Artur Neto diz que plano diretor vai favorecer crescimento de Manaus

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, participou neste sábado (21) do almoço de confraternização do Sindicato das Indústrias da Construção Civil (Sinduscon). Ele disse aos empresários que a aprovação do Plano Diretor Urbano e Ambiental foi um passo importante para o crescimento da cidade de Manaus. O Plano Diretor foi aprovado na Câmara Municipal de Manaus e deve ser sancionado pelo prefeito ainda este ano.

Nesse primeiro ano já começamos a mudar a cara de Manaus e queremos ver a cidade avançar ainda mais, afirmou Artur
Nesse primeiro ano já começamos a mudar a cara de Manaus e queremos ver a cidade avançar ainda mais, afirmou Artur

“Nesse primeiro ano já começamos a mudar a cara de Manaus e queremos ver a cidade avançar ainda mais. A aprovação do gabarito que amplia de 18 para 25 o limite de andares para edifícios foi um importante passo no desenvolvimento da cidade”, afirmou Arthur.
O prefeito disse ainda que a sua administração não medirá esforços para o pleno crescimento da cidade,  investindo em infraestrutura e transporte coletivo.

“Sabemos que um prédio de 25 andares reúne uma grande quantidade de pessoas em um único local. Isso exige melhorias na qualidade e trafegabilidade das vias, sistema de transporte público descente e uma série de medidas que possam atender às necessidades básicas da população.  Em 2014, investiremos ainda mais nesses serviços essenciais para qualquer metrópole e o Plano Diretor vem para somar nesse processo de transformação de Manaus”, afirmou.

De acordo com o presidente da Sinduscon,  Eduardo Lopes, a medida vai atrair mais investidores para capital, gerando mais emprego e renda.

“A aprovação do Plano Diretor é, sem dúvida, muito benéfica para o segmento da Construção Civil. Somente em 2013 registramos mais de 90 mil trabalhadores da construção.  São 130 empresas  associados ao Sindicato e mais duas mil empresas com CNAE da Construção Civil. Além de fortalecer os investimentos já existentes, a medida atrairá também novos investidores”, avaliou Lopes.

Deixe seu Comentário