A redução da tarifa – Por Arthur Bisneto

A Prefeitura de Manaus e o governo do Estado do Amazonas anunciaram nesta semana a redução na tarifa do transporte coletivo. O preço da passagem de ônibus, que custava R$ 2,90 teve uma queda na tarifa de R$ 0,15 e, a partir do dia 1° de julho, passará a custar R$ 2,75. Essa é a segunda redução em menos de um mês.

Arthur Bisneto - Deputado Estadual  (PSDB-AM)
Arthur Bisneto – Deputado Estadual (PSDB-AM)

Garantir essa redução não foi tarefa fácil. A prefeitura e o governo estabeleceram uma parceria de isenção ao Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) do transporte coletivo, além de custear R$ 700 mil/mês das contas da prefeitura e R$ 1 milhão dos cofres do Estado de subsídios que serão pagos aos empresários. Tais repasses terão que fazer a prefeitura apertar os cintos, mas toda a população ganhará com essa medida.Essa redução da tarifa é resultado do clamor do povo, que foi para as ruas em um ato democrático e pediu uma tarifa mais adequada. O esforço que estamos fazendo hoje é para dar prioridade ao transporte coletivo. Outras providências serão tomadas ainda. Vamos continuar ouvindo a população e prevalecerá a vontade dela.

E posso afirmar que os investimentos não param por aí, a malha viária da cidade também receberá atenção. Mais de 200 pontos de ônibus serão reformados e dois terminais também  serão desativados. A partir do dia 15 de julho serão recuperadas mais de 20 plataformas para o funcionamento do Bus Rapid System (BRS). Manaus também ganhará uma sinalização e semáforos mais modernos. É muito bom ver nossa cidade crescer.

A prefeitura também anunciou que vai romper o contrato com a empresa responsável pelos radares, que recebe R$ 90 milhões por ano, mas não o organiza nada. Todos esses recursos irão melhorar cada vez mais nossa cidade. E isso é o que nós queremos para Manaus.

Deixe seu Comentário