ 1,4 milhão e também deverá ser concluído até o final do ano.

“Nosso objetivo é tornar as viagens de ônibus mais rápidas. Hoje, a velocidade média no transporte coletivo é de 12 km/h. Com a mudança, vai passar a ser de 23,5 km/h. Isso representa que a população vai poder passar mais tempo em casa, com a família ou no trabalho. Após a implantação do BRT, os dois sistemas serão integrados”, afirmou Hissa Abrahão.

A reforma dos terminais de ônibus já tem um valor definido. Cada um deverá custar R$ 2 milhões aos cofres públicos. Arthur Neto confirmou a desativação dos terminais da Constantino Nery (T1), no Centro, e o da Cachoeirinha (T2), na zona Sul. Apenas os terminais Cidade Nova (T3), zona Norte, Jorge Teixeira (T4) e São José (T5), ambos na zona Leste, vão continuar em funcionamento.

Entre as obras que também fazem parte do pacote estão o Mercado Adolpho Lisboa, com data de entrega prevista para 24 de outubro, a segunda etapa da Ponta Negra, no dia 24 de dezembro, e o Shopping do Camelô, ainda sem data prevista.

 

Deputado mostra pareceres que aprovam balanço de 2012 do Manausprev

O deputado estadual Sidney Leite (DEM) apresentou, ontem, da tribuna da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) o Diário Oficial do Município (DOM) que contém os pareceres dos conselhos Municipal e Fiscal de Previdência do Fundo Único de Previdência de Manaus (Manausprev) que consideram os balanços do exercício de 2012 em conformidade com as prescrições legais e refletem adequadamente suaa posição patrimonial, econômica e financeira.

Os pareceres foram publicados no DOM do dia 27 de março, na página 42. De acordo com o deputado, tentaram denegrir a imagem da ex-gestora do Manausprev, Daniele Leite, que é sua esposa, que foi “assacada” com várias acusações. “Disseram que havia um rombo de R$ 300 milhões na Manausprev e agora vemos em notícia publicada no jornal A Crítica que o rombo sumiu, que a dívida – de R$ 124 milhões – e da Prefeitura e da Câmara Municipal com o Fundo de Previdência. Onde foram parar os R$ 300 milhões?”, disse Sidney Leite.

SIDNEYLEITE240413
Deputado Estadual Sidney Leite (DEM)

Na tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), o parlamenta leu o que os conselhos decidiram sobre os Balanços de 2012: Com base nos documentos examinados, nas análises efetuadas e nos esclarecimentos apresentados pela residência, Diretores e técnicos são de opinião que os citados documentos estão em conformidade com as prescrições legais e refletem adequadamente a posição patrimonial, econômica e financeira do Fundo de Previdência dos Servidores da Prefeitura de Manaus (Manausprev) no referido ano, razão pela qual aprovamos tais documentos.

No final, ele ainda destacou que a ex-gestora do Manausprev receu o fundo com R$ 240 milhões e entregou com R$ 622 milhões.

 

PARECER DO CONSELHO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA

Os abaixo assinados, membros efetivos do Conselho Municipal de

Previdência do Fundo Único de Previdência do Município de Manaus –

MANAUSPREV, em reunião realizada em 26 de março de 2013, em

observância ao disposto no artigo 86, da Lei nº. 870/2005, e no uso de

suas atribuições estatutárias, examinaram os Balanços do exercício de

2012 – Balanço Orçamentário, Balanço Financeiro, Balanço Patrimonial

e Balanço das Variações Patrimoniais -, Relatórios comparativos da

Receita orçada e arrecadada e Despesas fixada e realizada, as Notas

Explicativas e demais documentos e informações pertinentes às

operações realizadas pelo MANAUSPREV, correspondentes ao período

de janeiro a dezembro de 2012. Com base nos documentos examinados,

nas análises efetuadas e nos esclarecimentos apresentados pela

Presidência, Diretores, técnicos e baseado na manifestação do Conselho

Fiscal são de opinião que os citados documentos estão em

conformidade com as prescrições legais e refletem adequadamente a

posição patrimonial, econômica e financeira do Fundo de Previdência

dos Servidores da Prefeitura de Manaus – MANAUSPREV no referido

ano, razão pela qual aprovamos tais documentos.

Manaus/AM, 26 de março de 2013.

 

PARECER DO CONSELHO FISCAL

Os abaixo assinados, membros efetivos do Conselho Fiscal do Fundo

Único de Previdência do Município de Manaus – MANAUSPREV, em

reunião realizada em 25 de março de 2013, em observância ao disposto

no artigo 86, da Lei nº. 870./2005, e no uso de suas atribuições

estatutárias, examinaram os Balanços do exercício de 2012 – Balanço

Orçamentário, Balanço Financeiro, Balanço Patrimonial e Balanço das

Variações Patrimoniais -, Relatórios comparativos da Receita orçada e

arrecadada e Despesas fixada e realizada, as Notas Explicativas e

demais documentos e informações pertinentes às operações realizadas

pelo MANAUSPREV, correspondentes ao período de janeiro a dezembro

de 2012. Com base nos documentos examinados, nas análises

efetuadas e nos esclarecimentos apresentados pela Presidência,

Diretores e técnicos são de opinião que os citados documentos estão em

conformidade com as prescrições legais e refletem adequadamente a

posição patrimonial, econômica e financeira do Fundo de Previdência

dos Servidores da Prefeitura de Manaus – MANAUSPREV no referido

ano, razão pela qual aprovamos tais documentos.

Manaus/AM, 25 de março de 2013.

 

Apenas 18 vereadores apresentaram emendas

Menos da metade dos vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) protocolizaram emendas ao Regimento Interno da casa até o momento. De acordo com relatório gerado pelo Departamento de Comissões, até o dia 19 de abril, dos 41 vereadores, apenas 18 haviam apresentado sugestões, totalizando cem emendas.

O prazo para apresentação de propostas à Comissão Especial que estuda a revisão do Regimento da casa será estendido até amanhã, às 14h. O prazo anterior expirou na última sexta-feira, mas devido à baixa adesão e reduzido número de emendas apresentadas até aquela data, o prazo foi dilatado.

De acordo com o presidente da Comissão Especial do Regimento Interno, vereador Luiz Alberto Carijó (PDT), a dilatação do prazo é para dar mais tempo aos parlamentares.

Os vereadores que apresentaram emendas foram: Massami Miki (PSL), Carlos Alberto (PRB), Gilmar Nascimento (PDT), Álvaro Campelo (PP), Walfran Torres (PTC), Therezinha Ruiz (DEM), Wilker Barreto (PHS), Hiram Nicolau (PSD), Everaldo Farias (PV), Elias Emanuel (PSB), Waldemir José (PT), Bosco Saraiva (PSDB), Sildomar Abtibol (PRTB), Rosi Matos (PT), Joãozinho Miranda (PTN), Socorro Sampaio (PP), Marcel Alexandre (PMDB) e Felipe Souza (PTN). Além das sugestões por escrito, os membros da comissão, podem fazer proposições orais que serão discutidas no momento das reuniões.

O maior número de emendas foi apresentado pelos petistas Rosi Matos e Waldemir José e pelo presidente da casa, Bosco Saraiva (PSDB). Carijó revela que um dos destaques é o que pede a participação da mesa diretora nas comissões técnicas da casa e a organização do expediente no plenário.

Outro destaque se refere à proposta de emenda do verea­dor Joãozinho Miranda (PTN) que propõe vedar a licença para interesse particular durante o período eleitoral; e a do vereador Bosco Saraiva sobre o fim do quórum mínimo para o início das sessões ordinárias e a extinção do ‘motivo de força maior’, como justificativa de ausência durante as sessões.

Na opinião de Carijó, é provável que o quórum mínimo para o início de sessões seja extinto, de forma a obrigar o vereador a ser mais responsável com seu trabalho. Ele disse que a comissão está usando como parâmetro os regimentos das câmaras das cidades de São Paulo e Curitiba.

Marcelo Serafim vai realizar Semana de Atenção a Saúde do Homem na CMM

Nesta quarta-feira (24), no pequeno expediente, o vereador Marcelo Serafim (PSB) da tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM) falou sobre a Semana de Atenção a Saúde do Homem que deverá ser realizada no mês de junho, pela Comissão de Saúde da Casa (Comsau-CMM) presidida por ele. Segundo o parlamentar, a ideia surgiu após uma reunião com o renomado Urologista da cidade, Dr. Cristiano Paiva. Marcelo Serafim destacou que a prioridade geralmente é para a saúde da mulher e esquecem os homens, portanto a intensão é trabalhar a prevenção da saúde masculina também. “De acordo com pesquisas, 100% dos brasileiros que venham a chegar aos 100 anos terão câncer de próstata, e tratar estes doentes vai sobrecarregar o sistema público de saúde. A melhor forma de prevenir o câncer é através de ações como as propostas pela Semana de Atenção a Saúde do Homem” argumentou o parlamentar.

SESSAO PLENARIAA Semana de Atenção a Saúde vai ter ciclos de palestras com temas voltados para o bem estar do homem. Haverá exames de testosterona, PSA, próstata, de sangue entre outros. “Já entrei em contato com os responsáveis pelo laboratório da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para montar um posto de coleta de exames para os servidores da Câmara Municipal, pois temos que cuidar da saúde dos colaboradores  desta Casa” enfatizou Marcelo Serafim.  O vereador também agradeceu ao presidente da Casa Bosco Saraiva,  por ter disponibilizado a estrutura da CMM para o referido evento e informou que o Secretário Municipal de Saúde, Dr. Evandro Melo, será convidado a participar da Semana de Atenção a Saúde do Homem,  no mês junho na CMM.

Inclusão e acessibilidade

Da Tribuna da Casa, o vereador Marcelo Serafim também agradeceu aos parlamentares da casa que contribuíram para a ida de portadores de necessidades especiais até São Paulo. Três pessoas, entre elas o servidor da CMM, Cláudio Márcio, participaram este mês da XII Feira Internacional de Tecnologia em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade. Essa foi à primeira viagem de avião do servidor que foi um dos expositores da Galeria de Artes da XII Reatech e recebeu junto com os demais o certificado de participação do evento.

 

Marcelo Serafim vai presidir audiência pública pelo Dia Nacional de Alerta aos Planos de Saúde

O vereador Marcelo Serafim (PSB), presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Manaus (Comsau-CMM), vai conduzir a audiência pública na CMM, nesta quinta-feira (25), por ocasião do Dia Nacional de Alerta aos Planos de Saúde. Esta é a data em que médicos do país irão, novamente, alertar a sociedade e a população usuária de planos de saúde sobre os baixos honorários e as interferências antiéticas praticadas pelas operadoras. A ideia é chamar a atenção de pacientes, profissionais, gestores e de toda a sociedade para os abusos praticados pelos convênios, seguros e planos de saúde suplementar, numa lógica que tem seguidamente privilegiado o lucro em detrimento da qualidade da assistência à população e do equilíbrio nas relações com os médicos.

Vereador Marcelo Serafim
Vereador Marcelo Serafim

A audiência pública na CMM vai contar com a participação dos dirigentes do Sindicato dos Médicos do Estado do Amazonas (Simeam) para discutir os encaminhamentos da Comissão Estadual de Honorários Médicos junto as Operadoras de Planos de Saúde. O encontro na Câmara Municipal faz parte das mobilizações do Simeam, no Amazonas, em defesa da sociedade e dos médicos. Ela integra a estratégia da luta do Sindicato por honorários dignos, pautados em reivindicações aprovadas durante reunião ampliada da Comissão Nacional de Saúde Suplementar (Comsu).

Os profissionais da saúde tem uma pauta de reivindicações da Comissão Estadual de Honorários Médicos, são elas: Reajuste das consultas, a partir de critérios a serem definidos em cada Estado, tendo como referência a Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos  (CBHPM) em vigor (R$ 67,82 em 2012); Reajuste dos procedimentos, tendo como balizador a CBHPM em vigor (2012); Por uma nova contratualização, baseada na proposta das entidades médicas nacionais; Rehierarquização dos procedimentos, feita com base na CBHPM e  Apoio ao Projeto de Lei 6.964/10, que trata da contratualização e da periodicidade de reajuste dos honorários pagos aos médicos. “O objetivo da audiência é discutir esta importante campanha lançada pelo Sindicato dos Médicos, através da ouvidoria da saúde, relacionada a essa mobilização pelo Dia Nacional de Alerta aos Planos de Saúde, espero contar com a participação de todos, nesta audiência pública, que tem o apoio da Comissão de Saúde da Casa” enfatizou Marcelo Serafim.

 

SERVIÇO

O que: AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CMM para discutir os encaminhamentos da Comissão Estadual de Honorários Médicos junto as Operadoras de Planos de Saúde.

Quem: Vereador Marcelo Serafim, presidente da (Comsau-CMM) e Simeam

Quando: 25 de abril (quinta-feira)

Onde: Plenário Adriano Jorge da Câmara Municipal de Manaus (Rua Padre Agostinho Caballero Martin, 850, São Raimundo).

Hora: 9h30

Economia do interior acaba em ‘bate-boca’ na Aleam

Um discurso proferido pelo deputado Marcelo Ramos (PSB) sobre a economia dos municípios ligados pela ponte Rio Negro acabou gerando uma discussão entre a base aliada do governo e a oposição nesta terça-feira (23).
Durante comunicado de liderança do PMDB, o membro da Comissão dos Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Marcos Rotta (PMDB) defendeu o senador Eduardo Braga, do mesmo partido que o seu, e o governo federal, citados por Ramos.
Deputado Estadual Marcos Rotta
Deputado Estadual Marcos Rotta

Rotta, que apontou o privilégio de conhecer essas cidades, sua população e o potencial econômico de cada uma delas, disse que vê com tristeza o fato de um deputado afirmar em discurso que Iranduba, Manacapuru e Novo Airão é ‘lugar nenhum’.

Além disso, o líder do PMDB na Aleam fez questão de frisar que o governo da presidente Dilma Rousseff tem sido um grande instrumento em favor da sociedade amazonense.
“Atacar a figura A ou B com objetivos C, não vai fazer com que programas e projetos de lei, que neste momento estão sendo apreciados, possam verdadeiramente continuar beneficiando o Estado”, afirmou Rotta.
Em nome do partido (PMDB), o deputado Belarmino Lins corroborou com o desagravo de Rotta, principalmente, em relação aos municípios do outro lado da ponte Rio Negro.
Procurado pela reportagem, Marcelo Ramos afirmou que realmente comentou em seu discurso que sob o ponto de vista econômico, ‘a ponte liga nada a lugar nenhum’.
“Falei isso porque do lado de lá, salvo a produção de tijolos e telhas, praticamente nada se produz que tenha relevância econômica. Mas a culpa não é do povo e sim dos governos que nunca fomentaram a atividade econômica nos municípios do Estado”, disse.

Marcelo Serafim defende parcelamento de dívida da prefeitura com a Manausprev

O vereador Marcelo Serafim (PSB) usou a Tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM), na manhã desta terça-feira (23), para explicar a importância da aprovação do Projeto nº135/2013 do Poder Executivo, que trata do parcelamento da dívida da prefeitura de Manaus com a Manausprev. “Eu ocupo a tribuna desse parlamento para esclarecer sobre a dívida da prefeitura com a Manausprev, que tem sido noticiado por alguns dos jornais da cidade. É absolutamente justo que todos nós saibamos de maneira clara, tudo o que votamos nessa casa legislativa”, disse.

Marcelo Serafim
Marcelo Serafim

De acordo com o parlamentar, em 2006, a prefeitura efetuou um parcelamento da dívida e a partir daquele dia, todas as faturas foram pagas de forma regular. Mas em seguida entrou o prefeito Amazonino Mendes (PDT), o qual pediu um parcelamento de 240 meses que podia ser feito, mas errou, em não enviar como um Projeto de Lei para que a CMM pudesse votar e aprovar o projeto, inviabilizando assim a homologação junto ao Ministério da Previdência. “O prefeito Arthur Neto (PSDB) está fazendo a coisa certa, encaminhando o projeto, para que seja votado e aprovado por este poder e assim seja possível a homologação o parcelamento da dívida em 240 meses”, relatou.

O vereador defendeu que esse parcelamento é fundamental para o progresso da cidade de Manaus, pois se a prefeitura tivesse que tirar esse valor dos seus cofres, faltaria recursos para outras áreas importantes, como a saúde, educação, saneamento, entre outras. “Esse projeto não é do prefeito ou para nós vereadores, mas para o desenvolvimento da cidade. Temos que ter claro que nossa ideologia é preservar o que é melhor para a cidade de Manaus”, defendeu Marcelo Serafim.

 

Aumento da bancada já alinha novo quadro político no AM

Um novo ingrediente foi adicionado na disputa política do próximo ano. Com a redistribuição de vagas na Câmara Federal, o Amazonas, que possui atualmente 24 cadeiras, ganha 3 novos assentos no Legislativo estadual.
Mas, a situação ainda poderá sofrer novas mudanças, pois os Estados que saíram prejudicados prometem recorrer do resultado.  Porém, para o analista em marketing eleitoral, Durango Duarte, essa mudança traz o grande trunfo de 2014, que é a questão do coeficiente eleitoral, que diminuirá e dará aos candidatos a possibilidade de serem eleitos com uma margem menor de votos.
No último dia 9, o TSE votou favorável ao aumento da bancada nos parlamentos federal e estadual – foto: divulgação
No último dia 9, o TSE votou favorável ao aumento da bancada nos parlamentos federal e estadual – foto: divulgação

Um dos candidatos já declarado para as eleições de 2014 é o ex-prefeito do município de  Parintins, Frank Luiz da Cunha Garcia, o ‘Bi Garcia’, que disputará uma vaga de deputado estadual pelo PSDB.

Bi Garcia acredita que a legenda conseguirá emplacar até quatro deputados. “Iniciamos um debate dentro do PSDB sobre minha candidatura e ficou acertado que serei candidato, e com menor  coeficiente eleitoral acreditamos que iremos eleger um número expressivo de parlamentares”, declarou.
O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Bosco Saraiva (PSDB), ressaltou que esse crescimento na bancada é favorável ao Amazonas. “Nosso desejo é ajudar o prefeito Arthur Neto para que faça uma boa administração. O aumento no parlamento estadual fortalece a democracia e mais ainda a representatividade popular”, relatou.
Outro que já apresentou interesse em colocar seu nome no páreo, é o vereador Marcel Alexandre (PMDB). Os deputados estaduais, Belarmino Lins (PMDB), Fausto Souza (PSD), Marcelo Ramos (PSB), Adjuto Afonso (PP), Orlando Cidade (PTN), Ricardo Nicolau (PSD), Marcos Rotta (PMDB), Sinésio Campos (PT), Vicente Lopes (PMDB) também confirmaram suas candidaturas à reeleição.
Sinalizando articulações para 2014, recentemente o Partido da Mobilização Nacional (PMN) e o Partido Popular Socialista (PPS) se fundiram para criar o partido Mobilização Democrática (MD).
De acordo com o deputado Luiz Castro (PPS), o partido é uma legenda consolidada e, apesar da fusão, Castro não negou apoio ao ‘Rede Sustentabilidade’, partido em formação da ex-ministra Marina Silva.

Omar Aziz entrega hoje mais de 700 títulos de terra para moradores da zona leste

O governador Omar Aziz fará a entrega de mais de 700 títulos definitivos e concessões de uso para moradores da comunidade Bela Vista, no Puraquequara, e Colônia Antônio Aleixo, neste sábado, 20 de abril, às 9h, no Centro Social e Recreativo Frei Miller (rua Alberto Campainha, nº 01-B, em frente à praça Tancredo Neves, Colônia Antônio Aleixo, zona leste).

