Candidatos a procurador-geral da República farão cinco debates

Os quatro candidatos a procurador-geral da República deverão participar de cinco debates até a votação marcada para o dia 17 de abril.

Os concorrentes Deborah Duprat, Ela Wiecko, Sandra Cureau e Rodrigo Janot irão participar de uma eleição entre os procuradores, que irá definir uma lista de três nomes.

A relação será encaminhada para a presidente Dilma Rousseff que vai escolher até agosto quem substituirá o atual procurador, Roberto Gurgel.

Roberto GurgelTradicionalmente, o mais votado pela classe é o escolhido. Depois, o nome ainda segue para sabatina na CCJ (Comissão de Constituição de Justiça) do Senado e aprovação no plenário da Casa.

Todos os candidatos são sub-procuradores-gerais da República, último nível de carreira do Ministério Público Federal.

Os debates são organizados pela ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), que possui 1.200 associados.

Também votarão neste ano os membros da ANPT (Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho), ANMPM (Associação Nacional do Ministério Público Militar) e AMPDFT (Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios). Ao todo, as associações reúnem 1.500 procuradores.

O primeiro debate ocorrerá em Brasília, no dia 2 de abril, na sede da Procuradoria-Geral da República.

No dia 10, é a vez de São Paulo, na Procuradoria Regional da República da 3ª Região. Depois, os encontros serão em Porto Alegre (12 de abril), no Recife (15 de abril), no Rio de Janeiro (16 de abril). Todos serão realizados entre 15h e 18h.

Na eleição passada, em 2011, quando Gurgel foi reconduzido a mais um mandato, houve apenas um debate.

 

Fonte: Folha

Deixe seu Comentário