Água inunda plenário da Câmara

Manaus – Com o plenário vazio e demonstrando desconhecimento técnico, os vereadores de Manaus perderam parte da manhã falando da CPI da Água. Mário Frota (PSDB) e Luiz Alberto Carijó (PDT) entendem que a CPI já nasceu contaminada em virtude das eleições municipais deste ano. A discussão sobre a CPI demorou aproximadamente 3 horas, mas o plenário estava praticamente vazio.

É recorrente a ausência dos parlamentares no plenário e a discussão girar sobre o mesmo assunto, sem propostas técnicas que possam resolver o problema de abastecimento e água em Manaus. Os vereadores, entretanto, não comentaram as interrupções do fornecimento de energia elétrica, um dos motivos que inviabiliza a distribuição de água, pois afeta todo o sistema.

Deixe seu Comentário