Omar Aziz  - Governador do Amazonas
Omar Aziz – Governador do Amazonas

Segundo o secretário de Política Fundiária, Ivanhoé Mendes, essa é a primeira entrega de títulos de 2013. “Nossa meta é entregar 30 mil títulos definitivos até o fim do ano. Neste primeiro semestre, vamos começar a distribuição de mais de oito mil títulos que não foram concedidos por problemas de documentação ou questões técnicas em anos anteriores, como é o caso da Bela Vista”, explica. O titular da SPF também disse que, além da capital, o governador Omar Aziz determinou que o órgão realize a entrega de mais de sete mil títulos no interior.

Ao receber o título definitivo de posse, o proprietário do terreno deve procurar um cartório para fazer o registro do imóvel. “Só é dono da propriedade quem registra o título no cartório de imóveis”, alerta Mendes. O registro é gratuito para terrenos de até 250 metros quadrados. O título definitivo garante segurança jurídica sobre a posse da propriedade, além de possibilitar o acesso às inúmeras políticas públicas e de crédito em agências de fomento e bancos oficiais.

Políticos locais divergem de manobra no Congresso

Líderes políticos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) discordam da manobra em curso no Congresso Nacional para prejudicar a formação de novos partidos. A medida em andamento impede a transferência do tempo de propaganda eleitoral no rádio e na televisão e dos recursos do Fundo Partidário relativos aos deputados que mudam de partido durante a legislatura.

Congresso NacionalNa próxima semana o Congresso deve finalizar a votação dos destaques da nova lei. Os parlamentares amazonenses consideram a medida temerária e prejudicial à democracia.

Esta semana, PPS e PMN realizaram convenções partidárias para fusão das duas siglas dando origem ao Mobilização Democrática. A nova agremiação já nasce com a ambição de oferecer ao eleitor uma terceira via para as eleições de 2014.

O presidente do diretório estadual do PTN, deputado Abdala Fraxe (PTN), considera que a decisão de fusão de PPS e PMN foi acertada e discorda da atitude em andamento em Brasília, a qual considera ‘casuística’ pela maneira como estão tentando vedar a participação de partidos nascentes. Abdala opina que novas regras precisam ser estabelecidas para garantir a sobrevivência dos novos partidos.

O único deputado estadual do PSB no Amazonas, Marcelo Ramos, acha que a manobra é para levar a presidente Dilma Rousseff (PT) à reeleição. ‘Dilma quer ganhar a eleição sem disputar’, analisa.

Até o líder do governo na Aleam, deputado Sinésio Campos (PT), discorda da manobra. “Já que se abriu de forma legal e democrática para a formação de outros partidos, por que mudar agora. Coloco sob suspeição a inviabilização da criação de novos partidos. Veto cheira a censura”, afirma.

O líder do PSD, deputado Fausto Souza, aponta a reforma política como solução a questão. Ele acha que a reforma deveria reduzir o número de partidos existentes no país, mas defende que todos têm o direito de criar seus partidos. Opinião semelhante tem o líder do PMDB, deputado Marcos Rotta. O peemedebista acha que a reforma política deveria coibir a criação de novos partidos.

José Dirceu vem a Manaus no próximo mês

O ex-ministro da Casa Civil da Presidência da República e braço forte do o governo Lula, José Dirceu, vem a Manaus no próximo dia 06 de maio, para uma série de palestras e contatos com a base petista do Estado. O evento vai acontecer no auditório do Sindicato dos Metalúrgicos, em horário ainda a ser anunciado.

Ex- Ministro da casa civil - Zé Dirceu
Ex- Ministro da casa civil – Zé Dirceu

Segundo boletim eletrônico Conexão Trabalhador da Associação dos trabalhadores de Manaus, o convite a José Dirceu foi feito pelo presidente municipal do PT, Valdemir Santana, mas ele não quis adiantar o direcionamento da conversa. Destacou, no entanto, o interesse da força CNB/RUL, liderada por ele, em fazer parte do ciclo de conversas que Dirceu vem realizando em todo o Brasil.

O mais recente encontro aconteceu no estado do Piauí, onde ele disse estar “esclarecendo fatos distorcidos” politicamente e largamente divulgados na mídia nacional. “A imprensa terá acesso irrestrito às palestras”, garantiu Santana.

Visita de Kassab à Manaus foi desprestigiada por Alfredo e Braga

No último domingo (14) o presidente nacional do Partido Social Democrático (PSD) e ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, esteve em Manaus com o governador do Estado, Omar Aziz (PSD) para anunciar apoio à Zona Franca de Manaus. O encontro não era uma reunião exclusiva e política do PSD, mas para tratar sobre a situação da Zona Franca de Manaus, a PEC 506/2010.

Braga e Nascimento
Braga e Nascimento

Os parlamentares do Amazonas foram convidados para a reunião, independente de partido, mas dos senadores, somente Vanessa Grazziotin (PCdoB) veio à Manaus e participou da reunião. Os senadores Alfredo Nascimneto (PR) e Eduardo Braga (PMDB) foram convidados, mas não apareceram para dar suas contribuições.

Participaram do encontro, o vice-governador José Melo (PMDB), o prefeito de Manaus Artur Neto (PSDB), a secretária de governo Rebecca Garcia, além de prefeitos, veradores, deputados estaduais e federais.

 

Fonte: Blog da Floresta / Sara Matos

Arthur Neto integra comitiva liderada por ministro Aldo Rebelo em visita à Arena da Amazônia

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, integrou a comitiva liderada pelo ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, em visita as obras da Arena da Amazônia, na manhã desta quinta-feira, 18. Faltando 14 meses para o início da Copa do Mundo no Brasil, a construção da Arena da Amazônia segue em ritmo acelerado e tem 58% da obra concluída com previsão de entrega para dezembro deste ano.

Apesar das críticas recentes à realização da Copa em Manaus e outras capitais brasileiras, consideradas com menor tradição no futebol profissional, o ministro Aldo Rebelo defendeu a necessidade de eventos de grande porte para desenvolver o esporte, e consequentemente, a economia nessas localidades e ressaltou que os estádios não servirão apenas para a realização de partidas de futebol, mas também para grandes shows e outras competições esportivas.

Prefeito Arthur Neto, Omar Aziz e Aldo Rebelo
Prefeito Arthur Neto, Omar Aziz e Aldo Rebelo

“O Brasil, com a Copa e a Olimpíada, criará 3,6 milhões de empregos. É possível e é provável que uma parte disso fique na Amazônia. Nós fizemos uma pesquisa recente, pelo ministério, entre editores e jornalistas de todo o mundo, que não visitaram o Brasil, para saber quais as sedes eles tinham mais curiosidade de conhecer e nós tivemos como resposta Rio de Janeiro, São Paulo e Manaus. Eu creio que a Copa do Mundo já é um evento vitorioso para a capital do Amazonas”, declarou o ministro.

Apesar de entraves burocráticos, o governador Omar Aziz e o prefeito de Manaus, Arthur Neto, reafirmaram o compromisso em atender os prazos e exigências da Fifa. Paralelamente às obras da Arena da Amazônia, a Prefeitura de Manaus já organiza o cronograma de ações para dotar a cidade da infraestrutura necessária para a realização de um dos maiores eventos esportivos do planeta.

“Criamos uma Unidade Gestora da Copa (UGP) para acompanharmos as obrigações de Manaus e não deixarmos nada em atraso. Temos o plano de requalificação do Centro, das vias públicas, e isso será importante demais para a cidade, com abrigos de ônibus diferentes, terminais diferentes e ao mesmo tempo vamos ter trabalhos complementares, como a mini vila olímpica do Coroado, que nós cedemos ao governo do Estado. O governador faz uma parte só, eu faço outra parte só e muita coisa nós fazemos em conjunto para não perder essa oportunidade”, concluiu Arthur Neto.

Arthur Neto já pensa em mudar secretariado

Ainda não há consenso sobre o desmembramento da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação (Seminfh) e Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), além da efetivação da Secretaria Municipal da Mulher. A declaração foi dada, nesta quarta-feira (17), pelo prefeito Arthur Neto (PSDB), após a reunião semanal com o secretariado.

Arthur Neto e Secretários
Arthur Neto e Secretários

Arthur anunciou na semana passada o desejo de desmembrá-las, de forma a garantir-lhes status de secretaria. “É muito complicado, pois há posições divergentes no governo”, deixou escapar.

O prefeito ainda não revelou nomes de potenciais secretários, mas afirmou que é provável que os subsecretários destas pastas sejam deslocados de suas funções atuais para assumirem como titulares das novas secretarias. Ele afirmou que indefinições sobre a desvinculação e incorporação das três entidades estão ligadas à capacidade de arcar com as suas respectivas atribuições e citou como exemplo a questão envolvendo as secretarias de Infraestrutura e de Habitação e Assuntos Fundiários.

Segundo o prefeito, a separação das duas pastas só ocorrerá se for confirmada a possibilidade de construção de uma quantidade significativa de unidades habitacionais no município.

Arthur Neto revelou que, por meio da Caixa Econômica Federal (CEF), já existe a perspectiva de construção de 4,9 mil unidades habitacionais no município, sendo 3,4 mil através de convênio direto com a Caixa e mais 1,5 mil que estavam inviabilizadas desde a gestão anterior, incluídas no programa “Minha Casa, Minha Vida”.

A prefeitura espera em 4 anos construir até 12 mil casas. Se essa perspectiva for confirmada, a Secretaria de Habitação terá autonomia em relação à de Infraestrutura”, disse o prefeito.

Outros dois órgãos que ainda estão com o desmembramento indefinido é a SMTU e o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), atual­mente comandados pelo secretário Pedro Carvalho.

Arthur estuda três possibilidades: a primeira, é que a SMTU e o Manaustrans sejam desvinculados e Pedro deve ficar apenas na SMTU; a segunda, de que o Manaustrans passaria a ser subordinado à SMTU como uma subsecretaria, onde Pedro seria o titular da supersecretaria e teria um subsecretário; e a terceira, que as duas seriam desvinculadas e Carvalho acumularia o comando de ambas. “Vamos colocar dois presidentes ou apenas o Pedro presidindo”.

 

Secretária Goreth Garcia Ribeiro recebe vereadores da CMM

A secretária Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Goreth Garcia Ribeiro, recebeu no início da noite desta quarta-feira, 17, vereadores membros da Comissão de Assuntos Socio comunitários da Câmara Municipal de Manaus (CMM). O encontro serviu para os parlamentares conhecerem as ações desenvolvidas pelo órgão e os projetos que serão implantados nos próximos meses.

Ela ainda falou sobre os programas sociais desenvolvidos como Bolsa Família, Leite do Meu Filho, Projovem, campanhas de conscientização e as atividades dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS).

Secretária Goreth Garcia Ribeiro
Secretária Goreth Garcia Ribeiro

“Os vereadores querem conhecer todos os serviços da secretaria, dar divulgação ao que será implantado e fazer sugestões. Nós estamos de portas abertas. Gostamos muito da iniciativa e a reunião foi muito proveitosa. Iremos à Câmara a hora que formos convocados e, claro, vamos mantê-los informados de todas as nossas atividades”, afirmou Goreth Garcia.

O presidente da comissão, vereador Amauri Colares, destacou que as informações são importantes para ajudar no trabalho dos parlamentares. “Como vereadores e membros da comissão, temos a responsabilidade de legislar mas também fiscalizar o poder executivo. E é esse o trabalho que estamos realizando. Fizemos uma reunião para levantar as dificuldades que existem na cidade, o trabalho que a secretaria está desenvolvendo e os novos projetos que serão implantados para atender a população”, afirmou o presidente Amauri Colares.

Participaram da reunião o presidente da comissão Amauri Colares (PSC), a vice-presidente Professora Jaqueline (PPS), o vereador membro Professor Samuel (PPS) e o vereador Rosivaldo Cordovil (PTN), além das subsecretárias da Semasdh, Ana Holanda e Ana Nascimento e diretoras de áreas.

Terminais de ônibus T1 e T2 recebem ação de tapa-buracos

As vias dos terminais rodoviários T1, localizado na Avenida Constantino Nery, no Centro, e T2, no bairro da Cachoeirinha, zona Sul de Manaus, começaram a receber os serviços de tapa-buracos da Prefeitura de Manaus. As ruas estão sendo recuperadas por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação (Seminf), que já utilizou aproximadamente 40 toneladas de asfalto somente nestas duas áreas. No T1, a professora Luciana Dias da Silva, 25, afirmou que apesar do horário do serviço ser bem complicado, apoia as melhorias não só no terminal, mas em todos os outros lugares. As Divisões Distritais da Seminf seguem um cronograma de serviços básicos em todas as zonas geográficas da cidade e, logo após o período chuvoso, outras ruas de Manaus receberão recapeamento.

Marcelo Serafim fará audiência pública para discutir o aborto em Manaus

Nesta segunda-feira, o vereador Marcelo Serafim (PSB), ocupou a tribuna da Câmara Municipal de Manaus para anunciar que vai convocar uma audiência pública para discutir, com representantes da área da saúde, um tema bem polêmico, o aborto. O parlamentar mencionou durante o pequeno expediente, a manchete de um jornal impresso local que informava a quantidade de abortos praticados em uma maternidade de Manaus que registrou 300 por mês, a maioria deles provocados.  “Sabemos que é um caso de saúde pública e as opiniões são divergentes, 60%  das pessoas se colocam de forma contraria a esta prática ilícita e os demais de forma favorável, farei uma audiência pública para debatermos este importante assunto que faz parte da vida das mulheres” disse o vereador.

Vereador Marcelo Serafim
Vereador Marcelo Serafim

Marcelo Serafim apresentou dados sobre o aborto. Segundo o parlamentar a Organização das Nações Unidas (ONU) cobrou às autoridades brasileiras a legalização do aborto, sob o argumento de que no país mais de 200 mil mulheres morrem devido a esta prática ilegal. O vereador contestou os números da ONU dizendo que, na verdade, morrem um milhão de crianças que são abortadas anualmente no Brasil. De acordo com o parlamentar a Organização quer legalizar esta prática para que as mulheres sejam recebidas de forma adequada no Sistema de Saúde e para que reduza a mortalidade devido ao aborto. “No ano de 2010, 83 mulheres morreram no Brasil em decorrência do aborto e temos que nos preocupar com isso, mas não podemos perder o foco nas crianças que são mortas anualmente em procedimentos como estes. Será que as nossas autoridades não sabem das clínicas clandestinas em Manaus? Não queremos punir as mulheres, pois a maior punição é ter que conviver com o fato de ter abortado um dia, quem passa por isso, nunca mais esquece o trauma” afirmou o parlamentar. De acordo com Marcelo Serafim uma solução seria ter uma política de controle de natalidade por parte do Município e do Estado para tentar amenizar o problema.

 

Ponta Negra se confirma como opção de lazer do manauense no domingo

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), visitou a Praia da Ponta Negra, no início da tarde deste domingo (14) para verificar o andamento do primeiro final de semana de reabertura da praia depois de cinco meses de fechamento do local. Ele ouviu as impressões dos usuários da praia, críticas e sugestões para a melhoria da manutenção do principal balneário da cidade. 

Praia da Ponta NegraO prefeito disse que considera o primeiro domingo de praia aberta como um grande teste para as medidas de segurança adotadas no local. “Acho que a Ponta Negra passou no seu primeiro teste. Ouvi várias sugestões da população e precisamos discutir, com o Ministério Público, Governo do Estado e outros órgãos algumas melhorias. O intuito, daqui pra frente, é aprimorar a diversão da população. Mas o mais importante, neste momento, é a segurança dos usuários”, declarou Arthur Neto.

Milhares de pessoas aproveitaram o sol forte deste domingo  para curtir a praia. Com a liberação, o local voltou a ser frequentado pelas famílias, que buscavam brincar, passear ou curtir um bom banho de rio.

Várias medidas foram adotadas para garantir a segurança dos banhistas. Informativos com dez ações que os visitantes deveriam adotar para garantir um passeio seguro foram distribuídos durante todo o dia. Entre elas, o respeito às delimitações de área e a proibição do consumo de bebidas alcoólicas na praia. Uma equipe formada por 40 bombeiros é responsável pela fiscalização do local durante o horário de funcionamento, entre 8h e 17h. O emprego de boias, jet skis, lancha, quadriciclos e policiais militares também faz parte das medidas adotadas pelo poder público para evitar incidentes.

“Estou achando excelente. Não tem nenhuma alteração, todo mundo se divertindo e é isso que as pessoas querem. Tem muita segurança aqui, não tem como alguém passar do limite que está demarcado. Foi uma medida importante que foi adotada, pra melhorar a situação”, afirmou o autônomo Hilton Chaves.

Para o casal de turistas vindos do Rio Grande do Sul, o calor superior a 30° não foi impedimento para saborear um chimarrão (bebida gaúcha típica) às margens do Rio Negro e aproveitar o sol. “É um final de semana excelente. Manaus precisava de uma praia como uma opção de lazer. É uma cidade quente e a praia ameniza o calor”, declarou Endrigo Nunes, que é médico. Sobre a proibição de bebidas alcoólicas, foi taxativo. “É uma medida profilática que evita que as pessoas abusem e tentem ultrapassar as barreiras. Eu concordo. Bebida demais não é legal”, concluiu.

A área liberada para os banhistas é de aproximadamente 25 metros até a margem, com uma distância máxima de 1,5 metros de profundidade. A extensão da praia é de 900 metros.

 

Semed inicia nesta segunda-feira, 15, a chamada do cadastro de reserva do Processo Seletivo

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) inicia nesta segunda-feira, 15, a chamada de 291 aprovados do cadastro de reserva do Processo Seletivo Simplificado (PSC) da secretaria que irá até o dia 29 deste mês. As vagas são referentes a 404 educadores que não tomaram posse na primeira chamada, realizada no período de 11 de março à 09 de abril.

A entrega da documentação da segunda chamada do PSC ocorrerá das 8h às 12h, na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) da Secretaria, localizada na Rua Maceió, nº 2.000, Parque 10 de Novembro, Zona Centro-Sul da cidade.

SemedA Semed informa que 864 educadores foram classificados na primeira chamada do Processo Seletivo, onde 470 já tomaram posse, já estão trabalhando no exercício das funções estabelecidas e outros sendo admitidos para atuar dentro da rede municipal de ensino.

Segundo a chefa da divisão pessoal da Semed, Altina Magalhães, o cadastro de reserva preencherá as vagas não preenchidas das Zonas Leste, Norte e Ribeirinha. A educadora explica como será feito a mais nova etapa do Processo Seletivo.

Infelizmente tivemos uma defasagem de 404 vagas que não foram preenchidas, por algum motivo eles não vieram, ou tiveram algum impedimento, mas já estamos providenciando os substitutos. Neste final de semana estamos aguardando a convocação de 291 educadores que terão um prazo determinado para a entrega de documentos e assumirem seus devidos cargos”, completou

Na sexta-feira, 11, foi divulgado no Diário Oficial do Município (DOM), a relação dos educadores efetivados, contratados e as vagas disponibilizadas no cadastro de reserva do Processo Seletivo.

 

Arthur Neto é destacado pelo PSD como o grande defensor da Zona Franca de Manaus

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), foi destacado pelo presidente nacional do Partido Social Democrático (PSD) e ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, como o grande defensor do modelo Zona Franca de Manaus, durante encontro para anunciar a intenção da legenda em defender o modelo na discussão da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 103/2011, que prorroga os incentivos fiscais à ZFM por mais 50 anos.

