Cardeais reunidos pela quarta vez.Faltam poucos eleitores.

Pela quarta vez neste período de Sé Vacante, 153 membros do Colégio dos Cardeais (113 dos quais eleitores) reuniram-se nesta quarta-feira de manhã, às 9.30h, prosseguindo com diversas intervenções livres, 18 ao todo, sobre a situação da Igreja e do mundo a ter em conta na eleição do novo Papa, no Conclave. Falou-se nomeadamente de: Igreja no mundo de hoje e exigência da nova evangelização; relação entre Cúria Romana e os Bispos do mundo; perfil do futuro Papa, face às expectativas existentes. Foi decidido que amanhã haverá duas congregações gerais, uma de manhã e outra de tarde. Ainda desta vez não ficou marcada a data para o início do Conclave.
Dos Cardeais eleitores que ainda faltavam, três deles participaram hoje pela primeira vez na congregação geral, tendo acabado de chegar a Roma. Eram eles o patriarca Naguib, egípcio; o alemão Lehmann, de Mainz; John Tong, de Hong Kong. Os únicos cardeais eleitores ainda ausentes são, neste momento, o cardeal Nicz, polaco, arcebispo de Varsóvia, cuja chegada está prevista para esta tarde; e o cardeal Pham Minh-Man, do Vietname, que deverá chegar amanhã, quinta-feira.
Entretanto, segundo quanto ficara decidido ontem, os Cardeais promovem esta tarde, às 17 horas, na basílica de São Pedro, junto ao altar da Cátedra, um momento de oração pela Igreja. A celebração terá início com o Terço do Rosário (mistérios gloriosos), em latim e italiano. Seguirá a exposição solene do Santíssimo Sacramento, com um tempo de adoração; finalmente, a recitação de Vésperas (presididas pelo cardeal Angelo Comastri, arcipreste da Basílica), concluindo com a bênção do Santíssimo.

Deixe seu Comentário