Indefensável – Por Rachel Sheherazade

A indefensável defesa do Conselho Federal de Medicina à causa do aborto é uma contradição abominável.

Médicos, que deveriam resguardar a vida, agora apóiam a morte. Que vergonha!

Consideram “inaceitável” mulheres morrerem em abortos “ilegais”, mas defendem a morte de crianças em abortos “legais”.

Do alto de sua arrogância, o Conselho quer sentenciar qual vida tem mais valor. Ou será que passou a defender o aborto de olho num novo nincho de mercado? (Não quero crer!)

Ainda bem que a Constituição Federal, mãe de todas leis, garante o direito à vida desde a concepção. E nehuma lei infra-constitucional, como o Código Penal, pode mudar isso.

Mas, quando médicos se sentem livres pra defender o aborto, e juristas nos dizem que o ninho de um pássaro vale mais que uma vida humana, pode apostar:

Estamos perdidos!

Deixe seu Comentário