CAFE04-AS“Sempre recorri ao Arthur Virgílio na hora de me aconselhar e penso que devo a ele esse compromisso. Ele é um grande político do País e o maior defensor da Zona Franca de Manaus. Sei que Manaus terá um bom futuro com um político competente como o Arthur”, declarou Kassab.

O encontro com Kassab, organizado pelo presidente estadual do PSD, governador Omar Aziz, reuniu grande parte da bancada do Amazonas no Congresso, prefeitos do interior, deputados estaduais e vereadores. Todos foram unânimes em mostrar ao ex-prefeito de São Paulo e a parlamentares de outros Estados que o acompanhavam a importância do modelo econômico para o Amazonas e para a região Norte do País. “Temos que continuar brigando pela prorrogação, mas a votação da PEC tem que ser um pontapé inicial, pois é preciso uma repactuação da Zona Franca, com investimentos em Ciência e Tecnologia, biotecnologia, turismo, madeira, pesca e outras potencialidades  da região”, disse Arthur Neto.

“Gostaria de reconhecer o bom senso prefeito Gilberto Kassab que, mesmo sendo de São Paulo, consegue ter um olhar terno, mais amplo sobre o Brasil. Cobro do meu partido que tenha a mesma posição e sensibilidade”,

Portos da Região Norte e investimento são saída para escoar produção do País

Entretanto, para viabilizar o embarque pela Região Norte, é preciso concluir obras como a da BR-163 e da Ferrovia Norte-Sul.

BRASÍLIA – A solução para o problema do escoamento da produção agrícola passa pela transferência do embarque dos portos de Paranaguá e Santos, na Região Sudeste, para terminais da Região Norte. Especialistas destacam que os portos de Santarém, no Pará, e São Luís, no Maranhão, são mais próximos geograficamente do Centro-Oeste e que sua utilização ajudaria a desafogar a sobrecarga.

Porto de Santarém é uma das soluções para o problema de escoamento de produção do Brasil. Foto: Eunice Pinto/Agência Pará
Porto de Santarém é uma das soluções para o problema de escoamento de produção do Brasil. Foto: Eunice Pinto/Agência Pará

Entretanto, para viabilizar o embarque pela Região Norte, é preciso concluir obras como a da BR-163 e da Ferrovia Norte-Sul, que marcham em ritmo lento. Além disso, como o volume produzido tende a aumentar e há uma defasagem histórica, o País terá que elevar drasticamente os investimentos em infraestrutura para atender às necessidades de escoamento de cargas.

O superintendente de logística operacional da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Carlos Eduardo Tavares, explicou que o governo tem de concentrar obras, dar prioridade à BR-163 e à Ferrovia Norte-Sul. “No caso do agronegócio, chegou o momento de a gente tomar como prioridade essas operações que levam o produto para o Norte de forma a não sobrecarregar Paranaguá e Santos. De uma safra de 87 milhões de toneladas de soja, em torno de 30 milhões são retiradas apenas por dois portos”, defende.

A entidade, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), concluiu estudo no início do mês apontando que no cenário atual o transporte por rodovias sai mais barato do que o multimodal, apesar de produtores reclamarem do valor do frete. “Fizemos o estudo em março e fica quase o dobro. Enquanto o frete rodoviário sai a R$ 370, quando descarregamos e levamos para portos do interior [a fim de encaminhar para portos maiores] o preço sobe e atinge de R$ 650 a R$ 690″, informa.

Para Tavares, “já está na hora de o governo buscar alternativas de modo de transporte”. Entre elas, segundo ele, é melhorar a operação dos pequenos terminais hidroviários e dos portos e investir no modal ferroviário.

Maurício Lima, diretor de capacitação do Instituto de Logística e Suply Chain (Instituto Ilos), empresa de estudos e consultoria em logística, é outro a defender que a transferência dos embarques de grãos para portos da Região Norte é uma boa saída. Mas, segundo ele, a viabilização dos terminais de Santarém e São Luís resolve o problema apenas no médio prazo. “Segundo projeção nossa, até o ano de 2020 haverá aumento de área cultivada e aumento sucessivo da produção agrícola no Brasil. Mesmo escoando pelo Norte, continuará aumentando o volume para Paranaguá e Santos. Grande parte da capacidade dos portos brasileiros já está tomada”, disse.

 

Lima ressalta que ao longo de décadas o investimento do País em transporte e diversificação de modais não ultrapassou R$ 1 bilhão ou R$ 2 bilhões. Para correr atrás do prejuízo, na avaliação do especialista, seria preciso destinar cerca de 2% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas de um país) por ano, o que equivale a R$ 80 bilhões. O número, no entanto, não é realista no contexto das contas do Brasil. “Se tudo der certo, não dá para disponibilizar mais do que R$ 30 bilhões. Nos seus melhores anos, o investimento do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) ficou em R$ 9 bilhões, R$ 11 bilhões. É muito melhor do que já existiu, mas aquém do que a gente tem necessidade”, destaca.

Apagão logístico

Por isso, para o futuro, Maurício Lima prevê uma continuidade do crescimento travado. “Não é uma situação que terá um colapso, um apagão. Mas impede o Brasil de crescer a uma taxa mais forte”, acredita. Lima antevê ainda a continuação de uma tendência já em curso, a saber, o investimento da própria iniciativa privada para garantir o escoamento de sua produção. “O arrendamento de terminais portuários próprios para um fluxo um pouco melhor já acontece, e no curto prazo não deve mudar”.

Segundo Glauber Silveira, presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), enquanto não há melhora os produtores contabilizam prejuízo. Silveira informa que cerca de 80% da safra atual de soja já foi colhida e que o embarque enfrenta demora e dificuldades. “Enquanto o normal em qualquer porto seria um dia de espera, no Brasil está levando até cinco dias. O transporte por rodovia também está mais demorado e caro, em razão das novas regras para descanso dos caminhoneiros”, comenta.

De acordo com ele, “a alternativa é o investimento, mas leva tempo”. O presidente da Aprosoja Brasil defende mais empenho do governo na conclusão de obras como o recapeamento da BR-163 e a adoção imediata de medidas paliativas, como funcionamento dos portos aos domingos e feriados e em mais turnos.

Governador Omar Aziz recebe apoio formal do PSD nacional à luta em favor da Zona Franca de Manaus

O governador Omar Aziz recebeu, na manhã deste domingo, 14 de abril, um apoio de peso na luta que vem travando em Brasília (DF), junto com a bancada amazonense no Congresso Nacional, em defesa da Zona Franca de Manaus. O presidente nacional do Partido Social Democrático (PSD) e ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, garantiu apoio total do partido que tem a terceira maior bancada no Congresso, em favor da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 103/2011, que prorroga os incentivos fiscais à ZFM por mais 50 anos, e da Resolução que garante ao Estado do Amazonas vantagens comparativas na cobrança do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), em relação aos demais Estados brasileiros.

A declaração de apoio aconteceu durante evento organizado pelo PSD no Hotel Caesar Business, em Manaus. Tendo à frente o governador Omar Aziz, que é presidente da legenda no Estado, o evento contou ainda com a presença do líder do partido na Câmara Federal, deputado Eduardo Sciarra, do Paraná, e o senador Sérgio Petecão (PSD/AC), além de prefeitos de vários municípios amazonenses, incluindo o de Manaus, Arthur Virgílio Neto, deputados estaduais e federais e a senadora Vanessa Grazziontin, dentre outras liderançaspolíticas importantes no Estado.

“Prorrogar a ZFM e manter a competitividade é difícil, não é algo tão simples. Temos o apoio da presidenta Dilma, mas é necessário termos o apoio dos deputados e senadores e eu acredito que são iniciativas como essas que nos farão alcançar os nossos objetivos, que são aprovar a prorrogação e, principalmente, a Resolução que nos dá o diferencial do ICMS lá no Senado”, disse o governador, ao destacar a importância do apoio do PSD que tem mais de 50 deputados federais.

Omar Aziz e o próprio Kassab lembraram que a defesa da ZFM está garantida, de forma inédita, no Estatuto do PSD, sendo uma das condições acordadas por ocasião da fundação do partido. Também, de acordo com o governador, foi um dos três compromissos assumidos pela presidenta Dilma Rousseff, com ele em troca de apoio à eleição dela no segundo turno, em 2010. “Pedi a ela que nos ajudasse a prorrogar a Zona Franca e expandi-la para a Região Metropolitana, que nos ajudasse a resolver o nosso problema de energia e com a mobilidade urbana”, ressaltou o governador, ao destacar, também, o esforço de toda a bancada amazonense no Congresso.  Para Omar Aziz, a luta em favor da ZFM não é partidária, uma vez que se trata de alcançar um objetivo comum que é a manutenção do Polo Industrial de Manaus e os empregos gerados no Amazonas.

Além da PEC da Prorrogação, o Governo Federal encaminhou ao Senado Federal, proposta de Resolução que unifica a alíquota do ICMS em 4% para todos os Estados federados. Ao mesmo tempo, a medida exclui o Amazonas, que permanecerá com ICMS diferenciado de 12%, em razão da ZFM. A medida de unificação do ICMS pretende por fim à guerra fiscal. Em contrapartida, o Governo Federal pretende criar um fundo de compensação e um fundo de desenvolvimento regional para recompor perdas dos Estados com a redução e unificação da alíquota do ICMS interestadual.

O esforço do governador e da bancada do Amazonas é para que tanto a prorrogação quanto a Resolução do ICMS sejam aprovadas na forma como foram encaminhados pela presidenta Dilma Rousseff, caso contrário não garantirão as vantagens comparativas necessárias à sobrevivência da ZFM. “Não há compensação na Resolução. O diferencial de 12% que estão lá encaminhados pela presidente Dilma, pela sua sensibilidade, terão que ser mantidos, porque as compensações não substituem os empregos diretos. Este é um momento crucial para a economia do nosso Estado. Por isso precisamos de força política a nosso favor”, concluiu.

Kassab quer perenização – Além de defender a prorrogação, Gilberto Kassab disse que, em um outro momento, será necessário defender a perenização do modelo Zona Franca de Manaus que, segundo ele, é importante não apenas para o Estado da Amazonas, mas também para o Brasil, pelos serviços ambientais que presta e por ajudar a alavancar o desenvolvimento regional. “Trago oficialmente a presença e a voz do partido PSD, que está à sua disposição como legenda para, ao lado do senhor, governador, trabalhar junto com os outros partidos para que a gente possa o mais rápido possível ver aprovada a PEC e, com isso, dar tranquilidade para quem quer investir aqui”, destacou Kassab.

PEC em discussão – Relator da PEC da Prorrogação da Zona Franca de Manaus na Comissão Especial criada na Câmara Federal, o deputado Silas Câmara (PSD/AM) afirma que vai lutar para que o projeto não sofra emendas que prejudiquem sua finalidade. Segundo ele, o próximo passo após a formação da comissão é a realizaçãodos debates envolvendo os órgãos federais ligados à Zona Franca de Manaus, como os Ministérios da Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e da Fazenda, Suframa e Sudam;e representantes das indústrias e dos trabalhadores. “Estamos começando a debater. Espero que a comissão especial aprove o meu relatório e o meu parecer até o final de maio para poder encaminhar ao presidente da Câmara, Henrique Alves, submeter ao plenário da Casa”, disse Câmara.

Nejmi Aziz realiza 4º Encontro de Primeiras-Damas do Amazonas no dia 17 de abril

Primeira Dama do Amazonas Nejmi Aziz
Primeira Dama do Amazonas Nejmi Aziz

A presidente do Fundo de Promoção  Social (FPS) e primeira-dama Nejmi Aziz realizará na próxima quarta-feira, dia 17 de abril, o 4º “Encontro de Primeiras-Damas do Estado do Amazonas”. O evento vai acontecer às 17h, no Salão Solimões do Palácio Rio Negro, localizado na Av. 7 de Setembro, Centro de Manaus.
O objetivo é fortalecer os programas na área social da gestão Omar Aziz e as ações do Fundo de Promoção Social, junto às atuais primeiras-damas dos municípios amazonenses e representantes femininas da sociedade civil e de instituições sociais da capital e interior.

 

 

Assembleia do Amazonas vai gastar mais de R$ 5 mi com aumento de vagas

O gasto do contribuinte para manter todos os gabinetes na câmara chegará a R$ 2,880 milhões por mês.

MANAUS – O aumento de três cadeiras que a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) conquistou na ultima terça-feira (9), custará para a casa quase R$ 5 milhões a mais por ano. O diretor geral da Aleam, Wander Motta, prevê que para adequar a nova realidade ao orçamento a Assembleia precisará realizar cortes com gastos e investimentos. “Teremos que cortar gastos de manutenção, custeio e investimentos, ou seja, deixaremos de fazer outras despesas para que possamos recepcionar essas três cadeiras a mais”, explicou.

Com as novas vagas, o gasto da Assembleia Estadual com os gabinetes sofrerá um acréscimo e chegará a casa de R$38,880 milhões por ano. Desses, 17,7% serão destinadas as verbas repassadas diretamente aos deputados. Cada deputado ganha hoje, além dos R$ 20 mil de salário, mais 100 mil por mês de verbas utilizadas para contratação de funcionários, despesas com viagens, moradia, entre outros. Ou seja, as três novas cadeiras custarão em torno de R$ 360 mil mensal. O gasto do contribuinte para manter todos os gabinetes na câmara chegara a R$ 2,880 milhões por mês.

No entanto, Wander Motta, acredita que não será preciso aumentar o orçamento da assembleia para receber os novos deputados. Ele explica que o orçamento da assembleia é determinado pela lei de diretrizes orçamentárias e é ela que determina o percentual de recursos que é passado à Assembléia estadual sobre a receita do Estado. “Quem vai ter que se adequar é a Assembleia, que terá que se mexer para receber os deputados” afirma. Atualmente 3,8% da receita tributária do Estado são repassadas para Assembleia, o que, equivale neste ano a R$ 220 milhões.

Questionado sobre o impacto que esses gastos poderiam provocar para Assembleia, o Diretor Geral da Aleam ressalta que a Assembléia hoje está preparada e tem condições de ajustar o seu orçamento “Acho que será viável sim, vamos recepcionar os três deputados sem sugerir um aumento no orçamento da Assembleia. Vamos buscar tirar alguns recursos para adequar outros. Acredito que não será sentido grande impacto”. O deputado estadual Sinésio Campos (PT) defende a ideia de que a Assembleia tem recurso financeiro, dentro do seu percentual, para incorporar essas despesas e não sentirá grandes impactos. “Um Estado como o nosso, com 61 municípios, precisava dessas cadeiras, os gastos extras serão mínimos perto dos benefícios conquistados”, opina

Deputados divergem sobre o aumento

O deputado estadual José Ricardo (PT) considera desnecessário o aumento e não poupa critica as bancadas amazonenses. “Temos 8 deputados federais e estes nunca se reúnem. O coordenador da bancada, Eduardo Braga, reuniu a bancada toda uma vez só, durante todo o ano passado. A pergunta é, para que aumentar federal se estão poucos dedicados as causas e a Zona Franca?” “Quanto aos deputados estaduais, em minha opinião os 24 são suficientes para atender as demandas do Estado. Não temos nem a presença dos 24 na Assembleia. Hoje mesmo a sessão começou com 6 e terminou com 4, isso de 24 deputados. Para que aumentar se não discutiremos o orçamento? Hoje 21 dos deputados que são ligados ao governador não deixam discutir o orçamento do Estado. Então aumentar mais 3 para isso, não há necessidade. Temos problemas na água, escola, segurança, isso deveria ser prioridade e não a quantidade de deputados. Não é o momento. O sentimento da população se você perguntar é de que não deveriam aumentar os deputados”.

O deputado estadual Vicente Lopes (PMDB) questiona “Qual o momento para reclamarmos um prejuízo? Não é um aumento de três cadeiras. O Amazonasestava sendo lesado naquilo que diz a Constituição Federal, as bancadas são proporcionais a população. Quem acha que o parlamento não é importante é porque tem algo por trás. Por que nação sem parlamento é nação de ditadores” O deputado também destaca que o povo não irá arcar com nenhum aumento, nem o governo estadual. “O orçamento da  Assembleia é fixo e independe se são três ou 30 deputados. Isso não mudará. Vai depender da nossa capacidade de administração, de economia, para o mesmo trabalho que fazemos com 24, fazermos com 27. Quem diz que isso prejudicará o trabalho está agindo por maldade”.

Vicente também ressalta que a Assembleia tem gasto dinheiro na construção do edifício garagem, na construção do edifício sede, que são feitos de recursos próprios da assembléia “Ela dispõe de orçamento para arcar tranquilamente com esse aumento”,disse.

Manaus reforça frota de ônibus para praia da Ponta Negra

Prefeitura aumentou frota de coletivos em 30%. A expectativa é que mais de cinco mil pessoas compareçam ao balneário neste fim de semana.

MANAUS – Quase 60 coletivos vão operar com itinerário para a praia da Ponta Negra, em Manaus, neste domingo (14). A medida serve para atender usuários de todas as zonas da capital que procurem o balneário do ponto turístico, reaberto na última quarta-feira (10). Os banhistas podem desfrutar do local no período de 8h às 17h. As ações também serão reforçadas com o aumento no efetivo de agentes de trânsito.

De acordo com a Prefeitura, os 59 veículos representam um acréscimo 30% na oferta de ônibus que circulam na Avenida Cel Teixeira (Estrada da Ponta Negra).  As linhas são: 450 – T3/Redenção/P.Negra; 120 – P.Negra/T1/Centro; 542 – Ouro Verde/T2/P.Negra; 678 – T4/T5/V8/P.Negra. A expectativa é que mais de cinco mil pessoas compareçam ao balneário.

Foto: Altemar Alcântara/Semcom

Todos os equipamentos de segurança utilizados pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar foram fornecidos pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). Entre eles, quatro quadriciclos, dois jet skis, dois pranchões, cadeirões, binóculos e outros. No caso de afogamentos, a praia da Ponta Negra contará com um ponto médico da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e uma ambulância de emergência, dentro do horário liberado para o banho.

Foto: Altemar Alcântara/Semcom
Foto: Altemar Alcântara/Semcom

Para monitorar o tráfego de veículos e de pedestres na área da praia da Ponta Negra, o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) direcionou o efetivo de 12 agentes de trânsito, em cada turno do dia. Enquanto houver movimentação de pessoas e veículos, os agentes estarão em postos de serviço, com apoio de viaturas e motos.

Os agentes vão atuar, ainda, no trecho da avenida Cel. Teixeira, sentido praia/centro, para dar apoio à realização do evento ‘Faixa Liberada’, que interdita o tráfego entre o chafariz da Ponta Negra até o primeiro retorno em frente ao condomínio Jardim das Américas. Por conta dessa intervenção, o trânsito irá fluir somente na faixa contrária, em duas mãos.

Desoneração estimula fabricação de celulares do Polo Industrial de Manaus

De acordo com o Ministério das Comunicações, eles poderão ficar até 30% mais baratos do que os importados.

MANAUS – Os smartphones produzidos no País recebem desoneração de impostos (PIS/Pasep e da Cofins), conforme decreto nº 7.981, publicado na edição desta terça-feira (9) do Diário Oficial da União. De acordo com o Ministério das Comunicações, eles poderão ficar até 30% mais baratos do que os importados.

