Brasil registra droga anti-HIV testada para prevenção

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) registrou um novo medicamento para tratar e prevenir o vírus da Aids.

Após ter passado pelo crivo do órgão regulador, há duas semanas, o remédio, chamado de Truvada, também precisa ser avaliado pelo Ministério da Saúde antes de ficar disponível no mercado.

Se a liberação ocorrer, o produto pode ser incluído na lista de opções gratuitas oferecidas aos pacientes do SUS.

Como o custo do tratamento é alto, até mesmo usuários da rede privada acabam recorrendo aos hospitais públicos para receber a medicação.

Segundo o fabricante, a Gilead Sciences, o remédio ajuda a impedir a proliferação do HIV no organismo.

Não se trata de uma cura, mas há grande expectativa sobre o poder do fármaco, principalmente depois que estudos mostraram a eficácia do Truvada como meio de prevenção do contágio.

Há duas semanas, consultores da FDA, órgão americano que regula alimentos e medicamentos, recomendaram a adoção do remédio. No Brasil, a palavra final será dada por especialistas do governo, que ainda devem se reunir.

Fonte: Folha.com

Deixe seu Comentário