Na opinião do vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Nelson Azevedo, a medida deve incentivar a produção de aparelhos no Polo Industrial de Manaus (PIM). “Acredito que isso trará um aumento significativo da produção do produto, além de favorecer a geração de empregos no segmento”, aponta o porta-voz.

celular ShutterstockE os consumidores comemoram a desoneração, que chegou em boa hora já que o Dia das Mães se aproxima. “Ter um bom celular não é mais um luxo, ainda mais com acesso à Internet, isso é uma necessidade,todo mundo quando está na rua precisa verificar e-mail e conta bancária”, opina a funcionária pública, Andressa Oliveira.

Para o economista da Federação, Gilmar Freitas, a novidade vai trazer outro benefício para o Polo, a competitividade das marcas, já que o valor do produto será inferior ao dos importados. “Não sabemos de até quanto será o aumento da produção ainda, porque é um aparelho que depende da demanda, entretanto como haverá uma redução significativa do preço final, as perspectivas são boas”, acrescenta o especialista.

E é o que também acredita o titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Thomaz Nogueira. Para ele a medida é positiva e pode, ainda, facilitar o acesso da população à Internet móvel. “Com a desoneração sobre o preço do bem final também garantimos a manutenção da competitividade das empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus que, inclusive, poderão ter aumento na demanda”, comentou.

Produção no PIM

Segundo dados do último indicadores da Suframa, nos dois primeiros meses do ano foram produzidos o total de 3.742.613 aparelhos celulares no PIM, 4,02 % a mais do que no mesmo período de 2012, o que representou o faturamento de US$352 milhões. Atualmente, seis empresas do Polo fabricam o produto: Digibrás Indústria do Brasil AS, Elcoteq da Amazônia LTDA, Evadin Indústria da Amazônia, Nokia do Brasil Tecnologia LTDA, Samsung Eletrônica da Amazônia e, Semp Toshiba Amazonas S.A.

Em nota ao Jornal do Commercio, a Nokia afirma que a desoneração de impostos de smartphones é muito positiva e irá beneficiar diretamente osusuários além de contribuir com a inclusão digital e o combate à pirataria. A redução será de 9.25% para aparelhos que já são fabricados no Brasil e terá impacto sobre o preço final do produto, na sua  comercialização.

Atualmente, a fábrica da Nokia, em Manaus, produz mais de dez modelos de aparelhos, incluindo os recém-lançados smartphones com Windows Phone 8 (Lumia 820, Lumia 620 e Lumia 520) e toda a família Asha como Asha 311, Asha 308 e Asha 305. A Nokia ainda aguarda a publicação das especificações técnicas do que é smartphone pelo governo para divulgar quais desses modelos vão se enquadrar no novo decreto.

Características Técnicas

De acordo com o decreto, terão direito à desoneração os celulares com internet em alta velocidade do tipo smartphone com valores até R$ 1.500. Segundo o ministério, entre as características técnicas necessárias do celular, que deverão constar do ato que deve ser divulgado ainda esta semana, estão o wi-fi, aplicativo de navegação e de correio eletrônico, sistema operacional que disponibilize kit de desenvolvimento por terceiros, tela igual ou superior a 18 centímetros quadrados e aplicativos desenvolvidos no país, inclusive por terceiros. Adicionalmente, o Ministério das Comunicações poderá em seu ato estabelecer valores inferiores ao previsto no decreto, a depender dos requisitos técnicos estabelecidos.

O Ministério das Comunicações informou ainda que assinou termo de compromisso com a Associação Brasileira de Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) e com os fabricantes de celulares para que a redução de impostos decorrente da inclusão dos aparelhos na Lei do Bem seja integralmente repassada aos consumidores. A desoneração do PIS/Cofins é dada na etapa de venda ao consumidor.

De acordo com o ministério, está prevista a formação do Comitê de Aplicativos Móveis, formado por representantes do governo, operadoras e fabricantes. O objetivo é estabelecer diretrizes para o desenvolvimento de aplicativos no país e definir como podem ser usados nos smartphones beneficiados pela desoneração.

Segundo o ministério, a linha básica é desenvolver aplicativos focados nas necessidades brasileiras e não apenas traduções de aplicativos de sucesso desenvolvidos em outros países. Outro benefício esperado com a desoneração é incentivar a disponibilidade de aparelhos com tecnologia de quarta geração (4G) no padrão brasileiro, resultado do leilão realizado em junho de 2012. Atualmente, existem apenas três modelos com 4G no mercado brasileiro.

Prefeito entrega 34 ônibus novos à população

O prefeito Arthur Virgílio Neto entregou à população de Manaus, na tarde desta terça-feira (09), 34 novos ônibus, que vão renovar a frota que atende usuários em vários bairros. A entrega ocorreu na Avenida Natan Xavier, no Corredor do Mindu, zona Norte.

“Nós queremos fazer uma renovação paulatina, porque se renovar tudo de uma vez pressiona o aumento da tarifa. Eu vou acertar com os empresários uma cota para cada empresa, para abastecermos as linhas e darmos conforto aos passageiros”, afirmou o prefeito.

Arthur informou, ainda, que a Prefeitura vai monitorar o sistema e implantar o consórcio operacional. “Aquele empresário que tem linhas boas, vai ter ruins também, e o que tem linhas ruins passa a ter linhas boas. Com isso, há equilíbrio no sistema, é o que acontece em Fortaleza, por exemplo, onde houve redução de tarifa, que inclusive é o objetivo que nós temos ao longo do nosso governo”, ressaltou.

Os veículos entregues nesta terça-feira vão começar a circular a partir da próxima segunda-feira (15). Os novos coletivos – 27 da empresa Global e sete da empresa Expresso Coroado – vão atender as linhas 671, 604, 014, 015 e 002.

O superintendente Municipal de Transportes Urbanos, Pedro Carvalho, afirmou que os novos coletivos vão substituir ônibus antigos principalmente na zona Leste. “Esse é o programa que vamos fazer aos poucos, vão entrando novos ônibus, de modo que a população não terá mais ônibus velhos na cidade”, disse.

 

 

Marcelo Serafim com dircurso inflamado pede explicações sobre aumento no preço da farinha

Marcelo Serafim
Marcelo Serafim

O aumento dos preços nos produtos da cesta básica foi o tema abordado, nesta terça-feira,  pelo vereador Marcelo Serafim (PSB) durante sessão plenária na Câmara Municipal de Manaus (CMM). O vereador destacou que a Secretaria de Produção Rural (Sepror) faz propaganda mostrando “que eles fizeram muitas coisas” em relação aos itens regionais, com destaque para o pirarucu, o qual está sendo chamando agora de “bacalhau da Amazônia”, mas não está fazendo a mesma propaganda para explicar o aumento no preço da farinha. De acordo com Marcelo Serafim, a secretaria deveria explicar o reajuste, já que o caboclo não tem a opção de comer este produto regional, pois o valor se compara ao preço do bacalhau tradicional e a farinha que era item básico na mesa do Amazonense, está custando R$12. “A Secretaria deveria vir à público explicar o que esta acontecendo com o preço da nossa farinha. O amazonense está sendo penalizado, pois entre comprar quatro itens da cesta básica e um quilo de farinha, é obvio que o cidadão vai deixar de comprar a farinha”, observou Marcelo Serafim. Para o parlamentar, é um absurdo o fato de um produto oriundo do interior do Amazonas ter um aumento de 200%, enquanto outros que vem de fora do Estado, como o tomate, por exemplo, tiveram aumentos menores. “É essa  a contradição, a farinha vem de municípios próximos da capital e ainda tem gente que vai para a televisão dizer que está tudo bem no setor de produção, mas não tem a mesma coragem para explicar esse absurdo que é o aumento no preço da farinha”, criticou o parlamentar.

 

STF vota hoje aumento de vagas na Câmara Federal para o Amazonas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) colocou em pauta, para a sessão desta terça-feira (9) a votação da petição movida pela Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) que busca a redistribuição das cadeiras na Câmara Federal, uma vez que estados menos populosos que o Amazonas possuem mais vagas de deputados federais, enquanto o Amazonas possui menos vagas do que determina o artigo 45 da Constituição Federal.

O presidente da Aleam, Josué Neto, vai acompanhar a votação em Brasília, a partir das 17h, no plenário do TSE. Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Roberto Sobrinho é preso durante operação, em Porto Velho

Prisão aconteceu na residência de Sobrinho, às 6h desta terça, 9.
“Isso é uma injustiça”, disse o ex-prefeito ao deixar o local.

O ex-prefeito de Porto Velho Roberto Sobrinho foi preso no início da manhã desta terça-feira (9), durante uma operação contra a corrupção, deflagrada pela Polícia Civil em todo país. Cinco mandados de prisão devem ser cumpridos na capital, após 25 servidores da prefeitura e da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdur) serem investigados por desvios de dinheiro, por meio de uma organização criminosa instalada no órgão e chefiada pelo então prefeito.

Roberto sobrinhoPor volta das 5h desta terça, policiais chegaram à residência de Sobrinho, onde a prisão aconteceu, às 6h. O ex-prefeito não foi algemado e ao deixar a casa disse não saber os motivos da prisão. “Isso é uma injustiça”, afirmou Sobrinho.

O ex-prefeito seguiu para a sede do Instituto Médico Legal (IML), em Porto Velho, em uma viatura sem identificação. Os policiais não confirmaram se foram encontrados documentos na residência de Sobrinho.

De acordo com a polícia, o ex-vereador Mario Sérgio, também investigado no esquema de desvios, foi preso e os dois serão encaminhados para a penitenciária de Médio Porte (Pandinha).

Entenda o caso
Segundo investigações da polícia, em conjunto com equipes do Tribunal de Contas do Estado e do Ministério Público de Rondônia, entre 2005 e 2012 a Prefeitura de Porto Velho desviou dezenas de milhões através de uma organização criminosa que se instalou no órgão, chefiada pelo então prefeito Roberto Sobrinho (PT).

Um dos braços da organização era liderado por Sobrinho e o ex-vereador Mário Sérgio que, na época, ocupava o cargo de presidente da Emdur. O esquema desviava verbas da prefeitura em licitações fraudadas, que eram desviadas para empresas fantasmas criadas em nome de laranjas.  Os contratos eram superfaturados e em muitos casos os serviços eram pagos sem terem sido executados.

Sobrinho seguiu em viatura sem identificação para o IML de Porto Velho (Foto: Vanessa Vasconcelos/G1)

Sobrinho seguiu em viatura sem identificação para o IML de Porto Velho (Foto: Vanessa Vasconcelos/G1)

 

Fonte: G1-RO

 

Hermínio Coelho se congratula e destaca obra social da Glomaron

Rondônia – De acordo com o parlamentar, a Maçonaria presta inestimáveis serviços à nação, e de modo especial, a Glomaron é exemplo por sua grandiosa obra social, mantendo todavia, a discrição de seus atos e ações…

O presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho (PSD), se congratulou hoje com os membros da Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia – Glomaron, que no próximo dia 10 de abril, completa 28 (vinte e oito) anos de fundação. De acordo com o parlamentar, a Maçonaria presta inestimáveis serviços à nação, e de modo especial, a Glomaron é exemplo por sua grandiosa obra social, mantendo todavia, a discrição de seus atos e ações.

Ainda de acordo com o deputado Hermínio Coelho em momentos cruciais da história de Rondônia, se observa a presença de um maçom, sempre empenhado na paz, na justiça social , e na fraternidade entre as pessoas. “Envio meu abraço fraternal a todos os maçons – aprendizes, companheiros, mestres, e, em especial, ao grão mestre Juscelino Amaral, por tudo o que tem sido feito em prol da população rondoniense”.

No dia 20 de março de 1985 foram adotadas as medidas necessárias à fundação da Glomaron, sendo designado  Afonso Luis Costa Reis, delegado especial, para presidir as eleições que elegeriam o grão-mestre e grão-mestre adjunto, para dirigirem a futura Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia, o que ocorreu no dia 04 de abril de 1985, no Templo da Loja Fé e Confiança Nº 01, resultando na eleição de Silvio Bezerra da Costa como grão-mestre e Antônio Luiz de Macedo Filho no cargo de grão-mestre Adjunto. Em 10 de abril de 1985, efetivou-se a posse dos eleitos, sob a presidência do  grão-mestre da GLOMAM (Grande Loja Maçônica do Estado do Amazônas), Manoel Ribeiro. A Glomaron foi constituída inicialmente pelas seguintes lojas: “Fé e Confiança” Nº 01, do Oriente de Guajará-Mirim; “Estrela Renascente” Nº 02 do Oriente de Porto Velho e “Águia do Planalto“ Nº03, do Oriente de Vilhena.

Para o presidente da ALE, deputado Hermínio Coelho, a fundação da Glomaron pode ser entendida como um símbolo de uma nova era de bravura, persistência e dinamismo, e que ao longo do tempo foi se mantendo através do trabalho social constante em favor dos menos favorecidos.

Arthur Neto apresenta Plano de Gestão aos secretários

O prefeito Arthur Virgílio Neto reuniu-se com todos os secretários e subsecretários municipais, na tarde desta segunda-feira (8), para apresentar o Plano de Gestão elaborado pela Secretaria Municipal de Finanças (Semef), que irá nortear as ações da Prefeitura nos quatro anos da atual administração. O encontro foi realizado no auditório da Fundação Escola de Serviço Público Municipal (FESPM), no Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul.

Prefeito Arthur Neto
Prefeito Arthur Neto

“É um plano que prevê diminuição de gastos e aumento de arrecadação sem aumento de alíquotas ou criação de novosimpostos”, explicou o prefeito. “Cada secretário terá que honrar as metas estabelecidas de corte de gastos, de despesas e ter disciplina orçamentária para nós podermos mudar a situação econômico-financeira do município para melhor”, disse.

Arthur destacou que, nos primeiros três meses de sua gestão, foram economizados R$ 60 milhões e a meta é economizar mais R$ 20 milhões neste mês de abril. O prefeito informouainda que a atual gestão está pagando R$ 10 milhões por mês de contas passadas consideradas essenciais.

O secretário Municipal de Finanças, Ulisses Tapajós, ressaltou que a principal preocupação este ano é a situação financeira da Prefeitura. “Nós iniciamos a nossa gestão com um grande déficit financeiro. É preciso concentrar a atenção na área financeira, no aumento da receita, na redução das despesas e na geração de projetos que nos permitam conquistar recursos do governo federal e entidades internacionais”, afirmou.

Ulisses Tapajós disse que o Plano de Gestão elaborado pela Semef irá sanear as contas e permitir investimento em novos projetos. “Temos de abril a dezembro para recuperar a nossa situação financeira e criar condições para transformarmos Manaus, que hoje se encontra triste, esburacada, quebrada, em uma das melhores cidades para nós vivermos no Brasil”, concluiu.

TRE arquiva processo contra Amazonino Mendes

Amazonino MendesEm decisão publicada hoje pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o pleno do colegiado decidiu pelo arquivamento do Processo Administrativo n. 3514-92.2010.6.04.0000 – Classe 26, denunciado pelo deputado Marcelo Ramos e impetrado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) contra Amazonino Mendes e a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), em que trata de Representação para exercício do Poder de Polícia, Violação à Resolução de Propaganda Eleitoral, com pedido de liminar, em face de reunião que se realizou no Buffet “Atenas”, em setembro de 2010, com oobjetivo de promover determinadas candidaturas.
Segundo o relator da matéria, desembargador Aristóteles Thury, o propósito da Representação havia sido alcançado e que dos fatos apurados resultou o ajuizamento da AIJE nº 5027-95, devidamente julgada e arquivada no Supremo Tribunal Eleitoral (STE) e concluiu: “Desta feita, tendo alcançado seu objetivo a representação, defiro a promoção ministerial determinando o arquivamento destes autos”.

Opinião do Blog do Daniel:


É inacreditável como a justiça do Amazonas é frouxa quando se trata dos poderosos, dos verdadeiros dono do Amazonas, justiçazinha que fica calada, ou arquiva com argumentos sem cabimento. Tem quem diga que o Amazonas é uma terra sem leis, eu descordo, tem leis sim, mas quem fazem as leis são os políticos e quem é amigo de juízes, advogados, desembargadores e promotores, também são os políticos, será por isso que os processo contra eles são arquivados?  Como diria um amigo meu, melhor um amigo na praça do que 1 milhão no bolso, no caso dos políticos eles tem mais de 1 milhão e ainda tem os ”amigos” aí fica fácil.

Cesta Básica de Manaus é a 3ª mais cara do País

Cesta BásicaDe acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira (8) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em março, o preço da cesta básica aumentou em16 das 18 capitais, as maiores altas foram apuradas em Vitória (6,01%), Manaus (4,55%) e Salvador(4,08%).

Manaus ocupou a 3ª colocação no aumento, com o valor da cesta básica em R$ 328,49. São Paulo continua com a cesta básica mais cara do País, custando R$ 336,26. Em segundo lugar vem o conjunto de alimentos de Vitória em R$ 332,24.

Marcelo Serafim fala sobre reunião feita com os parlamentares da base aliada

Em entrevista aos jornalistas na Câmara Municipal de Manaus (CMM), nesta segunda-feira (08), o vereador Marcelo Serafim (PSB) informou que o próximo encontro dos parlamentares da base aliada ao prefeito Artur Neto (PSDB) será, em sua residência. No último sábado (07) a reunião foi na casa do vereador Hiran Nicolau (PSD). “Hoje na base aliada temos 31 vereadores. A ideia destes encontros que devem ser mensais é deixar a base justamente unida, ou seja, afinada em relação aos temas do cotidiano do parlamento municipal” esclareceu o parlamentar. Participaram da reunião 29 vereadores, sendo que dois justificaram ausência. Ao ser questionado sobre o papel da oposição na CMM, Marcelo Serafim reconheceu a importância dos oposicionistas. De acordo com o vereador o papel da oposição é justamente alertar para os problemas que são observados na sociedade e isso permite uma reflexão por parte de todos os vereadores do que deve ser corrigido em prol do bem da nossa estimada população.

CMMAinda na Câmara, a mídia foi outro assunto em destaque. Os vereadores apresentaram também moção de parabenizarão aoSindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJPAM) pela passagem do dia da imprensa que foi comemorado no dia 07 deste mês. O vereador Marcelo Serafim também apresentou o documento parabenizando os jornalistas. “A missão do profissional da imprensa é fundamental para uma sociedade democrática de direito. Meus parabéns a todos os jornalistas de Manaus pelo trabalho de informar ao público sobre os temas relevantes do dia de forma coerente, ética e de qualidade” destacou Marcelo Serafim.

Crime no trânsito

No pequeno expediente na Câmara Municipal de Manaus, o vereador Álvaro Campelo (PP) parabenizou a juíza da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Mirza Telma e a Justiça do nosso Estado. Na última sexta (05) a juíza proferiu a sentença que condenou a 31 anos de prisão, por crime doloso (quando há intensão de matar) o homem que tirou a vida do pequeno Mateus, em junho de 2010. Mateus era sobrinho o vereador Marcelo Serafim (PSB). “Ele (Cristian Souza) vai responder em liberdade, mas é a primeira vez que esse julgamento é considerado crime doloso, isso mostra que álcool e direção não combinam e podem fazer vítimas fatais no trânsito” finalizou Campelo da tribuna da Casa.

Omar começa a fazer visitas aos municípios do interior

O governador Omar Aziz (PSD) inicia neste final de semana uma série de viagens que deverá fazer, ao longo do ano, a municípios do interior.
Neste sábado (6) e domingo (7) serão a vez de Parintins (a 475 quilômetros de Manaus) e Boa Vista do Ramos (a 623 quilômetros da capital), receber a comitiva que, além de Omar e do vice-governador, José Melo (PMDB), será composta pelos secretários de Governo, Rebecca Garcia (PP), da Infraestrutura, Waldívia Alencar; e da Produção Rural, Eron Bezerra (PCdoB) e de alguns deputados estaduais.

Omar Aziz
Omar Aziz

A viagem, num primeiro momento com um cunho estritamente administrativo – haja vista que o governador irá vistoriar o andamento das obras da reforma do bumbódromo, em Parintins, além de entregas de implementos agrícolas a produtores rurais destes dois municípios, terá um efeito bastante político.

 

Nas últimas semanas, Omar Aziz tem estabelecido uma agenda intensa de reuniões com prefeitos do interior na sede do governo, em conversas reservadas em seu gabinete.
A secretária de Governo, Rebecca Garcia, afirmou que Omar vem se encontrando com alguns prefeitos e tem agendado visitas em alguns municípios até o dia 16 de deste mês e destacou a ida de Melo nestas viagens. Rebecca disse ainda que o governador planeja fazer visitas com uma comitiva para vários municípios do interior do Estado, cumprindo seu papel de governador.
Segundo informações da Agência de Comunicação do Governo (Agecom), Omar visitará obras de infraestrutura urbana em Parintins, especificamente a obra de reforma e ampliação do bumbodrómo, que é coordenada pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e Secretaria de Cultura (SEC), além de visitar áreas em processo de erosão na orla do município.
Em Boa Vista dos Ramos entregará 2.325 implementos agrícolas como parte da política de assistência à agricultura familiar, coordenada pela Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror).

Arthur completa cem dias à frente da gestão municipal

Na próxima quarta-feira ( 10), o prefeito Arthur Neto (PSDB) completa cem dias à frente da gestão municipal. Nos últimos anos, esse período inicial das gestões públicas ganhou importância. Na opinião do economista Rodemarck Castelo Branco, que coordenou a transição do governo tucano, esse período é importante para resolver problemas detectados durante o intervalo de transição e dar início às atividades prioritárias da nova gestão.

“Os cem dias servem para sanar problemas inadiáveis. Também é a oportunidade que o novo gestor e a população têm para se familiarizarem”, analisou.

Artur NetoDesde janeiro, Arthur vem pondo em prática uma reforma administrativa para ‘enxugar’ a máquina pública, em sua maioria traduzida em mudanças na estrutura de algumas secretarias municipais. A versão definitiva da reforma deve ser publicada no Diário Oficial do Município (DOM) até dia 10 e consistirá em 25 decretos, ou seja, um para cada uma das 17 secretarias e oito entidades da administração indireta.

Reforma

O chefe do Gabinete Civil, Lourenço Braga, explicou que a reforma definirá a nova estrutura administrativa do município, com a extinção de algumas secretarias e a aglutinação de outras, como já vem ocorrendo. O número de pastas e autarquias foram reduzidos de 33 para 25, anunciadas ainda em dezembro de 2012 pelo então prefeito eleito Arthur Neto. As subsecretarias foram reduzidas de 42 para 35. Com a Lei Delegada em vigor, todas essas medidas poderão ser consolidadas sem a autorização da Câmara Municipal de Manaus (CMM).

Entre as medidas também está a contenção de despesas que começou com a revogação do aumento de vencimentos concedidos ao prefeito, vice-prefeito, secretários e subsecretários. Com essa redução a prefeitura espera economizar até R$ 2,4 milhões por mês.

Arthur também quer transformar a prefeitura em uma ‘fábrica de projetos’, como divulgou tão logo assumiu. “Precisamos ter projetos em todos os lugares, usar todas as possibilidades, vamos aproveitar financiamentos da Caixa Econômica, BNDES e de onde mais surgir para armazenar recursos e poder investir em nossas necessidades”. Na busca por estes investimentos, ele já realizou três viagens a Brasília.

Ele também revelou, por meio de relatório feito nas contas do município, que herdou uma dívida de R$ 350 milhões. Além disso, o Fundo Único de Previdência do Município de Manaus (Manausprev) também precisou de medidas emergenciais para sanar um déficit de R$ 300 milhões, que poderia comprometer a liberação de recursos para o município. Para resolver estes problemas financeiros, a prefeitura recorreu ao Ministério da Previdência para realizar o parcelamento da dívida que possui com o Fundo.

Obra da Manaus Ambiental interdita Av. Cel Teixeira mais uma vez

A Avenida Cel. Teixeira, em frente ao bar Porão do Alemão, no sentido  centro/Ponta Negra, Zona Oeste, está interditada desde a tarde deste sábado,06. Durante a interrupção do tráfego,  a empresa distribuidora de água Manaus Ambiental fará um reforço na pavimentação da via, no mesmo trecho onde, no último dia 21 de março, houve o rompimento de uma adutora.

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) está coordenando a circulação de veículos na área orientando condutores para desviar do trecho interrompido. Quem pretende chegar no bairro da Ponta Negra, deve acessar a Avenida Ipase, para chegar na Avenida Brasil e, na altura do conjunto Ayapuá, novamente alcançar a Avenida Cel. Teixeira.
A Manaus Ambiental informou ao Manaus trans que os serviços de recuperação do pavimento devem ser concluídos ainda neste final de semana.

 

Atendimento de saúde no Rio Amazonas

Arthur Neto
Arthur Neto

O prefeito Artur Neto acompanhou o trabalho das duas Unidades Móveis de Saúde da Mulher e Saúde Médico-Laboratorial, do Programa Saúde Manaus Itinerante que atende mais de duas mil pessoas no rio Amazonas.

Os serviços especializados de mamografia, ultrassonografia e oftalmologia entre outros são oferecidos para as comunidades de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro (a 75 km de Manaus), Nova Vida, Guajurá, Paraná do Thiago, Karamuri e também as pessoas que chegam dos municípios de Itacoatiara, Careiro e Autazes.

O diretor de Saúde, Otaniel Silva, explicou que a demanda é grande, mas a equipe dá conta dos problemas (diarréias, viroses, malaria, acidentes entre outros) especialmente nas pessoas de terceira idade, crianças e mulheres que são os mais afetados.

A falta de remédios é outro problema que persiste, assim como também uma reforma do prédio além da necessidade de contar com um posto policial para a segurança do lugar. Silva salientou que o papel do agente local de saúde em visitar casa por casa é importante, pois garante a assistência local através da orientação e também educando as famílias particularmente nos temas de planejamento familiar e doenças sexualmente transmissíveis.

SAMU será instalado na comunidade

Na ocasião, o secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, explicou que os atendimentos serão reforçados juntamente com a Unidade Móvel Fluvial (o barco Catuiara) e anunciou que a partir de agora o SAMU será instalado no lugar (Nossa Sra. do Perpetuo Socorro) a fim de melhorar o atendimento.

No rio Amazonas, as duas unidades móveis (Saúde da Mulher e Saúde Médico-Laboratorial) atenderão exames de prevenção ao câncer de colo de útero e de mama (preventivo, ultrassonografia, mamografia) e oftalmologista.

Prefeito ofereceu melhoras na escola

A escola vem atravessando uma série de problemas desde a falta de tampas nos tanques de água, banheiros quebrados, infraestrutura inacabada até equipamentos sem funcionamento (computadores). Ante este panorama, o Prefeito Artur Neto disse que irá mudar escola de lugar, bemo como atenderá ao pedido para construção de uma quadra esportiva.

Governo envia força nacional para obras de jirau e santo antônio

Rondônia – A exemplo de medida adotada para garantir a segurança na usina de Belo Monte, no Pará, o governo decidiu enviar tropas da Força Nacional de Segurança Pública também às usinas hidrelétricas de Jirau II e Santo Antônio, em Rondônia, com obras ameaçadas por greve de trabalhadores.

Foi o que determinou o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, na portaria 1.441 publicada na edição de hoje do “Diário Oficial da União”.

Cardozo diz que a solicitação partiu do governador de Rondônia, que enviou ofício com o pedido em 8 de março. As tropas ficarão nas duas usinas que estão em construção no rio Madeira por 180 dias.

Canteiro de obras da usina de Jirau, em Rondônia
Canteiro de obras da usina de Jirau, em Rondônia

GREVE

Nesta semana, milhares de trabalhadores das usinas de Jirau e Santo Antônio entraram em greve e paralisaram as obras. As usinas empregam, respectivamente, cerca de 17 mil e 13 mil funcionários da construção.

Os funcionários exigem reajuste salarial de 15%, aumento na cesta básica de R$ 270 para R$ 350 e PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de 50 horas (hoje é de 30), segundo o vice-presidente do Sticcero (Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Construção Civil do Estado de Rondônia), Altair de Oliveira.

As obras da usina de Santo Antônio são comandadas pelo Consórcio Construtor Santo Antônio (CCSA) e as de Jirau são de responsabilidade da Camargo Corrêa. Ambas as construtoras pediram intervenção da Justiça na greve.

Cardozo justifica na portaria que o uso das tropas policiais tem o objetivo de de garantir a incolumidade das pessoas, do patrimônio e a manutenção da ordem pública.

Monotrilho ‘sai do papel’ a partir de junho; obra prepara Manaus para Copa

Construção vai custar R$ 1,4 bilhão, sendo R$ 600 milhões de empréstimo da Caixa; obra demora 40 meses.

MANAUS – As obras de construção do monotrilho de Manaus começam em julho deste ano. Pelo menos é o que garantiu o coordenador da Unidade Gestora da Copa – Amazonas (UGP Copa), Miguel Capobiango, caso ocorra a liberação de R$ 600 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – ainda análise em Brasília. A obra vai custar R$ 1,4 bilhão, sendo R$ 800 milhões que a Caixa Econômica Federal (Caixa) deve emprestar, em maio, ao executivo estadual.

Obras do monotrilho e BRT começam em julho. Foto: Divulgação/ UGP Copa.
Obras do monotrilho e BRT começam em julho. Foto: Divulgação/ UGP Copa.

A previsão de conclusão da obra é de 40 meses. “(O dinheiro da Caixa) É um financiamento como outro qualquer, pois não está mais relativa ao campeonato mundial. A tramitação é a mesma: análise, solicitação, crédito. No caso deste  projeto, ainda teremos uma segunda operação, a contrapartida de R$ 600 milhões, por meio da Caixa Econômica Federal”, explicou.

Por perder a característica de “obra para a Copa”, a construção do monotrilho saiu da responsabilidade da UGP Copa e passou para a  Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra). A titular da pasta, Waldívia Alencar, informou ao portalamazonia.com que os trabalhos estão em andamento.  As obras foram iniciadas com a realização da prospecção e mapeamento do solo onde serão colocadas as vigas de sustentação do transporte. Das 700 sondagens previstas no projeto, 660 serão específicas para a colocação de pilares de sustentação das vigas. Nas palavras da secretária, esse serviço “está bem adiantado”.

Questionada sobre as obras atuais de infraestrutura estarem relacionadas ao monotrilho, a secretária explicou que não há obra paralela especificamente para o projeto. “As ações desenvolvidas em termos de mobilidade urbana, como os anéis viários Leste e Sul, por exemplo, fazem parte de outro projeto, embora venha a contribuir consideravelmente com a melhora da fluidez do tráfego de veículos na cidade”, salientou.

Ao todo, o monotrilho terá 20 quilômetros de extensão, partindo do Eixo Norte-sul (desde o Centro de Manaus) até a zona Leste, no Terminal de Ônibus 4 (no bairro Jorge Teixeira). Serão implantadas nove estações em todo o percurso, conforme mapa abaixo. Cada trem motorizado terá capacidade para 900 passageiros.

Início

Monotrilho terá nove estações ao todo. Foto: Divulgação
Monotrilho terá nove estações ao todo. Foto: Divulgação

As obras do monotrilho começam pelo bairro Cidade Nova (zona Norte), ao contrário do primeiro projeto, com a fase inicial começava na Avenida Constantino Nery, uma das vias de acesso à Arena da Amazônia – complexo esportivo onde ocorrerão os jogos da Copa do Mundo de Futebol da Fifa, em 2014.

A modificação é necessária para amenizar a interferência no fluxo principal das Avenidas Torquato Tapajós e Constantino Nery. A construção das estações de passageiros são as últimas etapas do processo, devido a necessidade de alargamento de canteiros e fechamento de trechos de vias. “Como as obras são de mobilidade urbana, haverá intervenções no trânsito da cidade. As pessoas – pedestres e motoristas – começarão a sofrer o impacto”, assinalou Capobiango.

BRT

Outro módulo de transporte em Manaus pensando para a Copa é Bus Rapid Transit (BRT), cujas iniciam ainda em julho. A informação é da equipe técnica da Secretaria Municipal de Infra-estrutura (Seminf) que confirmou o orçamento para a execução  da obra em pouco mais R$ 222,9 milhões. As desapropriações estão estimadas em R$ 150 milhões.

 

Atualmente, o projeto está sofrendo algumas adequações necessárias para a ligação com o atual sistema de transporte coletivo. Os atuais pontos e terminais de ônibus serão reformados para receber os veículos do BRT. O custo da reforma está inserido no valor total da obra.

Crise nos termoplásticos faz onda demissionária voltar ao PIM

Após acumular nos últimos oito meses 3.696 demissões, o setor termoplástico do Polo Industrial de Manaus (PIM) volta a ser abalado por mais uma onda demissionária.
Duas das maiores empresas de injeção plástica, Masa da Amazônia e Tuttiplast, anunciaram nesta sexta-feira (5) corte de mão de obra como forma de aliviar a falta de demanda por produtos no setor. A Masa demitiu 215 funcionários, enquanto para a próxima segunda (8) a Tuttiplast prometeu cortar pelo menos 220 pessoas.
Com isso, de acordo com dados divulgados pelo Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Termoplásticos de Manaus (Sindplast), as demissões acumulada no setor durante o primeiro trimestre (1.300 ao total) já são 65,84% maiores que em igual momento do ano passado, quando a termoplastia amazonense dispensou 444 funcionários.
No entendimento do presidente do Sindplast, Francisco Brito, a atual crise por que passa o setor é decorrente do fato de quase 80% dos produtos comercializados terem sido importados nos dois últimos anos.
Segundo ele, há meses as fábricas vêm operando com capacidade fabril ociosa, devido principalmente à redução de pedidos e constantes perdas de fatias no mercado para produtos que entram no Brasil pagando menos impostos.
“Apesar do aumento do Imposto de Importação de 18% para 35% ter gerado um leve aquecimento na produção, o problema não foi resolvido. Ela carece de complementação, pois muitos fabricantes do bem final continuam importando indiscriminadamente, ‘sufocando’ a indústria componentista, nos segmentos de estamparia, injeção plástica e cabos elétricos”, disse Brito.
De acordo o Sindplast, das pouco mais de 13 mil pessoas que faziam parte do setor produtivo da indústria em 2012, restam agora 6.700 empregados, ou seja, uma redução de quase 95% na mão de obra.
Patrões também denunciam
Segundo o vice-presidente do Sindicato da Indústria de Materiais Plásticos do Amazonas (Simplast), Carlos Monteiro, as demissões são resultantes da entrada indiscriminada de produtos importados similares mais baratos que os produzidos no Polo Industrial de Manaus (PIM) e devido à falta de demanda em segmentos como os de eletroeletrônicos e duas rodas.
Monteiro fez questão de frisar que apesar do bem intencionado impulso de proteger a indústria nacional aumentando a alíquota de resinas importadas, o governo comete grave erro ao postergar discussões importantes como a aprovação dos Processos Produtivos Básicos (PPBs) para a indústria de splits e motocicletas.
“Resumidamente poderíamos dizer que em sua maioria (mas não todos), os fabricantes de condicionador de ar split estão montando produtos ‘nacionais’ com componentes importados e da mesma forma deixando de sustentar e gerar tecnologia, emprego e renda no território nacional. E pior: essas indústrias se valem de algumas ‘brechas’ do PPB para por no mercado nacional seus produtos”, declarou.
Dados divulgados pelo Simplast apontam ainda para uma ‘fuga’ de empresas termoplásticas do PIM. “Está havendo um esvaziamento do setor no PIM. Existem atualmente 80 empresas de injeção plástica atuando no Estado, das quais apenas duas grandes das oito que havia. Além disso, 95% das pequenas fecharam, não resistiram à falta de demanda”, concluiu.
Suframa
Para o titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Thomaz Nogueira, o atual momento de crise do setor realmente é preocupante, mas é uma questão estrutural, de mercado. Em nota encaminhada à reportagem, ele disse que a autarquia vem acompanhando de perto a questão.
“Muitos produtos que usam plástico estão reduzindo a quantidade do material a cada ano, como é o caso das TVs, por exemplo. A quantidade de plástico que hoje vai na moldura de uma TV nem se compara a que ia antigamente, nas TVs de tubo. E cada novo modelo que sai, sai com a borda mais fina. A tendência é que sequer tenham essa borda no futuro”, explicou.
Nogueira acrescentou ainda gargalos como a verticalização cada vez maior das empresas, que vêm assumindo a produção termoplástica em suas plantas e as mudanças previstas para este ano nos PPBs para garantir maior agregação de valor local.
“Estamos em pleno processo de discussão dos PPBs dos splits, das motos e deve iniciar, em breve, a de eletroeletrônicos. Nos splits, por exemplo, estamos sugerindo que, pelo menos, 50% seja local num primeiro momento, indo para 60% no ano seguinte, até chegar em 70% no terceiro ano. Mas mudanças não dependem só da Suframa. Temos que equilibrar muito bem as mudanças para que não afete nossa produtividade. De um modo geral, nossos números, até fevereiro, indicam que temos saldo positivo de empregos no PIM no primeiro bimestre do ano”, informa em nota.

Câmara lança cartilha para orientar população sobre trabalho de vereador

O livreto será distribuído entre os movimentos sociais organizados conforme a quantidade de integrantes e estará disponibilizado na sede da CMM.

Manaus – Comissão de Legislação Participativa (Comlep) da Câmara Municipal de Manaus (CMM) lançou nesta sexta-feira, a cartilha ‘Poder Popular’.

A cartilha contém orientações acerca da função do vereador, além de uma explicação detalhada sobre a competência da própria Comlep.

O documento esclarece também sobre quem pode apresentar sugestões ao Legislativo. O livreto será distribuído entre os movimentos sociais organizados conforme a quantidade de integrantes e estará disponibilizado na sede da CMM.

De acordo com o presidente da comissão, vereador Professor Bibiano (PT), a proposta do grupo de trabalho é conscientizar tanto o cidadão comum como os movimentos sociais de seu papel junto à Câmara Municipal e das atribuições desse Poder em relação à Prefeitura.

“Esperamos que depois de amplificadas as informações haja o despertar do entendimento do cidadão e eles venham nos ajudar. A ideia é lutar contra a cultura do comodismo que perdura em nossa sociedade, de espera pela bolsa, pelo prato de sopa, sem agir”, afirmou.

O vereador ressaltou que a comissão deverá ser pautada essencialmente pelas reivindicações dos populares. Porém, a comissão tem estabelecida, previamente, duas pautas: a universalização da água e o transporte público.

Participaram do lançamento do livreto, cerca de 25 entidades. A reunião da comissão será realizada quinzenalmente.

Reunião para ‘afinar’ discurso dos primeiros cem dias de gestão Arthur

Os cem dias de governo de Arthur Neto (PSDB) só serão comemorados na próxima semana, mas neste sábado(6) o prefeito de Manaus se reunirá com os vereadores da base aliada e o secretário municipal de Governo, Humberto Michiles, para afinar o discurso político entre os parlamentares.

A reunião foi uma ideia do vereador Wilker Barreto (PHS), líder do prefeito da Câmara Municipal de Manaus (CMM), e será realizada às 20h deste sábado na residência do vereador Hiran Nicolau (PSD), localizada num condomínio na avenida Constantino Nery, Chapada, Zona Centro-Sul.

Prefeito Arthur Neto e vereadores aliados se reúnem amanhã à noite, sob o signo da ‘confraternização’ entre eles – foto: divulgação
Prefeito Arthur Neto e vereadores aliados se reúnem amanhã à noite, sob o signo da ‘confraternização’ entre eles – foto: divulgação

O presidente da CMM, Bosco Saraiva (PSDB), disse ao EM TEMPO que todos os vereadores da base aliada – em torno de 30 parlamentares – confirmaram presença e afirmou que, “sem dúvida” irão discutir assuntos políticos. “Evidentemente, a reunião acontecerá em torno dos cem dias. Iremos fazer uma avaliação de tudo que já foi feito e como proceder daqui para frente. Quando políticos se reúnem com certeza discutem política, não discutem sobre jogos de futebol”, disse.

Wilker endossou as declarações de Bosco e disse que, como são um grupo político, eles têm que estar “entrosados para o melhor desempenho dos trabalhos”. “Não é uma comemoração como algumas pessoas têm falado. Somos um grupo político e é importante estarmos com o mesmo discurso, colocar nossas idéias para que a coisa funcione melhor. Essa atitude não é algo novo, o governador faz reuniões assim, outras lideranças também. Um governo que se inicia agora precisa se fortalecer dentro do parlamento”, enfatizou.

O anfitrião, Hiran Nicolau, por sua vez, discordou que o encontro terá um cunho político. “É apenas uma confraternização entre o prefeito e os vereadores. Todos os 41 vereadores foram chamados, mas nem todos comparecerão. Não há cunho político. É um momento para renovar as amizades”, declarou.

O mesmo discurso foi adotado por Marcelo Serafim (PSB). Ele disse que será apenas um jantar de confraternização. “Não há nenhuma formalidade nesse jantar, é mais uma ocasião para confraternizar, embora debater assuntos políticos seja importante para o nosso alinhamento”, disse.

Programa do PDT vai enaltecer trajetória de Amazonino

O ex-prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, será a principal estrela das inserções do PDT na televisão e no rádio, a serem veiculadas até o final deste mês, segundo informou o presidente do diretório regional do partido, Stones Machado.

Autorizadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os programas do PDT mostrarão a trajetória política de Amazonino e dará ênfase a alguns dos trabalhos que realizou em Manaus quando foi prefeito da capital, adiantou Stones.

Amazonino Mendes
Amazonino Mendes

Ele disse que vereadores da legenda deverão participar, além de prefeitos eleitos em outros Estados brasileiros, inclusive ex-gestores que possuem uma história importante para o partido. “Ainda estamos trabalhando nas gravações. Mas, importantes figuras estarão nessas inserções e garanto que Amazonino Mendes tomará uma grande parte do programa, pois tem uma história a contar, é um companheiro nosso, além se ser o nosso presidente de honra”, declarou.

Stones contou ainda que o setor primário será objeto central das veiculações, destacando a grande importância que a área tem para o Estado do Amazonas, mas que não tem tido crescimento por falta de incentivos para o desenvolvimento.

“O setor primário tem fundamental importância para o Amazonas e é isso que iremos demonstrar por meio dos nossos programas. Temos uma imensidão de terra que poderia ser ocupada, principalmente nos municípios do interior. Se houvesse mais investimentos eles poderiam produzir grãos e muitos outros produtos. A Zona Franca de Manaus é o nosso maior patrimônio sim, mas o setor primário tem sido esquecido. O Estado não pode ser dependente só do governo federal. O interior precisa de mais renda e incentivos”, enfatizou.

O vereador Luiz Alberto Carijó (PDT) disse que ainda não gravou participação no programa, mas reafirmou que o ex-prefeito deverá apresentar aos telespectadores e ouvintes as heranças que deixou da sua gestão, projetos que foram continuados pelo seu sucessor, a exemplo do “Carretas da Mulher”, “O Leite do Meu Filho” e o “Bolsa Família Municipal”.

Arthur admite quebra de contrato com Manaus Ambiental

O prefeito Arthur Neto já admite a possibilidade de romper contrato com a concessionária Manaus Ambiental.
Ele afirmou que a auditoria a que a empresa será submetida irá esquadrinhar meticulosamente todos os setores da concessionária a fim de detectar as possíveis irregularidades que possam contribuir para multas que levem ao encerramento do contrato.
Na semana passada, prefeito tomou medidas para intervir na Manaus Ambiental – foto: divulgação
Na semana passada, prefeito tomou medidas para intervir na Manaus Ambiental – foto: divulgação

Na semana passada, Arthur acionou a Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) para realizar um levantamento das irregularidades presentes na Manaus Ambiental, e que até o momento foram identificados 8 quilômetros de tubulações danificadas.

Ele disse que tem consultado juristas e especialistas para “encurralar a empresa” e elencar todas as falhas que possam acarretar multas. Arthur também não garantiu a transferência do “Programa Águas para Manaus” (Proama) para o grupo.
Ele acredita que em 60 dias após o fim da auditoria, que deve começar no próximo dia 18, terá elencado todas as informações necessárias para pressionar a Manaus Ambiental a romper o contrato.
O secretário municipal de Governo, Humberto Michiles, afirma que todos os aspectos jurídicos e técnicos do contrato da concessão de água estão sendo avaliados e essas informações vão dizer se a empresa tem condições de assimilar o Proama.
Segundo a Secretaria Municipal de Comunicação (Sem­com), alguns pontos do contrato com a Manaus Ambiental são “muito flácidos e deixam margem para interpretações”.
De acordo com o documento, as multas aplicáveis podem chegar a até R$ 10 milhões. A Semcom informou que a comissão de auditoria, liderada pelo presidente da Unidade Gestora da Água (UGA), Elias Ramos, já está analisando internamente a documentação referente ao serviço de concessão de água que está em posse da prefeitura. (IS)

Arthur Neto viaja e Bosco Saraiva assume a prefeitura

Bosco SaraivaO prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, embarcou com destino a São Paulo na noite desta quinta-feira, 4 de abril. Ele foi convidado pelo diretor editorial do Grupo Folha, Otávio Frias Filho para participar de uma série de entrevistas com jornalistas do grupo. O retorno está programado para acontecer na noite desta sexta-feira, 5 de abril.

Durante a ausência do prefeito Arthur  Neto, o presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Bosco Saraiva, assume o Executivo Municipal.

Bosco assume a prefeitura, pois, o vice-prefeito Hissa Abrahão (PPS) também está viajando aos Estados Unidos participando de um seminário de lideranças políticas.

Pista da alça viária da Ufam terá cruzamento com ciclofaixa

A pista da alça viária de acesso à Universidade Federal do Amazonas (Ufam) receberá, em breve, uma revisão do projeto, proposta pelo presidente do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), Roberto Moita, que prevê no local um cruzamento com ciclofaixa, acessos com rampa para cadeirante e faixa contínua de pedestre (sinalização horizontal).

A obra de ampliação da alça viária e retorno da Ufam é uma medida compensatória, cujo termo de compromisso e responsabilidade foi assinado dia 16 de agosto de 2012. Como é medida compensatória, tem recursos de empresas privadas, não do Poder Público. A pedido do Manaustrans também foi acrescentada sinalização de trânsito noturna. A alteração do projeto terá custo de R$ 42.581,21, apresentando nova estimativa orçamentária, cujo valor inicial era de R$ 424.830,27.

Como a obra foi executada sempre com a liberação da via, para não interditar o trânsito por completo no local, já de difícil tráfego, o asfalto do lado da pista antiga acabou cedendo, o que foi alvo de obra da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). A pista ampliada da alça viária, com asfaltamento novo, está em perfeito estado, segundo constatou equipe da Gerência de Engenharia do Implurb enviada ao local para fazer vistoria.

A obra executada tem garantia de 5 anos, prazo no qual a empresa executante tem responsabilidade com sua manutenção e estrutura. Com a complementação dos serviços, o instituto lembra que a empreitada não está concluída.

Intervenção

A intervenção realizada na avenida General Rodrigo Otávio, em frente ao Campus da Ufam, é uma alça viária com passagem livre. O Manaustrans fez a sinalização da nova movimentação na malha viária local, que foi liberada no final de fevereiro.

O alargamento da via e a alça permitirão que o trecho da Rodrigo Otávio, em frente ao Campus, conhecido por retenções, engarrafamentos e trânsito lento, ganhe maior fluidez com a pista livre no sentido de quem vai do Coroado em direção ao Distrito Industrial.

Marcelo Serafim diz que TJA fará julgamento inédito no AM por homicídio doloso no trânsito

A morte no trânsito foi abordada pelo vereador Marcelo Serafim (PSB), na tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM). O parlamentar informou que, nesta sexta-feira (05), as 8h30 da manhã, no Fórum Henoch Reis, acontecerá o julgamento mais esperado do ano, de Cristian Silva Souza. Em 2010, durante uma procissão ele atropelou e matou Mateus Alves Gomes de quatro anos, sobrinho de Marcelo Serafim. “O fato comoveu a opinião pública, repercutiu no país e agora em decisão inédita, a Justiça do Amazonas vai levar a júri popular o Cristian por homicídio doloso, quando há intensão de matar” disse o parlamentar. Marcelo Serafim enfatizou que no país os acidentes no trânsito fazem, em média, mais de 40 mil vítimas fatais por ano e cerca de 160 mortes por dia. A maioria tratadas como homicídios culposos (sem intensão de matar) e apenas uma minoria é entendida como homicídio doloso. “Nesta sexta, o Amazonas viverá um momento histórico, Mateus nos deixou, mas ficou na minha família o sentimento de que a justiça será feita” disse emocionado.

O pronunciamento de Marcelo Serafim deixou os colegas do Parlamento Municipal sensibilizados. O vereador Elias Emanuel (PSB) lembrou quando acompanhou de perto o drama vivido pelos pais da criança na época do atropelamento e morte do filho. O vereador Álvaro Campelo (PP) criticou “é um assassino que está livre pelas ruas de Manaus, espero que oindicativo apresentado por mim, no mês de março, ao executivo municipal solicitando que a próxima creche a ser construída pela rede municipal receba o nome de Matheus Alves Gomes, venha a ser aprovado”. Professor Samuel (PPS) se identificou com o acidente trágico, lembrando da morte por crime de trânsito dos dois filhos, de uma professora que é amiga dele “A Denise perdeu os filhos, por causa de um motorista que falhou em algum aspecto matando os filhos dela e até hoje ficou a dor e a cicatriz desta morte violenta na família” disse. Os vereadores Roberto Sabino (PRTB) e Rosivaldo Cordovil (PTN) também manifestaram solidariedade à família de Marcelo Serafim. O Parlamentar também parabenizou o ex-vereador Leonel Feitoza, novo diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito pelo rigor na aplicação da Lei Seca e fiscalização nas ruas e avenidas de Manaus, desde que assumiu a direção do Detran-AM, este ano.

Criança morta em procissão

Da tribuna o vereador Marcelo Serafim lembrou do crime de trânsito. “O acidente foi em 2010, quando o Mateus, assistia feliz a procissão em homenagem a Santo Antônio, na zona Oeste de Manaus. Ele estava na calçada da casa de sua avó e foi surpreendido por um motorista irresponsável que em alta velocidade que dirigia carro dele em marcha ré. Embriagado, Cristian tentou dar um “cavalo de pau”, perdeu o controle do veículo matando meu amado sobrinho” disse. Para o parlamentar quem dirigiu embriagado, em alta velocidade, deu marcha ré e um “cavalo de pau” em um evento religioso com várias pessoas no local, de fato assumiu o risco de matar e deve ir para a prisão. “Peço a Deus que nos dê paz de espírito para continuarmos em nossa luta. Ela certamente resultará em avanços com objetivo de evitar com que outras famílias sofram o que nós sofremos” finalizou.  Nas redes sociais familiares e amigos de Mateus têm divulgado a foto da criança e a data deste julgamento inédito, em Manaus, com a frase “05 de abril, neste dia será feita a justiça dos homens”.

MP vai intensificar investigações sobre violação de direitos de pacientes psiquiátricos em Porto Velho

Airton Pedro Marin Filho disse que as graves violações identificadas pela Comissão da Ordem no atendimento aos pacientes psiquiátricos no Hospital de Base, merece uma resposta imediata e apuração de responsabilidades.

O Corregedor-Geral do Ministério Público de Rondônia, Airton Pedro Marin Filho, recebeu na manhã desta terça-feira, dia 2 de abril, o relatório final da inspeção realizada pela Comissão de Defesa dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Rondônia (OAB/RO), sobre irregularidades no atendimento de pacientes na ala psiquiátrica do Hospital de Base, em especial de presos que cumprem  regime de segurança.

O relatório foi entregue pelos integrantes da Comissão, presidida pelo advogado Rodolfo Jacarandá, na sede do MP-RO, em Porto Velho, que pediu providências ao Ministério Público de Rondônia para apurar possíveis cometimentos de crimes de maus tratos, abusos e eventual casos de tortura, já que foram encontradas ao menos três pessoas acorrentadas, situação que perdurava há quase seis meses, entre elas presos que cumprem regime de segurança no local.

De acordo com o Corregedor-Geral Airton Pedro Marin Filho, a violação de direitos no sistema de Saúde Mental do município de Porto Velho já vinha sendo apurada pelo Ministério Público de Rondônia, por meio das Promotorias da Saúde, Cidadania e Probidade Administrativa, e foi com base de relatos de familiares de pacientes e informações colhidas no MP que  a Comissão de Direitos Humanos realizou a inspeção na ala psiquiátrica do Hospital de Base. “De posse desse relatório, muito bem elaborado pela Comissão de Direitos Humanos da Ordem, vamos prosseguir com nossas investigações”.

Airton Pedro Marin Filho disse que as graves violações identificadas pela Comissão da Ordem no atendimento aos pacientes psiquiátricos no Hospital de Base, merece uma resposta imediata e apuração de responsabilidades.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/RO, Rodolfo Jacarandá, disse que conta com a parceria do Ministério Público de Rondônia para apurar as responsabilidades pelas violações ao direitos dos pacientes que necessitam de atendimento psiquiátrico, em especial dos presos que são encaminhados ao sistema.

Rodolfo Jacarandá informou que até nesta terça-feira pela manhã não havia tomado conhecimento oficial do pedido de providências determinado pelo Poder Judiciário para que os presos internados na ala psiquiátrica do Hospital de Base tivessem retiradas as correntes e que aguardava o atendimento do HC impetrado pela OAB para suprimir as violações identificadas na ala psiquiátrica do Hospital de Base.

Legislativo quer contrapartida de empresas para justificar nova tarifa

Nesta terça-feira (2), a Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Amazonas (CDC-Aleam) cobrou uma contrapartida dos empresários do setor de transporte público para justificar o reajuste da tarifa de ônibus, de R$ 2,75 para R$ 3.
Para a Comissão de Defesa do Consumidor, o transporte de massa necessita de melhorias – foto: Joel Rosa
Para a Comissão de Defesa do Consumidor, o transporte de massa necessita de melhorias – foto: Joel Rosa

Segundo o presidente da CDC-Aleam, Marcos Rotta (PMDB), o município adota há anos a postura de primeiro conceder o aumento da tarifa para só depois cobrar melhorias no sistema de transporte público.

“Para justificar esse reajuste, as empresas deveriam abrir as planilhas de custos, nas quais deveriam constar, entre outras coisas, investimentos na melhoria do transporte ou algo que convencesse a sociedade de que o reajuste é preciso. No entanto, até agora, nada nos foi apresentado que justifique a tarifa de R$ 3”, disse o deputado.
Na avaliação do líder do PMDB na Casa, o que falta neste setor é uma contrapartida de eficiência do sistema.
“A grande maioria da população, com certeza, aceitaria pagar a tarifa de R$ 3 se o sistema fosse eficiente e confortável. No entanto, o cidadão cobra uma contrapartida dos empresários, como paradas de ônibus decentes e um transporte que atenda a demanda e suas necessidades”, afirmou deputado.
Rotta afirmou que, embora saiba que o aumento anual da tarifa de transporte esteja em contrato, acredita que o prefeito de Manaus, com o espírito e a história que tem, não haverá de permitir mais que o poder público municipal fique em ‘posição de decúbito dorsal’ para com as empresas de transporte coletivo.
Segundo o presidente, por conta da precariedade, muitas queixas são registradas na CDC-Aleam contra o serviço de transporte público.
“As reclamações vão desde a inexistência de paradas de ônibus até a falta de respeito com os usuários. O serviço é insatisfatório e necessita de melhorias urgentemente”, concluiu.

Governador de Rondônia Confúcio Moura é submetido a uma cirurgia

O Governador de Rondônia Confúcio Moura é submetido a uma cirurgia para tratar de uma dor no nervo ciático

Na sua página oficial do site Facebook, Confúcio destacou o momento: “Enfim, resolvi cair na faca. Estou no Sarah no resguardo do ato operatório”, comentou

Confúcio Moura, governador de Rondônia
Confúcio Moura, governador de Rondônia

Na manhã da segunda (01) de abril o governador de Rondônia, Confúcio Moura foi submetido no Hospital SarahKubitschek em São Paulo (SP) a uma operação para corrigir um problema no nervo ciático, que há um ano incomodava o chefe de Estado. Na sua página oficial do site Facebook, Confúcio destacou o momento: “Enfim, resolvi cair na faca. Estou no Sarah no resguardo do ato operatório”, comentou

O procedimento operário o qual o governador se submeteu é rápido, assim como a sua recuperação.

Causa

A dor ciática é um sintoma causado por uma doença que ocorre na coluna lombar, geralmente afeta um lado do corpo. A dor pode ser sutil, aguda, como uma queimação ou acompanhada por choques intermitentes de dor aguda, começando nas nádegas e se prolongando para baixo por trás ou pelo lado da coxa e/ou perna. O exame médico inclui o histórico do paciente, uma revisão dos medicamentos atuais, um exame físico e neurológico e, se garantido, raios X, tomografia computadorizada e/ou ressonância magnética.

Recuperação

Se o tratamento para a dor no nervo ciático for não operativo ou se for cirúrgico, sempre é bom seguir as instruções dadas pelo médico e/ou fisiatra. Procure aliviar a tensão mecânica desnecessária da coluna.

 

Prefeitura divulga lista de espera do Processo Seletivo Segundo Tempo e convoca os selecionados a partir de amanhã

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal, de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej), está convocando os candidatos aprovados no Processo Seletivo Simplificado Segundo Tempo (PSS) a comparecer a partir desta terça-feira, 02, até a próxima terça-feira, 09, para ocupar as vagas remanescentes. Os selecionados devem comparecer na sede da Semdej, localizada na Alameda Cosme Ferreira, nº 871, Coroado II, das 14h às 17h, para dar início ao procedimento de contratação, em conformidade com as regras estabelecidas no Edital nº001/2013. A chamada da lista de espera (em anexo) contempla ao todo 30 selecionados, sendo 15 Coordenadores de Núcleo (superior completo em ESCOLA MUNICIPAL ANA MOTTA BRAGAEducação Física) e 15 Monitores de Atividades (cursando superior em Educação física).

“O Programa Segundo Tempo é do Ministério do Esporte em convênio com a Prefeitura de Manaus, via Semdej, e recrutou no dia 18 de março 250 profissionais, sendo 125 monitores e 125 coordenadores para compor o quadro do Projeto. Agora, a entidade municipal irá aguardar o preenchimento por meio da segunda chamada, para dar início às atividades”, disse  o coordenador do Programa Segundo Tempo, Resala Semem.

O Segundo Tempo tem por objetivo democratizar o acesso à prática e à cultura do Esporte de forma a promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens, como fator de formação da cidadania e melhoria da qualidade de vida, prioritariamente em áreas de vulnerabilidade social.

O Programa visa atender nesta nova fase 12.500 crianças, de 6 a 17 anos, todos os meses distribuídas em 125 núcleos da Cidade, incluindo Zona Rural. Todos os alunos desfrutarão das aulas no período de contraturno àquele que estuda.

 

PREFEITURA DE MANAUS

LISTA DE CONVOCADOS DO PSS SEGUNDO TEMPO

 

CARGO: COORDENADOR DE NÚCLEO

124

JEFFERSON WALVEZZOWE CASTRO DOS SANTOS

125

BRUNO FELIPE PINHEIRO DOS SANTOS

126

HELEN DE SOUZA MORAL

127

MARIA MARLIANE DAMASCENO DE OLIVEIRA

128

ADRIANO BINDA BEZERRA

129

FABRICIA VIANA DE SOUZA

130

ALINE BAYMA DO NASCIMENTO

131

LUCIANO CHAGAS DOS SANTOS

132

SADRIA CAROLINE MIRANDA BARBOSA

133

REJANE LEITE TAVEIRA

134

ALAN CARLOS VASCONCELOS AGUIAR

135

JANNER DE MORAES ALVES

136

JOSE ARAUJO MAGALHAES JUNIOR

137

HENDERSON ARRAS DE OLIVEIRA

138

TIAGO PASTANA DE OLIVEIRA

 

CARGO: MONITOR DE ATIVIDADES ESPORTIVAS

125

DENNYS ANDRE DE SOUZA MELLO

126

JOMHARA BORGES DE SOUZA

127

RODRIGO DE OLIVEIRA ARAUJO

128

MARCIO LUIS SOUSA DAS NEVES

129

MIKAELEN GOES DE MACEDO

130

ROGGER MIRANDA DE LIMA

131

JENILSON DA SILVA PEREIRA

132

ADRIANA GRANJEIRO ROCHA

133

ALISSON WAINE DE SOUSA

134

RODRIGO DE OLIVEIRA MAQUINE

135

PEDRINA DOS SANTOS MARCIEL

136

MARILENE DE MATOS NASCIMENTO

137

LIGIA VIVIANE DE OLIVEIRA COUTINHO

138

ALICE FABIANE FREITAS

139

PEDRO CORREIA CABRAL

 

 

Vereador Marcelo Serafim parabeniza o SAMU pelos relevantes serviços prestados a população

Vereador Marcelo Serafim - Foto: Juçara Menezes
Vereador Marcelo Serafim – Foto: Juçara Menezes

A Câmara Municipal de Manaus aprovou moção do vereador Marcelo Serafim (PSB) que parabeniza o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) pela passagem de aniversário, ocorrida em março, deste ano. “Esse é um trabalho essencial, realizado em prol da sociedade e essa moção de parabenizarão proposta por mim é um reconhecimento aos relevantes serviços prestados à sociedade pelo SAMU” enfatizou Marcelo Serafim. Em sete anos de funcionamento, o SAMU já atendeu mais de dois milhões de chamadas telefônicas no sistema 192, de acordo com as estatísticas do Serviço. Deste total mais de 600 mil resultaram em atendimento as ocorrências de colisões automobilísticas, atropelamentos e agressões físicas. O SAMU é formado por 848 profissionais da saúde, incluindo médicos reguladores que trabalham na central, enfermeiros, técnicos de enfermagem, condutores socorristas, telefonistas, rádio operadores, entre outras categorias. Hoje o serviço possui quatro Ambulâncias de Suporte Avançado, 24 Unidades de Suporte Básico (USB), cinco motolâncias e duas Unidades de Saúde Avançadas Fluviais, 10 bases descentralizadas e uma base central de atendimento.

Maioria de partidos que elegeram prefeitos no Amazonas fizeram poucos vereadores

Em Manaus, o prefeito Arthur Neto teve uma coligação reduzida, mas a mesma elegeu cinco vereadores.

Manaus – A maioria dos partidos que formavam as coligações de apoio aos então candidatos a prefeito nas Eleições de 2012 nos oito municípios que compõem a Região Metropolitana de Manaus (RMM) ficou quase sem representantes nas câmara de vereadores.

Arthur Neto Prefeito de Manaus
Arthur Neto Prefeito de Manaus

No município de Iranduba, o atual prefeito, Xinaik Medeiros (PTB), chegou ao Executivo municipal tendo cinco legendas como base partidária (PTB, PSL, DEM, PSDC e PHS). Porém, a atual composição da câmara terá somente dois vereadores dos partidos aliados: Salim (PTB) e Jarmison Azevedo (PTB). O Legislativo de Iranduba é formado por 13 parlamentares. Até mesmo o presidente da Casa, Francisco Elaime (PSD) é de um partido alheio à aliança com o atual prefeito.

Em Novo Airão, a prefeita Dona Lindinalva (PT) concorreu na eleição com chapa ‘puro sangue’. Na Casa legislativa local, composta por nove vereadores, dois são petistas e o presidente da Casa, Rossi, é do PP. “Acho que quando você tem propósito na vida pública, a coisa partidária independe da sua atuação, suas posições não são necessariamente partidárias. O cidadão vota no vereador e não no partido em si”, avalia o presidente da Câmara Municipal de Novo Airão.

Já em Presidente Figueiredo, dois dos quatro partidos que formavam a coligação do prefeito do município (PR, PSDC, PTC, PSB), Neilson (PSB), conseguiram emplacar os nomes de quatro vereadores de seus partidos: Caranho (PR), Simão Pacheco (PR), Jonas Castro (PSB) e Mário Nilson (PSB). A Câmara tem 11 vereadores.

Dos 15 parlamentares da Câmara Municipal de Itacoatiara, cinco são oriundos da chapa ligada ao prefeito, Mamoud Amed (PSD). A coligação era formada por oito partidos: PRB, PP, PTB, PSL, PCB, PV, PRP e PSD. Apenas o PSD, o PRB e o PP chegaram a ingressar no Legislativo.

A coligação do prefeito de Manacapuru, Washigton Régis (PMDB) formou sete vereadores, sendo que dois são do PCdoB, dois do PSC, dois do PSB e um do seu partido. A chapa majoritária era de sete partidos.

No Legislativo do município de Rio Preto da Eva, há seis parlamentares dos partidos aliados ao prefeito Dr. Ricardo (PRP). O município tem 11 vereadores.

No município de Careiro da Várzea, cinco nomes da base partidária do prefeito, Pedro Guedes (PSD), entraram no Legislativo. Dois são do PSD, Ferreirinha e Conceição Costa, dois do PRP, Totonho e Regilson, e um do PTN, Arnoldo Queiroz.

 

Fonte: D24

Dois filhos pródigos de volta ao pai

As possibilidades da política são infinitas. Mostra disso é a reaproximação dos senadores Eduardo Braga (PMDB) e Alfredo Nascimento (PR) do ex-prefeito Amazonino Mendes (PDT), pai político de ambos.

Uma memória recente dos três mostra que a troca de graves acusações precedeu esse movimento, tais como : “picareta”, “canalha”, “traidor”, “mentiroso”, “ditador”, “desequilibrado”, “leproso”, “mau menino”, “vaidoso”, “incompetente”, “irresponsável” … ”nada”.

Análise paterna

Braga, Alfredo e Amazonino
Braga, Alfredo e Amazonino

Em 2011, Amazonino declarou sobre Braga: “Antes dele (Braga), nunca esse Estado tinha ouvido falar em superfaturamento”. Sobre Alfredo, no ano passado, disse que ele havia se envaidecido ao pisar no Ministério dos Transportes. “O caso dele mostrou a fragilidade humana”.

Malcriados 1

Os filhos políticos de Amazonino sempre responderam à altura para ele. Braga, no ano passado, ao dizer que Amazonino estava no fim da carreira declarou: “Eu sucedi o Amazonino duas vezes na prefeitura e no Estado e ele sabe como quebrou os dois e eu tive que consertar”.

Malcriados 2

Alfredo classificou Amazonino como um traidor a um blog local, em 2010. “Foi a Brasília, enquanto eu era ministro, e ninguém queria falar com ele. Parecia um leproso. Convenci o Lula a recebê-lo, abri as portas dos ministérios para ele”, disse.

Maré mudou

Correr o risco de disputar um pleito sem o apoio da máquina não é tarefa das mais fáceis, por isso o realinhamento. Foi assim também, em 2002, quando Braga se elegeu governador do Estado com o apoio de Amazonino depois de ser derrotado por dois pleitos seguidos.

Torcida contrária

Do outro lado da arena, já há torcida para que os três criem liga e deixem o governador Omar Aziz (PSD) livre, leve e solto em 2014. O deputado federal Carlos Souza (PSD) declarou, esta semana, que o vice-governador José Melo (PMDB) seria um ótimo governador.

Camaradas

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), adversária histórica de Amazonino Mendes, disse que o ex-prefeito faz parte de um partido da base aliada da presidente Dilma e, não sendo ele o candidato, não vê problemas numa chapa que una PCdoB e PDT no Amazonas.

Caiu fora

Cotado desde o final do ano passado para assumir a Seas no lugar da secretária Regina Fernandes, o deputado Chico Preto (PSD) rejeitou o cargo após visitar a pasta e descobrir que a maior parte do orçamento de 2013 já estava empenhada. Disse a interlocutores que não ia sentar na cadeira só para pagar contas.

Gracioso

Justificativa do prefeito de Manacapuru, Washington Régis (PMDB), para não realizar licitação na compra de caixões: “Se eu não comprasse os caixões, ia ter que fazer licitação para comprar sal para salgar os defuntos que iam apodrecer todinhos”.

Promessa

O desembargador João Simões, relator do ‘Caso Quinteto’, prometeu levar o processo a julgamento em abril. Há sete meses o processo está “concluso ao relator”. O ‘Quinteto’ é formado por um grupo de delegados iluminados que assumiu a função na Polícia Civil sem aprovação em concurso público.

Pinga Fogo

Depois de fazer estripulias durante recuperação de tratamento de saúde, o ex-prefeito Serafim Corrêa (PSB) se recupera bem e promete evitar novas extravagâncias. Os excessos dele foram sair do hospital direto para um restaurante comer peixe e participar de evento de lançamento da #Rede, quando deveria estar em dieta líquida e repouso absoluto.

Sem mandato e sem a presidência da Associação Amazonense dos Municípios, o ex-prefeito de Manaquiri, Jair Souto (PMDB), se dedicará a projetos pessoais: quer fazer um curso universitário em administração pública. Antes disso vai fazer o curso “acelerado” para adquirir o certificado de Ensino Médio que foi extraviado. “Vou ser doutor”, avisou.

 

Fonte: Acítica

Número de pessoas com suspeita de dengue aumenta 25% no Acre

Quantidade de casos com sintomas do dengue aumentou 25,59% neste ano, sobre 2012, totalizando 216 casos.

RIO BRANCO – O número de pessoas com suspeita de dengue, no Acre, aumentou 25,59% neste ano, chegando a 216 casos, sobre as 172 suspeitas da doença, em 2012.

Para a secretária de Estado de Saúde do Acre, Suely Melo, apesar do acréscimo, o Acre está com a situação controlada. “A população já entendeu o recado e tomou para si a responsabilidade. Reconhecemos o aumento e pedimos à população que continue vigilante para que na próxima semana tenhamos resultados mais positivos”.

Das 243 pessoas que deram entrada em unidades de saúde, apenas 78 casos foram confirmados. Foto: Gleilson Miranda/Agência de Notícias do Acre
Das 243 pessoas que deram entrada em unidades de saúde, apenas 78 casos foram confirmados. Foto: Gleilson Miranda/Agência de Notícias do Acre

A evolução da incidência da doença coincide com o verão amazônico. Segundo a gerente da Divisão de Endemias e Vigilância em Saúde Ambiental, Thayna Holanda, devido a maior ocorrência de chuvas e ao aumento da temperatura nesta época do ano, a zona urbana fica a mercê da maior quantidade de criadouros. “Em 2013, o início das chuvas mais cedo que aumentou a população do mosquito e a introdução do vírus IV. O resultado é a população 100% suscetível”, garante Thayna.

Para amenizar a situação, medidas de combate e prevenção da doença não param. No início de fevereiro, o governo do Acre realizou a aquisição de 30 mil tampas para caixas d’água para serem distribuídas nos bairros considerados prioritários. Até agora, mais de mil unidades já foram distribuídas. As ações são para manter a cidade limpa e reduzir o número de criadouros do mosquito da dengue somam mais de 18 mil toneladas de lixo e entulhos recolhidos na em Rio Branco.

 

Fonte: Agência Notícias do Acre

Pará tem R$ 112 milhões da Caixa para financiar 50 obras em 15 cidades

Dinheiro é para obras de infraestrutura, nas áreas de saneamento básico, urbanização e habitação, em 15 cidades do Pará.

BELÉM – O governo do Pará garantiu R$ 112 milhões para financiar cerca de 50 obras em andamento no Estado entre ampliação, melhorias de sistema de abastecimento de água, coleta de esgoto sanitário, urbanização e habitação, em mais de 15 municípios.

Recurso será para obras em Belém e mais 14 cidades do Estado. Foto: Arquivo/ Portal Amazônia.
Recurso será para obras em Belém e mais 14 cidades do Estado. Foto: Arquivo/ Portal Amazônia.

O dinheiro será para obras de infraestrutura, nas áreas de saneamento básico, urbanização e habitação, beneficiando as populações de Belém, Marituba, Igarapé-Miri, Monte Alegre, Ananindeua, Castanhal, Marabá, Santarém, Dom Eliseu, Oriximiná, Soure, Uruará, Nova Esperança do Piriá, Abaetetuba, Bragança, Breves, Capanema e Santa Izabel do Pará.

As obras são executadas pela Secretaria de Estado de Integração Regional, Desenvolvimento Urbano e Metropolitano do Pará (Seidurb/PA), Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) e Companhia de Habitação do Pará (Cohab). Os recursos são oriundos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e do Orçamento Geral da União (OGU).

Para o governador do Estado em exercício, Helenilson Pontes, esse tipo de operação de crédito só foi possível graças à situação fiscal em que o Pará encontra-se. “Todo esse trabalho é para cumprir os compromissos do governo com a população paraense”, ressaltou Pontes.

Habitação

A Cohab receberá a maior parcela dos recursos, para investir em 22 contratos de obras. Serão construídas mais de 5 mil unidades habitacionais e executadas 1,5 mil melhorias habitacionais, como a reurbanização de áreas, com pavimentação de vias; drenagem; sistema de tratamento de água e esgoto, e regularização fundiária.

Esses investimentos beneficiarão cerca de 17 mil famílias em Belém, Castanhal e Santa Izabel. Também serão investidos recursos nas comunidades quilombolas do Uicatu, em Mocajuba (município da região do Rio Tocantins) e em aldeias dos povos indígenas Suruí/Sororós e Guarani.

Saneamento

A Cosanpa investirá em obras de abastecimento de água em Ananindeua, Marituba, Castanhal, Santarém, Igarapé-Miri e Monte Alegre, e em sistemas de coleta de esgoto em Marituba, Belém, Marabá e Dom Eliseu. São 18 contratos de obras para utilização dos recursos. “Vamos poder cumprir os compromissos com as empreiteiras e exigir mais celeridade na condução das obras”, frisou Antônio Braga.

A Seidurb utilizará os recursos em 10 obras, já em andamento nos municípios de Nova Esperança do Piriá, Abaetetuba, Bragança, Dom Eliseu, Breves, Capanema e Tailândia. Em Marabá, mais de mil famílias também serão beneficiadas.

Outro grande investimento será nas obras da Bacia do Tucunduba, em Belém, a segunda maior bacia da capital. A obra consiste em um conjunto de intervenções urbanísticas nos bairros do Marco, Canudos, Guamá e Terra Firme.

Relógio Municipal é ‘marco zero’ da revitalização do Centro

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal Extraordinária

para Requalificação do Centro (Semex), iniciou na noite de sábado os

trabalhos de manutenção do Relógio Municipal, localizado na Praça da

Matriz. O monumento histórico, construído nos anos de 1920, passou

por uma lavagem com escovação executada pela equipe da Secretaria

Municipal de Limpeza Pública (Semulsp).

Relógio Municipal de Manaus
Relógio Municipal de Manaus

A lavagem do Relógio se deu logo após a desocupação do seu entorno,

que se encontrava escondido por trás das lonas e toldos de quatro

barracas de alimentação. A retirada dos restaurantes improvisados,

segundo o secretário da Semex, Rafael Assayag, ocorreu após um

diálogo aberto e responsável com os proprietários, que entenderam a

necessidade de recuperar o monumento histórico e, em seguida, foram

realocados provisoriamente em outros espaços da região.

Assayag afirmou que a ação sobre o relógio pode ser considerado, para

essa administração, o “marco zero” do processo de revitalização do

Centro, que há décadas sofre com o abandono. Segundo ele, a lavagem foi

o apenas a primeira ação sobre o relógio, que passará ainda por pintura

que respeitará suas cores originais e ganhará uma nova luminoteca para

valorizar ainda mais sua arquitetura durante a noite.

A prefeitura fará também no entorno do monumento, por meio da

Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas),

o combate às ervas de passarinho sobre as árvores da Praça da Matriz,

e poda para dar mais visibilidade ao legado arquitetônico da praça, sem

prejuízo ao conjunto arbóreo.

“O Relógio Municipal é um dos principais monumentos históricos

de Manaus. É um dos primeiros a ser fotografado pelos turistas que

desembarcam dos transatlânticos atracados no porto da cidade. E é por

ele que a prefeitura inicia simbolicamente a recuperação da sua história,

da nossa identidade”, disse Rafael Assayag.

De acordo com o secretário, o Relógio Municipal está entre outros 17

projetos de reforma e restauro de monumentos públicos, tombados

como patrimônio histórico, apresentados pela prefeitura ao Instituto do

Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no início do mês de

março. Se aprovados os projetos, o Município poderá receber recursos

da ordem de R$ 33 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento 2

(PAC), batizado como PAC Cidades Históricas.

Mas, para Rafael Assayag, essas obras entre outros projetos de

revitalização do Centro, só serão possíveis após a desocupação total

de ruas e calçadas da região. Segundo ele, nas próximas semanas,

a prefeitura apresentará à população o projeto que dará à cidade a

solução de curto, médio e longo prazos. “É uma solução ordeira e pacífica

discutida com os camelôs e suas lideranças, além de empresários e

entusiastas do Centro de Manaus”.

Governador Omar Aziz e família prestigiam reinauguração da quadra da Aparecida

Amor Aziz
Amor Aziz

O governador Omar Aziz esteve presente, neste sábado, 30 de março, na festa de reinauguração da quadra da Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida, no bairro Aparecida, Centro, zona sul. Patrono da escola da qual já foi presidente, o governador chegou à festa, que iniciou com uma feijoada para a comunidade, acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo de Promoção Social do Estado (FPS), Nejmi Jomaa Aziz, e dos filhos Enzo e Johara.
A reforma da quadra contou com apoio do Governo do Amazonas. O novo espaço ganhou dez camarotes VIPs, todos eles com nome de ex-dirigentes da escola, dentre os quais o próprio Omar Aziz. Outras personalidades ligadas à escola, como a ex-porta-bandeira, Ednelza Sahdo, também foihomenageada dando nome ao novo palco da quadra. Ainda na nova concepção do espaço foi criada uma área exclusiva para a bateria e um bar VIP. A nova quadra da escola está totalmente climatizada com condicionadores de ar.

“Eu sempre fui muito transparente em questão de Escola de Samba. Lógico que como governador você ajuda a todas, mas minha escola de coração é a Aparecida. Todo mundo sabe disso”, afirmou Omar, ao ressaltar que o Governo do Estado também colaborou com a reforma da escola Grande Família, do São José, zona leste, e irá fazer o mesmo em relação ao Reino Unido da Liberdade, zona sul, e Unidos do Alvorada, zona-centro oeste. Como contrapartida as escolas comprometem-se em manter no espaço atividades sociais para a comunidade.

Manauara amanhece pagando mais pela tarifa de ônibus

Nova TarifaDesde a zero hora deste sábado, 30, os usuários do transporte coletivo da capital amazonense estão pagando a nova tarifa de R$ 3. O reajuste foi de 9% em relação aos R$ 2,75 que vinham sendo cobrados há cerca de um ano e meio e cujo anúncio foi feito na última quarta-feira, 27, pelo prefeito Artur Neto. Todavia, o novo valor poder ser suspenso ainda hoje caso o pedido do promotor do Ministério Público do Estado do Amazonas, Alessandro Sanmartin, seja acatado pela juíza Onilza Abreu Gerth, da Vara da Fazenda Pública.

Fonte: Blog da Floresta

Sistema de transporte público não registra ocorrências de problemas no sábado

Não houve registro de problemas no primeiro dia de implementação da nova tarifa de ônibus em Manaus, ao preço de R$ 3. Apesar de algumas reclamações pontuais aos cobradores, não houve manifestação nos terminais  ou pontos de ônibus.

No Terminal de ônibus número 1, na Avenida Constantino Nery, houve grande número de usuários na manhã de sábado e todos pagaram a nova tarifa, sem maiores transtornos, segundo a fiscal da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Bel Mendonça. “Algumas pessoas desconheciam o reajuste, mas a maioria pagou o novo valor sem problema”, comentou.

Depois de 17 meses congelada, a tarifa de ônibus em Manaus foi reajustada no última quarta-feira. Apesar da inflação acumulada no período somar 12%, o reajuste chegou apenas a 9%, subindo de R$ 2,75 para R$ 3.

Serafim recebe alta médica

Serafim Corrêa - Ex-Prefeito de Manaus
Serafim Corrêa – Ex-Prefeito de Manaus

O ex-prefeito Serafim Corrêa (PSB) após ter dado um susto em famíliares e amigos, recebe alta hoje do Hospital Unimed, na Constantino Nery. Serafim foi hospitalizado na última segunda-feira (25) com problemas gastrícos. O político recebeu a visita do prefeito de Manaus Artur Neto (PSDB) e do governador Omar Aziz (PSD). Segundo publicação do vereador Marcelo Serafim (PSB) nas redes sociais, as recomendações médicas são, “repouso e nada de extravagância”.

ALE-AM aprova em regime de urgência projeto que reduz em 5% alíquota do ICMS da gasolina

Amazonas – Em regime de urgência, a Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) aprovou, por unanimidade, nesta quarta-feira (27) o Projeto de Lei Complementar 02/2013, que reduz de 30% para 25% a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no preço da gasolina e álcool. Além disso, 111 requerimentos foram deferidos pela Mesa e 11 requerimentos foram aprovados.

O novo projeto revoga a Lei Complementar 112/2012, votada no dia 21 de dezembro do ano passado quando houve o reajuste de 25% para 30%. O governo do Estado entendeu que, pelo fato de a Petrobras ter majorado o preço dos combustíveis no início deste ano e, consequentemente, alterado a base de cálculo do ICMS – fazendo com que as possíveis perdas de arrecadação do Estado, decorrentes do fim do “corredor de importação” e da mudança da matriz energética, fossem minimizadas – não haveria necessidade de reajustar o percentual do tributo.

O presidente da ALEAM, deputado estadual Josué Neto (PSD), disse que o governador Omar Aziz (PSD) entendeu o argumento dos 24 deputados que, há cerca de uma semana pediram a revogação do aumento e hoje foi votado novo projeto, cancelando o projeto anterior. De acordo com Neto, a Assembleia fecha as portas para o feriado prolongado, por conta da Páscoa, com o dever cumprido. “A partir de 1º de abril o amazonense não vai ter aumento na gasolina”, frisou.

Josué Neto informou que por diversas vezes o governador conversou com os deputados da bancada governista e oposição numa demonstração de espírito democrático. “Nós estamos aqui nesta Casa Legislativa levando esse exemplo”, afirmou o presidente da ALEAM, ressaltando que tem procurado seguir esse exemplo, procurando ser um presidente que dá oportunidade não só de tempo igual para os colegas de parlamento, mas também abertura para as críticas.

O deputado Marcelo Ramos (PSB), o relator do projeto do ICMS, disse se “sentir renovado” com o recuo do governo em relação ao aumento da gasolina e álcool a partir do dia 1º de abril. “Neste momento, a ALEAM afirma-se enquanto poder e dá demonstração de independência que o povo tanto esperou. “Não de enfrentamento ao governo, mas de independência de quem dialoga com o governo respeitando autoridades, mas respeitando os limites de cada um dos poderes”, afirmou.

Presidente da Assembleia diz que esculhambação do Governo penaliza os moradores do bairro Nacional: Estrada do Belmont

Rondônia – Deputados assumem compromisso de pressionar Governo pelo asfaltamento da Estrada do Belmont…

Hermínio e Moradores
Hermínio e Moradores

Moradores revoltados, comerciantes contabilizando prejuízos, crianças e adultos com problemas de saúde, o transtorno constante do tráfego de caminhões tanques em direção à balsa. Esta é a situação em que se encontra o bairro Nacional em Porto Velho. Nesta quinta-feira (28 de março), o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho (PSD), acompanhado dos deputados Maurão de Carvalho e Jean Oliveira (PSDB), além do vereador Everaldo Fogaça (PTB), esteve reunido com os moradores. A situação de abandono no entendimento do presidente da ALE, é a amostra da esculhambação e da bandalheira que toma conta do Governo Confúcio Moura.

Moradores nervosos e revoltados relataram os dramas vivenciados pelos moradores do bairro Nacional, diante dos problemas advindos com o trânsito constante de caminhões tanques, a precariedade da denominada Estrada do Belmont, único acesso para a balsa. No ato foi apresentado um, documento no qual o Governo Estadual assumia compromisso de concluir os serviços em julho de 2012. De acordo com os moradores, os problemas vêm se agravando anualmente, e quando a comunidade reage protestando contra o abandono do local, a Companhia de Operações Especiais – COE é acionada para bater e prender humildes trabalhadores, cansados de esperar por uma ação concreta do Governo.

Estrada do Belmont
Estrada do Belmont

O presidente da ALE, deputado Hermínio Coelho disse que a “safadeza” é de envergonhar e ao mesmo tempo revoltar a todos, pois enquanto através de propagando diz ter adquirido dez usinas de asfalto, em plena capital e poucos metros da sede do Centro Administrativo, não consegue fazer apenas 6 quilômetros de asfalto. “Este Governo já extrapolou foi além do tolerável, é uma esculhambação total. É muito triste presenciarmos esta situação, com o atoleiro, com o descaso, com os maus tratos a estes moradores, e verificar que o Governo Confúcio Moura não cumpre mesmo acordo. Neste local deve ser feito um asfalto diferenciado para suportar o tráfego de caminhões tanques. Acho que o 5º BEC deveria ser acionado por sua experiência neste tipo de obra, agora se percebe que o Governo vem enrolando e certamente ano que vem vai querer tirar proveito na campanha eleitoral”, ressaltou.

“Quando fui cobrador de ônibus, em 1990, essa estrada era ruim, mas hoje está pior. Aqui não cabe mais enrolação, não cabe mais promessa e adiamento. Isso não é mais um descaso, mas sim uma esculhambação grande. A hora é de agir e o Governo, que assumiu o compromisso com o povo daqui do Nacional de fazer todo o asfalto, não pode continuar indiferente ao sofrimento dessa gente”, desabafou Hermínio.

O presidente da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, deputado Jean Oliveira, disse ser preciso uma ação da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental – Sedam no sentido de notificar estas grandes empresas de petróleo, sobre os danos ambientais causados. Disse ele, ser um absurdo a situação da estrada e que o povo precisa readquirir qualidade de vida.  Já o deputado Maurão de Carvalho ao se dirigir ao diretor Operacional do DER, Ubiratan Gomes pediu agilidade na elaboração do projeto de engenharia e posteriormente agilidade também na licitação da obra. Maurão Carvalho disse ser necessário um trabalho paliativo de imediato, para amenizar o sofrimento dos moradores, retirando o barro espalhado na estrada e substituindo por cascalho.

Como o diretor geral do DER não compareceu ao encontro, coube ao diretor de Operações do órgão, Ubiratan Gomes, dar as explicações à comunidade e aos parlamentares. Primeiro ele disse que a responsável pela obra seria a prefeitura, mas o Governo teria assumido o serviço e, inclusive, já teria contratado uma empresa para fazer o projeto completo de asfaltamento dos seis quilômetros da Estrada, ao custo de R$ 500 mil. “Até meados de maio, o projeto estará pronto e poderemos abrir licitação para o asfaltamento, que terá um custo estimado em R$ 20 milhões, já que teremos que fazer remoção de imóveis e isso tem que ser indenizado”, afirmou. Sobre o início das obras propriamente dito, o diretor operacional do DER não soube precisar, pois segundo ele, depende de todo o tramite burocrático do processo licitatório.

Já os moradores, cansados de promessas não cumpridas há anos, não gostaram de mais esse novo prazo. “Sofremos hoje, agora e não podemos mais esperar essa nova promessa, que para nós não passa de balela e ilusão. Queremos é ação e não conversa”, esbravejou o comerciante Rosemar Guimarães, que tem um pequeno restaurante na Estrada do Belmont e enfrenta um grande sufoco com a poeira invadindo seu comércio há 10 anos. A grande revolta dos moradores é que, em junho do ano passado, após mais um protesto de moradores contra o descaso do Estado, o diretor geral do DER, Lúcio Mosquini, assinou com a comunidade um compromisso de asfaltar a via em 45 dias. O documento foi apresentado aos deputados e Hermínio ironizou: “nesse Governo, não vale nada a assinatura desse pessoal. Eles mentem, prometem e não cumprem na maior naturalidade”, reclamou.

“Nove meses após a assinatura do acordo e agora vem com a conversa de que até junho devem licitar a obra? Somente após um protesto aqui da comunidade, é que o Governo se mobilizou, jogando barro sobre o resto de asfalto e os buracos, deixando a lama e a poeira tomando conta de tudo”, denunciou o pastor Rubens George Ramos, da Comunidade Jovens Com Uma Missão (Jocum). O também pastor Hernandes Vieira, que mora às margens da estrada há 10 anos, reclama da dificuldade de se trafegar na esburacada e estreita via. “As empresas que operam ao longo da Estrada, principalmente as de combustível, estacionam as carretas ao longo da Estrada, prejudicando a nós moradores, que ficamos impedidos de trafegar normalmente”, disse.

Deputados e moradores chegaram ao entendimento de que é preciso ampliar as conversações com o Governo e seguir pressionando para que haja celeridade na licitação da obra. “Não vou deixar o Lúcio Mosquini descansar, enquanto ele não mostrar que está de fato comprometido com as necessidades dessa população tão sofrida. E tenho certeza de que nessa missão, conto com o apoio dos colegas deputados presentes aqui e também dos demais”, arrematou o presidente. Ficou acertada uma reunião com Mosquini, na sede do DER, para a próxima segunda-feira (01), com a presença de deputados estaduais e moradores do bairro Nacional.

O presidente da ALE, deputado Hermínio Coelho disse que vai fazer encaminhamento na Assembleia Legislativa para “barrar” todos os projetos envolvendo o DER.  Disse ainda que a Assembleia fez a sua parte aprovando um orçamento para o DER, histórico, jamais registrado desde a criação deste organismo. Destacou ainda que a cobrança pela solução da Estrada do Belmont passará a ser constante, e outros procedimentos poderão ser adotados na busca de uma solução para este caso. “Enquanto vocês estiverem nesse sofrimento, o Governo pode ficar sabendo que nenhum projeto ligado ao DER vai ser apreciado”, completou Hermínio.

 

Comissão dos Direitos Humanos inicia investigação em possível abuso de autoridade na detenção de PM

Rondônia –  A decisão aconteceu após o presidente da Comissão de Direitos Humanos da ALE/RO, deputado estadual Euclides Maciel (PSDB) convocar reunião com os membros da Comissão…

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia (ALE/RO) deliberou hoje (27) que deverá requerer ao Comando Geral de Polícia Militar (PM/RO) todas as informações que possam esclarecer a detenção do cabo PM Gomes, ocorrida na sexta-feira passada no 2º Batalhão de Policia Militar (2º BPM), em Ji-Paraná e transferido para o Centro de Correição da PM em Porto Velho.

A decisão aconteceu após o presidente da Comissão de Direitos Humanos da ALE/RO, deputado estadual Euclides Maciel (PSDB) convocar reunião com os membros da Comissão, deputados estaduais Ribamar Araújo (PT), Luiz Cláudio (PTN) e Eurípedes Lebrão (PTN) para apurar se houve abuso de autoridade do oficial da Polícia Militar, tenente PM D. Lucas quando da detenção do cabo da PM.

Euclides Maciel explicou que a Comissão pretende requerer ao Comando Geral da PM a ficha funcional do cabo PM Gomes para analise do perfil comportamental e a conduta do policial durante os mais de 22 anos de serviços prestados a corporação. Gomes disse ao deputado que estava de serviço na guarda do 2º BPM, quando foi detido por não prestar continência ao oficial D. Lucas, que naquele momento adentrou o quartel em traje civil.

Ainda segundo Euclides, será feita a convocação dos dois militares para serem ouvidos pela comissão a fim de determinar se todos os procedimentos foram e estão sendo realizados para que o cabo PM não seja cerceado no direito de defesa, durante o processo de apuração realizado pela Corregedoria Militar.

“Já chegaram a nós, informações que ocorrem com frequência abuso de autoridade de alguns superiores com os subordinados em quarteis da PM e, muitos não conseguem e são cerceados do direito de defesa, sendo prejudicados através de Inquérito Policial Militar (IPM), conduzido exclusivamente por oficiais militares”, disse Euclides.

Plínio Valério diz que Dilma ‘enrola’ o povo ao anunciar construção de seis mil creches

Plínio Valério
Plínio Valério

O deputado federal Plínio Valério (PSDB) criticou duramente a presidente Dilma Rousseff na última quarta-feira na Câmara. Ao defender a Zona franca de Manaus, Plínio disse que Dilma está “enrolando” quando afirma que irá construir 6 mil creches até o final do seu mandato, em 2014. “Consegui ocupar a tribuna e fiz dois discursos, um falando outra vez da nossa Zona Franca e o outro mostrando que a Presidente Dilma está enrolando quando diz que vai construir seis mil creches até o final de seu mandato. Em dois anos o governo federal construiu apenas vinte creches, ou seja, pra cumprir a palavra,vão ter que construir 130 creches por dia.O que dizer de um governo que não cuida de suas crianças e que mente pensando que pode enganar a gente o tempo todo?”, disparou o deputado que chegou hoje a Manaus, onde passará o ferido santo. Plínio também aproveitou para desejar uma feliz páscoa a todos.

PROTESTO – Ubes teria sido usada pela senadora Vanessa Grazziotin

O protesto idealizado por filiados do PC do B e do PT contra o aumento da passagem de ônibus anunciado ontem pelo prefeito Arthur Neto, foi um tiro no pé de quem o planejou. A União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), convocou alunos e foram para frente da Prefeitura Municipal de Manaus, mas o evento não surtiu efeito, porque o presidente da entidade, Yann Evanovich, ofendeu a imprensa e incitou os estudante com informações distorcidas. O resultado pôde ser visto nas redes sociais hoje, dia 28, quando a maioria dos internautas criticou severamente o estudante que demonstrou total despreparo para a função. http://www.facebook.com/kleber.romao2 -http://www.facebook.com/fernando.reis.9809 . O que mais pesou contra Yann, que seria filiado ao PC do B, foi o fato de ter criticado a imprensa local, sem nenhum conhecimento de causa. Ele foi bombardeado por jornalistas e ainda pode sofrer ação civil por parte do Sindicato dos Jornalistas do Estado do Amazonas e da Federação dos Jornalistas. O protesto foi visivelmente político e não mereceu sequer a repercussão pela mídia local. Para muitos, os estudantes foram enganados e induzidos de forma errado pela Ubes. A Ubes teria sido usada pela candidata derrotada no pleito de 2012, a senadora Vanessa Grazziotin (PC do B). A prefeito Arthur Neto ainda não se pronunciou sobre o assunto. A senadora Vanessa Grazziotin não foi localizada pelos telefones da assessoria de comunicação.

 

Fonte: Portal Flagrante

 

Opinião do Blog do Daniel:

O líder dos estudantes deveria sentar na sua escola para aprender a falar, ontem ele disse, que é uma ‘perca’ para os estudantes, se ele for desse jeito aí, os estudantes estão em belas mãos e será uma perda total para eles.

Já estão abertas as vagas de marionete de políticos derrotados.

Governador quer garantir benefícios da cesta básica ao consumidor, diz Marcos Rotta

Em parceria com a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) irá instituir uma comissão especial para estudar os mecanismos de fiscalização sobre os incentivos fiscais da cesta básica, que reduz de 17% para 1% o Imposto de Circulação sobre Mercadorias e Serviços (ICMS) para 16 produtos.

O deputado disse que é possível reduzir o valor dos alimentos em Manaus – foto: Danilo Mello/Aleam
O deputado disse que é possível reduzir o valor dos alimentos em Manaus – foto: Danilo Mello/Aleam

Segundo o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (CDC-Aleam), Marcos Rotta (PMDB), o governador Omar Aziz quer garantias de que essa renúncia fiscal do Estado, cerca de R$ 100 milhões por ano, beneficie o consumidor final.

 
“Por conta do impasse entre a Sefaz e a Aleam, provocado pela retirada do incentivo fiscal sobre a cesta básica, o governador achou por bem instituir uma comissão especial para realizar um estudo e formular uma proposta a ser apresentada a ele com os mecanismos de fiscalização e garantias de que esse benefício chegue ao consumidor final”, explicou.

 
O parlamentar disse ainda que governador deu garantias de que irá manter o ICMS de 1% aos produtos da cesta básica, se a comissão especial provar que essa desoneração irá, de fato, reduzir o valor da cesta básica ao consumidor.

 
Mas, segundo o deputado, apresentar essa proposta ao governador é um desafio a ser enfrentado, uma vez que o Estado não dispõe de mecanismos e elementos para fiscalizar o cumprimento da legislação.

 
“Neste momento, temos a oportunidade de tentar encontrar esse mecanismo, esse ponto de equilíbrio, para darmos ao governo a garantia de que os empresários estão se adequando à legislação e que esse incentivo verdadeiramente está beneficiando o consumidor de baixa renda”, completou.

 
A comissão especial será oficializada pela Aleam, na próxima terça-feira (2). A comissão será formada por quatro parlamentares, sendo um da oposição e outros três da base.